Arte e Cultura

Professora da Unesc é contemplada pelo Prêmio de Reconhecimento por Trajetória Cultural Aldir Blanc Santa Catarina

Professora da Unesc é contemplada pelo Prêmio de Reconhecimento por Trajetória Cultural Aldir Blanc Santa Catarina
Honraria foi concedida para Amalhene Baesso Reddig pela Fundação Catarinense de Cultura (Foto: Arquivo) Mais imagens

A professora da Unesc e coordenadora do Setor Arte e Cultura, Amalhene Baesso Reddig, teve o seu trabalho reconhecido e premiação estadual. Ela foi contemplada pelo Prêmio de Reconhecimento por Trajetória Cultural Aldir Blanc Santa Catarina, realizada pela Fundação Catarinense de Cultura, com recursos provenientes da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc.

O prêmio tem como objetivo valorizar a trajetória dos trabalhadores da cultura, artistas, artífices, mestres, grupos, coletivos, instituições artísticas e culturais e pontos de cultura, entre outros entes atuantes no território catarinense que tenham prestado significativa contribuição ao desenvolvimento artístico e cultural do Estado.

O Prêmio de Reconhecimento por Trajetória Cultural Aldir Blanc recebeu inscrições em todas as 20 categorias propostas, com candidatos de 118 municípios catarinenses. O valor final a ser distribuído é de R$ 13.150.000,00 para 703 premiados.

Sobre Amalhene Baesso Reddig

Graduada em Pedagogia e Artes Visuais, Amalhene é especialista em Fundamentos da Educação e mestre em Educação. Além de atuar como docente na Unesc, Amalhene é coordenadora do Setor de Arte e Cultura e do Museu da Infância. Avaliadora na seleção de projetos culturais, é pesquisadora no Grupo de Pesquisa em Arte (GPA) e no Grupo de Pesquisa em História e Memória da Educação (Grupehme), articuladora do Grupo de Estudos em Museus e produtora e gestora cultural. Entre os anos de 2013 e 2015, presidiu o Conselho Municipal de Políticas Culturais de Criciúma (Comccri).

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

23 de dezembro de 2020 às 11:44
Compartilhar Comente

Deixe um comentário

Ouça o que está escrito