Ciências Biológicas - Licenciatura

Bolsistas do Programa de Educação Superior para o Desenvolvimento Regional evidenciam suas contribuições para o novo Ensino Médio

Bolsistas do Programa de Educação Superior para o Desenvolvimento Regional evidenciam suas contribuições para o novo Ensino Médio
Proposta engajou mais de 250 estudantes da Unesc e da Unibave ao longo do ano 2020 (Fotos: Reprodução Google Meet) Mais imagens

Ideias originais, inovadoras e referenciadas socialmente marcaram o 10º Seminário Regional do Proesd (Programa de Educação Superior para o Desenvolvimento Regional). Este foi o último encontro de 2020, e os mais de 250 bolsistas da Unesc e da Unibave compartilharam, de forma online, seus projetos com o tema “Planejamento Integrado das Áreas de Conhecimento para o Novo Ensino Médio”. 

Em um ano repleto de desafios, diante da pandemia, os acadêmicos das duas instituições avançaram na formação universitária, também construindo soluções para qualificar o ensino de base. O Programa concede bolsas para estudantes matriculados em cursos de Licenciatura. Como retorno, os bolsistas se dedicam a qualificar ou solucionar uma demanda social, enquanto cumprem as horas obrigatórias e tem contato com a iniciação científica.

Para a coordenadora do Proesd na Unesc, Bruna Carolini de Bona, os alunos evidenciaram a qualidade humana e pedagógica do Programa. “Num conjunto de experiências, os acadêmicos puderam partilhar o acúmulo de estudos e reflexões desenvolvidos no ano de 2020 a partir de três grandes áreas de conhecimento: Ciências Humanas e Sociais aplicadas, Linguagens e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. Qualidade acadêmica e pedagógica marcaram as apresentações. ”, destacou.

A socialização dos trabalhos foi transmitida pela Unesc TV, com participação de representantes das CREs (Coordenadorias Regionais de Educação) de Araranguá e Criciúma, professores e gestores da rede pública de ensino, além de coordenadores e docentes dos cursos de Licenciatura da Unesc e Unibave. 

Além de Bruna, durante o semestre os bolsistas foram orientados pela professora do Programa na Unesc, Eloir Fátima Mondardo Cardoso, e pela coordenadora da iniciativa na Unibave, Luiza Liene Bressan.

Tradicionalmente, há um evento estadual para a socialização dos projetos no início do ano. Por conta da pandemia, a expectativa é que o Seminário venha a ser realizado online em fevereiro. “Agradecemos imensamente o apoio e recursos da Secretaria do Estado de Educação de Santa Catarina. Torcemos para que possamos dar continuidade nesse importante Programa no ano de 2021. Estendemos a nossa gratidão àqueles que contribuem significativamente para que o Proesde se mantenha vivo e se fortaleça a cada novo ano”, completou a coordenadora.


Leonardo Ferreira - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

12 de dezembro de 2020 às 19:31
Compartilhar Comente

Conhecimento construído e compartilhado para todo o Brasil no Seminário de Pesquisa em Planejamento e Gestão Territorial da Unesc

Conhecimento construído e compartilhado para todo o Brasil no Seminário de Pesquisa em Planejamento e Gestão Territorial da Unesc
Evento teve sua primeira realização na modalidade virtual (Fotos: Reprodução GoogleMeet) Mais imagens

A 11ª edição do Seminário de Pesquisa em Planejamento e Gestão Territorial (SPPGT) da Unesc chegou ao fim com resultados positivos. Pela primeira vez na modalidade virtual, foram 11 atividades, com uma média de 110 espectadores de todo o Brasil e a presença de importantes nomes da área ambiental, como os professores doutores Luiz Oosterbeek, do Instituto Politécnico de Tomar de Portugal, e Nurit Rachel Bensusan, do Instituto Socioambiental do Brasil, que ministraram a palestra de abertura.

O evento iniciou na última terça-feira (17/11) e teve seu encerramento nesta quinta-feira (19/11), com duas palestras palestras: “Gestão de Áreas Protegidas por Sensoriamento Remoto”, ministrada pelo professor doutor Gustavo Macedo de Mello Baptista do Instituto de Geociências da Universidade de Brasília (UNB), e "Modelagem cartográfica na promoção da geoconservação e do geoturismo", concedida pelo professor doutor Ítalo Sousa de Sena da Universidade Federal de São João Del-Rei (UFSJ).

Conforme o professor pesquisador da Universidade e líder da comissão organizadora, Nilzo Ivo Ladwig, o modelo virtual possibilitou a presença de prestigiadas autoridades e uma importante interlocução de conhecimento. “Tivemos receio que este formato online trouxesse problemas, mas apresentou novas reflexões. Tivemos a participação de profissionais, estudantes, professores e pesquisadores de todo o Brasil, com uma vasta troca de informações entre grupos de pesquisas”, explicou.

A presença do evento na internet foi além de um mecanismo para a execução dos momentos, e deu ao Seminário uma relevância nacional. “Isso refletiu em impactos significativos para a construção do conhecimento. Além de palestrantes e participantes de outras regiões, pode-se compartilhar parte da cultura em pesquisa, técnicas e métodos que vão enriquecer o campo acadêmico-científico de cada presente”, evidenciou Ladwig.

Também em destaque, o debate “Turismo em áreas protegidas: desafios e possibilidades” foi um dos exemplos da interlocução de conhecimento, recebendo autoridades no campo ambiental de São Paulo, Santa Catarina e Minas Gerais. O encontro foi realizado na quarta-feira (18/11) e teve a presença dos especialistas Cláudio Maretti, pesquisador e pós-doutorando da Universidade de São Paulo (USP); Paulo Fernando Meliani, professor doutor da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc); Orlando Ferretti, professor doutor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); Múcio do Amaral Figueiredo, professor doutor da Universidade Federal de São João Del-Rei (UFSJ), e Geraldo Majela Moraes Salvio, professor doutor do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais.

Além das palestras principais e mesas redondas, ao longo dos três dias foram realizadas apresentações de artigos, oficinas, lançamento de livros e sessões de comunicação. Todos os momentos foram norteados por temas conectados à conservação e a reconstrução das áreas protegidas no Brasil e no mundo, como parques, florestas, mosaicos florestais e muitos outros.

Entre os livros lançados esteve a obra Planejamento e Gestão Territorial: inovação, tecnologia e sustentabilidade. Vinculado à Editora Unesc (EdiUnesc), o trabalho organizado por Nilzo Ivo Ladwig e pelo professor pesquisador Juliano Bitencourt Campos traz os relatos, informações e conclusões de relevância social, profissional e de pesquisa apresentadas na edição 2019 do Seminário de Pesquisa em Planejamento e Gestão Territorial.

O evento foi proposto pelo Laboratório de Pesquisa em Planejamento e Gestão Territorial (LabPGT) da Unesc e Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais (PPGCA), em parcerias com os programas de Pós-Graduação em Educação (PPGE) e Desenvolvimento Socioeconômico (PPGDS), Laboratório de Arqueologia Pedro Ignácio Schmitz (Lapis) e cursos de Geografia, Engenharia de Agrimensura e Biologia.

O Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) - campus Criciúma, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e os comitês de Bacias do Rio Araranguá e Rio Urussanga também contribuíram para a realização.  

A próxima edição do Seminário de Pesquisa em Planejamento e Gestão Territorial já está em planejamento para setembro de 2021. A transmissão do evento foi realizada pela Unesc TV no YouTube e via Google Meet.

Leonardo Ferreira - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

19 de novembro de 2020 às 20:00
Compartilhar Comente

Estudantes de Ciências Biológicas vão a campo para aula especial

Estudantes de Ciências Biológicas vão a campo para aula especial
Acadêmicos desenvolveram atividades referentes a amostragem de fauna (Foto: Fernando Carvalho) Mais imagens

O sábado (10/10) foi dia de aula especial para os alunos da disciplina “Práticas de Campo em Zoologia” do Curso de Ciências Biológicas. Os estudantes da sexta fase desenvolveram atividades pelo campus, no Horto Florestal e nos arredores das Clínicas Integradas e pista de atletismo, locais de forte presença da fauna. 

Na proposta dos professores Mainara Figueiredo Cascaes e Fernando Carvalho, os acadêmicos aprenderam em atividades referentes a amostragem de fauna, com enfoque no grupo de invertebrados terrestres. Houve demonstração da instalação de diferentes métodos de captura de invertebrados, dentre eles: armadilha de queda, armadilha de cheiro, guarda-chuva-entomológico e redes entomológicas. 

Leonardo Ferreira - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

14 de outubro de 2020 às 14:19
Compartilhar Comente

Novos olhares à profissão do Biólogo marcam Semana Acadêmica do curso de Ciências Biológicas

Novos olhares à profissão do Biólogo marcam Semana Acadêmica do curso de Ciências Biológicas
Evento foi encerrado na noite desta sexta-feira com as palestras de Lucas Gonçalves e Fernando Lima Mais imagens

Os últimos dias foram de intenso aprendizado e reflexões para os acadêmicos do curso de Ciências Biológicas da Unesc. Eles aprenderam, a partir de exemplos reais, sobre diferentes assuntos aplicados à área na Semana Acadêmica de Ciências Biológicas (Sacib). A noite desta sexta-feira (2/10) marcou o encerramento da programação com as palestras de Lucas Gonçalves e Fernando Lima, profissionais que abordaram as temáticas “Do campo à sociedade: como os conhecimentos de Ecologia se transformam?” e “Divulgação científica sem firula: podcasts e a reinvenção do áudio”.

As experiências desta noite, conforme a coordenadora da comissão organizadora da Semana, Mainara Figueiredo Cascaes, representam bem os diferentes aprendizados obtidos ao longo das tardes e noites do evento, iniciado na segunda-feira (28/9). “Foram dias muito produtivos e com excepcional participação de acadêmicos e do público externo. Os estudantes se mostraram muito engajados, tanto nos períodos da tarde quanto nas atividades noturnas. A virtualidade necessária neste momento foi positiva diante da situação até pelas possibilidades de trazer a experiência de profissionais que talvez não estariam conosco presencialmente por conta da logística necessária e dos espectadores, que também participaram de diferentes lugares”, comenta.

Ao longo da semana, de acordo com Mainara, foram abordados diferentes olhares para a profissão. “Começamos na segunda-feira com participação muito especial da Biotropica que mostrou como o Biólogo tem muitas formas de se inserir no mercado. Na terça-feira trouxemos à pauta a participação da mulher na ciência com quatro palestras de diferentes vertentes e todas muito incríveis, seguidas de uma discussão ímpar sobre áreas protegidas em um momento em que as nossas áreas estão correndo riscos”, relembra.

Entre as abordagens escolhidas esteve ainda as possibilidades de carreira para o profissional licenciado. “Foi possível refletir sobre o que o licenciado pode fazer além de ministrar aulas, sobre o empreendedorismo relacionado à área e, por último, sobre o biólogo no mercado de trabalho”, pontua.

A avaliação, conforme Mainara, é de que, a partir do evento, os olhares tenham se renovado. “Como foi proposto para essa Semana Acadêmica, buscamos trazer o mundo virtual para mais perto do biólogo. Fora tardes e noites de palestras muito interessantes e que marcaram mais um evento com relevância acadêmica muito significativa para esse ano em que comemoramos 50 anos de existência na Unesc”, acrescentou.

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

02 de outubro de 2020 às 21:20
Compartilhar Comente

Experiências em Consultoria Ambiental abrem Semana Acadêmica do curso de Ciências Biológicas da Unesc

Experiências em Consultoria Ambiental abrem Semana Acadêmica do curso de Ciências Biológicas da Unesc
Criadores da Biotropica Consultoria Ambiental compartilharam experiências sobre a área de atuação e suas possibilidades (Fotos: Reprodução) Mais imagens

A temática “O que nunca te contaram sobre os profissionais que geram grandes resultados na Consultoria Ambiental: estudos de caso na área da fauna” balizou a noite desta segunda-feira (28/9) no evento virtual que marcou a abertura da Semana Acadêmica do Curso de Ciências Biológicas da Unesc. Sob comando do biólogo Renato Gaiga e do veterinário Leonardo Schwab, sócios fundadores da Biotropica Consultoria Ambiental, acadêmicos, professores e comunidade em geral puderam aprender sobre a área de atuação e suas possibilidades no mercado atual.

O evento virtual foi transmitido no canal da Unesc TV no YouTube e contou com a presença do coordenador do curso, Jairo José Zocche, responsável por dar as boas-vindas a todos e fazer a abertura oficial da Semana Acadêmica.

Conforme o coordenador, o momento é de extrema importância não só por celebrar a passagem do Dia do Biólogo, mas em especial pela comemoração de 50 anos do curso, lembrada ao longo de todo o ano letivo. “Essa é mais uma forma de celebrarmos esse ano especial que teve programação comemorativa iniciada lá em março, com continuidade até o fim do ano. Para marcar esse momento, na mais apropriado do que trazer dois ícones que trabalham na área”, destacou.

Troca de saberes

Renato Gaiga e Leonardo Schwab levaram ao público a história da empresa que fundaram e que hoje atende grandes clientes a nível nacional, tornando-se referência na área. Conforme Gaiga, a empresa que está no mercado há 11 anos presta serviços que por vezes nem são conhecidos pelas pessoas. “Muita gente ainda não sabe do que se trata e eu enquanto acadêmico também não sabia, mas hoje trazemos experiências reais para mostrar para vocês a importância disso e como construímos a empresa nessa área”, comentou.

Como empresários, além de biólogo e veterinário, os profissionais levaram ainda características importantes para quem quer conquistar espaço no mercado de trabalho. “O que o mercado precisa é de profissionais com alto poder de decisão em momentos extremos”, comentou Schwab.

Unindo seus conhecimentos na área ambiental com métodos de marketing digital os sócios compartilharam experiências, dicas e orientações sobre aspectos pessoais e profissionais que fazem a diferença em uma carreira produtiva e bem aproveitada.

A programação completa da semana de atividades da Semana pode ser encontrada no site www.unesc.net/sacib.

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

28 de setembro de 2020 às 21:06
Compartilhar Comente