Engenharia Ambiental e Sanitária

Unesc no Simpósio Brasileiro de Engenharia Ambiental

Unesc no Simpósio Brasileiro de Engenharia Ambiental
Universidade foi representada por professores, egressos e acadêmicos (Fotos: divulgação) Mais imagens

O professor Carlyle Torres Bezerra de Menezes, professor do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária e docente pesquisador do PPGCA (Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais), socializou seus conhecimentos na conferência de abertura do 10º SBEA (Simpósio Brasileiro de Engenharia Ambiental). O evento está sendo realizado no Recife – PE desde a terça-feira (8/10). Até a noite desta sexta-feira (11/10), mais de 1.500 congressistas de todo o Brasil passarão pelo local.

Durante sua palestra, o professor da Unesc abordou a história da SBEA e o papel dos engenheiros ambientais e sanitárias diante dos atuais desafios socioambientais, a nível nacional e global. Também presentes no evento, alunos e egressos do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária e do PPGCA apresentaram resultados de pesquisas e projetos de extensão desenvolvidos na Unesc, dentro dos níveis de graduação, iniciação científica, mestrado e doutorado.

Já os egressos do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária contribuíram com o evento na condição de expositores, apresentado os primeiros passos de um Startup com foco na inovação do campo de licenciamento ambiental, que fomenta o empreendedorismo no campo de atuação profissional do engenheiro.

Em paralelo ao Simpósio, coordenadores e professores de cursos de graduação trocaram de experiências, consideradas pelo professor Carlyle Torres Bezerra de Menezes como inovadoras, abordando a perspectiva do importante papel socioambiental da Engenharia Ambiental e Sanitária e sua inserção nas comunidades, com a busca da articulação dos conhecimentos técnicos científicos dos saberes de povos e comunidades tradicionais, aspectos trazidos por cursos da região Norte e do Nordeste, além da tendência do fortalecimento do enfoque na formação da área do conhecimento das energias renováveis.

Leonardo Ferreira - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 11 de outubro de 2019 às 18:07
Compartilhar Comente

Estudantes de Engenharia Ambiental e Sanitária trocam experiências com egressos

Estudantes de Engenharia Ambiental e Sanitária trocam experiências com egressos
Atividade fez parte da 14ª Semana de Meio Ambiente e Valores Humanos (Fotos: Leonardo Ferreira) Mais imagens

As comemorações do aniversário de 20 anos do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da Unesc iniciaram na manhã desta quarta-feira (5/6) com conhecimentos e trocas de experiências. A mesa redonda, com o tema “Desafios e oportunidades do engenheiro ambiental e sanitarista no mundo contemporâneo", reuniu egressos da Universidade com atuação de destaque para dialogar com os estudantes e apresentar a realidade da área.

“O dia 5 de junho é uma data especial. Hoje comemoramos o Dia do Meio Ambiente e iniciamos uma programação especial em homenagem ao curso. Para o primeiro encontro, reunimos engenheiros ambientais de diferentes áreas para compartilhar momentos vividos na profissão e apresentar as ricas oportunidades que se apresentaram em suas trajetórias”, destaca a coordenadora do curso, Paula Tramontim Pavei.

O encontro contou com a presença do presidente da Comissão de Meio Ambiente e Valores Humanos da UniversidadeCarlyle Torres Bezerra de Menezes, que foi o primeiro coordenador e um dos idealizadores do curso. Para ele, a troca de informações entre egressos e acadêmicos é um momento importante e que se valoriza diante de uma data especial como os 20 anos.

Palestrantes

  • Luiz Henrique da Silva – experiência na área de gestão ambiental, tratamento de efluentes e rejeitos de mineração do carvão.
  • Patrícia Darolt da Costa – Mestre em Ciências Ambientais, atua no desenvolvimento de gestão e controle de licenças e condicionantes ambientais. É empreendedora, tesoureira na ACEAMB (Associação Catarinense de Engenharia Ambiental) e inspetora do Crea SC (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina).
  • Émilin Casagrande de Souza – Vicência nas áreas de saneamento ambiental, gestão ambiental, resíduos sólidos, modelagem matemática de rompimento de barragens e geoprocessamento. Também é consultora e trabalha com licença ambiental e modelagem hidrológica.
  • Lara Possamai Wesler – Engenheira ambiental no Ima (Instituto do Meio Ambiente).
  • Monique Demarch – Com experiência em negócios de impacto, participou via web conferencia e abordou a engenharia e suas interdisciplinaridades.

O curso

Com momentos que marcaram a história da Unesc, o curso de Engenharia Ambiental e Sanitária foi criado em 1998 para suprir a necessidade de profissionais com expertise, em uma região de grande exploração do meio ambiente. “O engenheiro ambiental e sanitarista tem uma outra visão sobre o espaço que ocupa. Ele é um profissional que não pensa apenas em si, mas se preocupa com a natureza, com as pessoas e com a qualidade de vida na comunidade”, afirma Paula.

