Newsletter Newsletter RSS RSS

Estudantes da região aprendem sobre arqueologia

Estudantes da região aprendem sobre arqueologia
Saída de campo ocorreu em Laguna e Jaguaruna (Fotos: Divulgação) Mais imagens

Alunos do sexto ano do Ensino Fundamental II do Colégio Rogacionista, tiveram a oportunidade de conhecer os sambaquis e as indústrias líticas associadas a estes grupos na região de Laguna e Jaguaruna. O grupo visitou nesta segunda-feira (26/6) os sítios arqueológicos Jabuticabeira I, Cabo de Santa Marta I e II, por meio do projeto de extensão "Arqueologia Pública no Extremo Sul Catarinense: Incentivando os Pequenos a Valorizar e a Preservar seu Patrimônio”.

A visita foi orientada pelos pesquisadores do Lapis (Laboratório de Arqueologia Pedro Ignácio Schmitz), ligado ao PPGCA (Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Unesc), Giovana Pereira e Juliano Gordo, com as professoras Lisiane Potrikus (História) e Bárbara Gerusa (Geografia).

Segundo o coordenador do LAPIS, Juliano Bittencourt Campos, os sítios arqueológicos visitados são de grande importância para a compreensão da ocupação pré-histórica desta região, uma vez que os sambaquieiros eram exímios construtores de estrutura sobre conchas, realizando verdadeiros monumentos que dominavam a paisagem do litoral brasileiro. Para ele, projetos como este reforçam a missão institucional da Unesc, “As atividades de extensão apresentam-se como o intercâmbio necessário entre o ambiente universitário e as comunidades, constituindo-se na integração e na complementação entre o ensino e a pesquisa”, comenta.

Contato para escolas

As escolas que quiserem participar de atividades de educação e conhecer o Laboratório de Arqueologia da Unesc, podem agendar visitas de agosto a dezembro pelo telefone (48) 3444-3760 ou pelo e-mail arqueologia@unesc.net.

Mais informações

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

28 de junho de 2017 às 22:32
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito