Newsletter Newsletter RSS RSS

IPAT contribui para as obras do canal auxiliar do rio Criciúma

IPAT contribui para as obras do canal auxiliar do rio Criciúma
Diego Colombo Mais imagens

Para solucionar os problemas de enchentes da cidade, a Prefeitura Municipal de Criciúma iniciou em abril o projeto de drenagem urbana “Canal Auxiliar do rio Criciúma”, e negociou uma parceria com o Iparque (Parque Científico e Tecnológico), por meio do IPAT (Instituto de Pesquisas Ambientais e Tecnológicas), para garantir a fiscalização, gerenciamento e supervisão da obra.

 

O projeto, em andamento, consiste em um canal de concreto de 1,7 km de extensão paralelo ao rio Criciúma e também a reconstrução de quatro pontes, com uma resistência para 45 toneladas, situados sobre os rios localizados nas ruas Araranguá, Álvaro Catão, Wenceslau Braz e Avenida Centenário. Esta obra aumentará a capacidade de vazão do rio a quase 100%, resultando em um melhor escoamento das águas e evitando as cheias.

 

“Estamos com uma expectativa positiva sobre o resultado, o rio continua seu fluxo natural e a construção que está sendo feita sobre ele tem a função apenas de auxiliar a passagem da água”, afirmou o coordenador técnico da obra pelo IPAT, Tadeu de Souza Oliveira.

 

Na construção, os buracos variam entre quatro a cinco metros de profundidade, no qual são colocadas aduelas (galerias) para garantir a passagem da água sem se preocupar com um eventual entupimento. Estão sendo acrescentados também 16 “caixas”, com a finalidade de permitir que a água continue seu fluxo normalmente onde são situados as “curvas” dentro do canal.

 

As obras tem previsão de término para dezembro do próximo ano.

27 de outubro de 2011 às 16:46
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito