Reitoria

Inova Unesc: visita técnica e imersão em processos educativos na PUC do Paraná

Inova Unesc: visita técnica e imersão em processos educativos na PUC do Paraná
Atividade ocorreu de quinta-feira a domingo (15 a 18/9) (Fotos: divulgação) Mais imagens

Repensar institucionalmente as práticas na Universidade, de modo a dar sustentação aos desafios da educação superior no século XXI. Esse foi um dos princípios que motivou a participação de 30 professores da Unesc na visita técnica e imersão formativa na PUC (Pontifícia Universidade Católica) do Paraná. A atividade ocorreu de quinta a domingo (15 a 18/9).

“A visita teve como principal objetivo investir na formação continuada dos professores, no estudo do currículo por competências e em estratégias de aprendizagem efetiva frente aos desafios da contemporaneidade. Também temos que destacar a oportunidade de realizar um benchmarking (avaliação comparativa) nos serviços e programas estratégicos oferecidos pela PUC, especialmente no que se refere a inovação curricular e pedagógica nos cursos de graduação”, afirma o professor Marcelo Feldhaus, Diretor de Ensino de Graduação da Universidade.

Uma rica experiência

A programação foi organizada em dois momentos: nos dois primeiros dias foram realizadas visitas técnicas nas Escolas de Humanidades e Educação, Ciências da Vida, Politécnica e Negócios. O grupo também visitou o CREARE (Centro de Ensino e Aprendizagem), responsável pelo movimento de inovação acadêmica na instituição; o SEAP (Serviço de Apoio Psicopedagógico dos Estudantes), e o SIGA (Sistema Integrado de Gestão Acadêmica), com o intuito de observar a organização dos currículos e o ecossistema institucional dos serviços que dão suporte ao professor e ao estudante da PUC.

No segundo momento o grupo realizou uma imersão em estratégias para a aprendizagem efetiva, atividades que totalizaram 16 horas aula em Blended Learning (Aprendizado mesclado) e Flipped Classroom (Sala de aula invertida), estratégias para aprendizagem ativa em aulas expositivas, ensino sob medida, peer instruction (Instrução de pares), Problem Based Learning (Aprendizagem Baseada em Problemas ), Project Based Learning (Aprendizagem Baseada em Projetos), Team Based Learning (Aprendizagem Baseada em Equipe) e uso de Tecnologias em sala de aula. Além de pensar as metodologias ativas como técnicas, a imersão teve como foco o saber, o ser e o agir a partir de problemas reais.

De acordo com a professora Daniela Arns, assessora pedagógica e professora do curso de Letras, a experiência foi intensa e muito significativa. “O conhecimento é valioso pela sua construção em parceria e pela sua capacidade de promover a mudança no indivíduo, do ponto de vista pessoal e de grupo, no sentido de transformar a sociedade pela emancipação social, cultural, política e ambiental”, destaca.

Participaram da visita e imersão os professores do Núcleo de Ensino e Aprendizagem da Unesc com representantes das três diretorias que compõem a Proacad (Pró-reitoria Acadêmica), responsáveis pelas diretrizes institucionais do Inova Unesc (Programa de Inovação Curricular e Pedagógica), lançado no dia 29 de julho durante a Formação Continuada de docentes das quatro áreas do conhecimento da Universidade e coordenadores dos cursos de graduação. 

Unesc se prepara para o futuro

O grupo presente na visita terá o desafio de multiplicar ações a partir da realização de grupo de estudos e prototipagem de disciplinas ministradas em 2019/2, com o intuito de repensar os processos educativos e engajar novos professores no processo de inovação acadêmica. “A Unesc decidiu inovar de maneira disruptiva no seu ensino de graduação e por assim ser, prioriza e fomenta ações voltadas para a formação continuada dos seus professores e professoras como eixo estratégico no movimento de inovação curricular e pedagógica”, destaca a reitora da Universidade, Luciane Bisognin Ceretta.

No decorrer do semestre estão programadas uma série de ações de ampliação, como rodas de conversa, oficinas de imersão, formações sistemáticas, café com troca de experiências, renovação de salas de aula e ambientes de aprendizagem e inauguração do Núcleo de Ensino e Aprendizagem. “Este espaço constituirá um local de apoio, cooperação e interação entre professores para criação, desenvolvimento e difusão do conhecimento didático-pedagógico por meio de formação continuada, acompanhamento e incentivo de práticas que estimulem o protagonismo dos estudantes no desenvolvimento de competências profissionais, pessoais e sociais”, explica Feldhaus.

Inova Unesc

Com o objetivo de formar um cidadão atuante e capaz de formular perguntas para as quais ainda não temos respostas, o programa busca criar currículos com base no saber, no agir e no saber ser. Os ambientes de aprendizagem conectarão o mundo digital com os problemas reais e professores curadores do processo de ensino e aprendizagem.

Marcelo Feldhaus - Diretor de Ensino de Graduação da Universidade
Leonardo Ferreira - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

19 de agosto de 2019 às 19:08
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito