Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão

10ª Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc é lançada com palestra de diretora da Capes

10ª Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc é lançada com palestra de diretora da Capes
Sônia Nair Báo se reuniu com os gestores da Universidade e proferiu palestra nesta terça-feira (11/6) (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

A Unesc recebeu, nesta terça-feira (11/6), uma completa aula sobre a Pós-graduação no Brasil com a presença da diretora de Avaliação da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), Sônia Nair Báo. Sônia esteve na Universidade para encontro com lideranças da Instituição e ministrou palestra no evento que marcou o lançamento oficial da 10ª SCT (Semana de Ciência e Tecnologia) da Unesc. A visitante trouxe um panorama atual sobre a educação superior no país e abordou o tema “O Futuro da Pós-Graduação no Brasil” em sua fala à comunidade acadêmica no Auditório Ruy Hülse lotado.

Ao anunciar a abertura dos processos de submissão de trabalhos para SCT, a coordenadora do evento, Merisandra Côrtes de Mattos Garcia, fez questão de agradecer a todos os envolvidos para que esta edição seja mais um grande sucesso. Conforme Merisandra, em 2019 mais uma vez o tema do evento na Unesc segue a linha nacional e tem como temática a “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”. O evento, considerado a maior das ações acadêmicas e científicas da Universidade será realizado de 21 a 25 de outubro.

Um dos diferenciais desta edição, de acordo com a coordenadora, será a 1º Seminário de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, novidade entre a extensa programação que contará ainda com a 19º Seminário de Iniciação Científica; o 11º Salão de Extensão; o 9º Salão de Ensino; o 5º Salão de Pós-graduação; a 6ª Feira de Inovação; o 6º Talento Musical; a 5ª Feira de Ciências; o 4º Bootcamp; o 4º Workshop de Arqueologia; o 2º Ciclo de Palestras do Museu de Zoologia; e a Jornada Empreendedora.

Destacando os números da história dos sete programas de Pós-graduação da Unesc, o diretor de Pesquisa e Pós-graduação da Unesc, Oscar Montedo, salientou a importância do conhecimento gerado e compartilhado ao longo dos anos de trabalho nas áreas abraçadas pela Unesc. “Temos números muito significados de defesas de dissertação de mestrados e teses de doutorados. Já somos reconhecidos nacionalmente pela nossa Pesquisa como uma instituição não publica e nossa intenção é ampliar cada vez mais a qualidade desse trabalho tão importante para a Universidade”, destacou.

Conforme Oscar, sendo o principal evento da Unesc, o lançamento da SCT não poderia ter presença mais significativa do que a da representante da Capes. “É uma honra e uma felicidade muito grande para todos nós. Estamos muito satisfeitos com a presença de todos para prestigiar esse momento”, salientou.

A representante da reitoria no evento, a Pró-reitora Acadêmica, Indianara Reynaud Toreti, destacou a honra de receber a autoridade no momento em que é oficializado o lançamento do evento que envolve a comunidade acadêmica ao longo de todo o ano. “É por meio da SCT que socializamos muito do que é produzido em conhecimento científico e em cultura, que integramos com a comunidade externa, que a Universidade se movimenta ainda mais em torno do conhecimento. Nesta noite tão especial, deixo o convite para que todos nós nos envolvamos socializando experiências, participando, ajudando a construir a programação”, pontuou.

Para a reitora da Universidade, Luciane Bisognin Ceretta, que participou de longa e esclarecedora conversa com a diretora da Capes, a presença de Sônia, além de uma grande honra para a Instituição, possibilitou o acesso a ótimas informações sobre os caminhos da área no Brasil. “Isso permitirá que nós direcionemos nossos Programas da melhor maneira. Sua presença demonstra ainda a importância da nossa Universidade no cenário da pesquisa nacional. Estamos muito contentes pelo retorno, já que ela fez questão de elogiar a Unesc e o caminho que adotamos para o fortalecimento da nossa Pós-graduação”, declara.

A imagem que Sônia leva da Universidade, conforme ela, de fato é das melhores possíveis. “Apesar do pouco tempo na passagem pela Instituição, pude perceber que temos aqui uma Universidade muito bem organizada, muito presente na comunidade e realmente com a comunidade inserida em seu dia a dia”, pontuou.

Diante do grupo de lideranças da Universidade e dos programas de mestrado e doutorado, Sônia destacou ainda algo que lhe chamou a atenção: a jovialidade e energia da equipe. “Sinto que isso também faz a diferença, dá vitalidade ao processo. Isso me dá a ideia de que essa equipe tem muito futuro, tem experiência e renovação, o que não o que encontramos sempre, mas faz toda a diferença. Vocês estão no caminho certo”, completou.

Colaboração


Entre as principais mensagens deixadas em sua passagem por Criciúma, a diretora destacou a necessidade de o sistema ser reavaliado, de modo unir mais e setorizar menos as áreas dos Programas. “Diante de um cenário de mudanças muito significativas nos últimos dez anos, fica claro que algo precisa ser repensado. Não dá para crescer o número de oferta por crescer. Temos que trabalhar em algo mais macro, em um crescimento sustentável”, salientou.

Para a diretora, apesar do momento de instabilidade no que diz respeitos aos investimentos em educação no país, as dificuldades enfrentadas devem ser superadas. “Não é a primeira vez que se encara situações como essa. Acredito que vamos sair dessa situação e uma das formas para isso será repensar o nosso ‘modus operandi’”, completou Sônia.

A visitante


Graduada em Ciências Biológicas (Licenciatura), Sônia possui mestrado em Biologia Celular e Estrutural e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica). Realizou pós-doutorado na Universidade de Siena, na Itália. Atualmente, é professora titular da UnB (Universidade de Brasília), membro do Conselho Superior da Capes e diretora de Avaliação. Possui colaborações técnico-científicas com instituições nacionais e internacionais e já foi vice-reitora da UnB, membro do comitê da área interdisciplinar da Capes e do comitê da área de morfologia do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico).


Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

11 de junho de 2019 às 23:23
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito