Engenharia de Agrimensura e Cartográfica

Recepção ao presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina na Unesc ganha tom de emoção

Recepção ao presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina na Unesc ganha tom de emoção
Reunião teve o objetivo de aproximação entre instituições (Foto: Leonardo Ferreira) Mais imagens

A tarde desta quarta-feira (24/2) foi marcada pela visita do presidente do CREA-SC (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina), engenheiro civil e segurança do trabalho Carlos Alberto Kita Xavier, à Universidade e a apresentação da egressa e professora da Unesc, engenheira civil Kamila Rodrigues da Silva, como diretora da Inspetoria Regional de Criciúma do Conselho.

Em uma reunião marcada com o objetivo de aproximar as duas instituições, a surpresa trazida pela reitora da Universidade, Luciane Bisognin Ceretta, deu o tom de emoção da tarde. Kamila, egressa do curso de Engenharia Civil, pós-graduada e mestre formada na Instituição, foi homenageada com uma placa de mérito. “Nós nos orgulhamos muito de tê-la na história da nossa Universidade. Desejamos sucesso no exercício deste cargo e função. A Unesc estará presente para prestar todo o apoio para que esta gestão seja exitosa e nos dê ainda mais motivos de alegria”, enfatizou Luciane.

O primeiro contato da homenageada com a Universidade foi em 2003, quando ingressou no ensino superior. Após quatro semestres de estudos, Kamila foi para a Itália, onde morou cinco anos. No retorno ao Brasil, em 2010, voltou à Unesc, onde formou-se em Engenharia Civil, fez pós-graduação e mestrado. Com sua trajetória de quase duas décadas na Instituição, sua segunda casa, a professora do curso de Arquitetura e Urbanismo não escondeu a emoção. “A Unesc foi minha base, ela me mostrou o caminho da profissão. O recebimento desta placa hoje me emocionou muito. Sou filha da casa. Onde cheguei hoje eu devo a esta Instituição e as pessoas que aqui estão e estiveram. Receber este reconhecimento, vindo das mãos da reitora, é ver que todo caminho valeu a pena”, afirmou Kamila.

Para o presidente do CREA, Carlos Alberto Kita Xavier, a honra é mais do que merecida, e  reforça a assertividade na escolha da profissional para representar o Conselho. “Tenho a certeza de que estarei sendo bem representado. Kamila já mostrou ser uma profissional de grande qualificação e que trará o que é necessário para fazer um grande trabalho”, frisou. 



Aproximação entre o Conselho Regional e a Unesc

Os diálogos da tarde tiveram o objetivo de estreitar os laços entre a Universidade e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina. A iniciativa Universidade Corporativa, ensino, promoção de eventos e outros trabalhos em conjunto estiveram em pauta. “Ter esta instituição ao lado da Universidade é muito importante e estaremos felizes em contribuir para iniciativas como a Universidade Corporativa. Quando a pandemia se instaurou, a Unesc retomou suas aulas de modo virtual em duas semanas, com estrutura completa, professores e profissionais capacitados e um modelo de ensino definido. Esta é a força da Unesc, que se mostra capaz de estar pronta para grandes projetos como este”, destacou. 

A iniciativa Corporativa é uma das metas de gestão do presidente do CREA-SC, com foco no aperfeiçoamento e qualificação dos profissionais registrados e capacitação do público interno, como conselheiros, inspetores e colaboradores, por meio de cursos de especialização. O projeto tem como base cooperação e a parceria com instituições de ensino e entidades de classe do setor tecnológico, além de empresas e órgãos do sistema. “Temos um grande carinho por esta instituição. A Unesc se coloca como parceira para projetos e eventos que nos ajudam a elevar nosso profissional e valorizam nossa profissão. Saber que estaremos juntos no futuro é de grande valor”, afirmou Xavier.

A Unesc e o Conselho são parceiros em grandes eventos como a Semana de Ciência e Tecnologia. Professores da Universidade também são conselheiros. É o caso do coordenador do NIT (Núcleo de Inovação e Tecnologia), professor Evânio Ramos Nicoleit, que relatou em suas palavras o peso desta parceria. “São as minhas duas paixões. A Universidade, há mais de 50 anos, foi pioneira com graduação na área tecnológica na região. O significado disso é este forte laço que une a Unesc e o CREA-SC. A cada ano buscamos uma aproximação ainda mais consolidada”, pontuou. 

Também estiveram na visita os o professor mestres e conselheiros Hugo Schwalm, coordenador do curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica, e Vanildo Rodrigues, coordenador adjunto do curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica. O engenheiro agrônomo Felipe Penter, o gerente do Departamento de  Fiscalização do CREA-SC, engenheiro ambiental Ingo Eugênio Dal Pont Werncke, e a assessora da presidência, a jornalista Claudia Renata de Oliveira, estiveram em nome do Conselho.



Leonardo Ferreira - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

24 de fevereiro de 2021 às 18:52
Compartilhar Comente

Unesc forma 62 novos engenheiros nesta sexta-feira

Unesc forma 62 novos engenheiros nesta sexta-feira
Graduandos receberam a outorga de grau e estão prontos para as mais diversas áreas do mercado (Fotos: Mayara Cardoso / Reprodução) Mais imagens

Criciúma, Santa Catarina, o Brasil e o mundo ganharam, nesta sexta-feira (19/2), novos engenheiros formados na Unesc. Em Cerimônia Especial de Colação de Grau Virtual a Universidade entregou ao mercado de trabalho 62 graduandos dos cursos de Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Civil, Engenharia de Agrimensura e Cartográfica, Engenharia de Materiais, Engenharia de Produção, Engenharia Química e Engenharia Mecânica.  Transmitida ao vivo pelo canal da Unesc TV no YouTube e acompanhada por todo o mundo, a formatura marcou o encerramento do ciclo da graduação dos mais novos profissionais.

Com direito a outorga de grau, juramentos, homenagens a professores, amigos e familiares, a Colação de Grau foi presidida pela Pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Gisele Coelho Lopes. Ao parabenizar os novos graduados, Gisele deixou o convite e o desafio de que pautem suas vidas profissionais em valores éticos e objetivos. “Tenham propósitos. Uma vida sem propósitos é sem vida e sem cor. Mas tenham constância. Não basta ter apenas propósitos. É preciso ter constância para que esses propósitos sejam de fato realizados independentemente dos reveses da vida”, alertou.

Diante de um cenário no qual os avanços tecnológicos são cada vez mais rápidos, em especial com a transformação dos últimos 11 meses, conforme a pró-reitora, é preciso que os profissionais estejam em constante aprendizado. “Para continuarmos firmes em nossos propósitos e projetos de vida serão necessárias novas habilidades. Novos paradigmas terão que ser construídos. Nossa realidade já mostra o quão desafiador é o tempo futuro que se avizinha. Tempo esse que nos solicitará um alto desenvolvimento contínuo frente às mudanças que ocorrem e ocorrerão permanentemente no mundo moderno”, pontuou.

Entre as competências destacadas por Gisele, necessárias ao novo cenário, estiveram a capacidade de solucionar problemas complexos, pensamento analítico, crítico e inovador, ter coragem, criatividade e iniciativa, além de buscar a aprendizagem ativa e desenvolver a liderança, a inteligência social e a inteligência emocional.

Representante dos colegas graduandos, Olívio Herdt Júnior foi o responsável por escolher algumas palavras para marcar a noite. Ao lembrar que a cerimônia desta sexta-feira significa a realização de um sonho para cada um dos concluintes, Olívio destacou as necessárias abdicações ao longo do caminho para que o momento de celebração desta conquista fosse possível.

“A distância entre nós e os sonhos que temos está nas conversas que precisamos ter, nas ações que precisamos fazer e, sobretudo, nas renúncias que precisamos ter. Batalhamos pelo nosso sonho e hoje comemoramos com o coração cheio de orgulho. Se hoje nos perguntarem se valeu a pena, tenho a certeza de que diremos que sim. Medimos as dificuldades, pela soma de renúncias que precisamos fazer. Elas foram necessárias para chegarmos até aqui e com certeza mais abdicações nos aguardam para alcançarmos os objetivos que ainda não conquistamos”, discursou.

Sem deixar de agradecer a todos os espectadores que acompanhavam a cerimônia e, de alguma forma, fizeram parte da conquista, Olívio lembrou ainda aos colegas os desafios que os esperam nessa nova e incrível etapa. “A coroação da formatura não é o fim, e, sim, o começo. E estamos prontos. Prontos para honrar nossa profissão e sermos conhecidos pela nossa dedicação. Prontos para encarar novos desafios, alcançar novas metas e alcançá-las. Acima de tudo prontos para sermos profissionais éticos. Sejamos nós os agentes de transformação do mundo que sonhamos”, acrescentou em discurso.

A cerimônia completa, com a presença de professores homenageados e coordenadores dos cursos, assim como todos os discursos da noite, pode ser conferida na íntegra abaixo:

Clique aqui e acesso mais registros da noite formatura 

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

19 de fevereiro de 2021 às 21:18
Compartilhar Comente

Unesc forma mais de 150 profissionais nesta terça-feira

Unesc forma mais de 150 profissionais nesta terça-feira
Cerimônias foram realizadas de forma virtual e transmitidas pelo YouTube para mais de 4 mil espectadores (Fotos: Reprodução) Mais imagens

Celebração. Essa foi a palavra que marcou a terça-feira (22/12) na Unesc. Nesta data a Universidade protagonizou quatro cerimônias de Colação de Grau Especiais Virtuais. Transformaram-se, de estudantes para profissionais, graduandos dos cursos de Artes Visuais, Ciências Biológicas, Direito, Educação Física Bacharelado e Licenciatura, Engenharia Civil, Engenharia de Agrimensura e Cartográfica, Letras, Matemática, Medicina e Psicologia.

As cerimônias, transmitidas ao vivo pelo canal da Unesc TV no YouTube, foram assistidas por mais de quatro mil pessoas e seguem disponíveis na página. De médicos, a professores, advogados e engenheiros, todos fizeram seus juramentos e tiveram o grau outorgado de forma oficial.

Na cerimônia que conferiu grau a 18 novos médicos de forma antecipada em virtude da pandemia de Covid-19 o sentimento dos formandos foi de gratidão e incentivo uns aos outros. Além de relembrarem momentos dos anos de graduação e deixarem seus desejos de prosperidade na profissão que se inicia oficialmente após o ato, os graduandos deixaram ainda mensagens especiais aos seus pais.

A conquista do diploma neste dia, conforme uma das oradoras da turma, Paula Martins Goes, se deve ao incentivo e apoio daqueles que foram os pilares que os sustentaram. “Tudo o que aprendemos durante a jornada acadêmica foi um complemento do que aprendemos com vocês, que nos ensinaram como crescer com perseverança, foco, determinação e caráter. Hoje nos tornamos não apenas médicos, nos tornamos médicos dignos e responsáveis. Esse título é dedicado inteiramente a vocês”, salientou.

Na cerimônia que formou engenheiros civis e agrimensores e cartográficos, advogados, licenciados em Artes Visuais e bacharéis em Direito, a responsável por discursar em nome das turmas, Renata Ribeiro Costa Machado, destacou também os sentimentos vividos diante de uma formatura diferente do sonhado, mas ainda assim cheia de significado. “Essa é apenas uma das tantas vitorias que ainda estão por vir. Tínhamos tudo para enxergar o copo meio vazio, mas fizemos tudo para ver o lado meio cheio. Que agora esse copo transborde! Parabéns a todos nós! Nós vencemos”, comemorou com os colegas.

Representando a Universidade participaram das cerimônias de Colação de Grau Especial às 10h, às 15h, às 19h e às 21h30 a reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, a pró-reitora Indianara Reynaud Toreti e o diretor de Ensino de Graduação, Marcelo Feldhaus.

Ao homenagear os formandos da noite, Feldhaus fez questão de deixar pedidos especiais aos agora egressos da Universidade. “Peço que que não esqueçam o juramento de suas profissões em nenhum dia de suas vidas e o deem efetividade. Sejam instrumento de transformação da nossa realidade e de quantas mais consigam alcançar e tenham orgulho de fazer parte da história de uma das melhores e mais lembradas instituições do Sul do Brasil, uma Universidade Comunitária de extrema grandeza que forma profissionais de excelência em todas as áreas”, dedicou aos graduandos.

Confira abaixo cada uma das cerimônias transmitidas no canal da Unesc TV no YouTube:

Psicologia, Letras, Ciências Biológicas, Geografia Licenciatura e Direito:

Medicina:

Eng. Civil, Eng. De Agrimensura, Matemática, Artes Visuais, Direito:

Educação Física:

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

22 de dezembro de 2020 às 22:20
Compartilhar Comente

Curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica da Unesc traz novidades para o próximo ano

Curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica da Unesc traz novidades para o próximo ano
Nova matriz curricular está adequada aos novos desafios da atualidade (Foto: Arquivo) Mais imagens

A Unesc prepara novidades para os acadêmicos do curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica em 2021. Com uma base sólida e a credibilidade de 45 anos de história, o curso, que é o único em Santa Catarina, readequou a matriz curricular e passará a oferecer, além das disciplinas presenciais, experiências online e híbridas. Tanto a nova matriz curricular quanto as atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas pelo curso, são embasadas nas novas tendências do mercado.  

O diretor de Ensino de Graduação da Unesc, Marcelo Feldhaus, afirma que as mudanças na matriz curricular de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica levaram também em consideração as necessidades dos estudantes e futuros alunos. “A nova matriz curricular do curso está adequada aos novos desafios da atualidade. Com aulas presenciais concentradas nas sextas e sábados, a Universidade busca tornar-se ainda mais acessível para estudantes que desejam uma formação de excelência em horários com maior flexibilidade e com diferenciais que somente a Unesc oferece”, salienta.

Um dos destaques da nova matriz curricular do curso será o Projeto Integrador, que vai possibilitar que em cada fase, o estudante participe de um projeto envolvendo as diferentes disciplinas do curso e acadêmicos de outras fases, ampliando a troca de conhecimento e reforçando a interação entre professores e alunos. Outra novidade diz respeito a abertura de disciplinas optativas para acadêmicos da última fase do curso (a graduação continuará com 10 semestres), com o objetivo de reforçar os conhecimentos na área em que ele mais tiver se identificado ao longo do curso.

A nova matriz curricular irá potencializar ainda mais os convênios com empresas e órgãos públicos para a realização de estágios por estudantes de diferentes fases do curso, possibilitando que ele já aplique os conhecimentos adquiridos no curso e possa vivenciar o dia a dia da profissão. Além desta possibilidade de estágio, o estudante de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica da Unesc poderá desenvolver atividades práticas no Parque Científico e Tecnológico da Unesc (Iparque).

Mercado aquecido para a área

Segundo o coordenador do curso, Hugo Schwalm, a demanda por profissionais qualificados na área é grande e o mercado de trabalho acaba absorvendo 100% dos formados pela Unesc – em muitos casos, antes mesmo da conclusão do curso, o estudante já recebe propostas de trabalho. “Nosso curso oferece uma formação com uma base teórica e prática, com atividades de campo, visitas técnicas e laboratórios específicos, com o uso de excelentes equipamentos como Estação Total, GPS e Drone. Além disso, nosso estudante tem o contato com todas as tecnologias atuais para o trabalho na área, como softwares utilizados para Sensoriamento Remoto, SIG (Sistemas de Informações Geográficas), BIM e Geoprocessamento”, revela.

O coordenador adjunto do curso, Vanildo Rodrigues, afirma que as possibilidades de atuação deste profissional são inúmeras, e envolvem iniciativa pública, como prefeituras e órgãos municipais, estaduais e federais; iniciativa privada, como construtoras e empresas; até a prestação de serviços de maneira autônoma, por meio de consultorias ou mesmo a abertura do próprio negócio na área. 

Matrículas abertas

A Unesc está com matrículas abertas para ingresso no primeiro semestre de 2021. Entre as mais de 50 opções está o curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica. Os interessados em conhecer mais sobre as formas de ingresso ou outros detalhes da graduação podem entrar em contato com a Universidade por meio do telefone 3431-4500, no Whatsapp (48) 99915-0433 ou no site graduacao.unesc.net.

Milena Nandi – Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

18 de dezembro de 2020 às 20:01
Compartilhar Comente

Parceria entre Unesc e IFC, campus Santa Rosa do Sul, proporciona novas descobertas para estudantes

Parceria entre Unesc e IFC, campus Santa Rosa do Sul, proporciona novas descobertas para estudantes
Estágio no Parque Científico e Tecnológico da Universidade foi decisivo para a escolha profissional de Sabrina e Vitor (Fotos: Milena Nandi) Mais imagens

Vivenciar o cotidiano da atividade profissional pode ser decisivo para a escolha da carreira. Foi o que ocorreu com os alunos do curso Técnico em Agropecuária do Instituto Federal Catarinense (IFC), Sabrina Jardim Sparremberger e Vitor Nazário Martins, que após um período de estágio no Parque Científico e Tecnológico (Iparque) da Unesc, decidiram que darão continuidade aos estudos no curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica da Universidade. O estágio deles foi possível por meio da parceria entre as instituições, que há 10 anos tem possibilitado que estudantes dos cursos técnicos do campus Santa Rosa do Sul passem um mês realizando atividades na Universidade.

Sabrina e Vitor estiveram de janeiro a fevereiro no Iparque, desenvolvendo atividades e aprendendo mais sobre Topografia com os profissionais do Centro de Engenharia e Geoprocessamento (Cegeo), vinculado ao Instituto de Pesquisas Ambientais e Tecnológicas (Ipat). “Quando eu entrei no curso técnico eu ainda não tinha bem claro o que iria seguir. À medida em que fui fazendo as disciplinas, a Topografia me chamou atenção. O estágio abriu a minha mente e depois deste período no Iparque, decidi que faria o curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica”, conta Vitor, que ja se matriculou no curso da Unesc.

Para Sabrina, o estágio significou o primeiro encontro com a Unesc e a oportunidade de ampliar o conhecimento técnico e conhecer profissionais e outros professores da área. “Não conhecia ainda a Universidade e neste tempo em que fiz o estágio aqui, além de aprofundar mais o conhecimento sobre equipamentos utilizados no trabalho topográfico, percebi o quanto gosto desta área”, comenta a nova caloura da Unesc.

O coordenador do Cegeo, Jóri Ramos, que também é professor da Universidade, acompanhou o estágio de Sabrina e Vitor, e ressalta a importância de experiências práticas para escolhas profissionais mais assertivas.

O professor da disciplina de Topografia do curso Técnico em Agropecuária do IFC, Ricardo Henrique Taffe, leciona no Instituto há 26 anos e acompanhou todos os estágios decorrentes da parceria com a Unesc. Segundo ele, a atividade colabora no processo de ensino e aprendizagem dos futuros profissionais. “Para eles, estas 180 horas representam a oportunidade de um grande aprendizado, incluindo o trabalho em equipe”.

Milena Nandi – Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

17 de dezembro de 2020 às 15:26
Compartilhar Comente