AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Emoções, surpresas e aplausos no último dia de Unesc em Dança

Emoções, surpresas e aplausos no último dia de Unesc em Dança
Festival recebeu mais de mil bailarinos (Foto: Leonardo Ferreira) Mais imagens

A magia do 19º Unesc em Dança encantou o Sul de Santa Catarina e recebeu em seu palco mais de mil bailarinos de quinta-feira até sábado (18 a 20/10) no Teatro Elias Angeloni. Encerrado na noite deste sábado (20/10), o festival recebeu um público de quase duas mil pessoas. As apresentações estão disponíveis no canal do YouTube UnescTV.

Com o objetivo de fomentar a arte da dança o evento reuniu grupos vindos de estados como Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro para realizar apresentações gratuitas e abertas ao público nas mostras Infanto-juvenil e Sênior. “Ao aproximar a comunidade da arte de forma acessível, consolidamos o Unesc em Dança como um evento de sucesso. Aqui, em um grande palco, nosso público esteve próximo de avaliadores de renome nacional, lotou oficinas e aprendeu de perto com a bailarina conhecida mundialmente, Ana Botafogo”, destaca a coordenadora do Setor de Arte e Cultura da Unesc, Amalhene Baesso Redding.

Para a reitora da Universidade, Luciane Bisognin Ceretta, o Unesc em Dança também contribui para a educar. “A arte e a cultura são componentes fundamentais da educação. Muito nos orgulha este evento, que com uma grande plateia reúne pessoas de todos os lugares, classes e gêneros sob o mesmo propósito, buscar o encantamento por meio da arte. Este, sem dúvidas, é o papel da nossa Universidade, que completou 50 anos. Encerramos o 19º Unesc em Dança com o sentimento de termos oferecido a cidade e a região um evento surpreendente”, ressalta a reitora.

Unesc em Dança se torna referência nacional

A criciumense Carina Trombim é tetra campeã brasileira de dança e há dez anos reside em Curitiba. Nesta edição, a bailarina esteve no Unesc em Dança para ministrar a oficina “Shines Salsa”, porém, no último dia de evento, visitou o Teatro Elias Angeloni como espectadora e avaliou o evento como um festival de referência nacional. “O Unesc em Dança é, sem dúvidas, comparável aos maiores festivais de dança do Brasil. Aqui comecei como bailarina e hoje volto como uma professora muito feliz em ver a proporção que este belo evento se tornou”.

Menção honrosa

Ao fim de cada turno, o festival reconheceu os participantes com uma Menção Honrosa. Na tarde deste sábado, o grupo condecorado foi o “Núcleo de Dança Valter Savi”, com a coreografia “Piccolo Balleto” na Mostra Infanto-Juvenil. Já na Mostra Sênior, as equipes “Mult Style”, com a coreografia “Trégua”, e o “Grupo Artístico e Cultural Afro-Brasileiro Et. Op.”, com a coreografia “Entre o Meu, o Teu e o Nosso, Coisa de Negro”, foram selecionados em um empate pelos avaliadores.

No segundo dia de evento, sexta-feira (19/10), as menções honrosas foram entregues aos grupos “Cia de Dança Maria Duarte Vasconcelos”, com a performance “Bollywood” na categoria Infanto-Juvenil, e “Cia Atitude”, com a apresentação “Resiliência”, na categoria Sênior.

O especialista em dança formado em Portugal, Marco Aurélio Souza; a professora de dança de Nova Veneza, Susan Botoluzzi; a bailarina e coreografa Bia Mattar, e o educador físico e especialista em Street Dances, Henrique Bianchini, foram os avaliadores do Unesc em Dança.

O participantes do festival na mostra Sênior ainda receberam cachê cultural. O evento contou com apresentações de dança, oficinas e palestras. 

Integração da arte

Além de prestigiar a dança, o público pode ouvir música de qualidade com o Coral Unesc. O grupo realizou uma homenagem aos bailarinos e bailarinas presentes no festival. “Sei que não podemos oferecer dança com a qualidade aqui mostrada, mas com nossas vozes e uma música com emoção tentamos agradecer pelo espetáculo aqui realizado”, contou o maestro do Coral Unesc, Joel Oliveira.

O evento

Realizado pelo Setor Arte e Cultura da Unesc em parceria com o Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet de incentivo à cultura, o Unesc em Dança é patrocinado por: Bistek Supermercados, Anjos Tintas, Giassi Supermercados, Betha Sistemas, Tintas Farben, Construtora Locks e TWA. O apoio cultural é realizado pelo Jornal A Tribuna e Rádio Som Maior.

Saiba mais sobre o 19º Unesc em Dança:

Quinta-feira: Abertura

Sexta-feira: Matutino

Sexta-feira: Vespertino

Sexta-feira: Noturno

Leonardo Ferreira – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 20 de outubro de 2018 às 23:41
Compartilhar Comente

Almoço de Primavera proporciona momentos de confraternização entre colaboradores

Almoço de Primavera proporciona momentos de confraternização entre colaboradores
Evento é uma parceria entre Universidade e Aprofucri (Fotos: Leonardo Ferreira) Mais imagens

O sábado (20/10) foi de um grande encontro envolvendo professores e funcionários da Unesc, que tiraram um tempo da sua rotina para confraternizar com os colegas de trabalho. O Almoço de Primavera, uma realização da Reitoria e da Aprofucri (Associação de Professores e Funcionários da Fucri), reuniu ainda familiares dos colaboradores da Instituição e ofereceu uma manhã e tarde com muita música, com o Grupo Trem de Ferro, sorteio de brindes entre os presentes e entrega de camisetas da Universidade para os colaboradores.

A reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, agradeceu pela dedicação dos professores e funcionários e enalteceu a importância do trabalho de cada um para fazer da Unesc a Universidade de destaque e qualidade que é. “É uma honra ter vocês aqui celebrando e reconstruindo vínculos. É um momento de confraternização entre quem ajuda a construir a história da Unesc todos os dias. A motivação de vocês nos motiva também. E que isso não se perca nunca”.

Para o vice-reitor, Daniel Preve, o Almoço de Primavera é um momento também para agradecer pela parceria de professores e funcionários que se empenham diariamente pela Universidade. A reitoria e o vice ressaltaram ainda a importância do apoio dos membros da comissão organizadora do evento para o sucesso dele.

O vice-presidente da Aprofucri, João Paulo Casagrande, agradeceu a presença dos colaboradores e de seus familiares e lembrou da importância de momentos como este para a integração dos trabalhadores da Universidade.

Já o vice-presidente do DCE (Diretório Central dos Estudantes), Lucas Gonçalves agradeceu pelo trabalho de professores e funcionários e afirmou que a dedicação de cada um torna o campus cada vez melhor para os estudantes. "O encontro de hoje celebra a união das pessoas pela Unesc. A Primavera é tempo de florescer. Que floresçamos com ela!".

Milena Nandi – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 20 de outubro de 2018 às 16:28
Compartilhar Comente

Unesc auxilia estudantes da região a se prepararem para o Enem

Unesc auxilia estudantes da região a se prepararem para o Enem
Segundo encontro da iniciativa reuniu mais de 80 candidatos (Fotos: Leonardo Ferreira) Mais imagens

Qual nosso impacto no mundo? Respondendo este e outros questionamentos, a Unesc segue auxiliando os candidatos ao Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) na preparação para as provas dos dias 4 e 11 de novembro. Na manhã deste sábado (20/10) mais de 80 estudantes da região estiveram no Auditório Ruy Hulse para o encontro sobre Ciências da Natureza e suas Tecnologias. No período vespertino, professores do Colégio Unesc e da Universidade farão um aulão sobre Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Ao iniciar o encontro, a professora da Universidade e do Colégio, Mainara Figueredo Cascaes, deu uma orientação importante para ajudar os candidatos fazerem uma boa prova. “Vamos conversar. Este é o segredo para tirar aquele frio da barriga e chegar com mais tranquilidade no exame”.

O Prepara Enem promove cinco encontros em três dias, sobre Dicas de Redação e Inteligência Emocional na prova do Enem (que ocorreu em 18/10), Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias (dia 20/10) e Linguagem, Códigos e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias (dia 27/10).

Compromisso com a comunidade

Com as mudanças no exame, o Prepara Enem também mudou. Com diálogos mais dinâmicos e abordagem dos assuntos mais importantes, o momento foi avaliado pela estudante da Escola Municipal de Educação Básica Filho do Mineiro, Jessica Caetano, como uma ajuda indispensável. “É um grande reforço a toda preparação que cerca o Enem. Para muitos que aqui estão este momento pode decidir o futuro”, destaca a candidata.

Para a coordenadora pedagógica do Colégio Unesc, Carina Fernandes de Andrade de Freitas, promover conhecimento e estar presente em situações como a de Jessica é uma das missões da Universidade. “O Colégio Unesc e a Instituição disponibilizam seus professores e busca colaborar em questões importantes. Assim, fortalecemos laços e contribuímos para o futuro”, afirma.

Também estiveram presentes na aula de sábado a coordenadora do Prepara Enem, Eloísa da Rosa Oliveira, e a professora do Colégio Unesc e da Universidade, Normelia Ondina Lalau de Farias.

Saiba mais

Leonardo Ferreira – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

20 de outubro de 2018 às 15:10
Compartilhar Comente

Apresentações de alto nível chamam a atenção na segunda noite de Unesc em Dança

Apresentações de alto nível chamam a atenção na segunda noite de Unesc em Dança
Festival segue até sábado com programação no Teatro Municipal Elias Angeloni (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

Quem garantiu seu lugar na plateia do Teatro Elias Angeloni na noite desta sexta-feira (19/10) certamente saiu encantado. O segundo dia de espetáculos do Unesc em Dança foi de apresentações do mais alto nível, consolidando ainda mais a qualidade do festival. Passaram pelo palco grupos das mais variadas cidades da região, entre elas Içara, Criciúma, Garopaba e Tubarão, mostrando estilos ecléticos aos espectadores.

