AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Espaço Cultural Toque de Arte recebe exposição Conexão Treze Raízes

Espaço Cultural Toque de Arte recebe exposição Conexão Treze Raízes
Obras expostas no hall do Bloco Administrativo são de autoria do artista Wagner da Silva (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

Obras que retratam diversos aspectos da cidade de Treze de Maio, suas belezas e peculiaridades, estão expostas no Espaço Cultural Toque de Arte, no hall do Bloco Administrativo da Unesc. As telas são de autoria do artista Wagner da Silva, que lembra, por meio delas, os anos que passou na terra natal. A abertura da exposição, intitulada de Conexão Treze Raízes, foi realizada em cerimônia especial na noite de quarta-feira (19/9) com a presença do artista, acadêmicos, colaboradores, professores e comunidade em geral.

Para Wagner, o sentimento ao ter suas obras expostas na Universidade é de muita gratidão. “A arte sempre esteve presente de alguma forma em minha vida e estar participando desse momento, por meio dela, é muito gratificante. Ser artista é uma missão importante para a sociedade porque se cumpre o papel de levar brilho e graça à vida das pessoas. Isso não tem preço”, comentou.

Entre seus agradecimentos, Wagner citou sua família, Deus e todos que fizeram parte da sua caminhada, fazendo referência especial à professora Marlene Just. “Sou muito grato por todos os ensinamentos e por ter sempre me encaminhado para esse caminho da luz”, completou.

Para a coordenadora do Setor de Arte e Cultura da Unesc, Amalhene Baesso Reddig, é uma honra receber a exposição Conexão Treze Raízes no espaço pluricultural disponibilizado na Universidade. “Ter esse espaço dentro da Unesc é ter espaço para a comunidade, é ter espaço para o novo. Especialmente nesse momento de crise política, econômica e cultural, em que a cultura está se perdendo de uma forma irreversível através do descaso, temos que valorizar essas expressões e parar para pensar no nosso papel diante disso. Aproveitemos o momento para refletir com seriedade sobre o que estamos fazendo com nossa história, memória e cultura”, destacou.

Antes do evento oficial, o autor das peças teve uma conversa com alunos da 6ª fase do curso de Artes Visuais. Participaram ainda da abertura da exposição, a Cia de Dança Unesc e o grupo musical Eco di Venessia.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

20 de setembro de 2018 às 15:19
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito