Newsletter Newsletter RSS RSS

Alunos da 4ª fase participam de oficinas de leitura e produção de textos

Neste sábado, 09 de junho, a disciplina Seminário de Práticas de Linguagem II promoveu uma oficina sobre estratégias de leitura e produção de textos com os alunos da 4ª fase Curso de Letras da Unesc.                                                                 A oficina foi oferecida em um momento muito importante da formação acadêmica dos futuros professores, período em que realizam os estágios de docência nas escolas. Pensando nisso, e buscando aproximar a Universidade da escola, a professora Cibele Freitas convidou a professora Ângela Beirith, da rede pública municipal de Florianópolis, para partilhar experiências desenvolvidas ao longo de sua trajetória profissional. Com Mestrado em Educação e participação em eventos da área que discutem leitura e escrita, a professora propôs pensar a prática em sala de aula na articulação com a teoria aprendida no Curso, ressaltando que, se por um lado a prática requer uma base teórica, por outro lado é necessário refletir e planejar estratégias de ensino que exercitem o “como” fazer.                                                                                                                                                                                                                                                                                               A partir da leitura e produção de textos em situações reais, a oficina abordou crônicas de escritores brasileiros presentes em coleções distribuídas às escolas públicas pelo PNBE, mostrando que é possível um trabalho com o acervo disponível nas próprias unidades escolares.

Por: Geisiele Bernardo Alves 12 de junho de 2018 às 15:19
Compartilhar Comente

Unesc oferece o teste de comprovação em inglês mais aceito no mundo

Unesc oferece o teste de comprovação em inglês mais aceito no mundo
Entre Florianópolis e Porto Alegre a Universidade é a única com estrutura para aplicar o Toefl TOEFL (Foto: Arquivo) Mais imagens

As razões para aprender um novo idioma são muitas. Uma nova língua pode agregar ao lado cultural e até potencializar o currículo. Uma pesquisa da Catcho, referência em empregabilidade em todo Brasil, mostrou que o domínio do Inglês pode significar um salário até 61% maior, mas dominar o novo idioma não é garantia de destaque, é necessário comprovar a fluência. No sul de Santa Catarina, a Unesc é a única instituição com estrutura para oferecer o Toefl (Test of English as a Foreign Language) e validar a fluência no novo idioma.

O professor do curso de Letras da Unesc, Richarles Souza de Carvalho, que coordena a aplicação do Teste, explica que o Toefl é a prova de reconhecimento em inglês mais prestigiada em todo o mundo e é válida para mais de dez mil instituições em 130 países. “Ele mede a habilidade na Língua Inglesa em diversos quesitos, que são necessários para ingressar em Instituições de Ensino Superior de outros países ou até se inserir no mercado de trabalho estrangeiro”, destaca o professor.

Ele conta ainda que existem diversas modalidades do Teste e que o aplicado na Universidade é considerado o mais completo em todo o mundo. “Das modalidades existentes oferecemos o IBT (Internet Based Test), que é avaliado como o mais completo dentre todos os aplicados”, completa Carvalho.

Estrutura de excelência

Em Santa Catarina apenas cinco instituições oferecem a prova. Entre as capitais Florianópolis, Santa Catarina, e Porto Alegre, Rio Grande do Sul, a Unesc é a única aplicadora do Toefl.

Instituto de Idiomas

Na Unesc, o Instituto oferece cursos de Inglês, Espanhol, Alemão, Francês e Italiano. Além dos cursos de Português para estrangeiros, Libras e Inglês e Espanhol para crianças e adolescentes.

Matrículas e mais informações sobre as possibilidades que o Instituto de Idiomas Unesc oferece estão disponíveis em unesc.net/idiomas no telefone (48) 3431-2663 e, no e-mail institutoidiomas@unesc.net.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 06 de junho de 2018 às 08:49
Compartilhar Comente (1)

Educação básica participa de formação continuada

Foi realizada na última quinta-feira, 17, a primeira etapa da formação continuada voltada para educação básica do munícipio de Sombrio. O encontro foi promovido pela Secretária de Educação do município e contou a presença de professores de língua portuguesa e inglesa, sendo realizada na escola Nair Alves Bratti.                                                            A palestra foi conduzida pelo Prof. Me. Carlos Arcângelo Schlickmann, do curso de Letras da UNESC, que trouxe como tema para o encontro "Letramento múltiplos". Dentre os assuntos abordados, o professor destaca a importância das práticas sociais de leitura e escrita e as diversas possibilidades que o aluno encontra através do conhecimento adquirido na escola. A formação contará com mais dois encontros durante o ano, que será fundamental para a capacitação de professores da educação básica.                                                                                                                                                             As atividades têm como objetivo a socialização de saberes e trocas de experiências docentes com o intuito de desenvolver o processo de ensino. 

Por: Geisiele Bernardo Alves 17 de maio de 2018 às 20:39
Compartilhar Comente

Convite: Café com letras

Convite: Café com letras
Mais imagens

O curso de Letras convida toda comunidade acadêmica: professores e alunos para participarem da palestra a ser ministrada pelo Prof. Dr. Gladir da Silva Cabral, dia 17 de maio, quinta-feira, que acontecerá no Bairro da Juventude. 

Por: Geisiele Bernardo Alves 16 de maio de 2018 às 21:01
Compartilhar Comente

Colegiado de Licenciaturas

Hoje, dia 20 de Abril de 2018, ocorreu o primeiro encontro do Colegiado de Licenciaturas, composto por representantes da Secretaria de Educação, Sindicatos dos Professores, GERED, Coordenações dos cursos de Licenciaturas, DELIC e representantes, também, dos docentes e alunos. A primeira e principal pauta de discussão foi em relação aos dois editais lançados: PIBID e Residência Pedagógica. O Colegiado visa proporcionar a aproximação da Universidade com as escolas. 

Por: Geisiele Bernardo Alves 20 de abril de 2018 às 19:42
Compartilhar Comente