Engenharia Civil

Egressa de Engenharia Civil da Unesc participa de maior evento sobre qualidade em cerâmica do mundo

Egressa de Engenharia Civil da Unesc participa de maior evento sobre qualidade em cerâmica do mundo
Rafaela Constantino apresentou trabalho sobre análise do sistema de revestimento cerâmico (Fotos: Divulgação) Mais imagens

Primeira viagem de avião. Primeira viagem sozinha. Primeira apresentação em congressos. A egressa do curso de Engenharia Civil da Unesc, Rafaela Cardoso Constantino tem tido um conjunto de novas experiências nas últimas semanas. E todas, partiram de um único ponto: a pesquisa. Nesta segunda e terça-feira (10 e 11/2), ela apresentou um trabalho desenvolvido enquanto acadêmica da Unesc no maior evento sobre qualidade em cerâmica do mundo, o Qualicer, em Castellón, na Espanha.

Quando estava na quinta fase de Engenharia Civil na Unesc, Rafaela procurou a professora Elaine Guglielmi Pavei Antunes para ser voluntária em um grupo de pesquisa. Então passou a desenvolver as atividades em sala de aula e no Iparque (Parque Científico e Tecnológico da Unesc), atuando no GPDEEC (Grupo de Pesquisa em Desempenho de Estruturas e Construção Civil). “A Rafaela trabalhou um ano como voluntária de pesquisa e o trabalho que ela apresentou no Qualicer foi feito nesse período. É muito bom ter feito disso e um orgulho de ver alunos e egressos crescendo e fazendo a diferença”, afirma Elaine, que foi orientadora também do TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) de Rafaela.

Para Rafaela, este momento de sua trajetória acadêmica e profissional será lembrado com carinho. “Foi uma grande responsabilidade representar o nome da Unesc neste evento. Devo muito ao empenho da minha orientadora, Elaine, que representa como ninguém o espírito da Unesc. Além da coautora, Leidy, que se tornou amiga durante o preparativo para a viagem e me auxiliou desde o momento que decidi vir apresentar. Foram muitas pessoas que me encorajaram e me apoiaram para que eu vivesse tudo isso. Não poderia deixar de agradecer a minha família, que desde o início me ajudou, me encorajou e viveu esse sonho comigo”, salienta.

A pesquisa


O trabalho apresentado pela engenheira civil no Qualicer foi “Análise de resistência de aderência dos sistemas de revestimentos cerâmicos de fachadas expostas a ciclos términos variando a disposição dos cordões de argamassa”. De autoria de Rafaela, Leidy Johana Jaramillo Nieves, Humberto Ramos Roman e Elaine Guglielmi Pavei Antunes, o estudo analisou o sistema de revestimento de fachadas, incluindo a argamassa colante e a placa cerâmica, com o objetivo de tentar diminuir a incidência de manifestações patológicas (como descolamento, fissuras, eflorescências, infiltração pelo rejunte, quebras de placas cerâmicas e manchamentos).

Após os testes desenvolvidos no Iparque e a pesquisa bibliográfica, o estudo encontrou resultados como:

O ângulo formado entre os cordões da argamassa colante e as placas cerâmicas não apresentaram diferença significativa na resistência de aderência à tração e no tipo de ruptura;

A exposição ao envelhecimento acelerado influenciou na perda de resistência de aderência à tração nas amostras expostas à ciclagem;

Com a mudança de ângulo das placas cerâmicas em relação aos cordões da argamassa colante não houve perda de aderência ou alteração no tipo de ruptura mais frequente com a mudança.

Milena Nandi – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

13 de fevereiro de 2020 às 17:08
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito