Diretoria de Extensão

Araranguá conhece de perto o Plano de 60 Dias

Araranguá conhece de perto o Plano de 60 Dias
Ação faz parte do Núcleo de Empreendedorismo instalado na Unesc Araranguá (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

“O investimento necessário para participar do Plano de 60 dias é apenas um: o tempo de vocês, item indispensável para a transformação de negócios”. Assim o coordenador do Núcleo de Empreendedorismo da Unesc Araranguá, Diogo Pereira Moraes, resumiu a troca necessária para a participação no projeto lançado para lideranças e empresários da Cidade das Avenidas na noite desta terça-feira (10/3). O Plano de 60 Dias está com inscrições abertas para empresários que já tem seu negócio e querem aperfeiçoar o trabalho. “Podem se inscrever desde pequenas e médias empresas até um microempreendedor individual, um vendedor de pipoca ou picolé que queira aprender e apostar na sua ideia. Estaremos aqui de portas abertas para pensarmos juntos nesse negócio”, explicou Diogo.

A palavra que define o objetivo desse e dos outros projetos que fazem parte do Núcleo de Empreendedorismo da Unesc, conforme o coordenador, é transformação, pois esse é o objetivo geral de todo o trabalho em torno de cada um dos projetos. “Queremos promover a transformação nos negócios e com isso promover o desenvolvimento de cada um de vocês e da região. Estaremos preparados para, em parceria com os empreendedores e ouvindo suas demandas, ajudá-los a lapidar e alavancar seus negócios”, destacou.

O projeto realizado em encontros promovidos durante o período de 60 dias é desenvolvido por meio da colaboração de professores, acadêmicos e voluntários, sendo uma ação aberta à comunidade de forma gratuita.

O convite, de acordo com a diretora da Unidade Araranguá, Isabel Regina de Souza, se estende a todos a comunidade do Vale. “A Unesc chegou aqui para realmente contribuir com o desenvolvimento da região. Queremos muito ser esse vetor de desenvolvimento que a cidade merece”, destacou.

Para a empresária e diretora da CDL Araranguá, Dalva Maria Machado Leme, a chegada da Unesc tem sido de grande valia para a cidade, que precisa conhecer melhor e valorizar as oportunidades que chegam com a Instituição. “Araranguá vai crescer muito a partir desses projetos trazidos pela Universidade. Nós precisamos contribuir e ajudar apresentando e compartilhando essas informações tão valiosas como as que recebemos hoje”, comentou.

As inscrições para participação no projeto Plano de 60 Dias em Araranguá seguem até o dia 31 de março. Elas podem ser feitas no site do Núcleo de Empreendedorismo da Unesc.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

10 de março de 2020 às 23:06
Compartilhar Comente

Verão Mais Unesc reforça as atividades de lazer à beira mar

O domingo de sol e altas temperaturas no Balneário Rincão levou um grande número de veranistas para a beira mar, onde muitas estiveram na arena do Verão Mais Unesc. Durante todo o final de semana centenas destes veranistas aproveitaram as diversas atividades gratuitas realizadas pela equipe do projeto, que proporciona atividade física e lazer à beira mar.

No palco a atração ficou por conta das aulas de ritmos de dança e a zumba. Na areia a equipe do curso de Educação Física da Unesc realizou circuitos de treinos funcionais para crianças e adultos, enquanto a equipe de recreação promoveu atividades como escultura na areia e jogos com as crianças. Outras equipes ficaram responsáveis pela massagem, bocha e vôlei para quem esteve na arena, montada em frente ao Verdão.

A coordenadora do projeto, Giselle Torri, avalia que o primeiro final de semana foi bastante positivo, com um bom público presente. “No próximo final de semana vamos aumentar as atividades, incluindo um espaço para avaliação física, que tem uma grande demanda do público. Então a expectativa para os próximos finais de semana é de atender ainda mais pessoas”, avalia. A Diretoria de Extensão da Unesc, Fernanda Faustini Sônego, avalia que o Verão Mais Unesc vai ao encontro da missão da instituição de levar qualidade de vida às pessoas. “Estamos promovendo várias ações de integração, de exercícios físicos, animação e recreação. Temos a certeza de que na próxima semana a ação será novamente de sucesso e integração com os veranistas”, analisa.

