Núcleo de Estudos Étnico-raciais, Afro-brasileiros e Indígenas

Unesc é sede da 1ª Conferência Internacional das Favelas

Unesc é sede da 1ª Conferência Internacional das Favelas
O evento é uma iniciativa da Cufa com o apoio da Secretaria de Diversidades e Políticas de Ações Afirmativas, NEABI e PPGDS (Fotos: Décio Batista/Agecom/Unesc) Mais imagens

Confira na íntegra a matéria aqui

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

12 de junho de 2024 às 14:15
Compartilhar Comente

Unesc participará do passeio ciclístico em Balneário Rincão

Unesc participará do passeio ciclístico em Balneário Rincão
Mais imagens

A Unesc marcará presença no 16º Passeio Ciclístico da Integração, em Balneário Rincão, que ocorrerá neste sábado (27/01), a partir das 14h. Além de promover ações de saúde e contar com um espaço para apresentação e atendimento à comunidade interessada nos cursos de graduação, a Universidade disponibilizará a oportunidade de os participantes enfeitarem suas bicicletas com adesivos e balões.

Conforme a reitora Luciane Bisognin Ceretta, mais uma vez a Instituição estará junto da comunidade em um evento que já é tradicional na região. “Estamos engajados na sociedade e comprometidos permanentemente com iniciativas como essa que promovam a educação, a saúde e a qualidade de vida”, diz a reitora, destacando que a Instituição também coloca à disposição 20 bicicletas para os funcionários que participarem do passeio. 

O passeio, que tem como tema 'Prevenir, para Salvar + Vidas', terá um percurso de 15 quilômetros pelas principais ruas do Balneário Rincão, com ponto de largada e chegada na Área de Eventos do município. Estima-se a participação de três mil ciclistas de diversas idades e localidades.

Em caso de condições climáticas adversas, o passeio será transferido para o sábado seguinte, dia 3 de fevereiro.

Calendário

O Passeio Ciclístico, integrado ao calendário de ações do Balneário Rincão, é organizado em parceria pela Cruz Vermelha – Criciúma, Equipe Multi-Institucional e Município de Balneário Rincão. 

Todos os participantes que doarem um quilo de alimento não perecível terão direito a sorteios de brindes. Além disso, a comunidade em geral também poderá fazer a doação de alimentos durante a ação, onde um veículo passará para recolher as contribuições solidárias.

Os mantimentos serão entregues para as famílias em vulnerabilidade social do Balneário Rincão conforme a distribuição organizada pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município.   

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

26 de janeiro de 2024 às 16:51
Compartilhar Comente

Acadêmicos da Unesc discutem Equidade Racial e Saúde da População Negra em encontro proposto pelo Neabi

Acadêmicos da Unesc discutem Equidade Racial e Saúde da População Negra em encontro proposto pelo Neabi
Mais imagens

Acadêmicos dos cursos de Enfermagem, Medicina, e Técnicos de Enfermagem da Unesc participaram de um evento significativo no bloco R da Unesc, na noite dessa quinta-feira (16/11). O encontro, realizado em comemoração ao 10º Novembro da Consciência Negra, teve como foco principal o debate sobre Equidade Racial e Saúde da população negra.

Proposto pelo Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (Neabi) da Universidade, o evento contou com palestras ministradas pela psicóloga Janaína Damásio Vitório e pela enfermeira Maria Madalena Santiago.

Janaína abordou as dificuldades cotidianas enfrentadas pela população negra, especialmente questões relacionadas à segurança. Além disso, ela ressaltou a importância da Lei nº 10639, que exige o estudo da história afro-brasileira, africana e indígena nas escolas brasileiras, promovendo uma visão mais inclusiva e ampla da cultura brasileira.

Por sua vez, Madalena concentrou sua fala na relação entre a saúde e os negros, destacando doenças como diabetes e hipertensão, que afetam de forma mais acentuada essa parcela da população e exigem cuidados específicos e diferenciados.

“Quando abordamos a saúde mental da população negra, é crucial entender que muitos dos desafios mentais enfrentados a essa população não devem ser imediatamente rotulados como patologias. Em vez disso, é essencial identificar e considerar o contexto social, especialmente as questões resultantes do racismo estrutural, antes de apontar diagnósticos”, disse Janaína.

Segundo ela, é fundamental reconhecer as experiências de violência enfrentadas pela população negra. “Dialogar sobre essas questões com profissionais da área da saúde é de extrema importância. Isso permite que eles enxerguem a pessoa para além do que é evidente, levando em conta o ambiente e os desafios raciais que impactam a vida da população negra”, afirmou Janaína.

Para Maria Madalena, foi um momento extremamente promissor, pois o foco foi a reflexão e análise, compartilhando a luta diária em prol da vida. "Como enfermeira e atualmente professora, tive a oportunidade de perceber uma mudança de perspectiva nos futuros profissionais. Todos estavam profundamente envolvidos, atentos às informações que apresentamos sobre as doenças mais comuns nessa população e estratégias de prevenção baseadas em evidências científicas. Suas perguntas foram instigantes, abordaram questões culturais racistas e deram um feedback incrivelmente positivo”, comentou.

“Fico feliz por ser parte do Neabi e poder contribuir para momentos que transformam mentalidades retrógradas, promovendo uma visão de equidade, igualdade e integralidade no nosso sistema de saúde. Meu amor pelo SUS é profundo. Acredito em cada aspecto dele e sinto que é meu dever, como educadora, compartilhar informações com aqueles que ainda não têm acesso”, complementou a professora.

O Neabi, espaço de interação e promoção de debates, tem como objetivo incentivar políticas e práticas contra a discriminação racial, buscando a promoção da justiça social e equidade racial e de gênero, incentivando a integração entre cursos, professores, funcionários, acadêmicos e demais setores da Universidade e da sociedade em geral.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

17 de novembro de 2023 às 14:36
Compartilhar Comente

Programa de Equidade Racial: acadêmicos apresentam experiências em encontro com a reitora

Programa de Equidade Racial: acadêmicos apresentam experiências em encontro com a reitora
Mais imagens

Alessandra Andresa Costa da Silva é uma mulher preta, periférica e mãe solo. Aos 37 anos de idade, talvez ela pensasse que o sonho de ocupar um banco de universidade estivesse longe, mas isso mudou em 2022 quando a Unesc lançou o Programa de Equidade Racial.

Desde então, ela frequenta o curso de Nutrição e já projeta o futuro. “A importância da bolsa é imensa. É um divisor de águas porque tudo começa pela educação. Precisamos ter muita vontade e garra e a Unesc disponibiliza esta oportunidade que eu aproveito imensamente. Estou feliz e tenho a intenção de fazer mestrado e doutorado em retribuição a todo o carinho, atenção e qualidade da educação que tenho disponível na Universidade”, conta.

Na terceira fase do curso, a futura nutricionista é um dos 216 acadêmicos beneficiados com o Programa de Equidade Racial da Unesc que participaram de uma roda de conversa com a reitora Luciane Bisognin Ceretta com o objetivo de conhecer ainda mais a Instituição que frequentam. 

Mais do que se pronunciar aos estudantes, a reitora solicitou que cada um deles se apresentassem e falassem como se sentem na Universidade. “Nos locais que ocupamos, todos nós temos projetos que são as nossas paixões, e o Programa de Equidade Racial é a minha. Ele toca o meu coração profundamente. A porta da Unesc está aberta, mas cada um dos nossos acadêmicos precisa se sentir seguro, tranquilo e protegido. Queremos que sintam-se em casa na Unesc, pois todos são muito bem-vindos. Em 2022 conseguimos colocar em prática esse projeto inédito e exclusivo da Unesc com o qual sonhamos e estamos comprometidos sempre”, salienta a reitora.

Desde 2022, o Programa de Equidade Racial, instituído pela reitora Luciane Bisognin Ceretta, faz parte das Políticas de Ações Afirmativas, realizadas de forma constante pela Universidade. 

Por meio desta iniciativa a Unesc oferece bolsas de estudo de 50% a 100% para pessoas negras – pretas e pardas, e indígenas. Para a maioria destes acadêmicos, o ambiente universitário é novo, por isso a necessidade de integrá-los com este espaço. Surgiu então a ideia da realização de um encontro entre os estudantes e a reitora Luciane Bisognin Ceretta.

