História

Em dia especial, Unesc foram mais 150 profissionais para o mercado

Em dia especial, Unesc foram mais 150 profissionais para o mercado
Data marca a conquista do conceito máximo em avaliação do MEC (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

Acadêmicos de 14 cursos da Unesc viveram, nesta terça-feira (17/12), momentos especiais e inesquecíveis. Em cerimônias especiais de Colação de Grau em Gabinete nos períodos da tarde e da noite, quase 150 estudantes fizeram seus juramentos e passaram a ser considerados profissionais aptos a exercerem suas profissões. As cerimônias foram conduzidas pela diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias, Fernanda Sônego, e pelo vice-reitor Daniel Preve, nos períodos da tarde e da noite, respectivamente.

Além de representar grandes conquistas prestigiadas por amigos e familiares, as formaturas desta terça-feira marcaram também um dia especial para a Universidade, que recebeu o resultado da avaliação realizada pelo MEC (Ministério da Educação), na qual atingiu nota 5, máxima pontuação. Em seus discursos, os representantes da Universidade que conduziram as cerimônias e outorgaram o grau aos formados destacaram também a conquista.

Conforme Daniel, que parabenizou os formandos e a todos os familiares e amigos que os acompanharam na jornada da graduação, o pedido é para que os graduandos do dia levem sempre o nome da Unesc por onde forem. “Honrem o nome da Universidade. Essa sempre será a casa de vocês, uma instituição da qual vocês podem se orgulhar. Exemplo disso é o resultado de hoje no qual fomos agraciados com a nota 5, conceito máximo do MEC, e as premiações que a Instituição vem recebendo nos últimos meses”, salientou.

Colaram grau neste dia alunos dos cursos de Administração, Administração habilitação em Comércio Exterior, Artes Visuais, Ciências Biológicas, Direito, Engenharia Química, Engenharia Civil, Engenharia de Agrimensura, Engenharia de Produção, História, Letras, Matemática, Pedagogia e Psicologia.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 17 de dezembro de 2019 às 22:16
Compartilhar Comente

Unesc entrega novos profissionais ao mercado de trabalho

Unesc entrega novos profissionais ao mercado de trabalho
Mais de 80 concluintes colaram grau na noite desta segunda-feira (16/12) (Fotos: Leonardo Ferreira) Mais imagens

Quanto amor pela profissão e dedicação cabem em um abraço? O momento compartilhado entre o concluinte de Geografia Ricardo Michels e a coordenadora do curso, Andréa Rabelo Marcelino, foi apenas uma das emoções vividas na noite desta segunda-feira (16/12). Em um Auditório Ruy Hülse com sua lotação máxima, a Unesc entregou mais de 80 novos profissionais ao mercado de trabalho durante uma colação de grau especial.

O momento, marcado pela entrega do canudo e pelo juramento da profissão, foi vivenciado por acadêmicos de Artes Visuais, Fisioterapia, Geografia, História, Matemática, Odontologia e Pedagogia. A outorga do grau foi feita pelo diretor de Ensino de Graduação da Unesc, Marcelo Feldhaus, com a presença de coordenadores dos cursos.

Na tarde desta segunda-feira, outros 47 formandos colaram grau especial. Comemoraram a nova conquista três estudantes de Arquitetura e Urbanismo; três de Artes Visuais – Licenciatura; oito de Educação Física – Bacharelado; nove de Educação Física – Licenciatura; 16 de Engenharia Civil; Um de Engenharia Mecânica; três de Fisioterapia; um de Letras – Habilitação Português e Inglês; um de Letras – Língua Portuguesa, e dois de Pedagogia.    

Nesta oportunidade a outorga do grau foi feita pelo diretor de Pesquisa e Pós-Graduação da Unesc, Oscar Montedo, também com a presença de coordenadores dos cursos.

Leonardo Ferreira - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 16 de dezembro de 2019 às 20:24
Compartilhar Comente

Resultado de estudos é socializado em Seminário Regional do Proesde – Licenciatura

Resultado de estudos é socializado em Seminário Regional do Proesde – Licenciatura
Mais imagens

Acadêmicos de cursos de Licenciatura estiveram reunidos no dia 23 de novembro para a socialização de pesquisas no Seminário Regional do Proesde – Licenciatura. O evento reuniu 54 estudantes que participam do curso de extensão oferecido pelo Proesde (Programa de Educação Superior para o Desenvolvimento Regional) na Unesc e no Unibave.

