Instituto de Idiomas

Dissertação apresentada na Unesc apresenta a língua portuguesa como promoção de integração social

Dissertação apresentada na Unesc apresenta a língua portuguesa como promoção de integração social
Apresentação ocorreu na última quinta-feira (13/12) (Foto: Divulgação) Mais imagens

A língua portuguesa como ferramenta de integração social. Foi assim que a pesquisadora Dayane Cortez, professora do Instituto de Idiomas da Unesc, defendeu sua dissertação de mestrado. A apresentação ocorreu na última quinta-feira (13/12).

Intitulada “Politicas Linguísticas em Criciúma: promoção e ensino da língua portuguesa como língua de acolhimento”, o trabalho foi orientado pela Professora doutora Angela Cristina Di Palma Back e deu origem ao curso PLE (Português como Língua Estrangeira) na Universidade, que vem atendendo estrangeiros de países como Argentina, China, Colômbia, Egito e Gana, enquanto colabora com o processo de internacionalização na Instituição.

Durante a defesa, Dayane destacou as línguas como parte fundamental do êxito das ações de internacionalização e reforçou a importância do planejamento linguístico nas diversas instâncias da Universidade.

Em 2019, o curso de PLE continuará sendo oferecido no Instituto.

Leonardo Ferreira - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 17 de dezembro de 2018 às 17:51
Compartilhar Comente

Pesquisa de professora dá origem a curso de Português para estrangeiros

Pesquisa de professora dá origem a curso de Português para estrangeiros
Mais imagens

A professora e pesquisadora da Unesc Dayane Cortez, defendeu sua dissertação “Políticas Linguísticas em Criciúma: Promoção e ensino da Língua Portuguesa como língua de acolhimento” na última semana, e mesmo antes de ter o título do mestre em Educação pela Universidade, já viu um desdobramento de sua pesquisa: a criação do curso PLE (Português como Língua Estrangeira) pelo Instituto de Idiomas Unesc. O curso tem atendido estrangeiros de países como Argentina, China, Colômbia, Egito e Gana e colaborando com o processo de internacionalização da Universidade.

“As línguas são parte fundamental do êxito das ações de internacionalização e, portanto, o planejamento linguístico se faz necessário, não só junto ao poder público, como também nas diversas instâncias da Universidade”, comenta Dayane.  

Por: Milena Spilere Nandi 17 de dezembro de 2018 às 11:47
Compartilhar Comente

Curso de Letras tem qualidade reconhecida pelo MEC

Na última segunda-feira, 15 de outubro, o Curso de Letras junto ao Instituto de Idiomas, se reuniram para comemorar não apenas o dia dos professores, mas também, para divulgar que o curso agora volta a ser oferecido no período noturno, com bolsas de 100% e 50%, com duração de 4 anos. Além disso, a reunião ocorreu para celebrar a notícia de que o Curso de Letras da UNESC é conceito 4 no Enade.

O Enade é o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, que visa avaliar se os alunos dominam os conteúdos programados nas diretrizes curriculares, o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias ao aprofundamento da formação geral e profissional, e se o aluno possui conhecimentos sobre a atual situação do país. Sendo possível, como resultado, o curso de graduação atingir o conceito máximo: 5.

Por: Geisiele Bernardo Alves 17 de outubro de 2018 às 21:11
Compartilhar Comente

Alunos do Instituto de Idiomas da Unesc vivem experiências fora da sala de aula

Alunos do Instituto de Idiomas da Unesc vivem experiências fora da sala de aula
Estudantes do curso de Português Língua Estrangeira conheceram novas culturas por meio de atividade proposta (Foto: Divulgação) Mais imagens

Alunos do curso de Português Língua Estrangeira (PLE), do Instituto de Idiomas da Unesc, tiveram uma atividade diferente na última semana. Após uma explicação e aproximação histórica ao tema em sala de aula, acompanhados da Professora Dayane Cortez e da secretaria Geisielle Alves, os alunos dedicaram um olhar também imigrante sobre as representações de outras etnias em visita a tradicional Festa das Etnias de Criciúma. Além de um ar descontraído e da oportunidade de experimentarem inúmeras comidas típicas, os alunos foram provar na prática o uso do idioma.

Érika Insaurralde, 24 anos, que estuda português no Instituto de Idiomas Unesc há sete meses, foi uma das participantes da atividade e afirma que a experiência foi bastante valiosa. “Gostei bastante do lugar e achei maravilhoso as pessoas caracterizadas com as roupas de cada país, as danças típicas. Eu acrescentaria que cada etnia poderia ter um lugar onde contar um pouco da sua história e costumes e não só mostrar a comida tradicional porque não é a única característica que os representa. É importante saber a história e costumes de cada um para poder compreendê-los e também é uma forma de homenageá-los”, observou.

Para a secretária do curso, Geisielle Alves, de 20 anos, que também pôde conhecer a Festa, a oportunidade serviu para que ampliasse seus horizontes. "Visitar a festa das etnias com os alunos de PLE foi uma experiência enriquecedora. Conhecer os costumes e tradições de outros países, ampliou minha visão de mundo e, com certeza, terá impacto direto nas relações interpessoais com os demais. Quando você conhece o outro, começa a adotar uma postura mais empática e percebemos o quanto o outro pode nos ensinar", destacou.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 20 de setembro de 2018 às 13:37
Compartilhar Comente

Instituto de Idiomas da Unesc realiza Formação Continuada para professores de Inglês

Instituto de Idiomas da Unesc realiza Formação Continuada para professores de Inglês
Encontro teve a participação de profissional da Editora Richmond (Foto: Divulgação) Mais imagens

O Instituto de Idiomas da Unesc segue buscando oferecer a seus docentes uma formação mais qualificada e conectada com as novas tecnologias. Durante esta quarta-feira (12/9), os professores de Inglês passaram por uma formação com a Editora Richmond sobre o material didático utilizado nas diferentes turmas do curso.

Na oportunidade, discutiram sobre o ensino de Língua Inglesa, as diferentes metodologias que podem ser utilizadas e conheceram um pouco mais da plataforma on-line, que possibilita ao aluno mais de 20% de atividades daquelas apresentadas no material didático.

“A intenção é que as formações ofereçam aos professores novas possibilidades na organização de suas aulas, bem como se reflitam em aprendizagem significativa ao aluno”, afirma o coordenador do Instituto de Idiomas Unesc, Carlos Schlickmann.

Participaram da atividade todos os professores do Instituto, além dos coordenadores. A Universidade também oferece cursos em Alemão, Espanhol, Francês, Italiano e Português para estrangeiros com preços especiais, material didático de editoras internacionais e com professores com formação nas áreas de atuação.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 14 de setembro de 2018 às 18:15
Compartilhar Comente