Projeto Tigrinhos

Projeto Tigrinhos renova parceria com Ermo

Projeto Tigrinhos renova parceria com Ermo
Ao todo, 17 municípios são contemplados pelo projeto (Fotos: Vitor Netto) Mais imagens

A Unesc, o Criciúma Esporte Clube e o município de Ermo deram mais um passo em prol da promoção do esporte e da educação. Foi renovada na tarde desta quinta-feira (13/9), a parceria entre as entidades no Projeto Tigrinhos. Ao todo, o projeto abrange toda a região Sul, com 17 municípios e 20 núcleos.

O projeto “Tigrinhos, aqui começa um sonho” tem a intenção de estruturar e organizar escolinhas (núcleos) de futebol nos municípios da região, com perspectiva de formação, educação, fomento e descoberta de novos talentos. Em Ermo, 75 crianças serão atendidas pelo projeto.

Segundo o coordenador do Trigrinhos na Unesc, Bruno Dandolini Colombo, a ação tem despertado o interesse das crianças. “Esse é um projeto que temos um grande carinho, pois parcerias assim, promovem o esporte e a educação das crianças”, pondera.

De acordo com a assessora da diretoria de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias, Sheila Martignago Saleh, sempre que um município investe no esporte, ele também está investindo na saúde e na sociedade. “Que essas crianças tenham um futuro brilhante, pois é um projeto que só tem colhido bons frutos”, comenta.

O prefeito interino de Ermo, Donato Della Vecchia, e membros do setor de Esportes do município estiveram presentes no ato de renovação da parceria.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Vitor Netto 13 de setembro de 2018 às 18:19
Compartilhar Comente

Unesc é a segunda melhor universidade brasileira não pública, segundo índice inédito

Unesc é a segunda melhor universidade brasileira não pública, segundo índice inédito
Estudo foi realizado pela Brasil Júnior, com apoio da consultoria McKinsey Mais imagens

Formar empreendedores tem sido um desafio no cenário educacional. E a Unesc foi reconhecida como a segunda melhor Instituição de Ensino Superior do Brasil, entre as não-públicas, segundo o Índice das Universidades Empreendedoras. O estudo inédito foi realizado pela Brasil Júnior, com apoio da consultoria McKinsey, e divulgado em novembro pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

“Ser reconhecida em segundo lugar no índice das universidades empreendedoras do Brasil é resultado do trabalho de qualidade desenvolvido há 48 anos pela Unesc. Somos uma Instituição comunitária preocupada com a formação de nossos alunos e a comunidade regional e reconhecida frequentemente pela excelência em diversos aspectos, incluindo ensino de qualidade, pesquisa, extensão, estrutura e qualificação dos professores”, destaca o reitor Gildo Volpato.

Destaque para a Infraestrutura e Cultura Empreendedora

Nos critérios avaliados pelo Índice das Universidades Empreendedoras, a Unesc se destaca, entre todas as universidades, públicas e privadas, em dois. A Instituição aparece como a segunda melhor do Brasil, no critério “Cultura Empreendedora, e a terceira melhor no segmento “Infraestrutura”, entre todas as universidades, públicas e privadas.

Quando o assunto é “Infraestrutura”, a Unesc aparece ao lado da PUC-Rio (1º) e Unicamp (2ª). Neste critério foi avaliado a qualidade da infraestrutura física e internet, além da instalação de um parque tecnológico e suas parcerias. “É um reconhecimento a estrutura que temos, com os laboratórios de alto nível; uma Biblioteca recém-inaugurada; o Iparque (Parque Científico e Tecnológico), e todos os espaços: salas de aula, Clínicas Integradas, Centros de Práticas, Sala de Negócios, Espaço das Empresas Juniores, Sala de Metodologia Ativas, entre outras”, ressalta a pró-reitora de Administração e Finanças, Kátia Sorato.

No critério “Cultura Empreendedora” a Unesc ficou atrás apenas da UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco). Nele foi avaliado a postura empreendedora dos professores e alunos, além da quantidade de disciplinas de empreendedorismo durante os cursos de graduação. “Introduzir o empreendedorismo para melhorar o ambiente de vida da geração atual e futura é algo muito próximo da nossa missão. Na Unesc ajudamos a preparar os alunos para sua vida e também para o mundo profissional. Um exemplo é o trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Empreendedorismo. Nos orgulha muito receber esse reconhecimento nacional”, comenta a pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Luciane Ceretta.

A melhor do Sul do Brasil entre as não-públicas

Entre as instituições avaliadas, a Unesc é a melhor Universidade não pública da região Sul do Brasil (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul). Ela aparece no Índice das Universidades Empreendedoras entre as 5 melhores da região, junto com UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), UEM (Universidade Estadual de Maringá), UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

Como foi feito o estudo

A pesquisa foi realizada por meio de um questionário online que ouviu 5.975 alunos e 318 professores de 43 universidades de todo Brasil. Para elaborar o Índice das Universidades Empreendedoras foram selecionadas as 100 melhores universidades presentes na última edição do RUF (Ranking Universitário da Folha de São Paulo). Dessas, foram excluídas aquelas que não possuíam Empresas Juniores associadas, Enactus (organização internacional sem fins lucrativos dedicada a inspirar os alunos a melhorar o mundo através da Ação Empreendedora), Aiesec (Associação Internacional de Estudantes em Ciências Econômicas e Comerciais) ou núcleo da Rede CsF (Ciência sem Fronteiras), entidades que estimulam o empreendedorismo no ambiente universitário.

A partir das respostas dos questionários online concluiu-se que uma universidade empreendedora leva em conta os seguintes critérios: Cultura Empreendedora (postura empreendedora dos professores e alunos, disciplinas de empreendedorismo); Inovação (pesquisa, patentes, proximidade IES-empresas); Extensão (redes de contato, projetos de extensão); Infraestrutura (qualidade, parque tecnológico); Internacionalização (intercâmbio, publicações e citações internacionais); Capital Financeiro (orçamento, endowment/doação da sociedade civil).

Saiba mais sobre o Índice

 

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Davi Carrer 06 de dezembro de 2016 às 10:57
Compartilhar Comente (2)

Crianças do projeto tigrinhos vão se divertir antes da partida do Criciúma

Crianças do projeto tigrinhos vão se divertir antes da partida do Criciúma
Preliminares vai envolver crianças de Criciúma e Balneário Gaivota Mais imagens

A garotada do projeto Tigrinhos, apoiado pela Unesc, vão rolar a bola e se divertir durante as preliminares do jogo entre Criciúma e Londrina, pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Os jogos, envolvendo as crianças de Criciúma e Balneário Gaivota, vão ocorrer a partir das 16 horas no Estádio Heriberto Hülse.

Tigrinhos

O Projeto Tigrinhos: Aqui Começa um Sonho, é uma parceria com o Criciúma Esporte Clube e as prefeituras municipais de cidades da região. A intenção é estruturar e organizar escolinhas de futebol na região, buscando formar e promover educação, fomento a descoberta de novos talentos.

Cultura no estádio

Em uma parceria entre o Criciúma e a Unesc, ocorre nesta sexta uma ação de doação de livros durante a partida. A arrecadação será destinada para a Escola Municipal Jorge da Cunha Carneiro, do Bairro Próspera, para auxiliar as crianças na aprendizagem. 

Os livros podem ser entregues na secretaria do clube e na Loja Tigre Maníacos, anexo ao Estádio. O horário de atendimento é das 9 às 18 horas de segunda a sexta-feira. Em dia de jogos os setores funcionam até o intervalo. A partida ocorre a partir das 19h15. 

A ação integra o Projeto Solidariedade, que, por meio de alunos realiza atividades solidárias em entidas e escolas da região, coordenado pela professora Janete Triches.

 

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

28 de outubro de 2016 às 11:23
Compartilhar Comente

Torneio Tigrinhos vai reunir mais de 800 crianças

Torneio Tigrinhos vai reunir mais de 800 crianças
Cerca de 30 núcleos vão estar no Centro de Treinamento do Criciúma Esporte Clube Mais imagens

Ter espírito competitivo sem perder a diversão e o aprendizado. As crianças de 30 núcleos do Projeto Tigrinhos: Aqui Começa um Sonho, vão participar do Torneio da Categoria Sub 12 neste sábado (24/9). A ação vai reunir mais de 800 crianças vindas de diferentes cidades da região. Os jogos ocorrem no Centro de Treinamento do Criciúma Esporte Clube, a partir das 8h30.

“São muitas crianças e os núcleos que não conseguirem participar desta ação vão ter a oportunidade de participar no próximo mês”, contou o coordenador técnico do projeto, professor Cleber Medeiros 

Projeto Tigrinhos

O Projeto, que em parceria com a Unesc atende mais de 3 mil crianças, realiza suas atividades por meio 38 núcleos instalados nos municípios da região. Neles as crianças praticam futebol com protocolos de preparação física, técnica e com acompanhamento de profissionais capacitados para dar o maior suporte e qualidade no crescimento pessoal e como atleta.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

23 de setembro de 2016 às 10:52
Compartilhar Comente

Projeto Tigrinhos no Desfile de 7 de Setembro

Alguns dos nossos atletas  participaram do desfile de 7 de setembro.

 

Por: Cléber De Medeiros 08 de setembro de 2016 às 14:19
Compartilhar Comente