AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Atendimento para funcionários nos serviços de Medicina e Nutrição iniciam nesta quinta-feira

Atendimento para funcionários nos serviços de Medicina e Nutrição iniciam nesta quinta-feira
Interessado deve entrar em contato com a Central de Agendamentos (Foto: Divulgação) Mais imagens

A partir desta quinta-feira (13/9), os funcionários da Unesc já podem realizar agendamentos gratuitos para os Serviços de Medicina e de Nutrição das Clínicas Integradas. Semestralmente a Universidade também disponibiliza sua estrutura e oferece atendimentos gratuitos a comunidade. O período de agendamentos é divulgado no portal de notícias da Instituição.

Para realizar o cadastro, o colaborador deve entrar em contato com a Central de Agendamentos pelo telefone: 3431-2532, das 7h30 às 12h e das 12h30 às 17h, portando os números do CPF e do Cartão do SUS.

O secretário das Clínicas Integradas, Marlon Zilli, alerta para que os agendamentos sejam realizados de forma presencial. “Muitas vezes nossas linhas ficam congestionadas, dificultando o contato e até ocasionando a perda da vaga”, explicou.

Os atendimentos são realizados por acadêmicos capacitados, com a supervisão de professores. As vagas fazem parte de um benefício aos funcionários da Universidade, que garante 10% dos atendimentos, a partir da abertura dos agendamentos aos colaboradores.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 12 de setembro de 2018 às 16:18
Compartilhar Comente

Unesc leva serviços de saúde à comunidade de Maracajá

Unesc leva serviços de saúde à comunidade de Maracajá
Ação ocorreu no último sábado (Foto: Divulgação) Mais imagens

Os professores e estudantes dos cursos de Farmácia e Fisioterapia da Unesc e profissionais do CER (Centro Especializado em Reabilitação) proporcionaram uma manhã de cuidados com saúde à comunidade de Maracajá. A ação, realizada no complexo esportivo Antônio da Rocha, ocorreu no último sábado (1º/9).

Durante o evento, os acadêmicos do curso de Farmácia prestaram serviços de tipagem sanguínea, aferição de pressão arterial e compartilharam orientações sobre fitoterápicos e uso racional de medicamentos. Já o curso de Fisioterapia realizou terapias manuais e auriculoterapia e socializou informações sobre cuidados com o corpo. O CER levou informações sobre seus serviços e orientações sobre prevenção ao AVC.

A atividade foi organizada pela Diretoria de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 05 de setembro de 2018 às 16:05
Compartilhar Comente

Colaboradores da Unesc podem se inscrever para receber atendimento odontológico

Colaboradores da Unesc podem se inscrever para receber atendimento odontológico
Serviço gratuito é realizado nas Clínicas Integradas da Universidade (Foto: Divulgação) Mais imagens

O serviço de odontologia das Clínicas Integradas da Unesc está com inscrições abertas para funcionários que queiram receber atendimento. Para fazer o agendamento, conforme o secretário geral das Clínicas, Marlon Zilli, o colaborar deve entrar em contato pessoalmente, por telefone ou até por e-mail informando seu nome para a fila de espera. “O dia e o horário não são marcados imediatamente, mas logo o paciente receberá uma ligação para fazer esse agendamento”, explica Marlon.

Os serviços realizados são variados e devem ser definidos a partir das necessidades avaliadas na consulta. “Pode ser feito desde uma profilaxia, até restaurações e outros procedimentos, mas isso dependerá da avaliação do aluno que estará atendendo e do professor supervisor”, completou.

O horário das consultas é sempre das 8h às 12h e das 13h às 17h. Os interessados em receber os atendimentos odontológicos gratuitos realizados podem entrar em contato pelo telefone (48) 3431-2749, pelo e-mail clinicaodonto@unesc.net ou pessoalmente nas Clínicas Integradas, na Unesc.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 23 de agosto de 2018 às 17:54
Compartilhar Comente

Grupo Bem Viver com Alzheimer promove encontro sobre a saúde do idoso

Grupo Bem Viver com Alzheimer promove encontro sobre a saúde do idoso
Evento será ministrado pela doutora Ana Carolina Falchetti Campos (Foto: Divulgação) Mais imagens

O grupo Bem Viver com Alzheimer da Unesc vai promover mais um encontro e nesta edição, a temática será “Avaliação cognitiva de idosos longevos”. A conversa ocorre no sábado (25/8) e será ministrado pela enfermeira e doutora em Ciências da Saúde Ana Carolina Brunatto Falchetti Campos. O evento, aberto ao público, inicia às 9 horas na sala 5 do Bloco XXI-A.

