Educação Física - Licenciatura

Curso de Educação Física oferece capacitação em ferramentas de apoio à aprendizagem mediada por tecnologia

Curso de Educação Física oferece capacitação em ferramentas de apoio à aprendizagem mediada por tecnologia
Acadêmicos da modalidade de Licenciatura receberam formação especial ao longo de uma semana (Foto: Reprodução) Mais imagens

A realidade do ensino da Educação Física em aulas mediadas por tecnologias, situação imposta em 2020 pela pandemia de Covid-19, foi tema de capacitação oferecida aos alunos do curso de Educação Física Licenciatura da Unesc. De 12 a 19 de junho os estudantes participaram de atividade promovida nas disciplinas de Estágio Supervisionado.

Conforme o coordenador-adjunto do curso, Bruno Dandolini Colombo, a atividade vem ao encontro do objetivo dos estágios, que é preparar o acadêmico para as mais diversas situações práticas da profissão. “O objetivo é que o estudante se reconheça como professo de Educação Física, mediador do conhecimento da cultura corporal do movimento, por meio da inserção teórico-prática do trabalho escolar”, explica.

De acordo com Bruno, a atuação docente em Educação Física na educação básica de ensino tem sido mediada pelas tecnologias, assim como os demais componentes curriculares diante do cenário imposto pela pandemia. “Nesse sentido, torna-se relevante que os acadêmicos, os quais estão cursando a disciplina de estágio, conheçam essa realidade e se qualifiquem para a atuação no campo profissional”, completa.

A capacitação foi ministrada pelo professor da Unesc, Wender Cris de Souza Firmino, com apoio da Assessoria Pedagógica Universitária, uma vez que se trata de uma das suas ações dentro da Diretoria de Ensino de Graduação, além da parceria com o Setor de Educação a Distância.

A atividade contou ainda com a participação coletiva dos professores de Estágio: Bruno Dandolini Colombo, Vânia Vitório, Ana Lúcia Cardoso, Vidalcir Ortigara e Samira Casagrande.

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

22 de junho de 2020 às 16:07
Compartilhar Comente

Primeira Semana Integrada de Educação é encerrada com troca de conhecimento sobre a Escola da Ponte

Primeira Semana Integrada de Educação é encerrada com troca de conhecimento sobre a Escola da Ponte
Professor português José Pacheco respondeu os questionamentos dos espectadores do evento online (Foto: Reprodução) Mais imagens

A intensa programação da primeira Semana Integrada de Educação da Unesc foi encerrada na noite desta quinta-feira (18/6) com o evento em nível internacional mediado pelo professor português José Pacheco, idealizador da Escola da Ponte. Levantando a temática “Autonomia e protagonismo na educação”, o evento foi protagonizado pelos Centros Acadêmicos dos cursos de Licenciatura da Unesc, sob comando da Pró-reitoria Acadêmica da Instituição.

Profissional com experiência na criação da Escola da Ponte, José trouxe ao debate a dinâmica na qual acredita focada em um percurso educativo diferenciado. Para o professor, o que a educação precisa hoje é conceber a nova construção social de aprendizagem a partir daquilo que cada ser humano é em sua essência. “Uma construção de aprendizagem que respeitando o ritmo de cada um, capitalizando a competência de cada um, mas criando núcleos de projeto, círculos de vizinhança, fraternidade, redes de comunidade de aprendizagem”, explicou.

Entre as lições levantadas pela pandemia atual no cenário da educação, conforme José, está o fato de a educação ir muito além dos prédios abrigam as instituições. “Se tem uma coisa que a Covid-19 me ensinou é que escola não é um prédio e muito menos salas de aula. Os prédios estão fechados e escolas são pessoas que aprendem umas com as outras”, destacou.

O vídeo completo da transmissão na qual o professor focou as atenções à resposta de questionamentos dos espectadores está disponível no Canal da Unesc TV, mesma página na qual podem ser encontrados os vídeos das demais atividades da Semana Integrada de Educação da Unesc realizada entre os dias 16 e 18 de junho de forma 100% virtual.

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

18 de junho de 2020 às 22:09
Compartilhar Comente

Unesc dá início à Semana Integrada de Educação

Unesc dá início à Semana Integrada de Educação
Professora doutora Jaqueline Moll abordou assuntos relacionados aos desafios do ensino público (Imagem: Reprodução YouTube) Mais imagens

É a hora de dialogar sobre o presente e o futuro da educação, transformada e evidenciada pela pandemia de Covid – 19. Esta é a proposta dos CAs (Centros Acadêmicos) de Licenciaturas da Unesc, que nesta terça-feira (16/6) deram início à Semana Integrada de Educação. O momento foi conduzido professora doutora Luciane Bisognin Ceretta, seguido de palestra concedida pela professora doutora Jaqueline Moll, com mediação do estudante Denis Moraes. 



A iniciativa dos estudantes tem relação com a aceleração de mudanças em questões educacionais, criando desacomodação por parte dos professores, que buscam se reinventar e se tornam cada vez mais mediadores do conhecimento, e o protagonismo por parte dos alunos, com um papel cada vez mais importante no processo de aprendizagem. Estes fatos deram origem à temática da Jornada: Autonomia e protagonismo na educação.

Luciane, ao dar início ao evento, agradeceu a oportunidade de fazer parte deste momento e enalteceu a resiliência dos alunos da Universidade. “Vivemos tempos que nos convocam a refletir, e eles, em um momento tão intenso, foram de uma incrível capacidade de se reinventar e se reorganizarem, aproximando-se e promovendo esta importante oportunidade. As licenciaturas fazem parte de uma das quatro áreas de conhecimento trabalhadas na Universidade. Ao longo de anos, estes cursos vêm formando os professores de Criciúma e região, contribuindo com a educação básica no Sul de Santa Catarina”, enfatizou.

É necessário mudar realidades

Desigualdade, acessibilidade, contexto histórico e má gestão. Estes foram alguns dos desafios apontados por Jaqueline. Abordando a educação básica nacional, a professora refletiu sobre a realidade do país, e fez um paralelo sobre agora e o futuro. “A sociedade brasileira tem um grande desafio. É necessário produzir políticas de inclusão social, repensar as práticas históricas de aprovação, trazer para o centro do currículo os sujeitos e suas reais potencialidades, redesenhar a agenda da educação básica e pensar as relações entre saberes acadêmicos e populares”, aponta.



Ainda no contexto, a professora deu ênfase a outros aspectos, como a crise sanitária; a educação integral, sob a perspectiva de Anísio Teixeira; o significado e a importância da escola pública e iniciativas que podem surgir dentro dela, e o sentido damos à educação.

Transmitido ao vivo pela Unesc TV, o primeiro dia alcançou mais de 1.500 visualizações. Para o evento, foram convidadas escolas e instituições de ensino de Criciúma e região. Os que desejam acompanhar o evento nas salas do Google Meet e ter todos os benefícios como os certificados de participação devem realizar uma inscrição prévia. Caso contrário, podem ser acompanhados no YouTube. Saiba mais clicando aqui.

O evento é vinculado à Proacad (Pró-reitoria Acadêmica) e aos cursos de licenciatura da Universidade.

Leonardo Ferreira - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

16 de junho de 2020 às 21:19
Compartilhar Comente