Letras

Em dia especial, Unesc foram mais 150 profissionais para o mercado

Em dia especial, Unesc foram mais 150 profissionais para o mercado
Data marca a conquista do conceito máximo em avaliação do MEC (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

Acadêmicos de 14 cursos da Unesc viveram, nesta terça-feira (17/12), momentos especiais e inesquecíveis. Em cerimônias especiais de Colação de Grau em Gabinete nos períodos da tarde e da noite, quase 150 estudantes fizeram seus juramentos e passaram a ser considerados profissionais aptos a exercerem suas profissões. As cerimônias foram conduzidas pela diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias, Fernanda Sônego, e pelo vice-reitor Daniel Preve, nos períodos da tarde e da noite, respectivamente.

Além de representar grandes conquistas prestigiadas por amigos e familiares, as formaturas desta terça-feira marcaram também um dia especial para a Universidade, que recebeu o resultado da avaliação realizada pelo MEC (Ministério da Educação), na qual atingiu nota 5, máxima pontuação. Em seus discursos, os representantes da Universidade que conduziram as cerimônias e outorgaram o grau aos formados destacaram também a conquista.

Conforme Daniel, que parabenizou os formandos e a todos os familiares e amigos que os acompanharam na jornada da graduação, o pedido é para que os graduandos do dia levem sempre o nome da Unesc por onde forem. “Honrem o nome da Universidade. Essa sempre será a casa de vocês, uma instituição da qual vocês podem se orgulhar. Exemplo disso é o resultado de hoje no qual fomos agraciados com a nota 5, conceito máximo do MEC, e as premiações que a Instituição vem recebendo nos últimos meses”, salientou.

Colaram grau neste dia alunos dos cursos de Administração, Administração habilitação em Comércio Exterior, Artes Visuais, Ciências Biológicas, Direito, Engenharia Química, Engenharia Civil, Engenharia de Agrimensura, Engenharia de Produção, História, Letras, Matemática, Pedagogia e Psicologia.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 17 de dezembro de 2019 às 22:16
Compartilhar Comente

Segunda-feira marcada pela conquista

Segunda-feira marcada pela conquista
47 formandos receberam a outorga (Fotos: Leonardo Ferreira) Mais imagens

A tarde desta segunda-feira (16/12) ficará marcada na memória dos 47 formandos que colaram grau especial em gabinete. A cerimônia ocorreu no palco do Auditório Ruy Hülse e contemplou dez cursos de graduação, entre Licenciaturas e Bacharelados.

Comemoraram a nova conquista três estudantes de Arquitetura e Urbanismo; três de Artes Visuais – Licenciatura; oito de Educação Física – Bacharelado; nove de Educação Física – Licenciatura; 16 de Engenharia Civil; Um de Engenharia Mecânica; três de Fisioterapia; um de Letras – Habilitação Português e Inglês; um de Letras – Língua Portuguesa, e dois de Pedagogia.    

A outorga do grau foi feita pelo diretor de Pesquisa e Pós-Graduação da Unesc, Oscar Montedo, com a presença de coordenadores dos cursos.

Leonardo Ferreira - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 16 de dezembro de 2019 às 16:25
Compartilhar Comente

Sala de Leitura

Na última quinta-feira (5/12), o projeto de extensão “Sala de Leitura Itinerante: Formando leitores literários e transformadores” encerrou as atividades de 2019 na Escola de Educação Básica Ignácio Stakowski, com os alunos do Ensino Fundamental I – 5º ano (501).

As bolsistas do curso de Letras desenvolveram atividades de leitura e de reflexão de obras literárias. Leram a obra “O incrível menino devorador de livros”, de Oliver Jeffers, e, a partir daí as crianças interagiram com as bolsistas, pensando a respeito do texto, de forma dinâmica e com muito interesse.

A coordenadora do projeto, Daniela Arns Silveira conta que após a leitura, os alunos foram desafiados a ler um miniconto e, depois, representar o entendimento da leitura, por meio de um desenho. Eles ainda foram convidados a socializar suas obras para toda a turma, o que proporcionou ao grupo um momento de descontração e reflexão dos textos lidos. Além da atividade, vários alunos deixaram dicas de livros lidos na Árvore Literária, revelando que mantêm contato constante com textos literários.

“O trabalho com a leitura literária no espaço escolar é de suma importância na constituição de um indivíduo reflexivo, crítico e capaz de pensar a respeito do que acontece no(s) espaço(s) do qual faz parte, posicionando-se com autonomia sobre as questões relacionadas a esse(s) espaço(s). E os projetos de extensão permitem que nossos estudantes universitários, no caso das licenciaturas, futuros professores e futuras professoras, pensem sobre seu papel nesse lugar de formação”, afirma.

Por: Milena Spilere Nandi 09 de dezembro de 2019 às 16:15
Compartilhar Comente

Escola de Migrantes Unesc promove dia da criança

Escola de Migrantes Unesc promove dia da criança
Mais imagens

Os projetos de extensão Escola de Migrantes e PLA - Português como Língua de Acolhimento, realizaram na manhã de sábado, 26/10 um grande encontro para marcar o mês da criança. O encontro foi realizado ao ar livre, na praça do estudante da Unesc, reunindo famílias de migrantes de diversos países e professores, acadêmicos e voluntários, que também trouxeram seus filhos para a atividade. Além dos momentos de confraternização, o encontro proporcionou uma oportunidade única para muitas crianças, na manhã do ensolarada, onde puderam conhecer e usar brinquedos que muitos jamais tiveram contato, como jogar pião, andador com latas recicladas, cinco marias e construir a sua própria pipa.

Entre os visitantes famílias haitianas, ganesas e do Togo. Mouhamed Tchagnou e Badiyaton Ouro Yerina, são naturais do Togo, e levaram o filho de dois anos, Murad. Mouhamed está no Brasil  há cinco anos. Chegou primeiro e, mais tarde, trouxe a esposa, que vivia também no país do oeste da Áfrifa, situado entre o Benin e Gana. O haitiano Winchel Plaisimond também aproveitou a atividade para interagir com outros imigrantes e equipe da Unesc, ensinando as crianças a construir pipas. Há três anos no Brasil ele já trouxe a esposa e hoje sonha em cursar Engenharia Civil.

A  atividade envolveu vários programas da Unesc, como o Boi de Mamão, o Museu de Zoologia, Museu da Infância e projetos de extensão como de contação de histórias. O envolvimento tanto de imigrantes quanto das equipes da Unesc que participaram do evento é prova do sucesso da atividade. “É uma forma de integrar adultos e crianças. A ideia é trazer a família do migrante para participar de todas essas atividades que envolvem o brincar, desta forma integrando e socializando e mostrando o contexto sociocultural tanto nosso quanto dos migrantes que aqui vivem”, salienta o coordenador do curso de História, Tiago da Silva Coelho.

A Universidade mantém dois projetos com os migrantes. Além da Escola de Migrantes, os estrangeiros também participam do Português como Língua de Acolhimento. Em ambos são realizadas aulas semanais gratuitas, sempre aos sábados, das 9 às 12 horas, intercalando os conteúdos e ao mesmo tempo fortalecendo os laços com os migrantes.

Ana Sofia Schuster - Assessoria de Imprensa Unesc - AICOM

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Ana Sofia Schuster 27 de outubro de 2019 às 14:38
Compartilhar Comente

Sala de Leitura Itinerante

O projeto de extensão “Sala de Leitura Itinerante: Provocando e transformando leitores Literários”, do curso de Letras da Unesc, levou mais uma vez suas atividades à Escola Básica Ignácio Stakowski, em Içara.

No dia 9 de setembro, as acadêmicas da sexta fase do curso, Endiara Martins Rodrigues e Fernanda Winckler de Bem, desenvolveram atividades de leitura com cerca de 50 alunos do Ensino Fundamental II da Instituição.

“Foi uma tarde extremamente produtiva, partindo do pressuposto de que os alunos participaram ativamente nas discussões dos textos lidos, bem como, nas produções solicitadas”, afirma Endiara. O projeto é coordenado pelos professores Daniela Arns Silveira, Cibele Freitas, Carlos Schilickmann, e Richarles Carvalho.

Por: Milena Spilere Nandi 18 de setembro de 2019 às 17:41
Compartilhar Comente