Coronavírus

Segurança marca retorno gradual das atividades presenciais na Unesc

Segurança marca retorno gradual das atividades presenciais na Unesc
Campus voltou a receber acadêmicos para atividades práticas e estágios (Fotos: Milena Nandi) Mais imagens

Após uma semana da retomada gradual das atividades presenciais na Unesc, as ações de prevenção e segurança de professores, alunos e funcionários seguem a todo o vapor. Isso tem dado segurança à comunidade acadêmica, e especialmente aos alunos, que retornaram em função da necessidade do cumprimento de carga prática para a conclusão do curso de superior. Dia 8 de junho, o primeiro grupo de acadêmicos iniciou o retorno, e nesta segunda-feira (15/6), um novo grupo retomou as atividades práticas ou estágios. Nos dias 22 e 29 de junho, novas turmas voltarão ao campus.

A decisão foi tomada mediante liberação por meio de decreto Estadual e, principalmente, acompanhamento minucioso da situação pelo Comitê de Biossegurança da Universidade, diretamente ligado à Reitoria. Ele programou atividades de capacitação para ocorrer durante toda a semana, que se somam às medidas prévias como a distribuição de mil dispensers de álcool em gel pelo campus, higienização dos espaços e dos ônibus com ozônio (mais detalhes), entrega de 50 mil kits (máscaras, álcool em gel de uso individual e uma cartilha com orientações) e uma reestruturação da identidade visual da Universidade, com informações precisas para um retorno seguro.

Essas medidas têm deixado os acadêmicos como Amanda Cascaes Mazzucco, da nona fase do curso de Engenharia Civil mais tranquilos em voltar ao campus. Ela retornou na última sexta-feira (12/6) para cumprir as atividades da disciplina de Estágio I e juntamente com os demais colegas, desenvolver projetos que serão apresentados ao final do estágio. “Acredito que um pouco de receio todos nós tivemos. Mas desde o começo, quando fomos avisados que as atividades iriam retornar a coordenação e os professores nos passaram todas as informações e orientações necessárias. No dia do retorno recebi os EPI's (equipamentos de proteção individual) e a cartilha com as orientações. A turma participou de uma conversa com a equipe da Unesc, que passou todas informações necessárias e tirou todas as dúvidas que surgiram”, comenta Amanda. “O mais legal foi ver que todos estão preocupados e empenhados em fazer esse retorno ser mais seguro”, complementa.

Na sala de aula, Amanda mantém o distanciamento físico dos colegas e professores conforme o exigido, cada aluno trabalha no seu notebook e tem um compartilhamento de ideias entre os professores e os outros colegas, que também ocorre via Google Meet e Whatsapp.

A reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, reforça que o retorno gradual foi muito bem planejado e que todas as ações foram embasadas na ciência, levando em consideração a realidade presente e a segurança das pessoas. “A preocupação essencial é com a segurança dos nossos alunos, professores e funcionários e por isso, cada ação foi, antes de ser implementada, cuidadosamente discutida com profissionais de saúde e de epidemiologia. Entendemos nossa responsabilidade e, com grande cautela, construímos um plano de retomada detalhado e calculado”, salienta.

Luciane explica que neste momento estão retornando os acadêmicos com real necessidade de presença. A reitora reforça que os alunos que fazem parte do grupo de risco e os que não se sentirem seguros podem optar por continuarem em casa e recuperar o conteúdo posteriormente.

Comitê de Biossegurança acompanha atividades de perto

O Comitê de Biossegurança é composto por funcionários e professores de diferentes áreas e com foco no conhecimento científico e acompanha de perto todas as atividades nesse retorno.

Ao chegar na Universidade, os acadêmicos poderão perceber que em cada porta de acesso aos blocos, há tapetes sanitizantes para a correta higienização dos sapatos. Perceberão também dispensers de álcool 70 em frente aos diferentes setores e salas.

Segundo a técnica em Segurança do Trabalho do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (Sesmt), Ana Paula Tiscoski, ao chegar, cada aluno receberá um kit com EPIs de acordo com as atividades práticas e estágio que irão desenvolver neste retorno. “Em comum, em todos os kits, há quatro máscaras de pano, álcool 70 em gel, uma cartilha com orientações e as medidas preventivas para o campus, além de indicações sobre a forma correta de uso e higienização da máscara, item de segurança importantíssimo. Além disso, antes de iniciarem as atividades, todos os alunos passam por uma capacitação e podem tirar as dúvidas com profissionais da Universidade”, conta.

Mais medidas de segurança

O Comitê de Biossegurança da Unesc ainda definiu ações como: demarcações físicas dos espaços obedecendo o distanciamento físico; instalação de comunicação visual em todos os locais indicando os cuidados relacionados com o isolamento físico; o reforço na higienização de todos os espaços e a utilização da tecnologia do ozônio para a desinfecção de todos os ambientes, inclusive os ônibus que chegarem à Universidade.

Segundo a técnica em Segurança do Trabalho do Sesmt, Devonete Mariano, todas as salas de aula e laboratórios são devidamente higienizados pela equipe da Universidade nos intervalos das aulas. Além disso, ao final do dia, é realizada a desinfecção com ozônio nas salas.  

A Universidade acompanha de perto a situação da pandemia na região e os desdobramentos das medidas em nível nacional, estadual e regional continuarão sendo avaliados diariamente.

Milena Nandi – Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

15 de junho de 2020 às 17:26
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito