Educação Física - Licenciatura

Projeto Lazer Ativo da Unesc inicia treinamentos virtuais para atuar no Asilo São Vicente de Paula

Projeto Lazer Ativo da Unesc inicia treinamentos virtuais para atuar no Asilo São Vicente de Paula
Alunos de Educação Física e Psicologia iniciaram o treinamento para ministrar os encontros (Foto: GPEA/Unesc) Mais imagens

Tradicional projeto de extensão da Unesc, o Lazer Ativo está se transformando em meio a pandemia e desenvolverá dinâmicas por meio da tecnologia com os idosos residentes no Asilo São Vicente de Paula, localizado em Criciúma. A proposta da iniciativa, há mais de cinco anos, é oferecer momentos de descontração e atividade física para idosos. Durante tardes na piscina da Universidade, são feitas práticas de hidroginástica e natação como um auxílio no controle e tratamento da depressão, diabetes e hipertensão. 

O novo modelo de projeto do GPEAA (Grupo de Pesquisa em Exercícios Aquáticos Avançados), intitulado Lazer Ativo Virtual, tem o apoio do Sicred e poderá ser expandido se a primeira experiência for positiva. Em fase de implantação, acadêmicos de Educação Física e Psicologia iniciaram o treinamento nas salas híbridas da Universidade. 

Conforme o coordenador, Luciano Acordi da Silva, serão exercícios físicos domiciliares, envolvendo aulas de pilates, musculação e dança. A frequência será de duas vezes por semana. No futuro o projeto poderá ser implantado em outras casas de repouso e instituições sociais, abrangendo crianças e adolescentes com a prática de exercícios físicos por meio da tecnologia. “O objetivo é proporcionar melhorias nos parâmetros de saúde mental e autonomia funcional dos idosos, através da prática regular e, paralelamente, investigar os impactos deste modelo de intervenção remota, sobre os parâmetros supracitados”, explica Silva.

O Lazer Ativo também concilia a ação social e a prática científica. Os dados obtidos dão suporte às pesquisas clínicas desenvolvidas pelo GPEAA. Após a coleta de dados, os resultados possibilitam melhoras nas estratégias de intervenção e consequentemente na vida dos participantes.

Mais informações no telefone (48) 3431-4553.


Leonardo Ferreira - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

22 de outubro de 2020 às 14:42
Compartilhar Comente

Na prática do esporte, um auxílio para a reabilitação de pessoas

Na prática do esporte, um auxílio para a reabilitação de pessoas
Grupo de Mobilidade Reduzida dialogou com o paratleta Jeferson Francisco (Fotos: Divulgação) Mais imagens

O esporte para integrar, divertir e contribuir com a reabilitação de lesões neurológicas e pós amputação. Assim foi a tarde desta quarta-feira (22/5) no Grupo de Mobilidade Reduzida para Amputados da Unesc. Em uma conversa com o paratleta de handebol e estudante de Educação Física da Universidade, Jeferson Francisco, eles trocaram experiências e foram estimulados a qualificar a rotina com atividade física.

As ações da tarde, idealizadas pelo fisioterapeuta do CER (Centro Especializado em Reabilitação), Rodrigo Serafim Zanette, foram divididas em dois períodos: um bate-papo e uma visita ao Ginásio do Colégio Unesc para praticar basquete sobre uma cadeira de rodas. Segundo a psicóloga e organizadora do Grupo, Suzamara Vieira, os momentos lúdicos, com espaços para diálogos, e o clima descontraído são fundamentais para a evolução na recuperação.

“Os encontros, a cada 15 dias, contam com propostas terapêuticas, que auxiliam na superação do luto e ajudam os pacientes a se redescobrirem. Eles também encontram aqui um local para serem ouvidos e receberem um direcionamento, social e pessoal”, explica a psicóloga.

O grupo também recebe os conhecimentos da fisioterapeuta, Gislaine Innocente Savaris, que ministra as atividades em conjunto com Suzamara. O encontro desta quarta-feira também contou com a presença do representante da Judecri (Associação dos Deficientes Físicos de Criciúma), Claudio Pacheco. 

Leonardo Ferreira - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 23 de maio de 2019 às 14:28
Compartilhar Comente

Unesc Funcional oferece treinos gratuitos para quem busca uma rotina saudável

Unesc Funcional oferece treinos gratuitos para quem busca uma rotina saudável
Projeto inicia na segunda-feira (11/3). Serão disponibilizadas 60 vagas (Foto: Arquivo) Mais imagens

O projeto Unesc Funcional auxiliará quem busca perder peso e iniciar uma rotina de vida mais saudável. A iniciativa contribuirá na luta contra a obesidade, um dos maiores problemas de saúde pública no mundo segundo a Organização Mundial de Saúde. Em aulas gratuitas duas vezes por semana, a partir de segunda-feira (11/3), os treinamentos serão oportunizados nas quartas e sextas-feiras em duas turmas: a primeira das 13h30 às 14h30 e a segunda das 14h30 às 15h30.

O treinamento conta com avaliações físicas periódicas de composição corporal, atividades práticas e orientações. Conforme Fernanda Vital, aluna de Educação Física que ministrará os encontros ao lado de sua colega Janaina Bet, o primeiro dia de treinamentos é fundamental aos participantes. "Na segunda-feira (11/3), a partir das 13h30, teremos uma reunião com os alunos. Neste momento vamos conversar sobre os treinos, trazer detalhes sobre métodos, esclarecer dúvidas e agendar as avaliações”, explica.


Ao todo, serão disponibilizadas 60 vagas, 30 para cada turma, e a programação acompanha o semestre letivo da Unesc, com pausa durante as férias de julho. O projeto é orientado pela professora de Educação Física, Ana Volpato.

Professores, alunos e funcionários da Unesc e pessoas da comunidade podem se inscrever pelos telefones: (48) 99829-2641 e (48) 99931-4114.

Saiba mais


No Brasil, a obesidade vem crescendo cada vez mais. A Abeso (Associação para Estudos da Obesidade) aponta que mais de 50% da população está acima do peso. Segundo o Ministério da Saúde, o sobrepeso é maior entre os homens, 52,6% deles está acima do peso ideal. Entre as mulheres, esse valor é de 44,7%. A pesquisa também revela que o excesso de peso nos homens começa na juventude. Na idade de 18 a 24 anos, 29,4% já estão acima do peso; entre 25 e 34 anos são 55% e entre 34 e 65 anos esse número sobe para 63%.

Leonardo Ferreira – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing 

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 06 de março de 2019 às 15:12
Compartilhar Comente

Projeto oferece esportes aquáticos para pessoas com deficiência física

Projeto oferece esportes aquáticos para pessoas com deficiência física
Atividades vão envolver crianças, jovens, adultos e idosos (Foto: Divulgação) Mais imagens

A Unesc vai oferecer a partir de agosto, atividades físicas aquáticas para crianças, jovens, adultos com amputações. A iniciativa faz parte de um projeto do curso de Educação Física e do Grupo de Pesquisa em Exercícios Aquáticos Avançados e está com inscrições abertas. Há 30 vagas disponíveis e os interessados devem participar de uma triagem entre os dias 10 e 12 de julho, das 13h30 às 16h30, na sala 11 do Bloco T da Universidade. As atividades são gratuitas e é necessário trazer atestado médico com liberação para a prática de exercícios em meio líquido no dia da triagem.

A acadêmica do curso de Educação Física e uma das participantes do Grupo de Pesquisa, Luana Tortelli Pereira, explica que o objetivo do projeto “Esporte&Vida - Inclusão social e independência funcional através do esporte para deficientes físicos acometidos por amputações” é oferecer através da prática de esportes aquáticos, a inclusão social, educação, autonomia funcional e saúde mental para as pessoas acometidas por amputação devido a fatores genéticos ou ambientais.

“Queremos também incentivar as pessoas a praticarem exercícios e não a ficar apenas em casa devido a deficiência física. Principalmente no caso dos idosos, fazer eles saírem e conhecerem outras pessoas, se exercitarem”, comenta Luana. Segundo ela, os encontros ocorrerão todas as segundas e quartas-feiras, das 13h30 às 15 horas, na piscina da Unesc, durante quatro meses. “Os dados da triagem serão coletados novamente após o término das atividades na piscina e analisados para fecharmos o estudo”, explica.

O projeto é desenvolvido pelas acadêmicas Luana Tortelli Pereira (Educação Física) e Beatriz Dieke (Psicologia), com a coordenação do professor Luciano Acordi da Silva.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Milena Spilere Nandi 06 de julho de 2017 às 15:13
Compartilhar Comente

Unesc leva saúde à comunidade Vila Manaus

Unesc leva saúde à comunidade Vila Manaus
Atividades vão ocorrer em parceria com a Unidade de Saúde do bairro Mais imagens


A Unesc vai promover ações de saúde na Unidade de Saúde Vila Manaus. A atividade vai levar os profissionais das áreas de Psicologia, Nutrição, Fisioterapia, Educação Física, Odontologia, Enfermagem e Farmácia que compõem a Residência Multiprofissional da Clínicas Integradas da Universidade para realizar a Feira da Saúde. O evento ocorre na quarta-feira (5/4), das 8 às 12 horas.

O encontro será promovido em alusão ao Dia Mundial da Saúde (comemorado em 7 de abril). Os profissionais vão ofertar serviços como: teste de HGT (glicose), aferição da pressão arterial, avaliação de composição corporal, tipagem sanguínea, alongamento, nutrição, psicologia, saúde bucal e palestras.

A primeira Feira de Saúde tem o objetivo de possibilitar o contato a saúde e a aproximação da comunidade aos serviços ofertados pela Universidade.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

03 de abril de 2017 às 11:58
Compartilhar Comente