Artes Visuais - Bacharelado

Exposição “corpo-casa”, da artista Bruna Ribeiro, é inaugurada na Sala Edi Balod

Exposição “corpo-casa”, da artista Bruna Ribeiro, é inaugurada na Sala Edi Balod
Trabalhos lidam com as relações entre corpo, casa e lar, além de levantar questões sobre o espaço doméstico e autoconhecimento (Foto: Gabriela Selau Benetti) Mais imagens

A exposição “corpo-casa”, da artista egressa do curso de Artes Visuais da Unesc Bruna Ribeiro, foi inaugurada na noite de quinta-feira (01/12) na Sala Edi Balod, no bloco administrativo da Universidade. A partir de trabalhos fotográficos e bordados, a  artista cria um diálogo entre o público e privado, a diferença entre casa e lar, e levanta questões sobre o espaço doméstico e autoconhecimento.

A pesquisa, segundo a artista, surgiu em 2019, período em que transitava constantemente entre Criciúma e Florianópolis. “No início de 2020, por conta do Covid-19, voltei para Criciúma, minha cidade natal, para um apartamento de onde recém havia me mudado, para estar mais perto de minha família”, afirma a mestra, que vê nesse um momento em que novas dúvidas surgiram sobre seu trabalho. “A partir desse momento, surgiram várias questões em minha mente sobre como habitar um espaço, como habitar um corpo, qual a diferença entre casa e lar e outras. Todos os resultados desses questionamentos, sem resposta, estarão na exposição”, explana.

Bruna Ribeiro fala também sobre o prazer de expor um trabalho na Sala Edi Balod. “Esse é um lugar que fez parte da minha vida, então fico muito feliz de ter a oportunidade de expor aqui. Já trabalhei e estagiei no espaço, ajudando a montar e organizar várias exposições, e essa minha primeira vez com uma exposição individual no local me enche de alegria”, conclui.

A abertura contou ainda com uma novidade na Sala Edi Balod: a “Reserva Tecno”, onde as DJs Bruna Machado, acadêmica de Teatro da Unesc, e Isabela Thomé, aluna do curso de Jornalismo da Instituição, apresentaram-se após a inauguração oficial. O espaço da reserva técnica da Sala foi adaptado para acomodar os equipamentos musicais, transformando o local em uma verdadeira pista de dança para o público presente.

Esta é a quarta exposição individual de Bruna Ribeiro, que previamente expôs em Florianópolis os trabalhos “Eu sou minha própria musa” (2018) e “Eu sou minha própria __” (2018) e em Criciúma, a exposição “Pieria” (2021). A artista ainda participou das exposições “Deambulações Internas” (2021), “a dor que dói na gente” (2021), “meio” (2022), “papel de parede” (2022) e “Poéticas da Relação” (2022).

A exposição ficará aberta para visitação até o dia 22 de dezembro de 2022, de segunda à sexta-feira, das 13h às 21h.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

02 de dezembro de 2022 às 17:08
Compartilhar Comente

Projetos de Extensão são socializados em Fóruns na Unesc

Projetos de Extensão são socializados em Fóruns na Unesc
Diretoria de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias, apresenta nesta quinzena de novembro, suas atividades realizadas por professores e acadêmicos Mais imagens

A diretoria de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias (Dirext) da Unesc realiza nesta quinzena do mês de novembro o Fórum “Socializar as atividades desenvolvidas pelos projetos de extensão”. O objetivo é divulgar as ações que estão sendo realizadas pela Universidade, e servem para avaliar os programas extensionistas realizados no período, bem como, analisar as propostas sugeridas, para o futuro planejamento e fortalecimento da Extensão na nossa Universidade Comunitária. Os encontros ocorrem em seis etapas e são divididos por área de conhecimento e os do Território Paulo Freire I e II.

Nesta quarta-feira (16/11), no auditório Edson Rodrigues, foram apresentadas, por meio de pitches, as atividades da área de Ciências Sociais Aplicadas (CSA). No período noturno foi a vez das ações desenvolvidas nas Ciências, Engenharias e Tecnologias (CET). Na manhã de quinta-feira (17/11), foram apresentados os programas da área das Ciências da Saúde e no vespertino os trabalhos de Humanidades, Ciências e Educação.

Na próxima segunda-feira (21/11), à tarde, no Bloco O, serão demonstrados os resultados dos Territórios Paulo Freire I e II. O encerramento dos Fóruns ocorre no período vespertino, no Bloco R, com a presença de todos os extensionistas, onde serão apresentadas as propostas dos envolvidos, e que norteará o Programa de Desenvolvimento Institucional (PDI) e os editais para o próximo biênio. As sugestões serão compiladas dos questionários que professores e alunos estarão respondendo neste período.

Aumento das atividades

Os professores ainda mencionaram que, em comparação com os editais de projetos internos da Unesc neste último biênio (2021/2022) com o biênio anterior (2019/2020), ocorreu um aumento de 25% no número de atividades. Atualmente, a diretoria desenvolve cerca de 80 projetos executados por meio dos editais 358, 359 e 360 e com a participação de 217 docentes e cerca de 160 alunos.

Números que impressionam

Os números das atividades extensionistas são gigantes e marca a presença da Unesc como uma Universidade Comunitária que se faz presente nos mais diversos segmentos da sociedade do Extremo Sul Catarinense. São mais de 221 projetos e programas realizados em mais de 45 municípios da Amrec, Amesc e Amurel, e no Rio Grande do Sul, com o engajamento em ações e projetos de extensão de 729 acadêmicos bolsistas e 82 voluntários, dentro  dos editais internos, externos, setores e realizados pelos cursos.

ODS

Os projetos e programas atendem aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Neste ano foram 52 ações comunitárias realizadas que beneficiaram cerca de 4 mil pessoas.

Graduação Multi

A partir de 2023 todos os cursos da Graduação Multi terão atividades curriculares de extensão, computando o mínimo de 10% do total da carga horária do curso em extensão ligadas a comunidade externa da instituição.

Universidade premiada

A nossa Universidade Comunitária, participante da Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe), por anos consecutivos vem sendo reconhecida com o Prêmio de Responsabilidade Social conferido pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), e pelo Top Of Mind, como a marca mais lembrada do estado, e por ser a Universidade mais empreendedora de Santa Catarina.

Para a diretora da Dirext, Fernanda Sonego, todas essas iniciativas é para a prezar pela indissociabilidade do ensino, pesquisa e extensão, atrelando a inovação e a cultura como transversais ao processo de aprendizagem. "Também valorizamos a experiência como o grande diferencial na formação de nossos acadêmicos. Motivos pelos quais temos contribuído significativamente para o desenvolvimento social, econômico, cultural, político de toda nossa região”, afirmou.

Mesmo estando em Aracajú(SE), representando a Universidade em um encontro de Educação Superior, a pró-reitora de Pós-graduação, Pesquisa, Inovação e Extensão Comunitária (Propiex), Gisele Coelho Lopes, transmitiu sua mensagem via Google-Meet aos participantes nas duas oportunidades do dia.

“Nosso intuito é entender o que fizemos, mas também refletir quais são as oportunidades que nós temos para poder aprimorar aquilo que estamos fazendo. Vivemos um momento diferente dos últimos anos, em que a Extensão se coloca, cada vez mais, como lugar estratégico na nossa instituição. Ela possibilita também, aos nossos estudantes, uma experiência formativa, não somente  pela perspectiva do Edital, mas também na curricularização da Extensão, colocando o acadêmico no centro deste conhecimento", destacou Gisele.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

21 de novembro de 2022 às 15:48
Compartilhar Comente

Curso de Artes Visuais promove exibição de documentário "Panorama"

Curso de Artes Visuais promove exibição de documentário
Diretores Daniel Leão e Djuly Gava estiveram no evento, ocorrido na noite da última quarta-feira (05/10) (Foto: Divulgação) Mais imagens

O Curso de Artes Visuais recebeu na noite de quarta-feira (05/10), os diretores do documentário Panorama, Daniel Leão e Djuly Gava, para uma exibição do curta-metragem seguido de uma conversa. O material audiovisual é um documentário de arquivo feito com as imagens dos moradores do Conjunto Habitacional Panorama, o maior condomínio popular de Florianópolis, composto por 800 apartamentos distribuídos em 41 blocos e  onde vivem cerca de cinco mil pessoas. 

