AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Comitê de Biossegurança criado pela Unesc desenvolve protocolos de atuação em preparação aos próximos meses

Comitê de Biossegurança criado pela Unesc desenvolve protocolos de atuação em preparação aos próximos meses
Grupo conta com diferentes profissionais focados no planejamento em detalhes das ações de enfrentamento à pandemia na medida em que as atividades na Universidade retornarem (Foto: Milena Nandi) Mais imagens

As medidas de prevenção e enfrentamento à Covid-19 no campus da Unesc ganham reforço a cada dia. Além das inúmeras ações de conscientização e apoio voltadas para as comunidades interna e externa, a Universidade trabalha na preparação minuciosa do momento de retorno das atividades no campus. Mesmo sem data prevista para tal, a depender do avanço da pandemia nos próximos dias e das decisões governamentais, a Instituição tem se antecipado e, por meio de um Comitê de Biossegurança, estuda e planeja com antecedência os protocolos a serem seguidos para as mais diversas situações possíveis no cenário de retorno gradual. O investimento em tais medidas e equipamentos ultrapassa R$ 1 milhão.

Responsável por elencar necessidades, planejar o enfrentamento e executar as ações, um Comitê de Biossegurança foi instalado na Unesc e conta com representantes de setores das mais diversas expertises, que vão desde a apresentação dos dados e soluções científicas para cada situação, até a preparação de interlocutores que farão a capacitação de alunos, professores e colaboradores a partir dos protocolos criados e até os responsáveis pela sinalização dos ambientes e adequações físicas dos espaços.

A reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, reafirma que a Universidade está muito comprometida com a segurança e a proteção aos seus estudantes, funcionários e professores.” Organizamos um trabalho minucioso e amplo, que tem, inclusive, servido de referência para outras instituições. Nosso protocolo foi apresentado ao Secretário de Estado da Educação. Nos envolvemos pessoalmente neste direcionamento, justamente porque o cuidado com a vida é um valor prioritário. Não retornaremos enquanto as condições não forem seguras, mas ao retornar teremos todo o campus mapeado, de acordo com os níveis de risco a que cada serviço, curso ou setor. Distribuiremos os kits de biossegurança em qualidade e quantidade necessárias e mobilizaremos nossas melhores equipes para proporcionar informações sobre todas as orientações. Estamos seguros de que nossa campus será referência em biossegurança e proteção contra o coronavírus”, enaltece.

Conforme a coordenadora dos laboratórios da Unesc e integrante do Comitê, Claudia Peluso Martins, os dias de trabalho em conjunto têm sido dedicados a análises, estudos e preparações. “Estamos vislumbrando cada um dos possíveis cenários e encontrando as melhores medidas de segurança para estes. Podemos garantir que a Universidade está organizando toda a sua estrutura, adaptando processos e investindo nos materiais necessários com foco em um único objetivo: a segurança de todos e a valorização de vidas de forma individual e coletiva, princípios da biossegurança”, destaca.

Ao antever as situações o grupo trabalha em ritmo acelerado para que ao sinal de possibilidade de retorno tudo esteja preparado. Quando houver a possibilidade de retorno gradual das atividades no campus, de acordo com Claudia, a equipe estará com protocolos e materiais à postos. “Teremos equipes preparadas para fazer a capacitação de acadêmicos, colaboradores e docentes assim que chegarem na Instituição. Eles serão orientados sobre as ações do protocolo, pensado com base no amor próprio e ao próximo. As informações irão abranger os cuidados necessários dentro e fora da Instituição e a importância do pensamento coletivo neste momento”, completa.

Entre as ações do Comitê estará a entrega de kits com equipamentos para proteção individual, a utilização da tecnologia do Ozônio para a higienização de todos os espaços, incluindo os espaços internos dos ônibus que chegam na Universidade, a demarcação de espaços físicos para distanciamento, entre inúmeras outras. 

Comunidade acadêmica da Unesc recebe equipamentos de proteção individual


Como medida de prevenção a disseminação do coronavírus, a Unesc irá distribuir 50 mil máscaras para acadêmicos, 5.600 para professores, 5.600 máscaras para funcionários; 60 mil aventais para estudantes e mais de 505.000 litros de álcool em gel para a comunidade interna.

Os alunos da 9ª, 10ª e 11ª fases do curso de Medicina que realizam estágio no Hospital São José, de Criciúma e Hospital São Donato, de Içara e Unidades Básicas de Saúde destes dois municípios, por exemplo, recebem os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) específicos para o desenvolvimento de atividades na área da saúde em cada local. O curso fornece máscaras N95 e face shield, aventais e óculos de proteção

Outros investimentos

Logo no começo da pandemia, a Universidade providenciou a instalação de mil dispensers de álcool 70 pelo campus. Com o retorno de alguns colaboradores às atividades do campus, a Instituição reforçou os cuidados e a disseminação de informações. Todos os funcionários recebem máscaras de pano e álcool em gel para o uso individual e orientações de uso e de como se proteger da Covid-19. A ação envolve diretamente o Departamento de Desenvolvimento Humano (DDH) e o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (Sesmt).

Segundo a gerente administrativa do campus, Mira Dagostim, com o retorno gradativo das aulas práticas e estágios presenciais, todos os acadêmicos que estiverem na situação de retorno presencial à Universidade, receberão EPIs conforme as atividades desenvolvidas e todos receberão, no mínimo, máscaras e álcool em gel.

“Além de receber os EPIs, os nossos estudantes irão participar de capacitação com a equipe do Sesmt. Nela, os alunos serão informados do uso correto de cada item de segurança nos espaços da Unesc, em salas de aula, laboratórios”, afirma Mira. Professores e funcionários também receberão orientações do Sesmt. “A Unesc está tomando todo o cuidado e avaliando muito bem cada detalhe e cada passo”, complementa.

Mayara Cardoso e Milena Nandi - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

31 de maio de 2020 às 18:06
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito