Setor de Comunicação Integrada

imagem do site
Newsletter Newsletter RSS RSS

Acadêmica de Letras é contemplada pelo programa Fórmula Santander

Acadêmica de Letras é contemplada pelo programa Fórmula Santander
Beatris foi uma das beneficiadas pelo Fórmula Santander e vai para Portugal (Foto: Divulgação) Mais imagens

A partir do primeiro semestre de 2018, Beatris Pizzoni de Freitas vai escrever uma página bem diferente na sua vida. De um universo de 21 mil estudantes universitários brasileiros inscritos, ela foi um dos 100 contemplados com bolsa para intercâmbio no exterior concedida pelo Fórmula Santander. Beatris é aluna do curso de Letras da Unesc e vai ficar seis meses na Universidade do Porto, em Portugal, aprimorando o conhecimento acadêmico e conhecendo novas pessoas e culturas.

Na sexta-feira (10/11), Beatris foi até o Autódromo de Interlagos, em São Paulo, acompanhada pela pró-reitora de Ensino de Graduação da Unesc, Indianara Becker, para receber a bolsa, durante evento que reuniu os acadêmicos selecionados. Nesta 8ª edição, o Programa concederá 100 bolsas, no valor equivalente a 5 mil euros, a estudantes de graduação e de pós-graduação para realizarem um intercâmbio de até um semestre em um dos 20 países em que o Banco Santander atua.

“Sempre comentamos que uma bolsa não é apenas para o estudante. Tem toda uma carga que vai desde o impacto na sua vida, na construção e na forma de olhar para o mundo. Além de agregar mais conhecimento na questão didática e literária que vou trazer para os meus alunos, consigo perceber que todo o aprendizado não será só de quem irá fazer o intercâmbio. Isso vai afetar positivamente também o ensino-aprendizagem da Instituição, agregar na nossa formação e para todos que estão ao nosso redor”, afirma Beatris.

Para a Indianara, o Fórmula Santander é uma parceria que possibilita a mobilidade acadêmica e fortalece as questões relacionadas à internacionalização da Instituição de Ensino. “É uma oportunidade importante para a formação acadêmica dos nossos estudantes à medida em que eles voltam transformados por uma experiência. Qualifica a Universidade, pois eles voltam com bagagem de conhecimento que qualifica o processo de ensino-aprendizagem”. 

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

13 de novembro de 2017 às 19:00
Compartilhar Comente (1)

1 comentário

Natalia Martins

15 de novembro de 2017 às 21:24

Parabéns Bia! Você merece essa oportunidade. Te acompanhando nesses últimos anos vejo que as tuas conquistas tem sido fruto de uma construção responsável e de muita dedicação.

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito