Artes Visuais - Bacharelado

Unesc forma mais de 150 profissionais nesta terça-feira

Unesc forma mais de 150 profissionais nesta terça-feira
Cerimônias foram realizadas de forma virtual e transmitidas pelo YouTube para mais de 4 mil espectadores (Fotos: Reprodução) Mais imagens

Celebração. Essa foi a palavra que marcou a terça-feira (22/12) na Unesc. Nesta data a Universidade protagonizou quatro cerimônias de Colação de Grau Especiais Virtuais. Transformaram-se, de estudantes para profissionais, graduandos dos cursos de Artes Visuais, Ciências Biológicas, Direito, Educação Física Bacharelado e Licenciatura, Engenharia Civil, Engenharia de Agrimensura e Cartográfica, Letras, Matemática, Medicina e Psicologia.

As cerimônias, transmitidas ao vivo pelo canal da Unesc TV no YouTube, foram assistidas por mais de quatro mil pessoas e seguem disponíveis na página. De médicos, a professores, advogados e engenheiros, todos fizeram seus juramentos e tiveram o grau outorgado de forma oficial.

Na cerimônia que conferiu grau a 18 novos médicos de forma antecipada em virtude da pandemia de Covid-19 o sentimento dos formandos foi de gratidão e incentivo uns aos outros. Além de relembrarem momentos dos anos de graduação e deixarem seus desejos de prosperidade na profissão que se inicia oficialmente após o ato, os graduandos deixaram ainda mensagens especiais aos seus pais.

A conquista do diploma neste dia, conforme uma das oradoras da turma, Paula Martins Goes, se deve ao incentivo e apoio daqueles que foram os pilares que os sustentaram. “Tudo o que aprendemos durante a jornada acadêmica foi um complemento do que aprendemos com vocês, que nos ensinaram como crescer com perseverança, foco, determinação e caráter. Hoje nos tornamos não apenas médicos, nos tornamos médicos dignos e responsáveis. Esse título é dedicado inteiramente a vocês”, salientou.

Na cerimônia que formou engenheiros civis e agrimensores e cartográficos, advogados, licenciados em Artes Visuais e bacharéis em Direito, a responsável por discursar em nome das turmas, Renata Ribeiro Costa Machado, destacou também os sentimentos vividos diante de uma formatura diferente do sonhado, mas ainda assim cheia de significado. “Essa é apenas uma das tantas vitorias que ainda estão por vir. Tínhamos tudo para enxergar o copo meio vazio, mas fizemos tudo para ver o lado meio cheio. Que agora esse copo transborde! Parabéns a todos nós! Nós vencemos”, comemorou com os colegas.

Representando a Universidade participaram das cerimônias de Colação de Grau Especial às 10h, às 15h, às 19h e às 21h30 a reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, a pró-reitora Indianara Reynaud Toreti e o diretor de Ensino de Graduação, Marcelo Feldhaus.

Ao homenagear os formandos da noite, Feldhaus fez questão de deixar pedidos especiais aos agora egressos da Universidade. “Peço que que não esqueçam o juramento de suas profissões em nenhum dia de suas vidas e o deem efetividade. Sejam instrumento de transformação da nossa realidade e de quantas mais consigam alcançar e tenham orgulho de fazer parte da história de uma das melhores e mais lembradas instituições do Sul do Brasil, uma Universidade Comunitária de extrema grandeza que forma profissionais de excelência em todas as áreas”, dedicou aos graduandos.

Confira abaixo cada uma das cerimônias transmitidas no canal da Unesc TV no YouTube:

Psicologia, Letras, Ciências Biológicas, Geografia Licenciatura e Direito:

Medicina:

Eng. Civil, Eng. De Agrimensura, Matemática, Artes Visuais, Direito:

Educação Física:

Mayara Cardoso - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

22 de dezembro de 2020 às 22:20
Compartilhar Comente

Estudantes e egressos da Unesc são aprovados no edital da Lei Emergencial Cultural Aldir Blanc de Criciúma

Estudantes e egressos da Unesc são aprovados no edital da Lei Emergencial Cultural Aldir Blanc de Criciúma
Lista dos contemplados foi divulgada nesta quarta-feira (9/12), pela Fundação Cultural de Criciúma (Fotos: Arquivo) Mais imagens

Os estudantes e egressos dos cursos de Teatro e Artes Visuais da Unesc tiveram 11 projetos aprovados no edital da Lei Emergencial Cultural Aldir Blanc de Criciúma. Ao todo foram 84 iniciativas inscritas em toda Criciúma. A lista dos contemplados foi divulgada nesta quarta-feira (9/12), pela FCC (Fundação Cultural de Criciúma).

A proposta de lei, em meio ao cenário pandêmico, teve dois vieses: de incentivar artistas com um recurso emergencial e, por consequência, colaborar para o enfrentamento da pandemia por meio da arte e da cultura. O edital foi publicado em junho de 2020, em meio ao isolamento social instaurado no Brasil.

Para a coordenadora de Artes Visuais e Teatro, Aurélia Regina de Souza Honorato, a representatividade da Lei e do engajamento dos artistas, estudantes e alunos neste momento tem muito significado. “Em tempo de pandemia, em nosso país, muitos discursos veiculados nas diferentes mídias desqualificam os campos da arte e da cultura, colocando-os em um patamar do supérfluo e desnecessário”, enfatizou a coordenadora de Artes Visuais e Teatro, Aurélia Regina de Souza Honorato.

A resposta positiva de quem tem na arte seu instrumento de vida se coloca então como uma resposta, além de colaborar para a saúde mental das pessoas e também para entretenimento em casa. “Nós sabemos que o corpo é tríade: alma, mente e físico. Esta legitima as dimensões que compreendem o corpo que temos. Somos razão, emoção e sensação. Não podemos negar que esta situação de pandemia nos afeta nestas diferentes dimensões. E muitos artistas e pensadores nos ajudam a refletir, e com isso nos ajudam a lidar com nossos desafios diários. Artistas e produtores de cultura se viram desassistidos neste momento e o público também, pois a arte com sua potência move a vida”, evidenciou a coordenadora.

Estudantes contemplados

Artes Visuais Licenciatura: Renata Ribeiro e Vinícius da Silva Martins.

Artes Visuais Bacharelado: Maria Júlia Amboni.

Teatro: Ana Paula da Silva Bertolina.


Egressos contemplados


Artes Visuais Bacharelado: Alice Meis e Priscila Shaucoski.

Artes Visuais Licenciatura: Breno Stern Cruz, Dori Búrigo e Cleusa Olavio Vieira.

Teatro egressos: Reveraldo Joaquim e Yonara Marques.

Leonardo Ferreira - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

11 de dezembro de 2020 às 16:52
Compartilhar Comente

Curso de Artes Visuais Unesc promove edição virtual do Ateliê em Fluxo

Curso de Artes Visuais Unesc promove edição virtual do Ateliê em Fluxo
Feira tem por objetivo valorizar e comercializar produções artísticas, fomentando a economia criativa local Mais imagens

Desde o início da pandemia provocada pela Covid-19, toda a sociedade precisou se adaptar rapidamente diante do cenário que se instalou. Trabalho, eventos, vida social, lazer. Tudo mudou. Na Unesc não foi diferente, e a edição 2020 do projeto Ateliê em Fluxo foi adaptada para o formato virtual.

Desta forma, durante o período de 24 de novembro a 22 de dezembro, será possível acompanhar pelas redes sociais do projeto, toda a programação artística da feira:

www.instagram.com/atelieemfluxo/ e https://atelieemfluxo.blogspot.com/

O Ateliê em Fluxo é uma experiência proposta anualmente pelo Curso de Artes Visuais da Unesc, configurando-se como uma feira de arte itinerante, que já ocupou espaços como o Campus da Unesc e a Praça Nereu Ramos, em Criciúma.

A feira está sendo promovida pelo curso de Artes Visuais, pelas acadêmicas da disciplina de Arte e Agenciamento Cultural, Marina Réus, ministrada pela professora Daniele Zacarão.

O Ateliê em Fluxo é uma experiência proposta anualmente pelo curso de Artes Visuais da Unesc, configurando-se como uma feira de arte itinerante, que já ocupou espaços como o Campus da Unesc e a Praça Nereu Ramos, em Criciúma.

O Ateliê em Fluxo tem como objetivo expor, fazer circular e comercializar produções artísticas, fomentando a economia criativa local, buscando conectar artistas, produtores artísticos ao público, fomentando a valorização, comercialização, divulgação e circulação de trabalhos de artistas, coletivos de arte, editoras de publicações independentes e empreendimentos criativos.

As inscrições para participar da feira são gratuitas. Artistas, coletivos de artes, editoras de publicações independentes e empreendimentos criativos interessados em terem suas produções divulgadas pelo Ateliê em Fluxo, deverão preencher o formulário. Clique aqui. 

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

27 de novembro de 2020 às 13:10
Compartilhar Comente

Projeto de estudantes de Artes Visuais da Unesc traz reflexões sobre cultura e protagonismo negro

Projeto de estudantes de Artes Visuais da Unesc traz reflexões sobre cultura e protagonismo negro
Uma das acadêmicas responsáveis pela exposição, Renata Machado, e o artista responsável pelas aquarelas, Lip Wadocha (Foto: Milena Nandi) Mais imagens

Falar sobre a cultura africana, negritude, chamar a atenção para o protagonismo negro e homenagear pessoas que estiveram e estão à frente de discussões étnico-raciais é a proposta da exposição “Diálogos Permanentes: Uma reflexão afrodescendente”. A mostra, é o resultado do projeto das alunas do curso de Artes Visuais Andreza Machado, Maria Julia de Jesus e Renata Ribeiro Costa Machado para a disciplina de Estágio IV, ministrada pela professora Silemar Maria Medeiros.

A série de retratos em aquarela “Voz Presente”, criada pelo egresso do curso de Artes Visuais da Unesc e aluno do Mestrado em Educação da Universidade, Lip Wadocha, poderão ser conferidas no estúdio do artista e ateliê de Renata, localizado na avenida dos Italianos, bairro Santa Augusta, em Criciúma, ou de maneira virtual, no Instagram @dialogospermanentes.

A ideia do grupo é trazer reflexões sobre a cultura africana além dos meses de maio e novembro, quando tradicionalmente os debates são realizados em virtude do Maio Negro e do Dia da Consciência Negra (20/11). Sobre a técnica escolhida para retratar as personalidades, o artista conta que escolheu a aquarela, que exige leveza, para falar de um assunto tão pesado quanto o racismo.

A receptividade foi tão boa, que de permanente, a exposição vai virar itinerante no pós-pandemia. “Era para ser apenas o nosso estágio obrigatório com uma exposição física e virtual, mas mesmo antes de começar, quando as pessoas retratadas foram vendo as aquarelas e conhecendo melhor ainda o projeto, começaram a fazer convites para que a exposição fosse para outros espaços, inclusive escolas e universidade, após a pandemia. Ela vai virar itinerante e a cada mês vamos aquarelando mais retratos de outras pessoas que representam o movimento negro”, afirma Renata. Segundo ela, a partir de agora, o projeto irá focar apenas em representantes da região.

Personalidades


A exposição traz retratos de 12 personalidades:

Nelson Mandela (líder negro e “Prêmio Nobel da Paz” pela sua luta contra o regime de segregação racial);
Martin Luther King (ativista negro que lutava por igualdade e não discriminação);
Malcolm X (líder negro que incentivava a resistência dos negros por “qualquer meio necessário”);
Zozibini Tunzi (primeira negra Miss Universo);
 Machado de Assis (considerado por muitos críticos, estudiosos, escritores e leitores o maior nome da literatura do Brasil);
Marielle Franco (defensora do feminismo, dos direitos humanos, tendo denunciado casos de abuso de autoridade por parte de policiais contra moradores de comunidades carentes);
Dona Maria (atriz principal do filme “Escolhedeiras”, em 2019);
Maria Estela (ativista negra criciumense);
Normélia Lalau (professora da Unesc e líder do Neab – Núcleo de Estudos Afro-brasileiros da Universidade);
Cintia dos Santos (professora e voz presente na luta contra o racismo);
Alex Voz do Gueto (atuante nas periferias de Santa Catarina, tem projetos sociais e luta contra o preconceito e racismo);
Alex Sander da Silva (professor e pesquisador da Unesc, atuante nos debates e luta antirracista).

Milena Nandi – Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

26 de novembro de 2020 às 16:50
Compartilhar Comente

Estudantes do curso de Artes Visuais participam de experiência cultural mediada

Estudantes do curso de Artes Visuais participam de experiência cultural mediada
Oportunidade também aconteceu no formato online para aqueles que não puderam vir à Universidade (Fotos: Arte e Cultura Unesc) Mais imagens

Um dia para vivenciar a arte e se reencantar com obras expostas na Unesc. Assim foi a terça-feira (29/9) da turma da disciplina Arte Catarinense, do Curso de Artes Visuais da Universidade. Conduzidos pela Professora Daniele Zacarão, os estudantes visitaram à exposição Reminiscências Poéticas, de José Carlos da Rocha, em uma experiência acompanhada pela mediadora cultural Alice Meis, do Setor de Arte e Cultura da Instituição. Além da ida ao espaço físico, também foi realizada uma transmissão ao vivo, via google meet, com os demais alunos que não conseguem ir a aula presencial.

Conforme Daniele, as exposições de arte são importantes espaços de formação para o curso de Artes Visuais, um dos motivos para o momento especial. “Estávamos com saudades de ter um contato mais próximo com a produção dos artistas. Foi uma experiência revigorante. A mediação foi envolvente, atendendo o espaço físico e virtual. Todos puderam compartilhar suas percepções. Reminiscências Poéticas é um trabalho que nos toca, nos sensibiliza e nos transforma. As produções artísticas narram a experiência de crescer em uma cidade carbonífera. São reminiscências do artista que se misturam com as nossas próprias memórias. Lindo e inspirador”, evidenciou.  

Mediadora, Alice também deu destaque a oportunidade de vivenciar a arte em um contato mais próximo. “Foi encantador ver e ouvir dos alunos a felicidade de estarem de volta a Unesc e ao espaço expositivo.”, contou. A exposição está aberta para visitação até dia 24 de outubro no Espaço Cultural Unesc Toque de Arte, localizado no Bloco Administrativo. Também existe a possibilidade de mediação virtual, com agendamento prévio, e um material de suporte foi construído para que professores possam utilizar em suas aulas como o conteúdo educativo online:

·         Documento com informações da exposição, artista, obras, espaço cultural e sugestão de ação educativa

·         Vídeo do processo de montagem da exposição

·         Vídeo da exposição, com plano geral e detalhes das obras, depoimento do artista, mediadora cultural e coordenadora do Setor Arte e Cultura Unesc 

·         Vídeo da abertura da exposição e diálogo com o artista

Espaço Cultural Unesc Toque de Arte completa 20 anos

Reminiscências Poéticas é a exposição número 129 do Espaço. O trabalho  foi aprovada no edital número 076/2020, com a temática “Criciúma 140 anos de História, Patrimônio e Poéticas Urbanas”, e pertence ao Projeto Exposições Temporárias do Espaço Cultural "Toque de Arte" Unesc, contemplado pelo edital Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura e Artes - Edição 2019, uma iniciativa do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da FCC (Fundação Catarinense de Cultura). 

Toque de Arte tem como objetivo incentivar a produção e a difusão da cultura, oportunizando o intercâmbio de conhecimentos entre a Universidade e a comunidade e contribuindo para o Acervo Artístico e Cultural da Unesc. “O campus é sempre um convite a apreciação. Viver a Unesc também passa por frequentar as exposições do Espaço Cultural, que há vinte anos se propõe a diálogos com a cultura, a arte e o público”, frisou Amalhene Baesso Reddig, coordenadora do Setor Arte e Cultura.


Estas duas décadas de existência foram acompanhadas de manifestações artísticas como performance, música, dança e lançamento de livros.  “Nossa formação cultural tem a ver com o que acessamos cotidianamente e isso nos nutre esteticamente, ampliando nossa capacidade de reflexão e convívio social”, completou Amalhene.

Leonardo Ferreira - Agência de Comunicação da Unesc

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

01 de outubro de 2020 às 14:04
Compartilhar Comente