Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão

Estudo realizado na Unesc recebe destaque nacional

Estudo realizado na Unesc recebe destaque nacional
Dados do trabalho redução nos níveis de depressão, ansiedade e autonomia funcional por meio de exercícios físicos (Fotos: Arquivo) Mais imagens

Um estudo clínico desenvolvido na Unesc, fruto do projeto de extensão Lazer Ativo, que se destina a oferecer exercícios físicos para pessoas depressivas, intitulado “Effect of aquatic exercise in mental health, functional autonomy and oxidative stress in depressive elderly: A randomized clinical trial”, acaba de ser aceito para publicação na revista da faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Os resultados do estudo que recebe destaque nacional apontam que um programa de exercícios físicos de característica intervalada com duração de 45mim dia, realizado duas vezes por semana com duração de 12 semanas, podem reduzir em 53% os escores de depressão, 48% os níveis de ansiedade e melhorar em 33% a autonomia funcional de idosos depressivos.

De acordo com o coordenador da pesquisa, professor Luciano Accordi, estes resultados são promissores, tendo em vista as novas descobertas na quantificação nos escores de saúde mental que podem ser modulados pelos exercícios físicos de natureza intervalada e ajudar pessoas a combater os males da depressão.

O estudo foi desenvolvido no Laboratório de Psicofisiologia do Exercício – LaPsiCo, que tem como linha de pesquisa a saúde mental, no curso de educação física.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

17 de maio de 2019 às 19:59
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito