AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Multiculturalismo, história e Igualdade Social pautam aula de Atualidades no Colégio Unesc

Multiculturalismo, história e Igualdade Social pautam aula de Atualidades no Colégio Unesc
Acadêmicas da Unesc palestraram sobre direitos humanos e igualdade social para alunos do 3º ano do Colégio Unesc (Fotos: Wânia Ramos) Mais imagens

Os alunos do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Unesc conhecem mais sobre o mundo que os cerca a cada dia. Desta vez, a lição focou na igualdade social. Na última semana, os estudantes assistiram, durante a aula de Atualidades, uma palestra sobre “Direitos Humanos e Promoção à Igualdade Social”. O diálogo foi comandado pelas acadêmicas da Unesc, Maria Eduarda Delfino das Chagas e Tatiane Beretta, dos cursos de Psicologia e História, respectivamente.

A professora de Atualidades do Colégio Unesc, Wânia da Silva Ramos, parabenizou o conteúdo apresentado pelas acadêmicas. “A palestra veio para falar da África e dos afrodescendentes e trouxe à tona contradições, verdades e mentiras incutidas ao longo do tempo na História, pois existe uma sonegação em relação ao estudo desses povos, sendo que, muito da História da África, dos afrodescendentes, nos foi omitido, sendo repassado por muito tempo uma história pautada em uma visão eurocêntrica”, explicou a docente.

Wânia também lembrou da importância da identidade cultural e do multiculturalismo, assuntos abordados pelas acadêmicas. “A identidade cultural de uma nação é constituída por meio das inter-relações culturais. A preocupação com o multiculturalismo leva ao interesse pelas diferenças e ao conhecimento das contribuições das diversas culturas na formação de um povo”, disse. “A palestra veio contribuir com o estudo desses povos e sobretudo provocar a reflexão do racionalismo "camuflado" existente na nossa sociedade. É preciso reescrever e redescobrir a história da África e dos afrodescendentes, e isso só será possível se este estudo se fizer presente no cotidiano da sala de aula.”, completou a professora.

As acadêmicas são bolsistas do projeto de extensão “Direitos Humanos e Epistemologias Negras em Movimento: saberes compartilhados, formação e lutas pela cidadania” e integrantes do Grupo de Pesquisa em Direitos Humanos, Relações Raciais e Feminismos. Ambas as atividades são orientadas pela professora doutora Fernanda Lima e pela professora doutoranda Lucy Cristina Ostetto.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

12 de junho de 2019 às 12:10
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito