Ciência da Computação

Curso de Ciência da Computação da Unesc incentiva acadêmicos a apostarem em “Negócios de Impacto”

Curso de Ciência da Computação da Unesc incentiva acadêmicos a apostarem em “Negócios de Impacto”
Temática foi abordada em evento online com acadêmicos na noite desta segunda-feira (8/6) (Fotos: Reprodução) Mais imagens

“Negócios de Impacto”. Os acadêmicos e professores do curso de Ciência da Computação da Unesc que não conheciam ou não tinham familiaridade com o termo puderam conhece-lo na prática por meio do evento online promovido pelo curso na noite desta segunda-feira (8/6). O encontro foi ministrado pelo egresso do curso e CEO da empresa Portabilis, Tiago de Faveri Giusti, e pelo gestor na aceleradora Quintessa, João Ceridono.

Sob comando dos dois jovens engajados na ligação entre tecnologia e educação, os expectadores do evento foram inspirados a integrarem o time de profissionais que atuam em “negócios de impacto”.

O termo, conforme Tiago, é designado para explicar a junção entre empresas tradicional e o trabalho realizado até então por ONGs. “Isso porque as empresas são as instituições que mais crescem, as que dominam tanto ou mais que os governos os sistemas que regem a sociedade. Já as ONGs, apesar de fazerem trabalhos muito importantes, não têm a capacidade de crescer e se espalhar tão rápido. Desta forma os Negócios de Impacto unem as características. De maneira muito resumida, podemos dizer que são empresas com missão de ONGs”, explica.

O papel das instituições com tal características, conforme João, será primordial para o fururo. “Assim como os negócios tradicionais nos trouxeram ao mundo de hoje, os negócios de impacto serão os responsáveis por reajustar a jornada para um paradigma sustentável”, afirmou.

As especificidades do trabalho idealizado e colocado em prática ao longo dos últimos anos foram explicadas por Tiago. Conforme o empresário, a Portabilis foi criada como um negócio de impacto com foco na ajuda aos governos municipais a gerirem de forma mais inteligente as políticas de Educação e Assistência Social.

Para ele, foi uma oportunidade especial conversar com os acadêmicos após dez anos de sua graduação na Unesc. “É muito legal reencontrar professores que ajudaram muito na minha formação como profissional. Quero reforçar a vocês, acadêmicos, que não desistam. Todo o esforço e as noitadas de estudo valem a pena. O curso foi muito importante na minha carreira. Prova disso é que uma das grandes oportunidades de trabalho que tive só aconteceu porque eu estava cursando Ciência da Computação da Unesc”, compartilhou com os presentes.

Oportunidade valiosa

Quem mediou a conversa entre os especialistas foi a professora do curso, Merisandra Côrtes de Mattos. Para ela, que também acompanhou a trajetória de Tiago na Universidade, essa foi uma forma de inspirar os acadêmicos a alçarem grandes voos também. “Ouvir o Tiago e o João foi uma forma que encontramos de incentivar e mostrar aos alunos mais jovens da área de tecnologia da informação o empreendedorismo com impacto. Nós fizemos isso no melhor momento no mundo, diante de uma pandemia que nos tira do cômodo, e no melhor ambiente possível, a academia”, salientou.

O objetivo, conforme a coordenadora do curso, Ana Claudia Garcia Barbosa, foi atingido por meio das falas dos convidados. “Nada melhor do que experiencias vividas que podem incentivar os acadêmicos. Ficou muito claro para eles que existe um caminho muito lindo a ser seguido nessa profissão que escolheram”, completou.

O evento online contou ainda com a participação do coordenador adjunto do curso, Luciano Antunes, do gerente de Inovação e Empreendedorismo da Unesc, Paulo Priante, do Assessor de Inovação, Chrstian Engelman; do Coordenador do Núcleo de Inovação Tecnológica da Universidade, Evânio Ramos Nicoelit e do gerente de TI, Rogério Casagrande, entre outros professores.

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

08 de junho de 2020 às 22:24
Compartilhar Comente

Primeira competição de eSport da Unesc tem final definida e será transmitida ao vivo

Primeira competição de eSport da Unesc tem final definida e será transmitida ao vivo
Partida ocorre neste domingo (31/5), a partir das 18 horas (Imagem: OrganizaçãoLigaUnesc) Mais imagens

A final da Liga Unesc de League Of Legends tem data marcada, equipes definidas e transmissão ao vivo na Twitch confirmada. Neste domingo (31/5), a partir das 18 horas, às equipes ‘SuperNanny FABULOUS”e "Rafiri e seus capangas" disputam o primeiro título de uma competição eSport realizada pela Universidade. No mesmo horário, a partida pelo terceiro lugar também será realizada. 

A Liga Unesc de League Of Legends teve início neste sábado, com 16 times inscritos. Após quase oito horas de competição, e 40 partidas realizadas, o assessor de Inovação da Universidade, Christian Engelmann, comemora os bons resultados. “O primeiro evento de eSport da Unesc está sendo um sucesso. Ao pensar na Liga, tínhamos o objetivo de nos conectarmos nesta tendência mundial, que está sendo abraçada de maneira cada vez mais profissionalizada e já é linguagem corrente entre os jovens, e conseguimos. O campeonato ainda nem acabou, e os participantes já estão pedindo pelo próximo”, destaca.

Com o sucesso da primeira competição, outras modalidades de eSport serão pensadas dentro da Universidade. “Já estamos organizando mais uma edição neste mesmo molde, e outros campeonatos como de Counter-Strike, com o popular CS:GO. Nós da Inovação vemos com muito bons olhos estas tendências já mundialmente reconhecidas e que cada vez mais vem ganhando espaço. Em um mundo pós digital, onde os jovens já nasceram imersos com tecnologia e acesso à internet, o caminho natural é se envolver com os jogos digitais e eSports, e a Unesc não poderia deixar de acompanhar a tendência, abrindo as portas da Instituição aos atletas da comunidade acadêmica e possibilitando a prática de uma paixão e talentos”, enaltece Engelmann.

A iniciativa foi proposta em parceria pela Aditt (Agência de Desenvolvimento, Inovação e Transferência de Tecnologia) e AAACT (Associação Atlética Acadêmica Cavalo de Tróia). Ao fim do evento, os times três melhores colocados receberão uma premiação. Para assistir à final, com transmissão ao vivo e narração do estudante do curso de Ciências da Computação, Murilo Leffa, basta acessar o canal na Twitch clicando aqui. 

Leonardo Ferreira - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

30 de maio de 2020 às 17:51
Compartilhar Comente

Curso de Ciência da Computação promove evento virtual com Arquiteto de Soluções da Oracle

Curso de Ciência da Computação promove evento virtual com Arquiteto de Soluções da Oracle
Paulo Alberto Simões compartilhou conhecimentos em torno da temática “A transformação Digital além das Criptomoedas” (Fotos: Reprodução) Mais imagens

Capaz de relacionar o chamado Blockchain, com a Covid-19 e o registro nacional de vacinação de crianças e adultos, o especialista em tecnologia Paulo Alberto Simões promoveu uma noite de muito compartilhamento de conhecimento entre acadêmicos e professores do curso de Ciência da Computação da Unesc. Em evento virtual nesta terça-feira (26/5), Paulo tratou sobre a temática “Blockchain – uma tecnologia chave para a grande transformação digital da sociedade”. O evento contou com a participação da reitora da Universidade, Luciane Bisognin Ceretta, e da coordenadora do curso, Ana Claudia Garcia Barbosa, assim como de professores da Universidade e foi mediado pelo coordenador adjunto Luciano Antunes.

Ao abordar de forma bastante didática, Paulo seguiu uma linha de raciocínio a fim de mostrar a importância dos registros, das mais diferentes áreas, e a possibilidade de acesso irrestrito a nível mundial. Para explicar sobre a tecnologia do Blockchain, que surgiu com a criação das chamadas criptomoedas, o palestrante provocou os estudantes a avaliarem como exemplo a importância de um registro global voltado à vacinação da população.

Conforme Paulo, assim como para a temática das vacinas, a tecnologia de registro, também conhecida como ‘protocolo de confiança’, serve para um armazenamento seguro de dados para todo o mundo. “Essa tecnologia ajuda a transformar digitalmente a nossa vida de registros médicos também. É uma oportunidade que surgiu como forma de proteger as transações enquanto moedas virtuais, mas foi ampliada e pode ser utilizada em outras situações”, explicou.

Entre as principais características da tecnologia em questão, conforme o palestrante, está a confiança, a transparência e a diminuição de custo de processos. “É a criptografia utilizada para gravar os blocos de transações de forma inviolável e, ao mesmo tempo, com acesso irrestrito àqueles que têm esse direito”, acrescentou.

O evento online, na avaliação do coordenador adjunto do curso, foi de extremo aproveitamento para todos os participantes. “Tivemos uma apresentação incrível e ao final os alunos participaram com questionamentos bastante pertinentes, mostrando, de fato, interesse pelo assunto. Tivemos uma interação muito rica”, pontuou Luciano.

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

26 de maio de 2020 às 21:28
Compartilhar Comente

Nota de falecimento – Letícia Rodrigues Macena

Nota de falecimento – Letícia Rodrigues Macena
Acadêmica do curso de Ciência da Computação faleceu nesta segunda-feira (Foto: Divulgação) Mais imagens

É com pesar que a Universidade comunica o falecimento na madrugada desta segunda-feira (25/5) da estudante do curso de Ciência da Computação da Unesc, Letícia Rodrigues Macena. A acadêmica de 24 anos estava na sexta fase da graduação.

A estudante foi vítima de um acidente de moto há mais de uma semana, ficou hospitalizada desde então, mas não resistiu aos ferimentos.  

O coordenador adjunto do curso de Ciência da Computação, Luciano Antunes, foi professor de Letícia neste semestre e lembra da aluna como uma pessoa inteligente, dedicada e comprometida com a sua formação. Ela inclusive já atuava em uma empresa da área na região.

O velório de Letícia será a partir das 14 horas desta segunda-feira na capela mortuária do Bairro Vila Nova, em Içara, município em que a estudante da Universidade residia. 

Aos pais, familiares e amigos de Letícia, os sentimentos de mais profundo pesar e solidariedade de toda a comunidade acadêmica da Unesc.

Milena Nandi - Agência de Comunicação

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

25 de maio de 2020 às 11:57
Compartilhar Comente

Sonhos + Unesc = Realização!

Sonhos + Unesc = Realização!
Ana Cleusia Saldanha dos Santos, graduada em Ciência da Computação, tem na Unesc o fator de mudança em sua vida (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

Natural de Angola, a jovem Ana Cleusia Saldanha dos Santos chegou ao Brasil, há seis anos, como muitos de seus colegas, com a bagagem cheia de sonhos. A filha única, que deixou a família em seu país de origem para enfrentar um mundo totalmente novo, encontrou em Criciúma, na Unesc, um novo local para chamar de lar. Ao graduar-se em fevereiro de 2020 como bacharel em Ciência da Computação Ana deu mais um passo em sua carreira que já é de vitórias e continua tendo na Universidade a referência que precisa para um futuro ainda mais brilhante.

O próximo passo almejado por Ana, que sofre todos os dias de saudades da família, mas não hesita em continuar buscando qualificação profissional, é o ingresso em um programa de mestrado em sua área de atuação. Seu desejo é adquirir ainda mais conhecimento para, em um futuro breve, poder contribuir com a educação em seu país e viver ao lado dos pais em melhores condições.

O gosto pela união da Ciência da Computação com a área da educação surgiu também dentro da Universidade. Ao longo da graduação Ana participou ativamente de projetos de Extensão da Unesc e, com eles, ganhou uma bagagem profissional ainda mais extensa. “Trabalhei, além dos estágios em escolas da região, com o projeto Informática para a Terceira Idade. Essa experiência foi maravilhosa e me fez perceber o que eu quero, que é estar em sala de aula”, destaca a jovem.

A luta ao longo dos anos de estudo, conforme a bacharel, foi difícil, mas o apoio encontrado na Unesc, entre lideranças, professores e colegas, tornou o fardo mais leve. “Foi uma luta muito, muito árdua. O fato de estar esse tempo todo longe de meus pais que ficaram em Angola e, por exemplo, celebrar minha formatura sem eles, corta meu coração, mas é tudo em busca de um sonho maior”, descreve.

No período pós-formatura, em meio a quarentena necessária por conta da pandemia, Ana segue se dedicando aos estudos em casa. “Ainda conto com apoio, orientação e incentivando no meu sonho de fazer um mestrado. No momento estou estudando para provas e escrevendo artigos para qualificar meu currículo, tudo ainda com muito apoio da Unesc”, completa.

Acompanhando de perto o desempenho da aluna em três das disciplinas que ministra, a professora Merisandra Côrtes de Mattos Garcia é um dos grandes suportes de Ana. Conforme Merisandra, ao longo de todo o contato foi possível perceber a dedicação e o empenho da jovem em busca do desenvolvimento acadêmico, profissional e humano. “Dias após a sua colação de grau, voluntariamente, ela me procurou na Universidade para darmos continuidade a alguns estudos e pesquisas acadêmicas, visando a sua preparação para a entrada em um programa de mestrado, apoio que ofereci com carinho. A Unesc foi o elo entre a minha história e a de Ana Cleusia, hoje uma grande amiga”, acrescenta.

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

23 de abril de 2020 às 14:02
Compartilhar Comente