Arquitetura e Urbanismo

“Gratidão sem limites”: Mais de 70 acadêmicos colam grau e tornam-se profissionais em cerimônia na Unesc

“Gratidão sem limites”: Mais de 70 acadêmicos colam grau e tornam-se profissionais em cerimônia na Unesc
cerimônia de Colação de Grau Especial lotou Auditório Ruy Hülse nesta quinta-feira (13/2) (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

Ao ter o grau de bacharel em Ciência da Computação outorgado pelo diretor de Pesquisa e Pós-Graduação da Unesc, Oscar Montedo, Ana Cleusia Saldanha dos Santos viu um filme passar em sua mente. Ela, que assim como dezenas de colegas saiu de Angola em busca da realização de um sonho no Brasil, teve um de seus mais profundos desejos realizados na noite desta quinta-feira (13/2)  na cerimônia de Colação de Grau Especial no Auditório Ruy Hülse.

A noite marcou a transformação de acadêmicos para bacharéis de mais de 70 alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Ciências Contábeis, Design, Engenharia Ambiental, Engenharia Ambiental  e Sanitária, Engenharia de Agrimensura e Cartográfica, Engenharia Civil, Engenharia de Agrimensura, Engenharia de Materiais, Engenharia Química, Tecnologia em Design de Moda e Tecnologia em Jogos Digitais. Os formandos da noite foram prestigiados por familiares e amigos que lotaram o espaço e vibraram com as suas conquistas.

O significado de receber o certificado que marca a conquista da graduação, para Ana, lhe remete a um sentimento que descreve como “gratidão sem limites”. A bacharel chegou ao Brasil em 2014 e, conforme ela, desde então encarou duras batalhas para realizar o sonho de formar-se na faculdade. “Foi uma luta muito, muito árdua. O fato de estar esse tempo todo longe de meus pais que ficaram em Angola e agora celebrar essa conquista sem eles corta meu coração, mas é tudo em busca de um sonho mesmo. Faltam palavras para descrever a emoção dessa conquista”, descreve.

Ao longo da graduação Ana participou ativamente de projetos de Extensão da Unesc e, com eles, ganhou uma bagagem profissional ainda mais extensa. “Trabalhei, além dos estágios em escolas da região, com o projeto Informática para a Terceira Idade. Essa experiência foi maravilhosa e me fez perceber o que eu quero daqui para frente, que é estar em sala de aula”, destaca a profissional que vê no feedback do aprendizado dos alunos a recompensa pelo bom trabalho.

Os projetos para o futuro, conforme Ana, são de compartilhar muito conhecimento, mas dessa vez no seu país de origem. “Pretendo ir em busca de uma oportunidade de cursar um mestrado para me capacitar ainda mais e depois voltar para a Angola para ensinar e ainda trabalhar em projetos de empreendedorismo e tecnologia”, planeja.

Confira um dos vídeos da Unesc TV, gravado ainda em 2018, que mostra a participação de Ana no projeto de Extensão:

Homenagem ao melhor desempenho do curso de Design

Durante a cerimônia de Colação de Grau Especial a diretora da Acic (Associação Empresarial de Criciúma), Maria Julita Volpato Gomes, representando o presidente da entidade empresarial, Moacir Dagostin, entregou um certificado de honra ao mérito parabenizando e reconhecendo a formanda Licéia Edileine Kleischmidt com o melhor desempenho acadêmico durante o curso de Design.

“A Acic é parceria do curso de Design da Unesc desde a sua implantação, inclusive com carta de recomendação. O curso é de extrema importância para toda a região uma vez que os profissionais desta área agregam maior valor aos produtos das empresas. Tivemos também a grata satisfação nesta noite de ter um profissional do nosso quadro de colaboradores da entidade entre os formandos”, destaca a diretora Maria Julita Volpato Gomes. “A entidade tem feito diversos movimentos para aproximar o setor produtivo com as instituições de ensino, um deles foi realizado no ano passado quando recebemos na nossa galeria de arte os trabalhos dos acadêmicos de design das entidades da cidade”, acrescenta.

