imagem do site

As inscrições para a segunda chamada já estão abertas! Venha até a Unesc, procure a Centac, e inscreva-se no curso dos seus sonhos.

  • Bolsa da Prefeitura Municipal de Criciúma (PMC)
  • Artigo 170
    • O que é a bolsa do Artigo 170?

      É uma bolsa de estudos do Governo do Estado de Santa Catarina de acordo com as Leis Complementares nº 281/2005, nº 296/2005 e nº 420/08.

    • A quem é concedida a bolsa?

      O recurso da bolsa do Artigo 170 é concedido para:

      • Alunos economicamente carentes e a alunos com deficiência e economicamente carentes.
      • Inscritos no UNIEDU e no Artigo 170;
      • Alunos que cursam a primeira graduação, exceto licenciatura curta;

      O governo repassa os valores para as universidades não públicas, ficando sob responsabilidade destas a organização, divulgação e critérios do Edital do Artigo 170.

    • Como e quem pode participar?

      • Para participar é necessário fazer a inscrição no site da Unesc no Link do Artigo 170 e no site do UNIEDU (nos prazos estabelecidos em Edital);
      • Podem participar os alunos regularmente matriculados em um dos cursos de graduação da Unesc no semestre vigente, inscritos e que entregarem toda a documentação conforme edital

    • Como se dá a seleção dos candidatos à bolsa?

      O candidato é selecionado pelo seu Índice de Carência (IC) através das informações prestadas no formulário de inscrição e comprovadas com as documentações entregues solicitadas em edital.

    • Quanto da mensalidade a Bolsa do Artigo 170 cobre?

      Os recursos provenientes do Artigo 170 cobrem até 40% da mensalidade de alunos financeiramente carentes e 100% da mensalidade de pessoas com deficiência e financeiramente carentes, no semestre vigente.

    • Quais são as obrigações do aluno?

      • Assinar o recibo de prestação de contas do Artigo 170.
      • Participar de projetos com atividades sócioeducativas (20h por semestre), conforme Edital.

    • Como age a Comissão de Fiscalização? Por quem é composta a Comissão?

      A Comissão de Fiscalização tem como atribuição a fiscalização do cumprimento dos critérios para a concessão, obtenção e manutenção de bolsas de estudo e de bolsas de pesquisa. A Comissão é constituída, conforme a Lei Complementar nº 281/05 e por Portaria da Reitoria, por representantes da:

      Unesc:
      Edison Uggioni
      Carmem Furlanetto

      Diretório Central dos Estudantes:
      Franciel Tupan da Rosa
      Sofia Serrano Scheibler
      Lucas Garcia Quaglioto

      Entidades Organizados da Sociedade Civil de Criciúma:
      João Batista da Silva (Sindicatos dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Criciúma e Região)
      João da Silva (União das Associações de Bairros de Criciúma)

      Secretaria de Desenvolvimento Regional:
      Valdeci Mariana

    • Quem faz parte da Comissão Técnica do Artigo 170?

      Representantes da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação:
      Janaína Damasio Vitorio - Coordenadora CPAE
      Marlete Borges Cechella - Assistente Educacional
      Janimara Ló - Assistente Social
      Maria Luiza Candido Rossa - Assistente Social

      Representantes do Diretório Central dos Estudantes:
      Franciel Tupan da Rosa
      Lucene Cândido Magnus

  • Programa Nossa Bolsa Licenciatura
  • Programa Universidade para Todos (ProUni)
    • O que é a bolsa de estudo Prouni?

      A bolsa Prouni é um programa criado pelo MEC pela Lei Federal 11.096/2005 que tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo parciais e integrais em cursos de graduação em Universidades Privadas de Educação Superior. A Unesc faz parte deste programa ofertando bolsas de estudo para candidatos ingressantes e para candidatos já matriculados na instituição.

    • Quais os requisitos para concorrer à Bolsa?

      • Ter cursado o Ensino Médio completo em escola da rede pública;
      • Ter cursado o Ensino Médio completo em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição;
      • Ter cursado todo o Ensino Médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral na instituição privada;
      • Ser pessoa com deficiência;
      • Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente de instituição pública e que estejam concorrendo a bolsas nos cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Nesses casos não é considerado o critério de renda.

    • Qual a renda por pessoa para pode participar do Prouni?

      • Para Bolsa integral a renda por pessoa deve ser de até um salário mínimo e meio.
      • Para Bolsa parcial a renda por pessoa deve ser de até três salários mínimos.

    • Quem pode se inscrever no processo seletivo?

      Podem se inscrever no processo seletivo do Prouni candidatos não portadores de diploma de curso superior que tenham realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano anterior e alcançado no mínimo 450 pontos na média das cinco notas (Ciências da Natureza e suas tecnologias; Ciências Humanas e suas tecnologias; Linguagens, Códigos e suas tecnologias; Matemática e suas tecnologias e redação), e que não tenham zerado a redação.

