Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão

Reitoria dá posse a novos integrantes do Conselho Universitário da Unesc

Reitoria dá posse a novos integrantes do Conselho Universitário da Unesc
Mais imagens

A Reitoria da Unesc realizou na tarde desta segunda-feira, 28/10, reunião do Conselho Universitário, Consu. Na reunião foram empossados pela Reitora Luciane Bisognin Ceretta os novos conselheiros do Consu, eleitos por seus pares para um mandato de dois anos, foram empossados e, na sequência, já participaram da primeira reunião.

Os conselheiros empossados têm mandato de dois anos e representam as quatro áreas do conhecimento: ciências da saúde, ciências sociais aplicadas, engenharias e tecnologias e humanidades, ciências e educação.

A reitora da UNESC entregou a casa conselheiro uma cópia de suas atribuições e, salientou a importância deste órgão colegiado para o processo decisório de uma universidade comunitária.

O Conselho Universitário é o órgão máximo da Unesc. Presidido pela reitora é composto por trinta membros da comunidade acadêmica, representantes dos estudantes, UABC (União das Associações de Bairros de Criciúma) e Associação dos professores e funcionários, Aprofucri.

Ao conselho universitário compete a deliberação sobre todos os processos acadêmicos da universidade, criação de novos cursos, processos de formação docente e, ainda, análise do balanço financeiro e orçamento da universidade, bem como análise e aprovação do relatório anual de atividades institucionais.

Aurélia Regina de Souza Honorato

Ana Sofia Schuster - Assessoria de Imprensa Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Ana Sofia Schuster 29 de outubro de 2019 às 00:03
Compartilhar Comente

EdiUnesc lança livro organizado por Luciane Bisognin Ceretta e Reginaldo de Souza Vieira

EdiUnesc lança livro organizado por Luciane Bisognin Ceretta e Reginaldo de Souza Vieira
Obra “Inserção Curricular da Extensão” será lançada oficialmente nesta quinta-feira (24/10) (Foto: Mayara Cardoso) Mais imagens

Integrando a programação da 10ª Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc será realizado, na manhã desta quinta-feira (24/10), a obra “Inserção Curricular da Extensão – Aproximações teóricas e experiências – Volume XI”, publicada pela EdiUnesc. O livro é fruto da união entre as instituições comunitárias de Ensino Superior que fazem parte da chamada Câmara Sul, envolvendo os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarine e Paraná, do ForExt (Fórum Nacional de Extensão e Ação Comunitária das Universidades e Instituições de Ensino Superior Comunitárias). O lançamento oficial do material será realizado em solenidade às 10h no hall do Bloco Administrativo da Unesc e é aberto ao público em geral.

No total 20 autores, pesquisadores e extensionistas, têm seus textos publicados na obra, organizada pelos professores Luciane Bisognin Ceretta e Reginaldo de Souza Vieira. As contribuições são de profissionais vinculados à Câmara Sul, além de dois textos de instituições universitárias argentinas.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 23 de outubro de 2019 às 08:05
Compartilhar Comente

Palestra do presidente da Fapesc abre oficialmente a 10ª Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc

Palestra do presidente da Fapesc abre oficialmente a 10ª Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc
Fabio Zabot Holthausen abriu a SCT, maior evento institucional da Universidade, que segue até sexta-feira (25/10) com extensa programação (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

A atividade que abriu de forma oficial a 10ª edição da Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc foi comandada, na noite desta segunda-feira (21/10), pelo presidente da Fapesc (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina), Fabio Zabot Holthausen. A liderança palestrou diante do Auditório Ruy Hülse lotado de estudantes e professores interessados em aprender sobre a temática “A Fapesc e os programas de tecnologia e inovação no estado de Santa Catarina”.

Entre números atuais e históricos, Fabio destacou as principais informações referentes à Fundação desde a sua criação, sobre seu importante papel ao longo dos últimos 30 anos e ainda as novidades da Instituição no que diz respeito à pesquisa. Conforme o presidente, um dos seus objetivos à frente da Fundação é aproxima-la da comunidade e tornar sua função conhecida. “Ainda dentro do que é missão da Fapesc nosso foco é oportunizar conhecimento e, logo, desenvolvimento para todas as regiões do estado. Ao proporcionar isso, por meio de conexões, políticas públicas e centros de inovação, por exemplo, estaremos também dando a oportunidade para que os talentos fiquem em suas regiões e ajudem a desenvolvê-las”, salientou.

A palestra de Fabio abriu de forma oficial as atividades que seguem até esta sexta-feira (25/10), no evento que acontece de forma simultânea à 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, e tem como tema “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”.

Abertura oficializada

Antecedendo a palestra de Fabio Zabot Holthausen, a abertura da SCT contou com a composição de uma mesa de honra e das falas de abertura oficial. Em forma de boas-vindas aos participantes e, de antemão de agradecimentos aos envolvidos no processo de organização do evento, representantes das estudantes, da gestão, dos patrocinadores e da comunidade externa puderam fazer o uso da fala.

Ao dar boas-vindas aos participantes que lotaram o auditório, a coordenadora geral da 10ª SCT, Merisandra Cortes de Matos Garcia, aproveitou para agradecer a todos os envolvidos na organização das 144 atividades entre palestras, minicursos e oficinas programadas para a programação. De acordo com Merisandra, até a noite de segunda-feira o evento já contava com 1.073 pessoas inscritas e 876 trabalhos submetidos e aprovados nas diferentes áreas do conhecimento, número que supera a última edição e demonstra o crescimento do evento a nível nacional.

Todo o envolvimento e dedicação de centenas de pessoas em prol de um evento dessa magnitude, conforme a reitora Luciane Bisognin Ceretta, é validado pelo objetivo que norteia os trabalhos e investimentos da Universidade: as pessoas. “Mais do que crescimento econômico nós nos preocupamos com o desenvolvimento social, porque a nossa missão converge com o ambiente de vida das pessoas. Nós precisamos produzir ciência, tecnologia e ideias inovadoras, não porque é bonito, mas porque isso pode melhorar e muito a qualidade de vida das pessoas e essa é a missão que nos sustenta”, destacou Luciane, salientando ainda a importância da temática escolhida a nível nacional.

Compuseram ainda a mesa de honra da abertura oficial o vice-reitor Daniel Preve; a pró-reitora Acadêmica, Indianara Reynaud Toreti; o diretor de Ensino de Graduação, Marcelo Feldhaus; o diretor de Pesquisa e Pós-graduação, Oscar Montedo; a diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias, Fernanda Sônego; o assessor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação da Prefeitura de Criciúma, Edson Santos da Silva; o superintendente do CREA SC, engenheiro Laercio Domingos Tabalipa, representando o presidente Ari Geraldo Neumann; o vereador Aldinei Potelecki; o presidente do DCE (Diretório Central dos Estudantes), Alexandre Bristot Rocha e a representante da Associação dos Pós-graduandos, Claudia Bauer Gonçalves.

A SCT conta com patrocínio do Crea-SC (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina) e apoio do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), Sebrae e Biozenthi.

Confira a programação completa da 10ª Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 21 de outubro de 2019 às 23:19
Compartilhar Comente

Unesc recebe lideranças regionais na unidade Araranguá

Unesc recebe lideranças regionais na unidade Araranguá
Encontrou foi realizado para apresentação do espaço que a Universidade disponibiliza na cidade (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

A nova unidade da Unesc em Araranguá recebeu visitantes na tarde desta segunda-feira (30/9). Lideranças da Amesc (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense) estiveram na ampla estrutura da Universidade para conhecer as novas instalações da Instituição e acompanhar de perto os detalhes do projeto que chega com força total na região. Além de autoridades locais e representantes de lideranças, a tarde também contou com a presença de coordenadores de curso e professores da Universidade, prestigiando o encontro.

Ao dar as boas-vindas às lideranças, a reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, agradeceu o empenho de cada um dos envolvidos para que o projeto da Universidade tenha se concretizado e tomado proporções maiores em um curto período de tempo. O motivo da expansão da presença da Unesc na Amesc, conforme a reitora, foi o sentimento de necessidade de uma presença ainda mais forte na região, a calorosa recepção já recebida e a parceria de sucesso com a Weber Empreendimentos. “Estamos dispostos, engajados, motivados e cheios de expectativas para esse momento. Sentimos que esse é o tempo de vir para cá, nos aproximar desses 15 municípios, e fazer desse território um grande diferencial. A Universidade tem o poder de transformar o conhecimento em inovação e é para isso que estamos aqui. Não chegamos para ser só mais um. Com a nossa prática colaborativa, com parcerias, queremos fazer a diferença”, pontuou Luciane.

Responsável por apresentar as possibilidades oferecidas pela Unesc em Araranguá, a pró-reitora Acadêmica, Indianara Reynaud Toreti, destacou os cursos que já estão com matrículas abertas, sendo nas modalidades presencial, a distância e híbrida. “Chegamos já com uma proposta diferenciada, com foco nas experiências vividas pelos acadêmicos. Nos cursos a distância e híbridos também incluímos encontros presenciais que trabalham com questões regionais e com problemas locais. Um exemplo das novidades propostas é a própria estrutura, que já se mostra diferente do tradicional. Essa unidade vai prototipar abordagens diferentes, trazendo cursos com experiências inovadoras”, explicou.

A Unesc Araranguá já conta com a oferta de 38 cursos de graduação, sendo 28 na modalidade de Educação a distância, cinco híbridos (com aulas virtuais e na unidade) e cinco presenciais. Além destes, a Universidade oferece opções em pós-graduação, extensão e Escola de Idiomas. Projetos como a Casa da Cidadania, o Núcleo de Empreendedorismo e o Museu de Zoologia também são oferecidos na Unidade.

No encontro da tarde desta segunda-feira as lideranças presentes puderam ainda conhecer e ouvir as palavras de acolhida do pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Thiago Rocha Fabris, e o diretor de Pesquisa e Pós-graduação, Oscar Montedo, dupla que fará a gestão da unidade Araranguá.

Autoridades engajadas

Entre as lideranças presentes no evento estiveram o deputado estadual José Milton Scheffer, o prefeito de Ermo, Aldoir Cadorin e o prefeito de Araranguá, Mariano Mazzuco.

Para Cadorin, o posicionamento da reitoria da Unesc foi assertivo no que diz respeito ao momento ideal para a aproximação da Universidade com a região. “Esse é o momento certo para essa vinda. Vai preencher uma lacuna com uma entidade realmente responsável e preocupada com as causas da região. Uma Instituição competente, que acompanhamos e apostamos”, salientou.

Conforme Mariano Mazzuco, o encontro foi mais uma oportunidade de celebrar a ampliação do projeto da Unesc. “Temos muito a agradecer. Esse projeto vai criar oportunidade aos nossos jovens e ainda a possibilidade de fazermos a região ainda mais qualificada, atenta para o empreendedorismo. Se estamos juntos nessa ideia é porque a Universidade merece muito o nosso apoio”, pontuou o prefeito.

A chegada da Unesc com ainda mais força em Araranguá, conforme José Milton, já foi comemorada logo nas primeiras informações sobre o assunto. “Quando veio a notícia da chegada da Unesc aqui nós sentimos a realização daquilo que nós sonhamos para Araranguá em termos de desenvolvimento, que fosse uma cidade universitária. Essa é uma excelente novidade, nós precisamos disso. Chegou a hora”, completou o deputado.

Mais informações sobre as possibilidades oferecidas pela Unesc em Araranguá podem ser obtidas diretamente na sede na cidade, no telefone (48) 3527-0130 ou no www.unesc.net.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 30 de setembro de 2019 às 20:00
Compartilhar Comente

Projeto Navegar: portas abertas para novas oportunidades

Projeto Navegar: portas abertas para novas oportunidades
Curso oferecido de forma gratuita prepara alunos para o Enem (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

Jovens engajados na missão de “mudar o mundo”: assim podem ser descritos os voluntários que se uniram para a criação do projeto Navegar, um curso pré-vestibular gratuito, destinado a jovens e adultos de baixa renda. Após uma seleção, a turma para o segundo semestre de 2019 está montada e com aulas em pleno ritmo para bons resultados nas provas de fim de ano. As aulas, realizadas diariamente no período noturno em espaço disponibilizado pela Unesc, abrangem disciplinas como história, geografia, matemática, física, química, biologia, português, redação, sociologia, filosofia, inglês e espanhol. Em uma corrente de boa vontade, esforço e solidariedade a expectativa de que sonhos possam se tornar reais a partir da iniciativa.

Na vida das adolescentes Daniele Mattei Felisbino e Sara Ramos Ferraz, de Nova Veneza, o projeto já está fazendo transformações. Empolgadas com a possibilidade, as duas se inscreveram na seleção para o cursinho, foram selecionados e ajustaram suas rotinas para estarem na Unesc todos os dias em busca de mais aprendizado. Daniele conheceu a iniciativa por meio do pai e recebeu todo o incentivo para participar. “Ele leu sobre isso no jornal e logo me deu a ideia de tentar uma vaga já que estou no Terceirão e meu objetivo é entrar na universidade no próximo ano”, comentou.

