Artes Visuais - Bacharelado

Unesc oferece arte e cultura sem sair de casa

Unesc oferece arte e cultura sem sair de casa
Professora Viviane Candiotto dará uma aula de forró na live de hoje dos Quintas Culturais (Foto: Divulgação) Mais imagens

As ações de cultura na Unesc foram redesenhadas para que a comunidade não fique sem acompanhar e prestigiar as iniciativas realizadas pelos diferentes agentes de cultura universitários, como o Setor de Arte e Cultura e a Sala Edi Balod. Nesta quinta-feira (16/4) o perfil do Instagram @culturaunesc (link direto) vai estrear a primeira live do projeto Quintas Culturais. Às 18h30, a professora da Universidade e coreógrafa da Cia de Dança Unesc, Viviane Candiotto, vai realizar uma aula de dança de salão, enfatizando um ritmo bem brasileiro, o forró.  |

As lives irão se repetir todas as quintas-feiras, sempre com um conteúdo diferente. A coordenadora do Setor de Arte e Cultura da Unesc, Amalhene Baesso Reddig, antecipa que a equipe do setor está preparando diversas lives e challenges para levar conteúdos e práticas culturais, além de oficinas práticas como as de desenho, origami, produção de brinquedos, canto, piano e música instrumental. “Pensamos que mesmo neste momento de distanciamento social em que estamos preocupados, a arte e a cultura talvez possam dar certo conforto e momentos de descontração o que sabemos, ajuda muito a cuidar da nossa saúde emocional”, conta. 

Às lives do Quintas Culturais somam-se outras ações, como a reprodução de vídeos da participação do Coral Unesc e da Cia de Dança em festivais, concertos e as exposições de artes no campus no canal da Unesc TVLink para Espaço Cultural Unesc no canal Unesc TV.  

Sala Edi Balod em Home Office 

Neste período de distanciamento social em função da pandemia de coronavírus, a Sala Edi Balod – Espaço de Exposições e Laboratório de Artes Visuais e Curso de Artes Visuais – Bacharelado e Licenciatura da Unesc também está realizando atividades virtuais. Por meio do projeto Sala Edi Balod em Home Office, as redes sociais do local são abastecidas com uma programação, que inclui visitas a ateliês de artistas, exposições no espaço virtual, podcast com entrevistas, grupo de leitura, sessões de cinema e debates e lançamento de catálogos. 

A coordenadora da Sala Edi Balod, Daniele Zacarão, explica que o objetivo é proporcionar espaços para formação e fruição no campo das artes, assim como, oportunizar o acesso à cultura de forma gratuita. “A coordenação da Sala pensou nesta iniciativa e logo alunos e egressos do curso de Artes Visuais da Unesc abraçaram a ideia. Temos oito estudantes e quatro egressos envolvidos. Todas as terças conteúdos novos serão divulgados”, conta a professora da Unesc. 

Canais do projeto

Sala Edi Balod no Instagram 
Sala Edi Balod no Facebook 

Seleção de projetos para Espaço Cultural Unesc 

Logo estaremos juntos novamente e pensando nisso, a Universidade prorrogou as inscrições para o Edital de Seleção de Projetos para o Espaço Cultural "Toque de Arte Unesc" até o dia 30 de abril. Serão selecionados três projetos com a temática “Criciúma 140 anos de História, Patrimônio e Poéticas Urbanas”, e os artistas receberão cachê cultural pela exposição de suas obras na Universidade. 

O edital para seleção de projetos para exposições temporárias está aberto para artistas, coletivos, colecionadores, curadores e instituições de Santa Catarina. Os selecionados serão divulgados em 15 de maio. 

Mais informações pelo e-mail cultura@unesc.net.

Confira o edital

Milena Nandi – Agência de Comunicação

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

16 de abril de 2020 às 15:39
Compartilhar Comente

Espaço Cultural da Unesc seleciona trabalhos na temática “Criciúma 140 anos de História, Patrimônio e Poéticas Urbanas”

Espaço Cultural da Unesc seleciona trabalhos na temática “Criciúma 140 anos de História, Patrimônio e Poéticas Urbanas”
Edital do Espaço Toque de Arte abre inscrições para trabalhos artísticos a serem expostos na Universidade (Foto: Divulgação) Mais imagens

Artistas, coletivos, colecionadores, curadores e instituições de Santa Catarina têm, na Unesc, mais uma grande oportunidade de apresentar seus trabalhos. Foi lançado o Edital 076/2020, que torna pública a abertura de inscrições para seleção de projetos para o Espaço Cultural Unesc Toque de Arte em 2020.

O Projeto Exposições Temporárias do Espaço Cultural Toque de Arte Unesc é contemplado pelo Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura e seleciona três trabalhos, que nesta edição devem seguir a temática Criciúma 140 anos de História, Patrimônio e Poéticas Urbanas.

O período de inscrição das propostas foi aberto nesta quarta-feira (4/3) e segue até o dia 30 de março. Os artistas serão avaliados por três profissionais, conforme previsto no edital, e receberão cachê cultural.

As propostas podem ser inscritas ao entregar o documento pessoalmente no Setor Arte e Cultura – Bloco P, sala 11; encaminhando projeto em único arquivo para o e-mail cultura@unesc.net ou ainda encaminhando pelo correio. O resultado final será divulgado no dia 8 de abril.

Confira aqui o edital completo.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

04 de março de 2020 às 15:45
Compartilhar Comente

Abertura oficial marca chegada da exposição Laborativo Unboxing à Sala Edi Balod

Abertura oficial marca chegada da exposição Laborativo Unboxing à Sala Edi Balod
Evento recebeu acadêmicos e professores na noite desta sexta-feira (1/11) (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

A exposição Laborativo Unboxing, do artista egresso do curso de Artes Visuais da Unesc, Mauricio Bittencourt, já toma conta da Sala Edi Balod – Espaço de Exposições e Laboratório. O material é um desdobramento da obra Laborativo Inbox (2015), que participou do Projeto “Galeria de Arte vai à Escola” do SESC Criciúma, circulando por escolas do município. A proposta do artista é de que, a partir da nova fase, o trabalho receba a participação dos visitantes e se transforme.

Conforme relata Mauricio, a exposição trata-se de um objeto-caixa (urna) composto por gavetas que são entradas (inbox) e saídas de informação. “A caixa dá e pede em troca, assim como nas relações humanas. Ela pede e dá ideias, sugestões, reflexões, busca ser agente transformador de sujeitos e em contrapartida ser transformado por ele por meio de sua urna coletora”, descreve no projeto.

Marcadas nas paredes as propostas de “Dê um Conselhos – Resolva uma Inconveniência – O que refletiu?” a exposição interage com os visitantes, que fazem parte do jogo de significados.

De acordo com Maurício, o título da exposição brinca com a proposta comum entre blogueiros chamada “unboxing” de abrir caixas de presentes junto de seus seguidores. “Foi uma brincadeira com esse termo que está bastante em alta, fazendo a relação com abrir a caixa do projeto junto com os novos visitantes, promover uma interação entre os dois momentos da exposição”, explicou.

A partir da abertura da exposição, conforme o artista, novas relações serão feitas. “Vamos categorizar aquilo que já está misturado e criar novas respostas aos questionamentos expostos nas paredes, assim tudo vai ganhando novos significados”, complementou.

Conforme a coordenadora da Sala Edi Balod, professora Daniele Zacarão, é uma honra para a Universidade receber o egresso agora como artista expondo seu trabalho. “Ficamos muito felizes pela inscrição e aprovação desse projeto no edital da Sala. Teremos aqui um novo desdobramento do projeto que começou lá em 2015 de forma muito especial e agora ganha outra proposta”, destacou.

O material fica exposto até o dia 14 de novembro para visitação e, logo, participação. A Sala Edi Balod recebe visitantes nas segundas, quintas e sextas-feiras das 14h às 18h, na terça-feira das 14h às 22h e na quarta-feira das 9h às 18h.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 01 de novembro de 2019 às 20:24
Compartilhar Comente

Exposição Zona de Coexistência Outros Diálogos está aberta para visitação

Exposição Zona de Coexistência Outros Diálogos está aberta para visitação
Sala Edi Balod recebe obras que são resultado de investigações poéticas de nove artistas (Fotos: Maria Julia Amboni) Mais imagens

Foi oficialmente aberta, na noite de terça-feira (17/9), a exposição “Zona de Coexistência Outros Diálogos”, na Sala Edi Balod, Espaço de Exposições e Laboratório de Artes Visuais.

A exposição conta com obras de Catia Hahn, Foliveira, Julio Soares, Karolyne dos Santos Pacheco, Kelen Pereira, Lara Cardoso, Larissa Bombazaro, Lucas Pereira Elias e Maria Julia Nandi Amboni.

O projeto é desenvolvido na disciplina Ateliê de Escultura, 2019-1, ministrada pela professora Odete Angelina Calderan, do Curso de Artes Visuais Bacharelado. Ele contempla investigações poéticas dos nove artistas, ligadas a diferentes modos de experimentar a tridimensionalidade na contemporaneidade, por meio de escultura, instalação, performance e outros.

Entre os focos da exposição está possibilitar zonas de coexistência em desafios interdisciplinares, entre os cursos de Artes Visuais, Arquitetura e Urbanismo e do Horto Florestal, articulados aos processos artísticos, as experimentações, as reflexões e desdobramentos poéticos heterogêneos, pessoal e coletivo. 

A exposição ficará aberta para visitação até o dia 4 de outubro. A Sala Edi Balod recebe visitantes nas segundas, quintas e sextas-feiras das 14h às 18h, na terça-feira das 14h às 22h e na quarta-feira das 9h às 18h.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 18 de setembro de 2019 às 18:07
Compartilhar Comente

Sala Edi Balod recebe performance Masculino/Feminino

Sala Edi Balod recebe performance Masculino/Feminino
Artista Breno Stern realizará apresentações nesta terça e quarta-feira (Foto: Arquivo) Mais imagens

A Sala Edi Balod da Unesc será palco nesta terça e quarta-feira (20 e 21/8) da performance Masculino/Feminino, do artista Breno Stern. A performance será realizada em duas etapas: a primeira, nesta terça-feira, às 19h20 e a segunda, nesta quarta-feira, às 16 horas. Em cada etapa, Stern escolherá aleatoriamente uma pessoa do público para produzir um retrato vivo, com técnica a ser definida de acordo com o modelo.

Breno Stern vive a arte há mais de 35 anos. Formado em Direito e egresso do curso de Licenciatura em Artes Visuais da Unesc, o artista plástico nascido em Porto Alegre já realizou mais de 85 exposições com obras inspiradas no próprio ser humano e suas atitudes.

Em seus desenhos de paisagens e retratos, Stern usa diferentes técnicas e materiais, entre eles, o carvão austríaco e tcheco, giz de cera japonês, pastel inglês, canetas belgas e papel Arche.

Milena Nandi – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 20 de agosto de 2019 às 15:07
Compartilhar Comente