    • Como devem proceder os candidatos pré-selecionados no ProUni?

      Após a divulgação dos candidatos pré-selecionados no ProUni (Portal ProUni), os candidatos devem entrar em contato com a Coordenadoria de Políticas de Atenção ao Estudante da Unesc (CPAE) e agendar sua entrevista para a comprovação das informações declaradas, para comprovação das informações declaradas, pelo telefone (48) 3431.2686.

    • Quais são os documentos necessários no ato da entrevista?

      O candidato deverá apresentar os documentos que são solicitados no site da Unesc no link Bolsa Prouni:

      Comprovantes de identificação:
      • CPF e RG de todo o grupo familiar; (cópia)
      • No caso dos menores de idade, apresentar certidão de nascimento;
      • Certidão de Casamento (cópia) ou Declaração de União Estável
      • Comprovante de separação/divórcio e/ou declaração que comprove que o membro do grupo familiar se encontra separado e/ou solteiro caso não seja casado e também não tenha união estável se for o caso/
      • Certificado de conclusão do Ensino Médio e comprovante de recebimento de bolsa de estudos integral durante o período cursado em instituição privada, quando for o caso, emitido pela respectiva instituição;
      • Comprovante de conclusão do Ensino Médio em escola pública, histórico escolar e diploma.

      Comprovante de residência dos membros do grupo familiar
      • Cópia do comprovante de residência (água, energia elétrica ou telefone)

      Comprovante de rendimentos do candidato e dos integrantes de seu grupo familiar
      No caso de Assalariados:
      • Três últimos contracheques, no caso de renda fixa e/ou os Seis últimos contracheques, quando houver pagamento de comissão ou hora extra.
      • Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição.
      • No caso de Atividade Rural: apresentar declaração de atividade rural devendo obrigatoriamente ser preenchido pelo sindicado ao qual a produção está vinculada ou declaração própria do Sindicato Rural: na impossibilidade absoluta de apresentar os documentos solicitados apresentar as notas fiscais de vendas dos últimos seis meses, juntamente com a cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) acompanhada da original. Cópia página da foto, identificação do último contrato assinado e a folha seguinte em branco. Caso não possua carteira de trabalho e/ou tenha perdido, apresentar declaração que não possui;
      • No caso de Aposentados e Pensionistas: apresentar extrato de pagamento do último mês emitido exclusivamente pela internet no endereço eletrônico http://www.mpas.gov.br ou diretamente na agência do INSS da sua cidade. Obs: não serão aceitos extratos emitidos via Caixa Eletrônico. Apresentar juntamente a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) registrada e atualizada: cópia pagina da foto e identificação, último contrato assinado e a folha seguinte em branco. Caso não possua carteira de trabalho e/ou tenha perdido, apresentar declaração que não possui;
      • No caso de Autônomos: apresentar Decore (para os profissionais liberais) e para os trabalhadores informais (ex: bicos), apresentar Declaração de Rendimentos, juntamente com a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) registrada e atualizada: cópia da pagina da foto e identificação, último contrato assinado e a folha seguinte em branco. Caso não possua carteira de trabalho e/ou tenha perdido, apresentar declaração que não possui;
      No caso de Proprietários, Sócios e Dirigentes de Empresas: apresentar os três últimos pró-labores de remuneração mensal, juntamente com IRPF, IRPJ e RAIS;
      • No caso de Rendimentos de Aluguel ou Arrendamento de Bens Móveis e Imóveis: apresentar contrato de locação ou arrendamento devidamente registrado em cartório acompanhado dos três últimos comprovantes de recebimentos.
      • No caso de desemprego deverá apresentar: Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) registrada e atualizada: cópia da foto e identificação, último contrato assinado e a folha seguinte em branco. Caso não possua carteira e/ou tenha perdido, apresentar declaração que não possui;
      Declaração de Patrimônio;
      • Cópia Documento de veículo automotor
      Divisão de aluguel se for o caso;
      Declaração de Casa Cedida se for o caso;
      Comprovante de Pensão Alimentícia caso receba ou Comprovante que não recebe Pensão Alimentícia;
      • No caso de algum membro do grupo familiar ser solteiro(a) e/ou separado sem ter oficializado seu matrimônio ou sua separação, apresentar uma declaração;
      Termo de Compromisso.

      Obs: a cada semestre, o MEC disponibiliza em sua página eletrônica, Portaria que regulamenta os processos seletivos do Prouni, onde nos anexos (II, III, IV e V) é possível verificar na integra, todos os documentos que poderão ser apresentados na instituição no momento da entrevista, caso o candidato tenha dificuldades em apresentar alguns dos documentos solicitados acima.

