Secretariado Executivo

imagem do site
Newsletter Newsletter RSS RSS

Edmar buscou na Unesc as possibilidades para ganhar o mundo

Edmar buscou na Unesc as possibilidades para ganhar o mundo
Solenidade desta sexta-feira (9/2) encerrou os três dias de colações de grau especiais (Fotos: Leonardo Ferreira) Mais imagens

Edmar entrou na Unesc em busca de novos horizontes e nesta sexta-feira (9/2) ganhou um mundo de novas possibilidades. Ele e mais 61 acadêmicos da Universidade completaram a graduação, celebrada no auditório Ruy Hülse em uma cerimônia de grau especial.

Sempre sonhando em ir além das fronteiras, Edmar da Silva de Oliveiro foi o primeiro da noite a receber seu canudo. Ele começou a trabalhar e ter contato com a área de Comercio Exterior ainda na adolescência. Ali, percebeu que poderia alcançar voos mais altos. “Além do trabalho de exportação e importação, que me levaria a outros países, sempre gostei de viajar e acreditei desde o início que o curso abriria estas portas para mim”, contou.

Após muito estudo e dedicação, hoje o formando reafirmou sua certeza na graduação que escolheu. “Estou muito feliz, parecia que nunca chegaria este dia. Agora quero segui na carreira e continuar estudando”, afirmou.

Possibilidades dentro da Universidade

Mesmo após receber o canudo, Edmar e os formandos em Biomedicina, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Direito, Farmácia, História, Matemática, Odontologia, Psicologia, Secretariado executivo, Tecnologia em Gestão Comercial, Tecnologia em Recursos Humanos, Tecnologia em Gestão Financeira e Tecnologia em Processos Gerenciais, que colaram grau na noite desta sexta-feira (9/2), podem continuar e crescendo dentro da Unesc.

A Pós-Graduação da Universidade oferece 38 opções de especialização, sete mestrados e duas linhas de doutorados. Além de uma diversidade de capacitações ao longo do semestre.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

09 de fevereiro de 2018 às 20:56
Compartilhar Comente

Semana Acadêmica aborda empreendedorismo por meio de palestras e cases com profissionais

Semana Acadêmica aborda empreendedorismo por meio de palestras e cases com profissionais
Evento reúne cursos de Administração, Comércio Exterior e Secretariado Executivo Mais imagens

Acadêmicos de Administração, Comércio Exterior e Secretariado Executivo participam até sábado (23/9) da Semana Acadêmica dos cursos. O evento reúne profissionais das áreas, empresários e empreendedores do mercado do Sul catarinense para tratar de temas como empreendedorismo, marketing e liderança por meio de palestras, oficinas, cases e debates.

A abertura do evento ocorreu nesta segunda-feira (18/9), às 19 horas, com a Talk “Ambiente de Inovação”.

A Semana traz assuntos como “Ambiente empreendedor”; “Recuperação judicial e o administrador”; “Seja você um protagonista do empreendedorismo”; “Organizações exponenciais”; “Relação da moeda e seu efeito inflacionário”; “Mindset e a experiência no Vale do Silício”; “Empreender com mídia digital”; “Franquia como opção de emprego”; “Branding Experiencie”; “Os desafios de viver em um futuro sem emprego” e “ Branding para negócios reais”.

Programação

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Milena Spilere Nandi 19 de setembro de 2017 às 21:51
Compartilhar Comente

Semana Acadêmica

Semana Acadêmica
Mais imagens

Considerando o momento o qual vivemos, onde a velocidade do mercado é cada vez maior, as barreiras cada vez menores, torna-se imprescindível que tenhamos cada vez mais pessoas capacitadas para gerir as organizações.

Neste intuito os cursos de Administração, Comércio Exterior e Secretariado Executivo da UNESC buscam oportunizar o aprendizado no meio acadêmico com trocas de experiências de empresários/empreendedores que vivenciam o mercado no seu dia a dia.

Desta forma tornamos a pluralidade do saber universitário mais próximo da realidade empresarial.

Por: Andreia De Brittos Americo 12 de setembro de 2017 às 20:31
Compartilhar Comente

Novo serviço de atendimento online da Centac já está no ar

Novo serviço de atendimento online da Centac já está no ar
Serão oferecidos diversos serviços por meio da plataforma (Foto: Arquivo) Mais imagens

Pegar fila para ser atendido na Centac (Central de Atendimento ao Estudante) agora é coisa do passado. A Unesc lançou uma plataforma online, em que o aluno vai poder solicitar documentos a qualquer momento e em qualquer lugar. A nova forma de atendimento ainda traz a possibilidade de o estudante receber o documento requerido em casa, via correio, ou por e-mail. Para utilizar o serviço, basta o aluno entrar no site da Universidade, acessar o Minha Unesc e clicar em “Requerimentos Online”.

Antes do serviço, qualquer documento, sendo atestados, certidões ou declarações, que o aluno precisava tirar tinha que ser solicitado diretamente na Centac. “Nós vamos agilizar os procedimentos, facilitando a vida do aluno que não vai mais precisar ir até a Central sempre que necessitar de um documento”, comentou a supervisora da Centac, Alessandra Goulart.