Contemplado no Prêmio Catarinense de Cinema de 2020, o filme foi editado ao longo dos últimos dois anos, com imagens coletadas no início de 2019, quando seis pesquisadores fizeram, por duas vezes, um porta-a-porta em todos os apartamentos do imóvel. Mais de 40 famílias participaram do projeto que coletou mais de cinco mil imagens.

Os estudantes da disciplina “Linguagem de Vídeo” do curso de Artes Visuais, que estão elaborando roteiros para a produção de um curta metragem, conheceram melhor o processo de produção de um projeto audiovisual desta escala a partir da conversa com os diretores, que teve mediação da professora Silemar Silva.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

06 de outubro de 2022 às 17:29
Compartilhar Comente

Exposição “Entre o Visível e o Sensível - o percurso de uma paisagem” é a nova atração da Sala Edi Balod da Unesc

Exposição “Entre o Visível e o Sensível - o percurso de uma paisagem” é a nova atração da Sala Edi Balod da Unesc
Mais imagens

O Espaço de Exposições e Laboratório de Artes Visuais “Sala Edi Balod” da Unesc, segue com agenda recheada de eventos culturais. A partir da noite de terça-feira (04/10), ela abriga mais uma exposição coletiva com obras de 32 artistas de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Intitulada: “Entre o Visível e o Insensível - o percurso de uma paisagem”, a mostra tem como proposta apresentar a visão do artista contemporâneo quando vê a paisagem.

Curadora é de casa

A curadora da Mostra, ex-professora e ex-coordenadora do espaço, Ana Zavadil, apresenta a paisagem traduzida pelos artistas participantes. “Essas obras tratam da paisagem na visão artística, com um olhar contemporâneo. Este tema está em um campo, assim, bem ampliado, nem sempre a gente vai reconhecer à primeira vista o que que está vendo naquela obra. Porque que é uma paisagem? Exatamente porque está nesse campo bastante ampliado da arte. Então, são 32 artistas, são várias linguagens. Têm desenhos, objetos, cerâmica e pintura. É uma diversidade bastante grande de técnicas e de materiais”, explicou.

 Formação acadêmica

No ano passado o espaço recebeu um coletivo de 32 artistas mulheres, também de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, porém devido a pandemia, a abertura da exposição foi realizada de forma híbrida, impossibilitando a presença das autoras das obras.

A curadora sala e coordenadora do curso de Artes Visuais, Daniele Zacarão, destacou a importância de receber um evento com a participação de vários artistas. “É uma oportunidade muito importante, um espaço também de formação para os nossos alunos que vão estar em contato com produções artísticas de outros territórios, de outros contextos. Para nós é um grande presente, uma oportunidade única. Essa exposição servirá para qualificar a formação dos nossos acadêmicos de Artes Visuais”, destacou.

Segunda vez

Uma das artistas da exposição e deslocou de Caxias do Sul (RS), com a família para prestigiar a abertura da Coletiva. Clara Koppe, comentou a emoção em expor um de seus trabalhos na Unesc. “Esta é a segunda vez que exponho aqui e a Universidade sempre nos recebe muito bem, valorizando muito o trabalho dos artistas. A Unesc procura os artistas e isso nos envaidece muito quando somos procurados. Sobre a minha obra, eu tenho um projeto, uma pesquisa, que eu sempre faço com a Ana. Juntas temos um estudo de Arte Contemporânea. Nessa exposição sobre paisagem invisível, construí a minha obra com litogravura, com o nome de Pedro e pedra, pedra, Pedro. Como o meu trabalho é urbano, e trabalho muito com o foco em cima do operário e a pedra, o Pedro então o operário, faz um trocadilho e esse é o trabalho com o invisível do urbano em cima do Pedro e Pedra e na gravura que é lito”, descreveu.

Morro do Céu

A luta pela preservação do Morro do Céu, em Criciúma, também é representada em uma das obras expostas na Coletiva. Segundo a artista criciumense, Simoni Coelho, a escultura expressa o seu grito: ‘Não mexa no Morro do Céu!’ “A minha obra é uma escultura de mesa, com pintura galvanizada e base de mármore. Ela faz parte de uma coleção intitulada ‘Série Lumiere de 2021’ e é em alusão ao Morro do Céu, um protesto para que o local seja preservado, é o meu grito. É um privilégio para mim que sou egressa da Fucri, formada há 32 anos, voltar aqui e expor juntamente com esses artistas, sendo a maioria gaúchos. A Unesc sempre mora no meu coração, considero muito importante esse espaço de arte, ter um ambiente cultural desse nível na nossa cidade, estou encantada com a exposição”, confessou.