“São 216 acadêmicos contemplados com a bolsa e que fazem parte dos mais variados cursos da Universidade, então, desde o ano passado, buscamos fazer esta roda de conversa com a reitora, porque para eles, tudo se torna novo. É um encontro muito importante porque eles deixam de ver a reitora à distância e percebem o que nós sentimos como professores e colaboradores: que ela é uma pessoa próxima e extremamente acessível”, comenta a coordenadora do coordenadora do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (Neabi), Normélia Ondina Lalau de Farias.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

16 de outubro de 2023 às 10:06
Compartilhar Comente

Unesc está com inscrições abertas para o Pibid e Residência Pedagógica

Unesc está com inscrições abertas para o Pibid e Residência Pedagógica
Mais imagens

Acadêmicos de Licenciatura da Unesc e professores das redes públicas estadual e municipal de ensino tem mais uma grande oportunidade de ampliarem conhecimentos. A Unesc está com inscrições abertas para o processo seletivo de bolsistas para o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e o Programa Institucional de Residência Pedagógica. Interessados podem se inscrever até segunda-feira (03/10) nos dois programas do governo federal.

Os projetos acolhem acadêmicos que tenham cursado o mínimo de 50% do curso ou estejam frequentando a partir do 5º período e professores com dois anos de experiência no magistério na Educação Básica. 

Além de garantirem diferenciais para seus currículos, os selecionados receberão uma bolsa de estudos como auxílio financeiro mensal e pagamento de acordo com o cronograma da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O resultado preliminar será divulgado dia 5 de outubro pelo site da Unesc.

“É uma ótima oportunidade de ampliar os conhecimentos na escola. Tanto o Pibid quanto a Residência Pedagógica visam proporcionar aos acadêmicos uma aproximação prática com o cotidiano das escolas públicas de educação básica e com o contexto em que estão inseridos”, comenta Schlickmann. 

Sobre os programas:

O Pibid oferece bolsas de iniciação à docência a estudantes de cursos de licenciatura que desenvolvam atividades pedagógicas em escolas da rede pública de educação básica; a coordenadores institucionais que articulem e implementem o programa em universidades ou institutos federais de educação, ciência e tecnologia; a coordenadores de área envolvidos na orientação aos bolsistas e, ainda, a professores de escolas públicas responsáveis pela supervisão dos licenciandos.

O Programa de Residência Pedagógica, da Capes, tem a finalidade de contribuir para o aperfeiçoamento da formação inicial de professores da educação básica nos cursos de licenciatura. O objetivo é induzir o aperfeiçoamento da formação prática nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão de licenciandos na escola de educação básica, a partir da segunda metade de seu curso.

Regras, editais e inscrições

São 180 bolsas disponíveis entre os cursos de Arte, Ensino Religioso e História, Educação Física Licenciatura, Matemática, Geografia, Química, Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Pedagogia e 25 bolsas para os professores das redes públicas estadual e municipal.

As regras completas para participação e a documentação necessária para concorrer às vagas podem ser encontradas nos editais já publicados no site da Unesc.

Pibid

Professor supervisor

Edital: https://www.unesc.net/portal/capa/index/231/0/0/componente/processo/ver/1/142/2022/2

Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd12Noa_J3TtJnbfpYz6keIFDxY3R81wSgQEBlmpDvE-JtDWg/viewform

Aluno bolsista

Edital: https://www.unesc.net/portal/capa/index/231/0/0/componente/processo/ver/1/141/2022/2

Inscrições:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfrgP8QDfPfA545NVjsJgjbOhdIY0cc7-PmEV-JjthKZRCkvg/viewform

Residência Pedagógica

Professor preceptor 

Edital: 

https://www.unesc.net/portal/capa/index/231/0/0/componente/processo/ver/1/219/2022/2

Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScVYgWTESJQAk1lnM6lADidszSOUnVIBbICJTxeK_We6vz6KA/viewform

Aluno bolsista 

Edital: https://www.unesc.net/portal/capa/index/231/0/0/componente/processo/ver/1/218/2022/2

Inscrições: 

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfrgP8QDfPfA545NVjsJgjbOhdIY0cc7-PmEV-JjthKZRCkvg/viewform


 

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

30 de setembro de 2022 às 13:10
Compartilhar Comente (1)