Newsletter Newsletter RSS RSS

Viagem cultural: Estudantes visitam a Bienal do Livro no Rio de Janeiro

Viagem cultural: Estudantes visitam a Bienal do Livro no Rio de Janeiro
Eles retornaram da cidade maravilhosa nesta segunda-feira (Fotos: Mayra Lima) Mais imagens

Com o intuito de fortalecer a formação dos estudantes elevando o ensino para fora da sala de aula. A Unesc, por meio dos cursos de graduação, promove viagens de estudo. Na última semana, foi a vez de diversos alunos dos cursos de Comércio Exterior, Direito e Letras, visitarem a Bienal do Livro, no Rio de Janeiro, entre outros espaços culturais.

“Além da Bienal do Livro, nós também visitamos museus e diversos pontos de referência no Rio de Janeiro como: Museu do Amanhã, Centro Cultural Banco do Brasil, Parque Lage e Faculdade de Artes, Jardim Botânico, Lapa, Área portuária, sistemas de transportes, entre outros”, comentou a professora Natália Martins Gonçalves.

Segundo ela, além de muitos livros, a bagagem também foi preenchida muito conhecimento sobre a história e cultura brasileiras. “Foram diversas as vivências e experiências que adquirimos andando pela cidade, que foi capital do império e da república brasileira. Por todos os lados era possível observar marcas deixadas pela história e pelo povo que formou a sociedade brasileira”, ressaltou.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Mayra Antonio De Lima 11 de setembro de 2017 às 21:10
Compartilhar Comente

6 razões para aprender um novo idioma

6 razões para aprender um novo idioma
Unesc oferece aulas para quem quer ampliar possibilidades (Foto: Divulgação) Mais imagens

Que tal encurtar distâncias e ter novas experiências? Se o convite agrada, saiba que a Unesc pode ajudar você nisso. Inglês, espanhol ou italiano? Pois o novo Instituto de Idiomas da Universidade vai trabalhar junto ao curso de graduação em Letras, para proporcionar uma melhor experiência no aprendizado. Ah, e de quebra, os alunos da Instituição ainda recebem desconto em qualquer um dos cursos escolhidos.

Então vamos deixar de conversa e ir direto para os seis motivos para você se aventurar em um novo idioma.

1 – Expandir vocabulário
É quase senso comum, mas nunca é demais lembrar. Aprender uma língua estrangeira ajuda a ampliar vocabulário e construir novas habilidades de comunicação.

2 – Entender diferentes culturas
O princípio da alteridade pode ser trabalhado ao aprendermos uma língua estrangeira, pois o contato com o diferente pode nos fazer entender melhor outras nações e outras culturas.

3 – Treinar a memória
Estudar outro idioma melhora o foco, a concentração e a memória. Além disso, neurologistas afirmam que dentre as atividades que podem prevenir a doença de Alzheimer, estudar uma língua estrangeira está entre as principais.

4 – Preparar-se para o mercado profissional
O sucesso acadêmico e profissional somente será possível em algumas áreas com uma segunda língua. E mesmo naquelas onde língua estrangeira não é imprescindível, certamente o profissional que domina outros idiomas terá destaque.

5 – Fazer amigos
A interação proporcionada em aulas de língua estrangeira é um fator agregador para quem procura aprender um novo idioma. Há diversos relatos de quem procura um curso de línguas simplesmente para socializar. Mesmo para quem não tem este objetivo, conectar-se com novos grupos e novas redes pode trazer grandes benefícios.

6 – Viajar
Já pensou em você em viagem no exterior e ser refém do tradutor online? Melhor não confiar na bateria e nem no 4G não é mesmo? Sem contar da interação a mais que só um bom diálogo permite.

“O clichê de ampliar os horizontes aqui serve bem. É escutar música e entender, é ler uma reportagem do New York Times ou do El Clarín sem depender da interpretação de outras pessoas. Para pessoas mais velhas faz bem até para a saúde. Para os mais jovens é uma nova leitura do mundo”, afirma o novo coordenador do Instituto, Richarles Souza de Carvalho.

Conheça o Instituto de Idiomas Unesc


O Instituto oferece diversas atividades, como capacitação em outras línguas, traduções, provas de proficiência para mestrado e doutorado, e outros serviços ligados a idiomas. “Agora está conectado a um curso com professores, doutores e pesquisadores sobre o aprendizado de línguas. Nosso ensino de idiomas conta com um suporte pedagógico”, afirma Carvalho.

Uma nova visão para o futuro


O objetivo desta nova gestão ligada ao curso de Letras é dar mais qualidade ao aprendizado, desenvolvendo, por meio de trabalhos no Instituto, os materiais para serem trabalhados em aula. “Em um futuro breve vamos desenvolver materiais didáticos próprios, por meio de pesquisas desenvolvidas na Universidade. Por enquanto utilizamos materiais de editoras internacionais​”, comenta.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Assessoria de imprensa 04 de setembro de 2017 às 19:33
Compartilhar Comente

Aula de Fonética e Fonologia no Anatômico

Aula de Fonética e Fonologia no Anatômico
Mais imagens

Na tarde desta quarta-feira, 30/08, os alunos da 4a. fase de Letras, coordenados pela profa. Fernanda Cizescki da disciplina de Fonética e Fonologia, visitaram o anatômico da UNESC. A atividade consiste em uma observação do aparelho fonador humano.

Postado por: Richarles Souza De Carvalho 30 de agosto de 2017 às 17:05
Compartilhar Comente

Idiomas UNESC 2017-2

Idiomas UNESC 2017-2
Mais imagens

Na semana de 07 a 11 de agosto representantes do CA de Letras ajudaram na divulgação do Instituto de Idiomas.

A partir do segundo semestre de 2017 o curso de Letras passou a coordenar as atividades do Instituto de Idiomas UNESC.

Postado por: Richarles Souza De Carvalho 08 de agosto de 2017 às 20:41
Compartilhar Comente

Projeto Círculos de Cultura realiza oficina de teatro em escola de Criciúma

Projeto Círculos de Cultura realiza oficina de teatro em escola de Criciúma
Atividades ocorreram nesta quarta-feira (Foto: Divulgação) Mais imagens

O projeto de extensão “Círculos de Cultura: uma proposta para o Ensino Médio”, realizou uma oficina de teatro com cerca de 150 alunos do Ensino Médio da Escola de Educação Básica Padre Miguel Giacca, em Criciúma. A ação ocorreu nesta quarta-feira (7/6).

Segundo a professora Eloisa Oliveira, uma das coordenadoras do projeto, ele tem o objetivo de proporcionar espaços de protagonismo para os adolescentes para debate e reflexão sobre o mundo e também sobre a importância da valorização à educação e docência.

O Círculos de Cultura também tem a coordenação dos professores Bruno Colombo e Katiuscia Kamo. O projeto envolve os cursos de Educação Física, Letras e Artes Visuais e envolve acadêmicos das disciplinas de Linguagem Teatral e Educação e Gravura e Pesquisa. Tem como bolsistas os estudantes Lucas Garcia, Laura Goulart e Gabriel da Rolt.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 09 de junho de 2017 às 21:24
Compartilhar Comente