Mayara Cardoso -  Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

13 de fevereiro de 2020 às 22:19
Compartilhar Comente

Segunda-feira marcada pela conquista

Segunda-feira marcada pela conquista
47 formandos receberam a outorga (Fotos: Leonardo Ferreira) Mais imagens

A tarde desta segunda-feira (16/12) ficará marcada na memória dos 47 formandos que colaram grau especial em gabinete. A cerimônia ocorreu no palco do Auditório Ruy Hülse e contemplou dez cursos de graduação, entre Licenciaturas e Bacharelados.

Comemoraram a nova conquista três estudantes de Arquitetura e Urbanismo; três de Artes Visuais – Licenciatura; oito de Educação Física – Bacharelado; nove de Educação Física – Licenciatura; 16 de Engenharia Civil; Um de Engenharia Mecânica; três de Fisioterapia; um de Letras – Habilitação Português e Inglês; um de Letras – Língua Portuguesa, e dois de Pedagogia.    

A outorga do grau foi feita pelo diretor de Pesquisa e Pós-Graduação da Unesc, Oscar Montedo, com a presença de coordenadores dos cursos.

Leonardo Ferreira - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 16 de dezembro de 2019 às 16:25
Compartilhar Comente

Unesc apresenta projeto de revitalização à comunidade do bairro Nova York

Unesc apresenta projeto de revitalização à comunidade do bairro Nova York
Professores e acadêmicos foram responsáveis por criação de projeto de espaço social e comunitário (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

A comunidade do bairro Nova York, em Forquilhinha, conheceu, na noite desta terça-feira (10/12), os detalhes do projeto de um novo espaço social e comunitário a ser implantado no campo do clube União. O projeto completo de uma estrutura multiuso de convivência comunitária foi criado a partir de uma atividade de extensão, intitulada EMI (Projeto de Extensão Escritório Modelo de Assistência Técnica),realizada ao longo de todo o ano por professores e acadêmicos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia de Agrimensura e Cartográfica e Engenharia Civil.

Ao longo de quatro encontros dos professores e acadêmicos com a comunidade foi possível fazer um levantamento sobre problemas e potencialidades do bairro, assim como sobre o tipo de estrutura que gostariam de ter à disposição, dados que foram compilados pela equipe e resultaram no projeto final. Entre os espaços planejados estão pista de caminhada, atletismo e ciclovia; quadra poliesportiva; quadras de futebol suíço, areia para vôlei, futebol e futevôlei; biblioteca com salas para cursos; sede da Associação de Moradores; playground adaptado para inclusão social; academia pública; quiosques; concha acústica, entre outros.

Conforme o professor coordenador do projeto, Jorge Luiz Vieira, a participação das famílias do bairro Nova York e dos vizinhos Ouro Negro e Vila Franca foram essenciais para que o projeto refletisse aquilo que, de fato, as comunidades querem e precisam. “No total serão aproximadamente 1.500 famílias beneficiadas com toda a estrutura contemplada, ou seja, um número bastante significativo de pessoas que poderá usufruir daquilo que a comunidade pensou em conjunto”, destacou.

Após a fase apresentação e finalização dos detalhes do trabalho, de acordo com Jorge, o projeto será entregue à prefeitura de Forquilhinha. “Essa será a contribuição da Universidade. Oferecer todo esse trabalho de reconhecimento e utilização da sua expertise para a formação de um projeto completo. A partir disso, o poder público irá orçar e ir em busca de recursos para tornar as ideias realidade”, completou.

A presença nos encontros e a participação na construção das ideias, conforme o representante do Coletivo Cultural Catavento, Leonardo Teixeira, deverá ter continuidade para as próximas etapas a serem encaradas. “Vamos ter a oportunidade de criar uma história diferente para esse espaço que hoje está subutilizado. Sabemos que será um longo processo, mas temos certeza de que, quando pronto, esse será um modelo para outras cidades e comunidades. Com união de esforço iremos em busca dos recursos para efetivar isso tudo”, salientou.

Para a moradora da comunidade Fátima Kopetz, o sentimento é de grande expectativa. “Fiz questão de acompanhar todos os encontros e de participar ativamente desse projeto que com certeza fará toda a diferença no nosso bairro. Acredito que vamos conseguir vê-lo se tornar real”, pontuou.

Lideranças comunitárias que lutam pelo bairro Nova York há décadas ou da nova geração que inicia agora sua trajetória, como José Waldir Cardoso e Nedir Marcelino, respectivamente, também veem com entusiasmo o futuro do campo do União. “Estive na criação do clube União e participei de diversas fases históricas do bairro. Quero continuar trabalhando em prol da nossa região e acredito muito nessa ideia construída”, garantiu.

Na visão de Nedir, mesmo sendo ousada a ideia pode sair do papel. “Queremos continuar o trabalho feito até então na comunidade e encararemos esse projeto que é grandioso, mas é possível”, completou.

O Projeto de Extensão conta com a parceria da Prefeitura Municipal de Forquilhinha, da Associação de Moradores do Bairro Nova York, do Coletivo Cultural Catavento e Labs Coopera e é vinculado ao Pehis (Programa Permanente de Extensão Habitat + Humano, Inclusivo e Sustentável) da Unesc. A ação conta com ainda colaboração dos professores Evelise Chemale Zancan, do Curso de Engenharia Civil, e Vanildo Rodrigues, do Curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica e de alunos bolsistas e voluntários.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 10 de dezembro de 2019 às 22:18
Compartilhar Comente

Sorteados da campanha “Quem se prepara valoriza sua formação”

Sorteados da campanha “Quem se prepara valoriza sua formação”
Movimento auxiliou estudantes antes do Enade (Fotos: Leonardo Ferreira) Mais imagens

A campanha “Quem se prepara valoriza sua formação” estimulou os mais de 900 estudantes concluintes da Unesc durante a preparação para o Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes). Nesta terça-feira (10/12), os alunos que tiveram resultado superior a 60% de acertos na prova participaram do sorteio de bolsas de estudos para cursar uma Pós-Graduação na Universidade. 

Alunos sorteados

Acadêmicos que podem optar entre bolsa 100% de Pós-Graduação Lato Sensu ou 50% na categoria Stricto Sensu:

  • Rafaela Cardoso Constantino – Engenharia Civil  
  • Franciele Rabelo – Biomedicina

Para bolsa de 75% na Pós-Graduação Lato Sensu:

  • Carolina Meinert Vitniski - Arquitetura e Urbanismo
  • Karolain da Silva Batú – Farmácia

Para bolsa de 50% na Pós-Graduação Lato Sensu:

  • Leandro da Silva Garcia – Arquitetura e Urbanismo
  • Matheus Marquardt – Medicina

Os sorteados receberão Cartas de Crédito em um próximo encontro, com data a ser confirmada. Na oportunidade eles também serão instruídos sobre como proceder para aproveitar a oportunidade. Os sorteados serão contatados pela Diretoria de Ensino de Graduação da Instituição. 

O Enade


O Enade foi realizado no campus da Unesc no dia 24 de novembro. O Exame avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos, avaliando o desempenho dos estudantes sobre conteúdos, habilidades e competências para exercer a profissão.

Na Universidade, a prova mobilizou gestores, coordenadores de curso, professores e funcionários da Universidade, que montaram uma ampla estrutura para receber e orientar os estudantes. Os cursos avaliados nesta edição do Enade foram Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Educação Física Bacharelado, Enfermagem, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Farmácia, Fisioterapia, Medicina, Nutrição e Odontologia.

Leonardo Ferreira - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 10 de dezembro de 2019 às 17:11
Compartilhar Comente

Cursos da Unesc desenvolvem projeto de reformulação de ambientes educacionais do Bairro da Juventude

Cursos da Unesc desenvolvem projeto de reformulação de ambientes educacionais do Bairro da Juventude
Projeto arquitetônico foi apresentado durante evento de homenagem à imprensa (Fotos: Milena Nandi) Mais imagens

O projeto arquitetônico para a readequação de espaços educacionais do Bairro da Juventude, desenvolvido por professores e alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Pedagogia da Unesc, foi apresentado na manhã desta quarta-feira (27/11). Os detalhes da iniciativa, incluindo uma maquete de como ficará a estrutura da entidade após as obras, foram mostrados durante uma homenagem que o Bairro da Juventude fez à imprensa da região.

Os diálogos para o desenvolvimento do projeto iniciaram entre as instituições em 2017, com o objetivo de reformar os espaços e construir novos, para alinhar a estrutura física ao PPP (Projeto Político Pedagógico) do Bairro. Em 2018, iniciou-se o desenvolvimento do projeto na entidade, com o apoio de acadêmicos, bolsistas e dos professores do curso de Arquitetura e Urbanismo, Jorge Luiz Vieira e Miguel Angel Pousadela, e da professora do curso de Pedagogia, Samira Casagrande. A expectativa é que os novos espaços façam parte da rotina dos alunos do Bairro em julho de 2020.

Segundo Pousadela, com o término das obras, o projeto pedagógico do Bairro da Juventude ficará alinhado à estrutura física. “A revitalização e adequação dos espaços comunitários atenderá os princípios e diretrizes da proposta pedagógica da Instituição”, revela. Durante a apresentação do projeto, a professora Samira explicou os conceitos pedagógicos levados em consideração no projeto. A diretora executiva do Bairro, Sílvia Zanette, encerrou a apresentação agradecendo à Unesc pela parceria de tantos anos em projetos vitais para a entidade.  

Atualmente, a entidade atende 1.500 crianças, adolescentes e jovens que, juntamente com professores e funcionários do Bairro, irão ser beneficiados pelo projeto, que, entre outras coisas, irá integrar espaços e possibilitar um novo olhar aos locais onde as atividades são realizadas diariamente. Um dos pontos a ser modificado é a Biblioteca, que será ampliada para o dobro de tamanho. Alguns dos caminhos entre os prédios receberão cobertura, para facilitar o deslocamento em dias de chuva. O CEP (Centro de Educação Profissional), irá receber novas salas e um melhor aproveitamento do espaço, que irá priorizar a interdisciplinaridade e o aprendizado por meio de metodologias ativas.

Segundo o coordenador de projetos do Bairro da Juventude, Neto Nunes, a instituição, buscou referências em centros educacionais no Brasil que tivessem essa proposta educacional inserida e encontrou ela bem próximo: no curso de Arquitetura e Urbanismo da Unesc. “O curso tem um ateliê onde os acadêmicos de diversas fases aprendem uns com outros. Uma proposta bem parecida com a que queríamos”, comenta. “Em um determinado momento, nós percebemos que os nossos espaços não estavam coerentes com a proposta educacional. Queríamos fomentar um acesso democrático ao conhecimento. Promover um ensino mais humano. Diminuir a hierarquização da relação entre as pessoas. E para isso, precisávamos de ambientes diferentes”, complementa Nunes.

A assessora do gabinete da Reitoria da Unesc, Tatiane Macarini, que na ocasião representou a Universidade, afirma que o projeto irá proporcionar, com a readequação do espaço, locais de ensino, aprendizagem e construção mais alinhados ao projeto da entidade. “Temos ouvido tanto falar sobre inovação de tecnologia e o Bairro da Juventude tem a preocupação de melhorar os espaços para receber cada vez melhor os seus alunos e colaboradores. Isso é uma importante inovação de ambientes, de modo de acolher e de se relacionar”.   

Tatiane lembra ainda que a parceria com o Bairro da Juventude neste e em tantos outros que envolvem professores e acadêmicos da Universidade vem ao encontro das atividades de uma instituição comunitária como a Unesc, com forte atuação junto à sociedade, seja nas áreas de ensino, de pesquisa ou de extensão. “Estar nesse evento é fortalecer o vínculo com uma instituição que levanta a mesma bandeira que a nossa, que é a transformação, a inserção na comunidade e a sua inserção nela, além do desenvolvimento regional”.



Durante a homenagem à imprensa, os professores e acadêmicos envolvidos no projeto apresentado receberam placas em agradecimento. A Universidade também foi lembrada com a deferência. A apresentação do projeto foi acompanhado ainda pela coordenadora do curso de Pedagogia da Universidade, Gislene Camargo. 

Milena Nandi – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing  

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 27 de novembro de 2019 às 16:55
Compartilhar Comente