Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão

imagem do site
Newsletter Newsletter RSS RSS

Unesc presente na quinta edição do Mamaço

Professores e acadêmicos dos cursos de Enfermagem e Odontologia da Unesc orientaram gestantes, lactantes e público em geral durante a quinta edição do Mamaço, realizado na Praça do Congresso, em Criciúma, dentro da programação da Semana do Aleitamento Materno. O evento aconteceu no sábado pela manhã, promovido durante a feira Cria na Roda, reforçando a importância do aleitamento materno como única fonte de alimentação para bebês até os seis meses de vida.

O Mamaço teve a presença de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde de Criciúma, que falaram sobre a garantia legal das mães amamentarem seus filhos em locais públicos. Muitas mães com filhos presentes escutaram também informações sobre propaganda de produtos e fórmulas de leites que concorrem com a amamentação. Pela lei sancionada em 4 de julho de 2014 todas as mães têm direito garantido de amamentarem seus filhos em recintos coletivos de acesso público dos estabelecimentos comerciais situados em SC.

Os acadêmicos de Enfermagem da Unesc fizeram a sensibilização sobre o aleitamento materno e sobre o uso do copinho para dar o leite materno ao invés da mamadeira, nos casos de a mãe não poder estar presente. Conforme a orientação, o uso do copinho, quanto necessário, provoca movimentos de língua e mandíbula similares aos movimentos necessários para o sucesso da amamentação e seu uso desenvolve os músculos responsáveis por esses movimentos. A equipe também falou sobre o ingurtitamento mamário, causada pelo açulo de leite nas mamas, causando dor. As mães receberam orientação sobre como prevenir e tratar esse processo, através de massagens e amamentar a cada três horas.

Já a equipe de odontologia deu orientações sobre a importância da amamentação para o desenvolvimento da arcada dentária e posicionamento da dentição. O exercício de sucção trabalha a musculatura em volta de toda a boca do bebê. Isso significa que os músculos da língua, da bochecha e dos lábios estão se exercitando durante a mamada. Juntamente com o estímulo ósseo, isso garante o posicionamento dos dentes e a boa formação da dentição, que só se resolve completamente por volta dos dois anos de idade. A professora da Unesc, Gina Casagrande, especialista em Odontopediatria, explica que a partir do nascimento dos primeiros dentes as mães também devem iniciar a escovação, uma vez ao dia, com creme dental fluoretado, em quantidade equivalente a um grão de alpiste. A professora também alerta para a importância de realizar nos bebês recém nascidos o teste da lingüinha, que identifica a incidência do freio lingual hipertrófico e que pode dificultar a sucção do seio materno por parte do recém nascido. Para tanto as mães devem procurar os postos de saúde para realizar esse exame.

A secretária Municipal de Saúde de Criciúma, Francielle Gava, salientou que o município possui um serviço de apoio às mães e ao aleitamento materno realizado nas unidades básicas de saúde, que faz parte do projeto Amamenta Brasil, com vistas a melhorar a assistência à criança e às mães.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

05 de agosto de 2018 às 18:50
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito