imagem do site

Lesão Medular

Segundo a Diretriz de Atenção à Pessoa com Lesão Medular (2013), a Lesão Medular se caracteriza como sendo toda injúria às estruturas contidas no canal medular (medula, cone medular e cauda equina), podendo levar a alterações motoras, sensitivas, autonômicas e psicoafetivas.

Aspectos Clínicos

  • Quadro clínico: Diagnóstico médico de quadro clínico estável; Classificação:
  • Paraplegia - perda total das funções motoras dos membros inferiores;
  • Paraparesia - perda parcial das funções motoras dos membros inferiores;
  • Monoplegia - perda total das funções motoras de um só membro (inferior ou superior);
  • Monoparesia - perda parcial das funções motoras de um só membro (inferior ou superior);
  • Hemiplegia - perda total das funções mototras de um lado do corpo (esquerdo ou direito);
  • Hemiparesia - perda parcial das funções mototras de um lado do corpo (esquerdo ou direito);
  • Tetraplegia - perda total das funções motoras dos membros inferiores e superiores;
  • Tetraparesia - perda parcial das funções motoras dos membros inferiores e superiores;
  • Triplegia - perda total das funções motoras em três membros;