Serão oferecidos diversos serviços por meio da plataforma:

- Atualização de dados pessoais
- Licenças e afastamentos
- Apostilamento de diploma
- Certidão de Disciplina Isolada
- Histórico Escolar
- Histórico de Transferência
- Programas e ementas de disciplinas
- 2ª via Certidão de Conclusão de curso
- 2ª via diploma de graduação
- Atestado de regularidade acadêmica
- Declaração acadêmica
- Taxa de prova em época especial
- 2ª via certificados de curso de extensão
- Declaração de presença
- Avaliação presencial (modalidade a distância)
- Declaração de provável formando
- Taxa de avaliação especial presencial (modalidade a distância)
- Solicitação de documentos do dossiê acadêmico

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Mayra Antonio De Lima 17 de fevereiro de 2017 às 13:47
Compartilhar Comente (1)

Unesc é a segunda melhor universidade brasileira não pública, segundo índice inédito

Unesc é a segunda melhor universidade brasileira não pública, segundo índice inédito
Estudo foi realizado pela Brasil Júnior, com apoio da consultoria McKinsey Mais imagens

Formar empreendedores tem sido um desafio no cenário educacional. E a Unesc foi reconhecida como a segunda melhor Instituição de Ensino Superior do Brasil, entre as não-públicas, segundo o Índice das Universidades Empreendedoras. O estudo inédito foi realizado pela Brasil Júnior, com apoio da consultoria McKinsey, e divulgado em novembro pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

“Ser reconhecida em segundo lugar no índice das universidades empreendedoras do Brasil é resultado do trabalho de qualidade desenvolvido há 48 anos pela Unesc. Somos uma Instituição comunitária preocupada com a formação de nossos alunos e a comunidade regional e reconhecida frequentemente pela excelência em diversos aspectos, incluindo ensino de qualidade, pesquisa, extensão, estrutura e qualificação dos professores”, destaca o reitor Gildo Volpato.

Destaque para a Infraestrutura e Cultura Empreendedora

Nos critérios avaliados pelo Índice das Universidades Empreendedoras, a Unesc se destaca, entre todas as universidades, públicas e privadas, em dois. A Instituição aparece como a segunda melhor do Brasil, no critério “Cultura Empreendedora, e a terceira melhor no segmento “Infraestrutura”, entre todas as universidades, públicas e privadas.

Quando o assunto é “Infraestrutura”, a Unesc aparece ao lado da PUC-Rio (1º) e Unicamp (2ª). Neste critério foi avaliado a qualidade da infraestrutura física e internet, além da instalação de um parque tecnológico e suas parcerias. “É um reconhecimento a estrutura que temos, com os laboratórios de alto nível; uma Biblioteca recém-inaugurada; o Iparque (Parque Científico e Tecnológico), e todos os espaços: salas de aula, Clínicas Integradas, Centros de Práticas, Sala de Negócios, Espaço das Empresas Juniores, Sala de Metodologia Ativas, entre outras”, ressalta a pró-reitora de Administração e Finanças, Kátia Sorato.

No critério “Cultura Empreendedora” a Unesc ficou atrás apenas da UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco). Nele foi avaliado a postura empreendedora dos professores e alunos, além da quantidade de disciplinas de empreendedorismo durante os cursos de graduação. “Introduzir o empreendedorismo para melhorar o ambiente de vida da geração atual e futura é algo muito próximo da nossa missão. Na Unesc ajudamos a preparar os alunos para sua vida e também para o mundo profissional. Um exemplo é o trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Empreendedorismo. Nos orgulha muito receber esse reconhecimento nacional”, comenta a pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Luciane Ceretta.

A melhor do Sul do Brasil entre as não-públicas

Entre as instituições avaliadas, a Unesc é a melhor Universidade não pública da região Sul do Brasil (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul). Ela aparece no Índice das Universidades Empreendedoras entre as 5 melhores da região, junto com UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), UEM (Universidade Estadual de Maringá), UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

Como foi feito o estudo

A pesquisa foi realizada por meio de um questionário online que ouviu 5.975 alunos e 318 professores de 43 universidades de todo Brasil. Para elaborar o Índice das Universidades Empreendedoras foram selecionadas as 100 melhores universidades presentes na última edição do RUF (Ranking Universitário da Folha de São Paulo). Dessas, foram excluídas aquelas que não possuíam Empresas Juniores associadas, Enactus (organização internacional sem fins lucrativos dedicada a inspirar os alunos a melhorar o mundo através da Ação Empreendedora), Aiesec (Associação Internacional de Estudantes em Ciências Econômicas e Comerciais) ou núcleo da Rede CsF (Ciência sem Fronteiras), entidades que estimulam o empreendedorismo no ambiente universitário.

A partir das respostas dos questionários online concluiu-se que uma universidade empreendedora leva em conta os seguintes critérios: Cultura Empreendedora (postura empreendedora dos professores e alunos, disciplinas de empreendedorismo); Inovação (pesquisa, patentes, proximidade IES-empresas); Extensão (redes de contato, projetos de extensão); Infraestrutura (qualidade, parque tecnológico); Internacionalização (intercâmbio, publicações e citações internacionais); Capital Financeiro (orçamento, endowment/doação da sociedade civil).

Saiba mais sobre o Índice

 

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Davi Carrer 06 de dezembro de 2016 às 10:57
Compartilhar Comente (2)