As atividades no sábado e domingo aconteceram das 9 às 14 horas.  O projeto acontece em parceria com a prefeitura do Balneário Rincão, portal 4oito, rádio Som Maior FM e Weber Empreendimentos. O Verão Mais Unesc 2020 reúne acadêmicos e professores da universidade, bem como equipe da prefeitura do Balneário Rincão, que estarão se revezando ao longo das atividades, até o final de janeiro.

PROJETO ITINERANTE - Nos dois últimos finais de semana de janeiro a Unesc e Weber Empreendimentos também estarão com o projeto Verão Mais nas praias de Arroio do Silva e Morro dos Conventos, e no primeiro final de semana de fevereiro em Balneário Gaivotas.


Ana Sofia Schuster - Assessoria de Imprensa - AICOM Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

05 de janeiro de 2020 às 17:52
Compartilhar Comente

Unesc apresenta projeto de revitalização à comunidade do bairro Nova York

Unesc apresenta projeto de revitalização à comunidade do bairro Nova York
Professores e acadêmicos foram responsáveis por criação de projeto de espaço social e comunitário (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

A comunidade do bairro Nova York, em Forquilhinha, conheceu, na noite desta terça-feira (10/12), os detalhes do projeto de um novo espaço social e comunitário a ser implantado no campo do clube União. O projeto completo de uma estrutura multiuso de convivência comunitária foi criado a partir de uma atividade de extensão, intitulada EMI (Projeto de Extensão Escritório Modelo de Assistência Técnica),realizada ao longo de todo o ano por professores e acadêmicos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia de Agrimensura e Cartográfica e Engenharia Civil.

Ao longo de quatro encontros dos professores e acadêmicos com a comunidade foi possível fazer um levantamento sobre problemas e potencialidades do bairro, assim como sobre o tipo de estrutura que gostariam de ter à disposição, dados que foram compilados pela equipe e resultaram no projeto final. Entre os espaços planejados estão pista de caminhada, atletismo e ciclovia; quadra poliesportiva; quadras de futebol suíço, areia para vôlei, futebol e futevôlei; biblioteca com salas para cursos; sede da Associação de Moradores; playground adaptado para inclusão social; academia pública; quiosques; concha acústica, entre outros.

Conforme o professor coordenador do projeto, Jorge Luiz Vieira, a participação das famílias do bairro Nova York e dos vizinhos Ouro Negro e Vila Franca foram essenciais para que o projeto refletisse aquilo que, de fato, as comunidades querem e precisam. “No total serão aproximadamente 1.500 famílias beneficiadas com toda a estrutura contemplada, ou seja, um número bastante significativo de pessoas que poderá usufruir daquilo que a comunidade pensou em conjunto”, destacou.

Após a fase apresentação e finalização dos detalhes do trabalho, de acordo com Jorge, o projeto será entregue à prefeitura de Forquilhinha. “Essa será a contribuição da Universidade. Oferecer todo esse trabalho de reconhecimento e utilização da sua expertise para a formação de um projeto completo. A partir disso, o poder público irá orçar e ir em busca de recursos para tornar as ideias realidade”, completou.

A presença nos encontros e a participação na construção das ideias, conforme o representante do Coletivo Cultural Catavento, Leonardo Teixeira, deverá ter continuidade para as próximas etapas a serem encaradas. “Vamos ter a oportunidade de criar uma história diferente para esse espaço que hoje está subutilizado. Sabemos que será um longo processo, mas temos certeza de que, quando pronto, esse será um modelo para outras cidades e comunidades. Com união de esforço iremos em busca dos recursos para efetivar isso tudo”, salientou.

Para a moradora da comunidade Fátima Kopetz, o sentimento é de grande expectativa. “Fiz questão de acompanhar todos os encontros e de participar ativamente desse projeto que com certeza fará toda a diferença no nosso bairro. Acredito que vamos conseguir vê-lo se tornar real”, pontuou.

Lideranças comunitárias que lutam pelo bairro Nova York há décadas ou da nova geração que inicia agora sua trajetória, como José Waldir Cardoso e Nedir Marcelino, respectivamente, também veem com entusiasmo o futuro do campo do União. “Estive na criação do clube União e participei de diversas fases históricas do bairro. Quero continuar trabalhando em prol da nossa região e acredito muito nessa ideia construída”, garantiu.

