Farmácia

Farmacêutica Pesquisadora da Unesc recebe premiação internacional

Os trabalhos realizados no Laboratório de Psiquiatria Translacional da Unesc ganharão visibilidade internacional no próximo mês no Congresso Internacional de Esquizofrenia (International Congress on Schizophrenia Research - ICOSR). A responsável pelo destaque é a pesquisadora Alexandra Zugno, vencedora do Global Schizophrenia Award, prêmio oferecido pela primeira vez pela Sociedade Internacional de Esquizofrenia.

Alexandra atua no Laboratório desde 2008 e já orientou 23 mestrados e oito doutorados, além de ter 60 artigos publicados na área. A pesquisadora possui amplo currículo com graduação em Farmácia, habilitação em Análises Clínicas, graduação em Bioquímica, mestrado em Ciências Biológicas: Bioquímica e doutorado em Ciências Biológicas: Bioquímica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Atualmente, sua linha de pesquisa tem foco no comportamento e na neuroquímica em modelos animais de esquizofrenia. O objetivo geral do estudo é identificar riscos associados ao desenvolvimento do transtorno e sugerir possíveis intervenções. Conforme Alexandra, o trabalho realizado no laboratório faz parte de uma rede que se junta a todo conhecimento gerado no mundo. “Cada um vai contribuindo com uma pecinha no grande quebra-cabeça. Todo conhecimento que se produz através da pesquisa é publicado com a intenção de se unir a outros e, assim, gerar uma evolução que traga benefícios para a sociedade”, completa.

06 de maio de 2019 às 17:43
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito