Ciências Econômicas

imagem do site
Newsletter Newsletter RSS RSS

Curso de Ciências Econômicas tem palestra em comemoração ao Dia do Economista

Curso de Ciências Econômicas tem palestra em comemoração ao Dia do Economista
Evento comemorativo foi realizado na noite desta terça-feira (14/8) (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

Celebrado oficialmente no dia 13 de agosto, o Dia do Economista foi comemorado de forma especial com os alunos do curso de Ciências Econômicas da Unesc. Nesta terça-feira (14/8) os acadêmicos contaram com uma Aula Inaugural e comemorativa com o tema “Informações Econômicas que são oportunidades pessoais”. O assunto foi levantado pelo economista e administrador Rafael Costa da Silva.

Rafael atua no mercado financeiro desde 1995, tendo exercido todas as funções na área de gestão de recursos. Ele é administrador de carteiras, credenciado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) desde 2001 com Certificação de Gestores Anbima (CGA), além de ter sido premiado com cinco estrelas pela revista Exame em dezembro de 2017. O palestrante exerce atualmente a função de conselheiro do Conselho Regional de Economia (Corecon) na gestão 2017/2019 e é vice-presidente na gestão 2018.

Conforme o profissional, estar entre os acadêmicos falando sobre o assunto é uma oportunidade muito importante, especialmente pelo potencial que Criciúma oferece para trabalhar com a Economia. “A cidade tem um potencial empreendedor muito forte e por isso é sempre um prazer estar aqui e ver o trabalho que a Universidade faz nesse sentido e as oportunidades que o próprio curso abre para os acadêmicos. Diante de tanta necessidade de planejar o futuro e estar preparado para as novas realidades, vejo que o economista é quem tem a caixa de ferramentas ideal para juntar todas as pontas desse jogo”, comentou.

As diversas possibilidades oferecidas aos graduados em Ciências Econômicas também foram assunto levantado pelo pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Thiago Fabris, em sua fala. “O profissional formado nessa área tem muitas áreas de atuação possíveis e exerce um papel fundamental no cenário em que vivemos. Trabalhamos para capacitá-los da melhor forma e nesta noite vivemos um desses momentos de oportunizar um conteúdo diferenciado. Queremos parabenizá-los pelo Dia do Economista, título que vocês logo terão, e hoje trazemos um profissional com muito conteúdo para compartilhar conosco”, salientou.

Homenagem à Unesc

Também presente no evento, o presidente do Corecon, Alexandre Flores, aproveitou a oportunidade para entregar ao pró-reitor, uma placa em homenagem à Unesc pela passagem dos seus 50 anos.

Antecedendo a palestra de Rafael, o presidente fez ainda o uso da palavra para apresentar aos acadêmicos alguns conceitos sobre a função de economista e um levantamento de atividades feitas pelo Conselho Regional em Santa Catarina, além de dar ênfase à conscientização para que os novos profissionais façam seus registros e atuem de forma regular na profissão.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 14 de agosto de 2018 às 22:26
Compartilhar Comente

Necessidades e desafios para a Universidade são debatidos por acadêmicos e Reitoria no Diálogos Unesc

Necessidades e desafios para a Universidade são debatidos por acadêmicos e Reitoria no Diálogos Unesc
Acadêmicos apresentaram as reivindicações dos estudantes para a reitoria (Fotos: Vitor Netto) Mais imagens

Avaliar e debater as realizações da Universidade. Esses eram alguns dos objetivos do segundo encontro do Diálogos Unesc. O segundo momento da ação ocorreu na tarde desta terça-feira (14/8) no auditório Ruy Hülse e contou com a participação de alunos e gestores da Unesc.

De acordo com a reitora da Universidade, Luciane Ceretta, o objetivo do encontro é de ampliar a relação entre a gestão e os acadêmicos. "Aqui estamos dialogando e escrevendo a Universidade. Avaliar o andamento da Instituição e o olhar do estudante é fundamental, pois estes são os olhares dos que estão em todos os lados da Unesc", enfatiza.

Segundo o vice-reitor, Daniel Preve, um dos objetivos da gestão é o relacionamento próximo com os alunos. "A partir de momentos como esse, poderemos construir com várias mãos uma grande Universidade, apontando as necessidades e desafios dos estudantes", ressalta.

Espaço de fala

O Diálogos Unesc tem por temática principal abrir o espaço de fala entre os acadêmicos e a gestão. Segundo a reitora, a proposta é realizar até dois debates como este durante o ano com os acadêmicos, além de encontros com colaboradores e docentes da Instituição. "Queremos abrir o debate para entendermos como está a Universidade e assim melhorá-la", comenta.

Entre os temas debatidos estiveram a evasão e a permanência dos alunos dentro da Universidade, as ações e participações da Unesc para com os cursos de Licenciatura, os desafios da graduação Ead (Ensino à Distância), o atendimento ofertado nas cantinas e no restaurante universitário e os programas e as bolsas de estudo oferecidas para os acadêmicos.

Para o vice-presidente do DCE (Diretório Central dos Estudantes), Luccas Gonçalves, o encontro representa um momento rico para os acadêmicos. "Aqui podemos expor o que pensamos e o que esperamos da Universidade", comenta.

Além da reitora e do vice-reitor, a pró-reitora acadêmica, Indianara Reynaud Toreti, o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Thiago Fabris, o diretor de Pesquisa e Pós-Graduação, Oscar Montedo, o diretor de Ensino de Graduação, Marcelo Feldhaus, a diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias, Fernanda Sônego, o gerente do Escritório de Negócios, Henrique Vargas, o gerente do Escritório de Inovação, Evânio Nicoleit, a gestora da Gerência de Atendimento ao Estudante, Mira Dagostin, e a chefe de Gabinete da reitoria, Gisele Coelho Lopes, também participaram do encontro.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 14 de agosto de 2018 às 18:52
Compartilhar Comente

Diálogos Unesc: Acadêmicos e Reitoria discutem sobre necessidades, anseios e reivindicações

Diálogos Unesc: Acadêmicos e Reitoria discutem sobre necessidades, anseios e reivindicações
Momento foi produtivo com a grande participação dos alunos (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

Acadêmicos e equipe da Reitoria estiveram reunidos na noite desta segunda-feira (13/8) para o primeiro momento da ação Diálogos Unesc, no Auditório Ruy Hülse. A proposta, levantada pela Reitoria, foi de proporcionar uma noite especial com a equipe a postos para ouvir comentários, anseios, reivindicações e até apontamentos de ações que tenham bom resultado dentro de cada curso ou setor. Conforme a Reitora Luciane Ceretta, o objetivo é realizar a ação a cada semestre, proporcionando também o momento aos professores, gestores e coordenadores de curso da instituição como forma de dar respaldo e continuidade a proposta, já levantada ao longo da campanha realizada em 2017, de estar próximos da comunidade acadêmica.

O primeiro contato foi de apresentação da própria Reitoria e a equipe que a compõe, salientando a forma com que cada setor se relaciona com os acadêmicos. Após as apresentações os estudantes puderam ficar à vontade para realizarem seus questionamentos, o que rendeu uma conversa de mais de duas horas e meia e uma grande lista de reivindicações e sugestões montada para ser aprofundada posteriormente. “Viemos ouvir muito mais do que apresentar números ou explicações. A Unesc é uma universidade comunitária e esse é um espaço do qual não abrimos mão. Esse contato não tem preço e a lista que montamos hoje será muito importante”, declarou a reitora.

Para o vice-reitor, Daniel Preve, o debate com os alunos é um dos compromissos da chapa, que levantou a campanha "A Unesc que a gente quer" e agora trabalha todos os dias para melhorar cada vez mais os serviços oferecidos. "Todas as decisões que tomamos são analisadas com extremo cuidado pelo compromisso que temos de manter e ampliar a excelência acadêmica da Universidade. Esse contato vem a somar com os nossos objetivos", afirmou.

Grande participação

Entre os assuntos levantados ao longo do diálogo esteve a possibilidade de realização de mais projetos que possam integrar acadêmicos dos mais variados cursos. A universitária Vitoria Maria Vito, do Curso de Biomedicina, foi quem levantou a questão, afirmando que gostaria de poder conviver mais com colegas que, no mercado de trabalho, poderão de alguma forma ter contato com sua função.

“Muitas vezes o aluno não entende o que o seu curso pode ter a ver com o outro, mas tem sim muita coisa. Nós somos todos colegas e acho importante que ações promovam mais envolvimento até para incentivar um maior respeito com relação a outras profissões por meio do entendimento do valor que o colega também vai ter também na sociedade”, comentou. Vitoria aproveitou ainda para agradecer pela possibilidade de poder falar abertamente sobre tantos assuntos pessoalmente com a equipe da Reitoria e levar anseios diretamente para as lideranças da Universidade.

Ainda entre os temas levantados estiveram a possibilidade de criação de uma Pós-Graduação na área de computação dentro da Universidade; a maior utilização da ampla estrutura do Iparque; o incentivo para que mais projetos de extensão possam ser realizadas nas cidades da região; a possibilidade da volta do projeto de Feira das Profissões e as atuais ações realizadas dentro do campus com a intenção de atrair alunos do Ensino Médio para a Unesc; a valorização dos cursos de Licenciatura por meio de ações voltadas ao incentivo para que os adolescentes conheçam mais as possibilidades da formação; uma conversa franca sobre as ações tomadas pela atual gestão para uma contenção de gastos necessária para as finanças da Universidade e os resultados disso nos números atuais; a possibilidade de criar novos critérios para escolha de acadêmicos para os projetos de extensão; entre outras pautas.

O diretor de Ensino de Graduação, Marcelo Feldhaus, o diretor de Pesquisa e Pós-Graduação, Oscar Montedo, a diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias, Fernanda Sônego, e a gestora da Gerência de Atendimento ao Estudante, Mira Dagostin, também participaram do encontro. Conforme a Reitora, todas as situações levantadas serão discutidas com a equipe com a intenção de avaliar novas possibilidades e de tornar realidade o máximo de reivindicações possível. 

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 13 de agosto de 2018 às 22:32
Compartilhar Comente

Cerimônia em gabinete marca formatura de 92 acadêmicos da Unesc

Cerimônia em gabinete marca formatura de 92 acadêmicos da Unesc
Momento foi de emoção para formados, amigos e familiares que celebraram a conquista da graduação (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

A noite desta terça-feira (7/8) jamais irá sair da memória da jovem Madalena Dibanzilua Antônio dos Santos, de 23 anos. Ela, que chegou da Angola há quatro anos em busca do sonho de se formar no curso de Administração de Empresas, foi uma das graduandas que colou grau em cerimônia especial no Auditório Ruy Hülse, na Unesc. Para Madalena, não há outra palavra que possa descrever o sentimento desse momento que não seja “realizada”. “Poder voltar para a Angola e levar o canudo para mostrar aos meus pais não tem preço. Esse era um dos sonhos especialmente da minha mãe e hoje estou realizando. É muita felicidade”, diz com sorriso largo.

Assim como ela, outros 91 estudantes têm agora esta noite registrada como marco de uma grande conquista. Após anos de dedicação eles colaram grau nos cursos de Administração de empresas, Administração Habilitação em Comércio Exterior, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Economia, Direito, Tecnologia em Gestão Comercial, Tecnologia em Gestão Financeira, Tecnologia em Processos Gerenciais e Tecnologia em Recursos Humanos.

A alegria e satisfação do encontro, conforme a Pró-Reitora Acadêmica Indianara Reynaud Toreti Becker, também é sentida pela universidade. “É uma alegria indescritível, pois o que nós temos de mais valioso aqui são as pessoas, são aqueles que fazem parte da nossa história e deixam sua marca. Além de sentir a emoção de cada um, vemos pais e mães radiantes vivendo esse sonho e isso é algo inigualável”, afimou.

Para a Pró-Reitora, cada acadêmico que passa pela universidade deixa a sua marca e faz parte do crescimento da instituição. “Tenho certeza que vocês se transformaram nesses anos que passaram pelas nossas salas de aula e saibam que também nos transformaram. A universidade só evolui porque todos vocês que fazem parte dessa história deixam sua marca também”, completou.

Como mensagem final, a Indianara lembra que os formados coloquem em prática os ensinamentos aprendidos, sempre levando o nome da instituição “Sejam Unesc. Honrem a Unesc e façam desse mundo um mundo melhor”, finalizou.

Familiares orgulhosos

Muitas foram as demonstrações de carinho e orgulho feitas por pais, familiares e amigos a cada nome chamado para subir ao palco. Entre os olhos brilhantes vistos na plateia estava o da mãe Teresinha Spillere. E não era por menos, já que ela aplaudia orgulhosa a conquista do filho Marcos Spillere, que acabara de concluir sua segunda graduação, desta vez em Administração Habilitação em Comércio Exterior. “É uma vitória muito grande. Ele já havia se formado em Direito na Unesc e seguiu com o outro curso. Minha filha também se formou aqui em Medicina. É um orgulho e uma emoção sem igual”, comentou.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 07 de agosto de 2018 às 21:50
Compartilhar Comente

Unesc e Sebrae dão pontapé inicial ao projeto Jornada Empreendedora

Unesc e Sebrae dão pontapé inicial ao projeto Jornada Empreendedora
Ação foi lançada de forma oficial na noite desta segunda-feira (6/8) no Auditório Ruy Hülse (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

Diante do Auditório Ruy Hülse completamente lotado por um público cheio de boas expectativas, foi iniciado de forma oficial na noite desta segunda-feira (6/8) o projeto Jornada Empreendedora, uma parceria entre a Unesc e o Sebrae Santa Catarina. A ação promete revolucionar tudo o que diz respeito a empreendedorismo dentro do campus através de ações especiais pensadas para professores, gestores e alunos com a intenção de criar ou inflamar a visão e o comportamento empreendedor em cada um dentro da sua realidade.

Na primeira atividade da ação estiveram presentes autoridades da universidade e do Sebrae, em âmbito regional, estadual e nacional, para assinatura do contrato inicial de 18 meses de parceria. Além do cerimonial, o evento contou ainda com uma palestra do Diretor Técnico do Sebrae SC, Anacleto Angelo Ortigara, dando início de forma imediata ao compartilhamento de conhecimento sobre o assunto proposto pela ação.

Conforme a reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, o incentivo e conhecimento voltado ao empreendedorismo foi um dos principais eixos apontados em seu Plano de Gestão e a noite desta segunda-feira marcou uma conquista muito significativa e de grande expectativa. “A universidade tem também esse papel de abrir caminhos para que todos possam empreender não só abrindo negócios, mas também em suas carreiras e vidas pessoais. Essa parceria grandiosa nos dará a oportunidade de fazer isso com um modo de trabalho inovador, dinâmico e proativo em diferentes áreas”, comentou.

Para Ortigara, a Unesc neste momento se coloca mais um passo à frente. “A universidade está em posição destacada ao apresentar de forma inédita no país essa alternativa de alto valor aos seus professores, colaboradores e estudantes. Para conseguir basta querer e a demonstração deste querer já está sendo dada hoje. Esse é um gesto grandioso que permitirá o acesso a conhecimentos valiosos e que certamente irão gerar muitos frutos para toda a região”, afirmou.

 

Transformação do sistema

A responsável por explicar a dinâmica das 29 ações que serão realizadas ao longo dos meses de projeto foi a consultora nacional do Sebrae, Luciana Matos Santos Lima. Conforme a profissional, o trabalho para implantação da Jornada Empreendedora iniciou em agosto de 2017 e chega em um momento histórico. “Para nós do Sebrae é um dia de muita emoção. Construímos esse projeto para que possa efetivamente contribuir para formação de todos vocês e temos convicção de que isso irá se tornar realidade”, comentou.

De acordo com Luciana, a ação vai muito além da simples inclusão de conteúdos sobre empreendedorismo “Só isso não basta. A gente precisa transformar o sistema. Agir nos professores, gestoras e em vocês, alunos. Vamos imbuir esses conhecimentos no DNA da universidade”, completou.

Entre as etapas citadas pela liderança estão trabalhos com os temas: Estímulo ao empreendedorismo; Fortalecimento do ecossistema empreendedor; Aproximação com o mercado e Redes de construção de conhecimento, sendo assuntos aplicados para todas as áreas do conhecimento.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 06 de agosto de 2018 às 22:11
Compartilhar Comente