      A comissão de Avaliação poderá a qualquer tempo solicitar outros documentos que julgar necessário.

    • Quem faz parte da Comissão Local de Acompanhamento e Controle Social do Programa Universidade para Todos?

      Composição da Comissão Local nos termos do art. 3º Portaria nº 1.132, 2 de dezembro de 2009:

      I - 1 (um) representante do corpo discente das instituições privadas de ensino superior, que deve ser bolsista do Prouni:
      Titular: Nathali Stone Peres
      Suplente: Samuel Érico Cardoso

      II - 1 (um) representante do corpo docente das instituições privadas de ensino superior, que deve ser professor em regime de dedicação mínima de 20 (vinte) horas semanais:
      Titular:Leonel Luiz Pereira
      Suplente: Leopoldo Pedro Guimarães Filho

      III- 1 (um) representante da direção das instituições privadas de ensino superior, que deve ser o coordenador ou um dos representantes do Prouni na IES:
      Titular: Janaína Damásio Vitório
      Suplente: Lutiele da Silva Ghelere

      IV- 1 (um) representante da sociedade civil:
      Titular: Fábio Matos

  • FIES - Fundo de Financiamento Estudantil
    • O que é o FIES?

      É um programa do Ministério da Educação, que financia cursos superiores presenciais não gratuitos e com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

      O FIES é uma forma de processo seletivo de ingresso e permanência na IES observando os critérios de seleção do financiamento. Para os ingressantes a vaga na IES fica condicionada a formalização do contrato junto ao banco.

    • Quais são os critérios para a contratação do FIES?

      • Ter renda familiar mensal bruta, per capita, de até 3 (três) salários mínimo.
      • Ter participado de alguma das edições do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) a partir de 2010, obtido nota mínima de 450 pontos na média das provas, e não ter zerado na redação.

      O percentual de financiamento é definido pelo FIES, de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante.

    • Quais são as taxas de juros

      6,5% ao ano para o estudante que contratou o FIES a partir do 2º semestre de 2015

    • Preciso de fiador? Quais as formas de fiança?

      Convencional: nesta modalidade o estudante deverá, no momento da conclusão da inscrição, informar um ou até dois fiadores, cuja renda total seja igual ao dobro do valor da mensalidade do estudante.

      Solidária: o estudante que optar por esta forma de fiança, terá que formar um grupo de 3 a 5 estudantes que deverão obrigatoriamente ser da mesma IES e do mesmo local de oferta do curso, neste caso os estudantes serão fiadores entre si.

      Os estudantes bolsistas parciais do ProUni, matriculados em cursos de licenciatura e os estudantes que tenham renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio, ficam dispensados de fiadores podendo optar pelo FGEDUC (Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo).

    • Como ocorre o processo seletivo para contratação do FIES?

      • Em datas estabelecidas pelo FIES, o candidato deverá acessar o endereço eletrônico: http://fiesselecao.mec.gov.br para realizar a inscrição. Os candidatos pré-selecionados, deverão concluir a inscrição no endereço eletrônico: sisfiesportal.mec.gov.br.

      • Depois de concluída a inscrição, o candidato deverá entrar em contato com a CPAE - Coordenadoria de Políticas de Atenção ao Estudante pelo telefone: (48) 3431-2686, para agendamento de entrevista com entrega da documentação, validação das informações e emissão do DRI (Documento de Regularidade de Inscrição).

      • Para formalização do contrato, o estudante terá que comparecer na agência bancária com o DRI e demais documentos solicitados pelo banco.

    • Como ocorre o aditamento da renovação?

      • No início de cada semestre é solicitado o Aditamento pela UNESC;

      • O estudante receberá um comunicado do FIES para confirmar o aditamento, ele deverá conferir as informações e estando de acordo, confirmar, não estando, deverá procurar a CPAE para ajustes;

      • O estudante que não realizar o Aditamento de Renovação semestral dentro dos prazos estabelecidos pelo MEC, terá o FIES suspenso ou encerrado.

    • Quais são os tipos de aditamento?

      Simplificado: ocorre quando não há alteração no contrato, neste caso o estudante não necessita ir ao banco;

      Não Simplificado: o estudante precisa ir ao banco após ter confirmado o aditamento em data estabelecida pelo FIES. Nesse caso, o estudante deverá solicitar imediatamente para a CPAE o DRM (Documento de Regularidade de Matrícula), para apresentar no banco juntamente com os demais documentos.

    • E se eu trancar a matrícula, o que faço com o FIES?

      O estudante deverá solicitar a suspensão temporária do financiamento no SisFies e entrar em contato com a CPAE para validação e assinatura do DRM de suspensão.

    • E se eu não concluir o curso no tempo de utilização do FIES?

      Poderá solicitar Dilatação de prazo no SisFies, e procurar a CPAE para validação e solicitação do Aditamento de Renovação