Na visão de Nedir, mesmo sendo ousada a ideia pode sair do papel. “Queremos continuar o trabalho feito até então na comunidade e encararemos esse projeto que é grandioso, mas é possível”, completou.

O Projeto de Extensão conta com a parceria da Prefeitura Municipal de Forquilhinha, da Associação de Moradores do Bairro Nova York, do Coletivo Cultural Catavento e Labs Coopera e é vinculado ao Pehis (Programa Permanente de Extensão Habitat + Humano, Inclusivo e Sustentável) da Unesc. A ação conta com ainda colaboração dos professores Evelise Chemale Zancan, do Curso de Engenharia Civil, e Vanildo Rodrigues, do Curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica e de alunos bolsistas e voluntários.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 10 de dezembro de 2019 às 22:18
Compartilhar Comente

Unesc participa de evento estadual com foco na Economia Solidária

Unesc participa de evento estadual com foco na Economia Solidária
Representantes estiveram em Blumenau para Fórum na última semana (Fotos: Divulgação) Mais imagens

O Fórum Regional de Economia Solidária do Extremo Sul Catarinense esteve representado no Fórum Estadual de Economia Solidária, evento que ocorreu na última semana, entre os dias 27 e 28 de novembro, na FURB (Universidade Regional de Blumenau), em Blumenau. Participaram do evento o Programa de Ações em Economia Solidária (PAES), projeto de extensão da Unesc, que apoia a geração de trabalho decente e renda através da Economia Solidária representado pelas professoras Caroline Jacques, Mari Rozane e Nathália Polli, demais coordenadoras do Fórum Regional e participantes da Feira de Economia Solidária da Unesc.

Estiveram presentes no evento os Fóruns regionais de cinco regiões de Santa Catarina para dialogar sobre os avanços e desafios do movimento da Economia Solidária. A proponente da Lei sobre a Política Estadual de Economia Solidária no Estado de Santa Catarina (LEI 17.702, de 22 de janeiro de 2019), deputada estadual Luciane Carminatti, foi uma das participantes do encontro, no qual destacou os próximos passos em direção à regulamentação da lei, sobretudo, em relação à criação de um fundo estadual para implementar programas estruturados de apoio à Ecosol.

O encontro contou ainda com uma mesa redonda, coordenada pelo Prof. Dr. Valmor Schiochet, em comemoração aos 20 anos de criação da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP) da FURB.

O Fórum Regional de Economia Solidária do Extremo Sul Catarinense contou com diversos integrantes e apoiadores do movimento: os empreendimentos que participam da Feira de Economia Solidária da Unesc ligados à cooperativas e associações, Instituto Federal de Santa Catarina, Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina), SESC e Secretários de Prefeituras municipais da região.

A bandeira da Economia Solidária

A Economia Solidária é um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver. Sem explorar os outros, sem querer levar vantagem, sem destruir o ambiente. Cooperando, fortalecendo o grupo, cada um pensando no bem de todos e no próprio bem. A economia solidária vem se apresentando, nos últimos anos, como inovadora alternativa de geração de trabalho decente e renda e uma resposta a favor da inclusão social.

Na Unesc a Feira de Economia Solidária acontece todas as quartas-feiras, das 14h às 19h, no Hall da Reitoria. O Fórum Regional de Economia Solidária do Extremo Sul Catarinense acontece a cada dois meses.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 02 de dezembro de 2019 às 15:12
Compartilhar Comente

Sombrio recebe atividades de extensão da Unesc

Sombrio recebe atividades de extensão da Unesc
Comunidade contou com serviços e orientações voltadas à saúde (Fotos: Divulgação) Mais imagens

O último sábado (23/11) foi de ação de extensão em Sombrio. Em espaço montado em frente ao Posto de Saúde Central Lino Demétrio Coelho, no bairro Parque das Avenidas, acadêmicos e profissionais da Unesc ofereceram diferentes tipos de atendimento e orientação à comunidade.

Participaram da ação acadêmicos dos cursos de Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Nutrição e Odontologia. Entre as atividades oferecidas a aferição de pressão arterial, orientações quanto ao armazenamento e descarte correto dos medicamentos, orientações referentes à hipertensão, auriculoterapia, terapia manual, orientações de saúde bucal e explanações sobre atendimento nas Clínicas Integradas da Unesc. No total foram realizados aproximadamente 70 atendimentos.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 25 de novembro de 2019 às 18:44
Compartilhar Comente