Até o segundo semestre de 2018, mais de 470 profissionais da área foram formados na Universidade, sendo 11 vindos de outros países. Em sua trajetória, mais de 500 trabalhos de pesquisa e de extensão na comunidade já passaram pelas mãos de estudantes do curso, em temas como recuperação de áreas degradadas, planos de saneamentos, estudos de impacto ambiental e monitoramentos.

Segundo a coordenadora, a Engenharia Ambiental e Sanitária também foi pioneira na criação da primeira empresa júnior federada da Instituição, a Eco Júnior. “A inovação, o engajamento, o espirito de equipe, os aprendizados, a solidariedade, as amizades e as novas histórias são o que nos motivam para os próximos 20 anos”, ressalta.

A atividade proposta nesta quarta-feira fez parte da programação da 14ª Semana de Meio Ambiente e Valores Humanos. A coordenadora adjunta, Marta Valéria Guimarães de Souza Hoffman, e o presidente do Centro Acadêmico, Eduardo Martinello, também estiveram presentes.

Leonardo Ferreira – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 05 de junho de 2019 às 11:10
Compartilhar Comente

CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA PROMOVE DESAFIOS SUSTENTÁVEIS

CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA PROMOVE DESAFIOS SUSTENTÁVEIS
Mais imagens

O Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária sempre engajado com a sustentabilidade, promoverá a cada mês durante o ano de 2019, desafios com o objetivo de conscientizar e desacelerar o consumo.

No mês de Abril o desafio é propor a cada seguidor que tome banho de até 5 minutos ao dia, a fim de reduzir gastos desnecessários com água e com energia elétrica no período de 01/04/2019 a 30/04/2019. Cada participante deverá postar no seu stories do instagram uma foto que comprove o tempo que levou ao tomar banho e marcar @engambiental_sanitaria nos stories.

Um mundo sustentável começa por VOCÊ!

Vem com a gente! Aceite o desafio e leve essa mensagem adiante.

Por: Mariane Martins Cunha 01 de abril de 2019 às 15:59
Compartilhar Comente

Acesse o vídeo do Curso:

/portal/resources/files/372/2019%20-%20Eng_%20Ambiental%20e%20Sanit%C3%A1ria.mp4

Mais informações: http://www.unesc.net/portal/capa/index/372

Por: Mariane Martins Cunha 12 de fevereiro de 2019 às 10:53
Compartilhar Comente

Professores do PPGCA participam da conclusão do Plano de Manejo da APA da Baleia Franca

Professores do PPGCA participam da conclusão do Plano de Manejo da APA da Baleia Franca
Plano está em processo de construção desde 2015 (Foto: Divulgação) Mais imagens

Os professores do PPGCA (Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais) Carlyle Torres Bezerra de Menezes e Robson dos Santos, dos cursos de Engenharia Ambiental e Sanitária e Ciências Biológicas respectivamente, estão participando da etapa final de elaboração do Plano de Manejo da APA (Área de Proteção Ambiental) da Baleia Franca.

Nesta quarta-feira (3/10) ocorreu, na sede do Ifsc (Instituto Federal de Santa Catarina) de Garopaba, a reunião plenária da APA, que corresponde a etapa final da elaboração do Plano de Manejo. O Plano vem sendo construído, desde 2015, de forma participativa e com a presença dos diversos setores da sociedade que integram o seu território. Neste processo, ocorreram diversas oficinas setoriais com a participação dos diversos seguimentos da sociedade, culminando com esta etapa final de planejamento.

A reunião é uma continuidade das plenárias, ocorridas ao longo da última quinta e sexta-feira (27/9 e 28/9). Nas reuniões anteriores foram debatidas propostas de ordenamento territorial para a área da APA, a partir das contribuições ocorridas ao longo de mais de três anos, com a realização de oficinas setoriais, de planejamento participativo, grupos de trabalhos e plenárias.

Conforme Menezes, nesta última etapa estão sendo debatidas as propostas de alterações, complementações, exclusões e inclusões de zonas, normas e objetivos. “Estas etapas estão sendo o coroamento de um intenso processo de construção, de forma participativa, do plano de manejo desta unidade inserida na categoria de uso sustentável”, comenta.

Após esta etapa final, com a aprovação em plenária do Plano de Manejo, o texto seguirá para o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), em Brasília, para uma última revisão do ponto de vista jurídico, seguida da sua publicação. Após o processo, será constituído um importante instrumento de gestão e zoneamento econômico-ecológico para o território da APA da Baleia Franca, maior unidade de conservação marinho-costeira de uso sustentável na região Centro-Sul de Santa Catarina.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Vitor Netto 03 de outubro de 2018 às 19:18
Compartilhar Comente