Mestrado Profissional em Saúde Coletiva

Mestrado Profissional em Saúde Coletiva

Objetivos

Formar profissionais e gestores na área da saúde para qualificação e inovações da gestão na saúde, com foco no cuidado e educação, contando para isto com competência para pesquisa e análise crítica nos temas da epidemiologia aplicada, a promoção da saúde, educação e gestão do trabalho.

Objetivos Específicos

Instrumentalizar profissionais de saúde e gestores das redes e serviços de saúde, para que estejam aptos a:
a) Identificar as melhores evidências para a tomada de decisões em saúde;
b) Utilizar métodos epidemiológicos para descrever e analisar situações de saúde de coletividade, gerar informações que possibilitem a formulação de proposta de intervenção nos serviços de saúde;
c) Avaliar e desenvolver novas tecnologias para promoção da saúde na perspectiva da integralidade do cuidado e produção de autonomia;
d) Desenvolver e aplicar programas de educação em saúde na perspectiva na mudança do processo de trabalho e qualificação da gestão;
e) Produzir conhecimentos a partir de investigação, que subsidiem o desenvolvimento de produtos e intervenções para qualificação das redes de serviços.

Disciplinas

  • Disciplinas Obrigatórias
  • Bases Históricas e Conceituais em Saúde Coletiva
  • Educação na Saúde
  • Epidemiologia Aplicada
  • Gestão do cuidado integral a saúde
  • Promoção da Saúde
  • Seminário de Acompanhamento
  • Disciplinas Optativas
  • Bioestatística I
  • Bioestatística Avançada
  • Bioética
  • Docência em Saúde
  • Informática em Saúde
  • Metodologia da Pesquisa Científica
  • Novas Tecnologias em Saúde
  • Pesquisa Qualitativa em Saúde
  • Saúde Baseada em Evidência
  • Seminário Especializado

PPGSCol - Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (Mestrado Profissional)

Para saber mais sobre o PPGSCol, clique aqui!

Índices de Qualidade

  • Ranking Universitário Folha - RUFSegundo o Ranking Universitário Folha - RUF, a Unesc ficou em 1º lugar em Pesquisa entre as Universidades não estatais de Santa Catarina.

Linhas de Pesquisa

Educação e gestão do trabalho na saúde

O trabalho em saúde. Processos de Trabalho. Gestão do Trabalho. Profissões da Saúde e modelo formativo. Educação no Trabalho. Educação Permanente. Educação como dispositivo da gestão do trabalho. Pesquisa as relações que se estabelecem entre o ensino e a gestão dos serviços de saúde, com foco na educação permanente, entendendo-a como ferramenta pedagógica, e dispositivo de gestão do trabalho. Estes estudos consideram os processos de ensino-aprendizagem com base nos cenários de práticas na saúde e servindo como dispositivo para a reorganização dos processos de trabalho.
A Educação Permanente em Saúde articula ao mesmo tempo a dimensão do trabalho e da aprendizagem. Desenvolvimento de estudos concernentes à política educacional e de saúde, bem como a compreensão do ensino-aprendizagem nos processos de trabalho em saúde, tendo como foco a aprendizagem significativa, as metodologias ativas e os processos avaliativos.

Epidemiologia aplicada em serviços de saúde

Estudos e pesquisas epidemiológicas relacionadas às doenças crônicas não transmissíveis, envelhecimento, transtornos psiquiátricos, saúde do trabalhador e saúde da mulher. Análise de situação de saúde. Sistemas de Informações e avaliação de tecnologias em saúde. Utilização das ferramentas da epidemiologia para a tomada de decisões no âmbito da gestão e da assistência à saúde, dimensões inseparáveis dos processos organizacionais e de práticas em saúde, do cuidado e na organização de projetos e programas nas redes de atenção e vigilância à saúde. Estudos de evidência científica e sua aplicação nos serviços.

Promoção da saúde e integralidade

Estuda a Promoção da Saúde como um dos elementos que compõe a prática da integralidade, operando com as dimensões objetivas e subjetivas de produção do cuidado. A inserção e permanência de usuários em programas para a promoção de estilos de vida saudável, com ênfase na atividade física e na nutrição, considerando as diferenças de modos de vida, de inserção social, de cultura, hábitos, como requisito para a autonomia e o cuidado de si. Estudos de integralidade em saúde com foco no desenvolvimento de novas tecnologias, práticas e políticas na promoção da saúde.

Orientadores

Orientadores Permanentes
Antônio Augusto Schafer Lattes Email
Cristiane Damiani Tomasi Lattes Email
Fernanda de Oliveira Meller Lattes Email
Fabiane Ferraz Lattes Email
Jacks Soratto Lattes Email
Joni Márcio de Farias Lattes Email
Lisiane Tuon Generoso Bittencourt Lattes Email
Luciane Bisognin Ceretta Lattes Email
Maria Inês da Rosa Lattes Email
Willians Cassiano Longen Lattes Email
Orientadores Colaboradores
Antônio José Grande Lattes Email

Fale com a gente

  • Horário: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.
  • Secretaria: (48) 3431 2609
  • Endereço: Av. Universitária, 1105 - Bairro Universitário - CEP: 88806-000 - Criciúma-SC - Bloco S - Sala 13
  • E-mail: ppgscol@unesc.net