Visita

A exposição fica aberta até dia 28 deste mês, de segunda à sexta-feira, das 13 às 18h30min. Escolas e grupos podem agendar visitas mediadas pelo e-mail: salaedibalod@unesc.net.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

05 de outubro de 2022 às 08:26
Compartilhar Comente

Unesc está com inscrições abertas para o Pibid e Residência Pedagógica

Unesc está com inscrições abertas para o Pibid e Residência Pedagógica
Mais imagens

Acadêmicos de Licenciatura da Unesc e professores das redes públicas estadual e municipal de ensino tem mais uma grande oportunidade de ampliarem conhecimentos. A Unesc está com inscrições abertas para o processo seletivo de bolsistas para o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e o Programa Institucional de Residência Pedagógica. Interessados podem se inscrever até segunda-feira (03/10) nos dois programas do governo federal.

Os projetos acolhem acadêmicos que tenham cursado o mínimo de 50% do curso ou estejam frequentando a partir do 5º período e professores com dois anos de experiência no magistério na Educação Básica. 

Além de garantirem diferenciais para seus currículos, os selecionados receberão uma bolsa de estudos como auxílio financeiro mensal e pagamento de acordo com o cronograma da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O resultado preliminar será divulgado dia 5 de outubro pelo site da Unesc.

“É uma ótima oportunidade de ampliar os conhecimentos na escola. Tanto o Pibid quanto a Residência Pedagógica visam proporcionar aos acadêmicos uma aproximação prática com o cotidiano das escolas públicas de educação básica e com o contexto em que estão inseridos”, comenta Schlickmann. 

Sobre os programas:

O Pibid oferece bolsas de iniciação à docência a estudantes de cursos de licenciatura que desenvolvam atividades pedagógicas em escolas da rede pública de educação básica; a coordenadores institucionais que articulem e implementem o programa em universidades ou institutos federais de educação, ciência e tecnologia; a coordenadores de área envolvidos na orientação aos bolsistas e, ainda, a professores de escolas públicas responsáveis pela supervisão dos licenciandos.

O Programa de Residência Pedagógica, da Capes, tem a finalidade de contribuir para o aperfeiçoamento da formação inicial de professores da educação básica nos cursos de licenciatura. O objetivo é induzir o aperfeiçoamento da formação prática nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão de licenciandos na escola de educação básica, a partir da segunda metade de seu curso.

Regras, editais e inscrições

São 180 bolsas disponíveis entre os cursos de Arte, Ensino Religioso e História, Educação Física Licenciatura, Matemática, Geografia, Química, Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Pedagogia e 25 bolsas para os professores das redes públicas estadual e municipal.

As regras completas para participação e a documentação necessária para concorrer às vagas podem ser encontradas nos editais já publicados no site da Unesc.

Pibid

Professor supervisor

Edital: https://www.unesc.net/portal/capa/index/231/0/0/componente/processo/ver/1/142/2022/2

Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd12Noa_J3TtJnbfpYz6keIFDxY3R81wSgQEBlmpDvE-JtDWg/viewform

Aluno bolsista

Edital: https://www.unesc.net/portal/capa/index/231/0/0/componente/processo/ver/1/141/2022/2

Inscrições:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfrgP8QDfPfA545NVjsJgjbOhdIY0cc7-PmEV-JjthKZRCkvg/viewform

Residência Pedagógica

Professor preceptor 

Edital: 

https://www.unesc.net/portal/capa/index/231/0/0/componente/processo/ver/1/219/2022/2

Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScVYgWTESJQAk1lnM6lADidszSOUnVIBbICJTxeK_We6vz6KA/viewform

Aluno bolsista 

Edital: https://www.unesc.net/portal/capa/index/231/0/0/componente/processo/ver/1/218/2022/2

Inscrições: 

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfrgP8QDfPfA545NVjsJgjbOhdIY0cc7-PmEV-JjthKZRCkvg/viewform


 

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

30 de setembro de 2022 às 13:10
Compartilhar Comente (1)