A pesquisa de campo foi realizada em duas escolas do Sul catarinense, reconhecidas como escolas “piloto” no processo de implementação do chamado Novo Ensino Médio. O objetivo dos acadêmicos foi o de construir uma análise de conjuntura minuciosa sobre os pontos que podem contribuir ou impossibilitar a construção e efetivação da reforma do Ensino Médio, resultado num relatório de pesquisa, enviado para a Secretaria de Estado da Educação.



O evento teve ainda a presença de representantes da Escola Governador Heriberto Hülse (Criciúma) e da Escola Governador Ildo Meneghetti (Passo de Torres), que participaram da socialização entre os bolsistas da Unesc e do Unibave. As coordenadoras do Proesde – Licenciatura da Unesc, Bruna Carolini de Bona e do Unibave, Luiza Liene Bressan mediaram as apresentações e o diálogo com as escolas, resultado de um processo de estudo, pesquisa e extensão, desenvolvido durante todo o ano de 2019.

Por: Milena Spilere Nandi 05 de dezembro de 2019 às 10:18
Compartilhar Comente

Dia da Consciência Negra: Unesc promove debates sobre identidade e direitos nas políticas afirmativas

Dia da Consciência Negra: Unesc promove debates sobre identidade e direitos nas políticas afirmativas
Lançamento do clipe “Guerreiros de Bronze” faz parte da programação do evento (Foto: Priscila Cardoso) Mais imagens

O dia 27 de novembro vai ser marcado na Unesc por uma intensa programação em torno do tema “Consciência e Negritude: Identidade e Direitos nas Políticas Afirmativas”. Em alusão do Dia da Consciência Negra (21/11), diversos setores, cursos, Programas de Pós-Graduação e grupos de estudo da Universidade se reuniram para a realização de um evento que envolverá alunos, professores e funcionários da Unesc, representantes de movimentos sociais e a comunidade. A programação é gratuita e aberta ao público e contemplará apresentações culturais, rodas de conversa, lançamento de livro e de documentário e exposição de trabalhos dos alunos do Colégio Unesc.

Segundo a coordenadora do Neab (Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros, Indígenas e Minorias) da Unesc, que está à frente da comissão organizadora do evento, Normélia Ondina Lalau de Farias, novembro é um mês muito significativo, pois busca o resgate da cultura negra e mostra resistência de seu povo ao levar adiante a riqueza e importância da cultura afro e do povo negro, que ajudou e ajuda a construir o Brasil. “Se reconhecer como negro, se autodeclarar negro, entender a questão da negritude e resgatar a cultura, combater a violência às religiões de matriz africana e poder mostrar que somos um povo que pertence a esta terra e quer ter a sua cultura respeitada é muito importante. Somos mais de 53% da população brasileira que ainda é invisível na sociedade. Mas queremos dizer que estamos aqui buscando e que ocupamos os mais diferentes espaços”, afirma.

O evento pelo Dia da Consciência Negra iniciará às 14 horas, no Auditório Ruy Hülse, com apresentação cultural dos alunos do Colégio Unesc. A programação seguirá até à noite, com lançamento de livro, debates sobre imigração e direitos dos refugiados, além de uma roda de conversa sobre “Protagonismo Negro”, com o repórter EdSoul, o compositor e interprete do Grupo Voz do Gueto, Alex Gabriel e o professor doutor em Sociologia, Wagner Miqueias.

A programação trará ainda o lançamento do documentário e videoclipe “Guerreiros de Bronze”, às 19h30. O projeto tem o envolvimento da Unesc TV, do Neab, da Secretaria de Diversidade e Políticas de Ações Afirmativas da Universidade e da Ong Voz do Gueto e tem o objetivo de mostrar a história contemporânea dos negros brasileiros e suscitar a reflexão sobre desigualdade e direitos humanos.

O evento tem a organização do Neab e da Secretaria da Diversidades e Políticas de Ações Afirmativas, com o apoio do Colégio Unesc, do PPGD (Programa de Pós-Graduação em Direito), do PPGE (Programa de Pós-graduação em Educação), dos cursos de Ciências Contábeis, de Administração, de Pedagogia, de História, de Geografia, de Biomedicina e de Engenharia Química, da Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing, do Setor de Eventos, do Setor de Arte e Cultura, do Colégio Unesc e do Grupo de Estudos em Direitos Humanos, Relações Raciais e Feminismos.

Programação


Dia 27 de novembro

14h – Apresentação cultural do grupo de dança do quinto anos do Ensino Fundamental do Colégio Unesc. Tema: Consciência Negra. Autoria da aluna Naomi Ayana Cardoso Ribeiro. Local: Auditório Ruy Hulse;

14h15 – Lançamento do livro “A Nova Casa da Água”, conto africano ilustrado pela aluna do terceiro ano do Ensino Médio do Colégio Unesc, Julia Zilli. Local: Auditório Ruy Hulse;

15h – Apresentação do documentário “Nós”, de Thiago Simas, sobre a trajetória cíclica dos refugiados através dos tempos e roda de conversa sobre “Cinema e Direitos Humanos” com acadêmicos da Unesc e alunos da Escola de Imigrantes. Local: Auditório Ruy Hulse;

17h – 2º Cara Gente Branca: Consciência e Negritude. Roda de conversa na Praça do Estudante;

19h15 – Apresentação cultural do grupo de dança do quinto anos do Ensino Fundamental do Colégio Unesc. Tema: Waka Waka. Autoria das professoras Ana Karen Rosado e Juliana Pereira Guimarães Local: Auditório Ruy Hulse;   

19h30 – Lançamento do documentário e videoclipe “Guerreiros de Bronze” e mesa-redonda sobre “Protagonismo Negro”, com o repórter da NSCTV, EdSoul, o compositor e interprete do Grupo Voz do Gueto, Alex Gabriel e o professor doutor em Sociologia, Wagner Miqueias. Local: Auditório Ruy Hulse;

Até 28 de novembro

Exposição de trabalhos de estudantes do Colégio Unesc, como fotos da visita à comunidade quilombola São Roque, ilustrações em aquarela para o livro “A Nova Casa da Água” e símbolos Adinkras.


Milena Nandi – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 22 de novembro de 2019 às 12:31
Compartilhar Comente

Projeto de extensão realiza atividades durante o Mês da Consciência Negra do IFSC Araranguá

Membros da equipe do projeto de extensão “Direitos Humanos e Epistemologias Negras em Movimento: Saberes partilhados, formação e luta pela cidadania”, participaram nesta segunda-feira (18/11), das atividades do Mês da Consciência Negra do IFSC (Instituto Federal de Santa Catarina), em Araranguá. A coordenadora do projeto, Lucy Cristina Ostetto e as bolsistas Maria Eduarda Delfino das Chagas (aluna do curso de Psicologia) e Tatiane Beretta (acadêmica do curso de História), fizeram uma roda de conversa com alunos do Ensino Médio sobre “Protagonismo das mulheres negras na literatura”.

A professora e as acadêmicas abordaram a importância do Dia da Consciência Negra e apresentaram diversas autoras negras, que fazem da sua escrita uma forma de agenciamento para expor suas lutas, histórias e diversas opressões. Ao fim da palestra Lucy doou o livro “O caminho de casa” da escritora Yaa Giasi, incentivando a leitura de escritoras africanas.

Na segunda da participação do projeto, a professora da Unesc realizou uma oficina de Abayomi (boneca negra), com estudantes e pessoas da comunidade, destacando a ancestralidade negra evocada na confecção das abayomis, palavra de origem iorubá que significa, entre outras coisas, aquela que traz felicidade ou alegria, contextualizando a travessia das mulheres arrancadas de África pelo tráfico negreiro.

O projeto de extensão da Universidade está vinculado ao Negra (Núcleo de Estudos em Gênero e Raça).

Por: Milena Spilere Nandi 21 de novembro de 2019 às 15:32
Compartilhar Comente