Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais

Qualidade dos Mestrados e Doutorados da Unesc é reconhecida nacionalmente

Qualidade dos Mestrados e Doutorados da Unesc é reconhecida nacionalmente
Três Programas de Pós-Graduação aumentaram suas notas na Capes (Foto: Arquivo) Mais imagens

A Unesc vem colhendo os frutos do trabalho nas áreas de ensino, pesquisa, extensão e inovação e recebeu mais um resultado positivo de avaliações em âmbito nacional. Desta vez foram seus PPGs (Programas de Pós-Graduação), que tiveram as notas aumentadas na avaliação da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). O resultado foi divulgado na última semana de setembro e revelou que a Unesc figura no seleto grupo formado por 22% das 4.175 IES (Instituições de Ensino Superior) brasileiras que obtiveram aumento no conceito de qualidade de seus PPGs.

A Capes realiza uma avaliação quadrienal dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu (Mestrado e Doutorado) de todo o Brasil. A última análise, feita de 2013 a 2016 apontou que a Unesc teve três de seus PPGs, o conceito de qualidade maior que no comparativo com a avaliação anterior.

Para a reitora da Unesc, Luciane Ceretta, o resultado é reflexo do trabalho sério realizado pelos professores, pesquisadores e alunos dos PPGs e do investimento que a Instituição tem feito em seus cursos. “A avaliação positiva da Capes avaliza os esforços feitos há anos no sentido de buscar a excelência dos nossos cursos de pós-graduação stricto sensu. É um orgulho para a Universidade ser referência nacional também nesta área”, afirma Luciane. “O resultado também é positivo para a região, que se beneficia com a pesquisa desenvolvida e com profissionais ainda mais capacitados e que vão fazer a diferença na sociedade”, complementa.

Conceitos maiores

Após esta última avaliação da Capes, o PPGE (Programa de Pós-Graduação em Educação), o PPGDS (Programa de Desenvolvimento Socioeconômico) e o PPGCEM (Programa de Pós-Graduação em Ciências e Engenharias de Materiais) passaram do conceito 3 para 4 - quando o PPG possui Mestrado, como no caso do PPGE, PPGDS e PPGCEM o conceito máximo que pode alcançar é 5. Desse modo, estão credenciados a submeterem à Capes programas de doutorado para o ano que vem, se assim a Instituição avaliar como pertinente.

“A Unesc tem sete programas atualmente. Dois são muito jovens e não completaram o período de avaliação e, portanto, mantiveram a sua nota. Considerando apenas os cinco que poderiam aumentar o conceito, três deles passaram de 3 para 4. Essa é uma conquista importante para a Unesc porque consolida todo o trabalho e investimento feito pela Instituição nos últimos anos”, afirma o pró-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Oscar Montedo.

Além disso, dois programas que já possuem cursos de doutorado mantiveram seus conceitos. O PPGCA (Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais) manteve seu conceito 4, enquanto que o PPGCS (Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) continua sendo um programa de excelência aos olhos da Capes, mantendo seu conceito 6.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Milena Spilere Nandi 08 de outubro de 2017 às 08:00
Compartilhar Comente

Artigos apresentados em Seminário de Gestão Territorial viram e-book

Artigos apresentados em Seminário de Gestão Territorial viram e-book
Livro digital foi lançado nesta quinta-feira pela Editora Unesc (Fotos: Divulgação) Mais imagens

O Seminário de Pesquisa em Planejamento e Gestão Territorial, que ocorreu de terça a quinta-feira (12 a 14/9) na Unesc, teve uma programação com debates, reflexões e lançamento de e-book. Na manhã desta quinta-feira, a Editora Unesc e a organização do Seminário lançaram o livro digital com artigos da edição de 2016 do evento.

Entre os artigos apresentados, os 15 melhores são utilizados como parte da publicação de um e-book, que é lançado todos os anos. A obra é organizada pelos professores Nilzo Ivo Ladwig e Hugo Schwalm.

Segundo Ladwig, coordenador da comissão organizadora, a ação fortalece o desenvolvimento da pesquisa. “É uma forma de amadurecer as metodologias empregadas e divulgar seus resultados.  Além disso, o evento conta com uma premiação destinada aos melhores trabalhos”, comentou. 

O Seminário de Pesquisa em Planejamento e Gestão Territorial da Unesc tem o objetivo de fortalecer a discussão dos princípios e bases da adoção de uma perspectiva ecológica, atribuindo ao meio urbano uma noção de ecossistema na construção de políticas públicas e soluções sustentáveis que possam melhorar o ambiente nas cidades.

Em 2017, o evento teve como temática central: “Sustentabilidade dos Ecossistemas Urbanos”.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Milena Spilere Nandi 14 de setembro de 2017 às 20:25
Compartilhar Comente

Inscrições abertas para disciplinas isoladas em mestrados e doutorados

Inscrições abertas para disciplinas isoladas em mestrados e doutorados
Há opções em áreas como Engenharia de Materiais e Saúde Coletiva (Foto: Arquivo) Mais imagens

A Unesc está com inscrições abertas para disciplinas isoladas em seus mestrados em Ciência e Engenharia de Materiais, em Desenvolvimento Socioeconômico e em Saúde Coletiva, além do mestrado e doutorado em Ciências Ambientais. Os interessados em dar continuidade aos estudos acadêmicos ainda no segundo semestre de 2017 podem procurar os PPGs (Programas de Pós-Graduação) da sua área de preferência, no campus da Unesc, ou acessar o portal da Universidade.

Ciência e Engenharia de Materiais

O PPGCEM (Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais) oferece até esta quinta-feira (10/8), inscrições para as disciplinas isoladas em seu mestrado: Processamento de Materiais; Materiais Compósitos; Materiais Convencionais e Nanoestruturados Aplicados em Remediação Ambiental; Termodinâmica dos Materiais e Técnicas de Caracterização de Compostos Materiais.

Desenvolvimento Socioeconômico
Já o PPGDS (Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socioeconômico), está com inscrições abertas até esta sexta-feira (11/8) para as disciplinas isoladas: Trabalho e Movimentos Sociais; Trabalho, Tecnologia e Organizações; Desenvolvimento e Sustentabilidade; Informação e Conhecimento nas Organizações e Formação Econômica e Desenvolvimento Regional.

Saúde Coletiva

Para os profissionais que se interessam pela área da saúde, o PPGSCol (Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva) oferece matrículas para as seguintes disciplinas isoladas: Gestão do Cuidado Integral a Saúde (até 20/10); Planejamento Estratégico em Saúde (até 5/10); Análise de dados em pesquisa qualitativa em saúde com auxílio do software ATLAS.ti (até 22/9) e Docência em Saúde (até 9/11).

Ciências Ambientais
Se a opção for pelo mestrado ou doutorado do PPGCA (Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais), o profissional pode optar pelas disciplinas isoladas: Conservação e Manejo de Áreas Protegidas, Ecologia de Paisagem ou Gestão Ambiental (com matrículas até 1º/9); Educação Ambiental (até 28/9); Psicologia Ambiental (matrículas até 13 de outubro); Interação Clima-Biodiversidade (até 3/11) e Amostragem e Análise de Dados em Ecologia Animal (período encerra em 24/11).

Mais informações

Mestrado em Ciências e Engenharia de Materiais

Mestrado em Desenvolvimento Socioeconômico


Mestrado em Saúde Coletiva

Mestrado e doutorado em Ciências Ambientai
s

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Milena Spilere Nandi 08 de agosto de 2017 às 09:30
Compartilhar Comente

Seminário de Avaliação trata sobre os Programas de Pós-Graduação

Seminário de Avaliação trata sobre os Programas de Pós-Graduação
Evento ocorreu na manhã desta terça, no Bloco P (Foto: Davi Carrer) Mais imagens

Dezenas de professores e pesquisadores doutores da Unesc se reuniram nesta terça-feira (17/5) para participar do “Seminário de avaliação do Triênio/Quadriênio dos Programas Stricto Sensu da Unesc: Balanço e Perspectivas”. Ao longo da manhã, os seis PPGs (Programas de Pós-Graduação) da Universidade fizeram um balanço das suas atividades e apresentaram perspectivas para a avaliação da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) em 2017.

“Este é um momento importante. De analisar o cenário nacional e refletirmos sobre pesquisa. Ela é fundamental e um diferencial, que nos consolida como Universidade”, comentou o reitor Gildo Volpato, que também é pesquisador. O reitor ressaltou a importância dos PPGs (Programas de Pós-Graduação) para a Universidade e para sociedade e lembrou que a qualidade da pesquisa e da pós-graduação incidem na graduação.

“Hoje damos continuidade a uma aproximação, encontro e reflexão sobre os PPGs. É momento que tem por objetivo avaliarmos o que os programas estão fazendo e ver as possibilidades de colaboração entre eles”, destacou a pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão e pesquisadora, Luciane Ceretta.

Os trabalhos do Seminário foram conduzidos pelo assessor acadêmico de Pesquisa e Pós-Graduação, André Cechinel.

 

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Davi Carrer 17 de maio de 2016 às 11:48
Compartilhar Comente

Alunos de Engenharia Ambiental realizam estudo no Farol de Santa Marta

Alunos de Engenharia Ambiental realizam estudo no Farol de Santa Marta
Saída de campo ocorreu nesta segunda-feira (Fotos: Divulgação) Mais imagens

Os tipos de ocupação do território e as suas consequências ambientais no Farol de Santa Marta, em Laguna, foram tema do estudo de campo dos alunos da oitava fase do curso de Engenharia Ambiental da Unesc, nesta segunda-feira (28/9). A atividade, dentro da disciplina de Planejamento Ambiental, teve como objetivo o levantamento de dados, que servirão para indicar possibilidades de intervenção com o objetivo de promover a sustentabilidade do local.

Os estudantes observaram aspectos como a ocupação de moradias em área de preservação permanente, a falta de tratamento do esgoto doméstico e a presença de vegetação exótica, que contribui para a degradação do ambiente local. Durante o estudo, eles também mantiveram contato com pescadores artesanais, tendo acesso a elementos da cultura tradicional do lugar, modificada pela especulação imobiliária, turismo e pesca predatória.

A turma foi orientada pelos professores José Carlos Virtuoso e Gustavo Zambrano, que ministram a disciplina, com a colaboração do biólogo Marcelo Dutra, mestrando do PPGCA (Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais), que realiza estudos sobre ambientes costeiros.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Milena Spilere Nandi 28 de setembro de 2015 às 21:49
Compartilhar Comente