Engenharia de Agrimensura e Cartográfica

Curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica da Unesc traz novidades para o próximo ano

Curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica da Unesc traz novidades para o próximo ano
Nova matriz curricular está adequada aos novos desafios da atualidade (Foto: Arquivo) Mais imagens

A Unesc prepara novidades para os acadêmicos do curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica em 2021. Com uma base sólida e a credibilidade de 45 anos de história, o curso, que é o único em Santa Catarina, readequou a matriz curricular e passará a oferecer, além das disciplinas presenciais, experiências online e híbridas. Tanto a nova matriz curricular quanto as atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas pelo curso, são embasadas nas novas tendências do mercado.  

O diretor de Ensino de Graduação da Unesc, Marcelo Feldhaus, afirma que as mudanças na matriz curricular de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica levaram também em consideração as necessidades dos estudantes e futuros alunos. “A nova matriz curricular do curso está adequada aos novos desafios da atualidade. Com aulas presenciais concentradas nas sextas e sábados, a Universidade busca tornar-se ainda mais acessível para estudantes que desejam uma formação de excelência em horários com maior flexibilidade e com diferenciais que somente a Unesc oferece”, salienta.

Um dos destaques da nova matriz curricular do curso será o Projeto Integrador, que vai possibilitar que em cada fase, o estudante participe de um projeto envolvendo as diferentes disciplinas do curso e acadêmicos de outras fases, ampliando a troca de conhecimento e reforçando a interação entre professores e alunos. Outra novidade diz respeito a abertura de disciplinas optativas para acadêmicos da última fase do curso (a graduação continuará com 10 semestres), com o objetivo de reforçar os conhecimentos na área em que ele mais tiver se identificado ao longo do curso.

A nova matriz curricular irá potencializar ainda mais os convênios com empresas e órgãos públicos para a realização de estágios por estudantes de diferentes fases do curso, possibilitando que ele já aplique os conhecimentos adquiridos no curso e possa vivenciar o dia a dia da profissão. Além desta possibilidade de estágio, o estudante de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica da Unesc poderá desenvolver atividades práticas no Parque Científico e Tecnológico da Unesc (Iparque).

Mercado aquecido para a área

Segundo o coordenador do curso, Hugo Schwalm, a demanda por profissionais qualificados na área é grande e o mercado de trabalho acaba absorvendo 100% dos formados pela Unesc – em muitos casos, antes mesmo da conclusão do curso, o estudante já recebe propostas de trabalho. “Nosso curso oferece uma formação com uma base teórica e prática, com atividades de campo, visitas técnicas e laboratórios específicos, com o uso de excelentes equipamentos como Estação Total, GPS e Drone. Além disso, nosso estudante tem o contato com todas as tecnologias atuais para o trabalho na área, como softwares utilizados para Sensoriamento Remoto, SIG (Sistemas de Informações Geográficas), BIM e Geoprocessamento”, revela.

O coordenador adjunto do curso, Vanildo Rodrigues, afirma que as possibilidades de atuação deste profissional são inúmeras, e envolvem iniciativa pública, como prefeituras e órgãos municipais, estaduais e federais; iniciativa privada, como construtoras e empresas; até a prestação de serviços de maneira autônoma, por meio de consultorias ou mesmo a abertura do próprio negócio na área. 

Matrículas abertas

A Unesc está com matrículas abertas para ingresso no primeiro semestre de 2021. Entre as mais de 50 opções está o curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica. Os interessados em conhecer mais sobre as formas de ingresso ou outros detalhes da graduação podem entrar em contato com a Universidade por meio do telefone 3431-4500, no Whatsapp (48) 99915-0433 ou no site graduacao.unesc.net.

Milena Nandi – Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

18 de dezembro de 2020 às 20:01
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito