Newsletter Newsletter RSS RSS

Letras Solidárias: Curso arrecada recursos para entidades beneficentes

Professores, alunos, egressos e funcionários do curso de Letras da Unesc se uniram em prol de entidades beneficentes da região. Ao longo de 2017 foi realizada a campanha Letras Solidárias, que comercializou camisetas do curso e realizou um jantar de confraternização. O lucro das ações foi totalmente revertido para duas instituições, que receberam as doações nesta quinta-feira (21/12).

A Atupan (Associação Turma Unida para Menores Carentes) de Criciúma, foi uma das entidades beneficiadas. É formada por mulheres que confeccionam enxovais para crianças da ala maternal do Hospital São José. A associação existe há 20 anos e as mulheres arrecadam fundos para a confecção dos enxovais fazendo e vendendo toalhas de louça.

O Orfanato Irmã Carmem, de Araranguá, também foi beneficiado. O local trata-se de uma obra social que se dedica ao atendimento de crianças e adolescentes em vulnerabilidade social. Iniciou suas atividades em 1994.

“O espírito colaborativo e comunitário fazem parte da formação de nosso egresso, além de sua formação acadêmica. Em nosso curso, além de formação qualificada, externamos valores de bem, harmonia, tolerância e caridade. Nossos acadêmicos e professores se uniram com a intenção de ajudar instituições que fazem o bem. A escolha das instituições se deu por uma votação entre os acadêmicos”, conta o coordenador do curso de Letras, Carlos Schilickmann.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 22 de dezembro de 2017 às 10:56
Compartilhar Comente

Professores e alunos representam Unesc em evento no Rio Grande do Sul

Professores e alunos representam Unesc em evento no Rio Grande do Sul
Encontro ocorreu de quarta-feira à sexta-feira (Foto: Divulgação) Mais imagens

Os professores e alunos da Unesc socializaram conhecimentos no encontro “Práticas de Iniciação à Docência da Região Sul”. Os 33 representantes da Universidade foram à São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, para apresentar os resultados de pesquisas desenvolvidas no Pibid (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência), Subprojeto de Letras. O evento ocorreu de quarta-feira a sexta-feira (13/12 a 15/12).

O encontro contou com a presença de participantes de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. O coordenador do curso de Letras, Carlos Arcângelo Schlickmann, explica que a participação dos alunos e professores é importante para a qualidade do ensino. “Participar de eventos como este divulga o trabalho da Universidade e dá aos alunos a oportunidade de enriquecimento da sua formação”, afirmou.

Representaram a Unesc o coordenador adjunto do curso, Richarles Souza de Carvalho, os professores Jéferson Luis de Azeredo, Richarles Souza de Carvalho, Carlos Arcângelo Schlickmann, Michele Gonçalves Cardoso e o coordenador do curso de História Tiago da Silva Coelho. Participaram também três professores da rede pública de Criciúma: Juliana Pereira Guimarães, Marco Antônio e Leandro de Bona Dias.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

15 de dezembro de 2017 às 16:45
Compartilhar Comente

Socialização externa de Estágio de Língua Portuguesa

Alunos e professores do Curso de Letras se reuniram para Socialização Externa de Estágiio de Língua Portuguesa neste dia 09/12/2017, às 08h30. Momento de reflexões acerca das regências nas escolas públicas. Sucesso aos futuros professores! 

Postado por: Geisiele Bernardo Alves 15 de dezembro de 2017 às 12:34
Compartilhar Comente

Curso de Letras promove jantar pela solidariedade

Curso de Letras promove jantar pela solidariedade
Atividade fez parte do projeto Letras Solidarias (Foto: Divulgação) Mais imagens

O curso de Letras realizou na noite desta quarta-feira (6/12) um jantar pela solidariedade. O encontro ocorreu na Sociedade Recreativa Mampituba e reuniu professores, acadêmicos e egressos da graduação pela campanha Letras Solidarias.

O projeto foi criado a partir da iniciativa de buscar uma formação mais humana, além da formação acadêmica. Na próxima semana, o Centro Acadêmico vai avaliar e escolher uma instituição para ser auxiliada neste natal, com o lucro do jantar e da venda de camisetas personalizadas do curso.

O coordenador do curso, Carlos Arcângelo Schlickmann, afirma que a formação vai além dos ensinamentos em sala de aula. “O jeito que encaramos a vida acadêmica fica enriquecida quando associamos uma formação mais humana, em que o ato de ajudar reforça os valores discutidos no curso”.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Mayra Antonio De Lima 08 de dezembro de 2017 às 20:00
Compartilhar Comente (1)

Egresso de Letras tem obra selecionada no concurso literário “A poesia vai de ônibus”

Egresso de Letras tem obra selecionada no concurso literário “A poesia vai de ônibus”
Texto vai ser impresso e distribuído pelos ônibus da linha municipal (Foro: Daniel Búrigo/A Tribuna) Mais imagens

A poesia é uma velha paixão do professor Anderson Jeremias. Ele que é egresso do curso de Letras da Unesc, teve a obra “A Parada” selecionada entre as 50 melhores no concurso literário “A poesia vai de ônibus”, organizado pela ACTU (Associação Criciumense de Transporte Urbano), em parceria com a escritora Cristiane Dias. Os textos vão ser impressos e anexados nos ônibus da linha municipal.

Jeremias conta que sempre gostou de escrever e quando soube do concurso, não perdeu a oportunidade. “Em vários momentos tive vontade de começar, mas esse projeto pessoal nunca ia para o papel. No entanto a antiga paixão reacendeu dentro de mim e resolvi me inscrever”, explica o autor.

Segundo ele o concurso pode ser o passo inicial para continuar escrevendo. “Ao saber que meu poema havia sido um dos selecionados fiquei muito contente. Me motivou a dar continuidade ao projeto. É um estimulo para quem está iniciando e pode contribuir como dispositivo didático para professores aplicarem em escolas”, afirma Jeremias.

O coordenador de Letras da Unesc, Carlos Arcângelo Schlickmann, explica que no curso os estudantes são incentivados a todo o momento a ampliarem a leitura e a escrita. “​O acadêmico de Letras é alguém que gosta de ler e escrever. Por isso muitos desenvolvem o gosto pela escrita poética, como nosso egresso Anderson. É uma grande satisfação saber que ele seguiu por esse caminho e alcançou este objetivo”, destaca.

Conheça a obra:

A Parada

Certo dia, estava sentado em uma parada de ônibus,
Fervilhada de pessoas que ora chegavam e ora partiam.
Enquanto observava silente o frenesi da rua,
Uma senhora de idade avançada se sentou ao meu lado.
Resolvi que iria dar “Bom dia” para aquela total desconhecida,
O que acabou se estendendo para um breve diálogo.
Inicialmente comentamos sobre o calor que fazia,
Depois sobre a violência, a educação, a política, a cultura.
A conversa fluía naturalmente e espontânea,
Ambos contribuindo com um verso e depois outro.
Um ônibus se aproximou e encostou, abrindo as portas.
A senhora, despedindo-se, pegou suas coisas e se dirigiu ao ônibus,
Deixando-as cair no meio do caminho, ainda absorta na conversa. 
Sua rotina havia sido deslocada por um total desconhecido.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

29 de novembro de 2017 às 16:00
Compartilhar Comente