Entre os dançarinos estiveram alunos da Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Içara. Com uma coreografia preparada pela professore Lidiane Frello, os alunos emocionaram a plateia ao conduzirem uma apresentação impecável, cheia de sentimentos e de significados. Ao fim do espetáculo, dançarinos e professores não cabiam em tamanha felicidade ao receber dezenas de elogios.

Conforme Lidiane, essa foi a segunda vez que o grupo apresentou a coreografia, preparada desde o mês de março ao longo das aulas na escola, e o resultado superou as expectativas. “Temos aulas duas vezes por semana e é sempre maravilhoso. Eles são ótimos e gostam muito de dançar. Temos relatos de alunos que melhoraram seu desempenho em outras atividades por conta da dança e até tiveram melhora na saúde, deixando de precisar de algumas medicações. Ver esse resultado é muito gratificante”, destaca a coreógrafa que atua na Associação desde o início de 2018.

O sábado (20/10) será ainda de intensa programação desde às 8h30, com uma Oficina de Danças Urbanas, até a noite com mais uma série de apresentações gratuitas que se iniciam às 19h30. A programação completa do último dia de evento pode ser conferida aqui. 

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 19 de outubro de 2018 às 21:41
Compartilhar Comente

Segunda Mostra Fotográfica do Mestrado em Saúde Coletiva é lançada

Segunda Mostra Fotográfica do Mestrado em Saúde Coletiva é lançada
Exposição ficará aberta ao público até dia 26 de outubro (Fotos: Vitor Netto) Mais imagens

O PPGSCol (Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva) lançou, nesta sexta-feira (19/10), a 2ª Mostra Fotográfica Topografia da Saúde Coletiva. A exposição tem como objetivo apresentar uma produção fotográfica como forma de linguagem artística na saúde a partir de três eixos temáticos. A mostra fica exposta no hall do Bloco XXI até o dia 26 de outubro.

Entre os eixos temáticos estão: Olhares sobre a gestão em saúde; Práticas de promoção da saúde e integralidade do cuidado e Vivências dos trabalhadores e usuários do Sistema Único de Saúde. A atividade surgiu junto a disciplina de Bases Históricas e Conceituais da Saúde Coletiva, ministrada pelos professores Luciane Bisognin Ceretta e Jacks Soratto.

Entre as obras premiadas, estava a “Ação de educação em saúde a luz da educação problematizadora”, de Diego Floriano de Souza. A foto mostra a ação de educação em saúde desenvolvida por meio do PSE (Programa Saúde na Escola) no ano de 2018, em uma escola da rede pública de ensino no município de Criciúma. E a fotografia “ Fim de jogo: 7 a 1”, titulada, tendo como autor Luís Claiton Medeiros Ehlers.

A obra “Atenção domiciliar e a integralidade do cuidado”, da aluna Ana Cláudia Búrigo Lima, também foi premiada. A foto representa uma usuária do SAD (Serviço de Atenção Domiciliar) de Araranguá, em uso de ventilação mecânica, atendida por equipe multiprofissional de atenção domiciliar (EMAD) que proporciona condições para atendimento integral.

De acordo com ela, desde o início do semestre os mestrandos já sabiam que teriam que selecionar duas fotos para integrar a mostra. Para ela, a atividade aproxima os alunos com a realidade da profissão. “Faz com que nós olhemos o paciente de uma forma integral, de uma forma que não imaginávamos”

Diálogo com o cenário da saúde

Segundo Luciane, o Mestrado se desenvolve por meio de atividades teóricas e práticas no contexto das disciplinas que são oferecidas. “O projeto tem como objetivo fazer com que os mestrandos olhassem para o cenário do atendimento feito pela saúde pública e também todos os elementos que envolvem a saúde coletiva em geral e conseguissem retratar, por meio de fotografias, esse cenário”, explica.

Para ela, a mostra tem o objetivo de dialogar com os problemas enfrentados pela saúde. “A importância de associar o olhar teórico ao cenário de práticas e fazer com que o profissional desenhe a sua intervenção naquele cenário. A mostra serve para pensar de que forma se pode corrigir aquele cenário ou para ressaltar e apoiar as coisas que acontecem no cotidiano do sistema, porque saúde coletiva envolve a vida das pessoas”, enfatiza.

Ao todo, 80 fotos foram inscritas, sendo 40 selecionadas e somente três premiadas. As obras selecionadas foram definidas por uma comissão avaliadora composta por três professores do Programa, sendo um de cada linha de pesquisa, e um profissional da comunicação.

Entre os critérios de avaliação, foram observados a coerência entre a fotografia e o eixo temático proposto; a qualidade técnica da fotografia, foco, luminosidade e enquadramento; coerência do título com o texto explicativo; e a redação do texto explicativo.

Textos e Fotos: Vitor Netto

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Vitor Netto Henrique 19 de outubro de 2018 às 18:40
Compartilhar Comente