Para Sara, que viu a divulgação do Navegar nas redes sociais, a proposta parecia ainda distante da sua realidade. “Apesar de ter visto que era gratuito e ter me inscrito na animação do momento, depois acabei perdendo um pouco a esperança pois lembrei que seria difícil o deslocamento até Criciúma. Uns dias depois, conversando com a Daniele, soube que um ônibus sai de Nova Veneza e vai para a Unesc e que poderíamos usufruir também desse transporte. Aí sim vi que seria possível para mim”, lembrou a aluna.

Conforme as alunas, as aulas já têm sido valiosas para as suas preparações para as provas. “Com certeza esse aprendizado vai nos ajudar muito no Enem e no vestibular. Além de ser um diferencial para essas provas, o conteúdo que aprendemos aqui é um incentivo para estudarmos com mais empolgação na escola também”, destacou Daniele. As horas a mais em sala de aula, para Sara, estão longe de ser um sacrifício. “É uma animação. Não pensamos no cursinho como uma obrigação ruim. Pensamos com empolgação de que ainda teremos essa aula no dia”, completou.

Mudança de vida

Maria Madalena Nascimento Guerra, já conhecida no cursinho como Madá, tem 52 anos e atualmente trabalha com serviços gerais. Natural de Salvador, Maria chegou a Criciúma com seus três filhos há cinco anos e agora investe seu tempo pela primeira vez nos estudos. Conforme a aluna dedicada, o cursinho Navegar foi uma oportunidade que chegou na hora certa. “Eu pensava em entrar para a faculdade, mas saí do Ensino Médio há 27 anos. Fazia tempo que não estudava então seria difícil conseguir uma vaga na Universidade. Cheguei ao Navegar por meio da indicação de uma amiga, me inscrevi e hoje estou amando viver essa experiência”, comentou.

Seu objetivo a partir de agora é se dedicar no aprendizado das disciplinas ofertadas e garantir uma bolsa de estudos na Unesc. Conforme ela, além de se sentir privilegiada em conseguir esse estudo de forma gratuita, conhecer de perto o projeto encheu seu coração de esperança. “Ver essas crianças preocupadas em ajudar o próximo, dedicando seu tempo a ensinar de forma voluntária, é lindo demais. Eles estão preocupados com o futuro e fazendo a diferenças nas nossas vidas. Assim vejo que o ser humano pode ter salvação”, destacou Madá.

União de esforços

Responsável por iniciar e comandar o projeto, o acadêmico do curso de Direito da Unesc, Alex da Rosa, conseguiu grandes aliados para colocar em prática a sua ideia. A proposta, conforme ele, foi feita por meio de uma rede social e, a partir daí, pessoas com os mesmos ideais começaram a se juntar a ele para ver tudo funcionar na vida real. “Começamos com um cursinho intensivo de 40 dias para o vestibular de inverno. Agora, já com essa experiência, nosso foco é voltado ao Enem. Tudo sempre foi e é feio na base do amor, com ajuda de algumas pessoas da forma que podem”, salientou.

O interesse do público em geral conforme Alex, é bastante significativo. “Isso nos deixa felizes, mas também tristes por termos a capacidade de oferecer apenas 50 vagas atualmente, mas assim seguimos. As aulas vão até novembro, sempre das 18h45 até às 22h, de segunda a sexta, contando agora com mais professores. As matérias serão também dividias em frentes, com professores específicos e com voluntários de apoio”, explicou.

O projeto é realizado 100% de forma voluntária e conta com uma arrecadação online de valores para colaboração em materiais e impressões de conteúdos ou exercícios. Os interessados em colaborar podem acessar o site www.vakinha.com.br/vaquinha/cursinho-navegar-educacao-comunitaria.

Unesc é parceira

No fim do mês de julho a Unesc firmou o compromisso com a coordenação do projeto Navegar cedendo o espaço físico para as aulas diárias. A possibilidade de contribuir com um trabalho de tamanha grandeza e carinho por meio dos voluntários envolvidos, conforme a diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias da Unesc, Fernanda Sônego, é uma honra para a Universidade. “Com todo o carinho disponibilizamos o espaço para que esses alunos possam se qualificar. O grupo de gestores e professores do projeto fazem um trabalho maravilhoso e com muita dedicação. Tenho certeza de que continuarão fazendo a diferença na vida dos alunos que participarem. Ações como essa são inspiradoras”, destacou.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 12 de setembro de 2019 às 16:43
Compartilhar Comente