A enfermeira do grupo Bem Viver Adriana Galdino reforça a importância da participação de cuidadores e familiares e destaca a oportunidade de aprendizado. “É um evento totalmente voltado aos cuidadores e aberto a qualquer interessado em aprender. A Ana Carolina tem uma interessante pesquisa de doutorado nesta temática e muito para compartilhar”, afirma Adriana.

A busca pelo bem viver

O projeto Bem Viver com Alzheimer busca, desde 2003, proporcionar assistência e conhecimentos sobre cuidados e qualidade de vida. Ele coloca em debate assuntos relevantes sobre a doença, orientando familiares e cuidadores. Seu objetivo é a melhoria no dia a dia e a melhor vivência com os aspectos do Alzheimer. São realizadas reuniões mensais, sempre no último sábado de cada mês.

Mais informações pelo telefone (48) 3431-2652.

Doença de Alzheimer

A perda de memória, perda de noção do tempo, problemas para falar, afastamento dos familiares e da vida social podem apontar o início da doença.

A Doença de Alzheimer é um transtorno neurodegenerativo progressivo e que se manifesta por deterioração cognitiva e da memória, comprometimento progressivo das atividades de vida diária e uma variedade de sintomas neuropsiquiátricos e de alterações comportamentais.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 21 de agosto de 2018 às 17:48
Compartilhar Comente

Sentindo na pele: acadêmicos de enfermagem realizam simulado de atendimento de emergência

Sentindo na pele: acadêmicos de enfermagem realizam simulado de atendimento de emergência
Atividade foi realizada durante a semana no campus da Universidade (Fotos: Vitor Netto e Divulgação) Mais imagens

Suor, adrenalina, correria e muito aprendizado. Assim foi a semana dos acadêmicos da sexta fase do curso de Enfermagem da Unesc. De segunda à quinta-feira (13 a 16/8), os estudantes simularam atendimentos emergenciais pelo campus da Universidade. A atividade faz parte da disciplina de APH (Atendimento de Pré-Hospitalar) e, apesar de a dinâmica ser uma simulação, a seriedade e o cuidado no atendimento foram ao extremo.

A disciplina visa aproximar a teoria à prática para a formação dos futuros enfermeiros. Ela é ministrada pela professora Mariana Freitas Comin e de acordo com ela, a dinâmica proposta envolve o raciocínio rápido e o realismo. “O intuito é que os acadêmicos vivenciem dento da academia o que vão achar na prática”, explica.

Na quinta edição da simulação, foram utilizados sangue e vômito falsos, além de maquiagens artísticas para tornar os ferimentos mais realistas. “A equipe de atendimento da ambulância tem 15 minutos para realizar o atendimento no local, e quando chega no hospital, uma outra equipe tem mais 15 minutos para realizar o restante do atendimento”, afirma Mariana.

As equipes são sorteadas e os acadêmicos não sabem qual categoria de atendimento eles terão que atender. Entre os casos simulados, estavam casos de hemorragias, ferimento por arma branca, queimaduras, choque elétrico, Infarto Agudo do Miocárdio, Acidente Vascular Encefálico, Insuficiência Respiratória Aguda, Parada Cardiorrespiratória, hipoglicemia, crise convulsiva e situações de trauma.

Experiência adquirida na prática

O acadêmico Thales Macarini Sasso foi um dos participantes da disciplina. Segundo ele, a experiência é um momento único. “Nós estamos vivenciando o trabalho de um socorrista de urgência e emergência, o passo a passo que deve ser seguido”, comenta. Sasso tem interesse de seguir na área de atendimento de emergência. “É uma área de meu interesse e aqui na disciplina, só quem simula é a vítima, porque para nós é real, acrescenta.

A acadêmica da décima fase, Janaína Sinara, trabalha atualmente no Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Ela participou da primeira edição da simulação feita no curso e desta vez atuou não no atendimento, mas, sim, como uma das vítimas. “Tudo te deixa com adrenalina. O acadêmico tem que fazer o atendimento para salvar a vida do paciente e a emoção torna verdade”, enfatiza.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Vitor Netto 17 de agosto de 2018 às 15:29
Compartilhar Comente