Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT)

Ação propõe um Carnaval mais consciente

Ação propõe um Carnaval mais consciente
Iniciativa iniciou no campus da Universidade e passará pelo Iparque (Fotos: Leonardo Ferreira) Mais imagens

A Unesc já está em clima de Carnaval, com responsabilidade e informação. A equipe da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), em parceria com o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (Sesmt), montou seu bloquinho e visitou os setores da Universidade, levando conhecimento sobre saúde e distribuindo materiais de conscientização. A atividade foi realizada nesta quinta-feira (20/2). Na sexta-feira (21/2) a ação será realizada no Iparque (Parque Científico e Tecnológico).

A presidente da Cipa, Ana Paula Locatelli, comemorou o resultado positivo da iniciativa e a receptividade dos colaboradores. Segundo ela, o objetivo foi disseminar a proposta de um Carnaval seguro. “A equipe esteve engajada para pensar em festividades seguras e conscientes. Conversamos, fizemos festa e entregamos panfletos com informações importantes, tudo em nossa temática ‘Brinque no Carnaval! Só não brinque com a saúde’”, afirmou.

A rota do bloquinho iniciou no hall do Bloco Administrativo, passando pela Reitoria, blocos XXI, R, S, Clínicas Integradas e Horto. No Iparque a atividade iniciará às 8 horas e percorrerá todo o local.

Se você for para a folia, não se esqueça:

  • Use roupas leves;
  • Proteja seus pertences;
  • Se beber, não dirija;
  • Use protetor solar;
  • Use protetor solar;
  • Saiba ouvir e dizer não;
  • Use preservativo;
  • Fique perto dos amigos;
  • Hidrate-se bastante.

Leonardo Ferreira – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

20 de fevereiro de 2020 às 14:42
Compartilhar Comente

Unesc realiza simulado de emergência no campus

Unesc realiza simulado de emergência no campus
Professores, funcionários e estudantes participaram da ação nesta segunda-feira (Fotos: Milena Nandi) Mais imagens

Às 9h30 desta segunda-feira (25/11) parte do campus da Universidade foi tomado pelo som do alarme de incêndio. Em questão de minutos, os blocos de A à J e do N ao Q, a Biblioteca, o Museu de Zoologia, os blocos XXI A, B e C, o Bloco Administrativo e o prédio da Reitoria foram totalmente evacuados e os professores, funcionários e acadêmicos, levados para pontos de encontro de emergência. Uma vítima com ferimentos no braço também foi resgatada da Biblioteca. O relato anterior poderia ser real, mas fez parte do simulado de emergência realizado pela Brigada de Incêndio da Unesc, que teve como objetivo treinar os brigadistas e a comunidade acadêmica para possíveis incidentes.

Este foi o segundo simulado de emergência realizado no campus. O primeiro ocorreu em julho de 2018. Uma terceira atividade irá ocorrer em 2020, contemplando os demais blocos da Universidade e também o Iparque (Parque Científico e Tecnológico). Ao todo, a Universidade possui 180 brigadistas e do simulado desta segunda-feira, participaram aproximadamente 60 pessoas, entre brigadistas e profissionais da Inovarum, empresa que presta consultoria para a Universidade na área de Segurança do Trabalho. Para as atividades desta segunda-feira, os brigadistas se dividiram em três equipes (vermelha, azul e rosa).

O simulado foi uma realização do Sesmt (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) da Unesc, em parceria com a Inovarum. Os organizadores classificaram o resultado da atividade como excelente. Na simulação desta segunda-feira, foram envolvidos, além dos brigadistas, mais de 500 alunos, professores e técnicos-administrativos.


Segundo o coordenador do Sesmt, Edson da Silva, a preocupação do Serviço não é apenas com professores, alunos e funcionários, mas com todos que passam diariamente pela Instituição. “São cerca de 10 mil pessoas circulando pelo campus todos os dias e a preocupação é com cada um. O simulado nos ajuda a verificar o tempo resposta e onde estão nossos pontos fortes e onde devemos melhorar”, afirma o coordenador do Sesmt, ressaltando que o próximo passo é fazer um relatório com os dados do evento e analisa-los.

A colaboradora da Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Andréia Borges Bartolomeu, é brigadista desde 2018 e este foi o segundo simulado do qual participou. Para ela, a atividade colabora para aumentar os conhecimentos sobre o modo correto de se agir para evitar ou minimizar riscos e danos em situações de emergência. “Além dos simulados, eu e meus colegas de Brigada participamos de reciclagem de conhecimentos, cursos e capacitações. Tudo isso me faz sentir mais segura para tomar decisões e agir”.

A técnica em Segurança do Trabalho do Sesmt da Unesc, Ana Paula Tiscoski, explica que os simulados de emergência são obrigatórios e estão dentro da IN (Instrução Normativa) 28, que estabelece e padroniza as exigências para as Brigadas de Emergência. Segundo Ana Paula, as simulações fazem parte das ações desenvolvidas pelo Sesmt, que também englobam o Plano de Emergência, elaborados para cada local onde os simulados acontecem.

Durante a atividade, todos os procedimentos foram obedecidos, inclusive o contato com o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Samu. Antes da atividade ocorrer, a organização entrou em contato com a Diretoria de Trânsito e Transporte de Criciúma e a Universidade fez a divulgação do simulado para a comunidade acadêmica e externa.

Milena Nandi – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 25 de novembro de 2019 às 12:22
Compartilhar Comente

Unesc faz simulado de incêndio na segunda

Unesc faz simulado de incêndio na segunda
Mais imagens

A Unesc comunica a toda a comunidade acadêmica, bem como aos moradores e comerciantes dos arredores da universidade, que será realizado nesta segunda-feira, 25/11, um simulado de incêndio. A atividade acontecerá das 9 às 10 horas, nos blocos A ao Z, e bloco administrativo, coordenada pela Brigada de Emergência da Unesc. Trata-se de um procedimento realizado regularmente, obrigatório por lei, que visa a reduzir os danos causados em um eventual acidente, bem como preparar as equipes para uma situação real.
A Reitoria alerta que esse evento vai envolver a movimentação de ambulâncias, bombeiros e equipes de resgate, que farão parte da simulação, onde as autoridades de segurança estão previamente notificadas.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Ana Sofia Schuster 23 de novembro de 2019 às 08:34
Compartilhar Comente

Sesmt realiza ação de Outubro Rosa

Sesmt realiza ação de Outubro Rosa
Encontro reuniu mais de 30 colaboradoras (Fotos: Divulgação) Mais imagens

O Sesmt (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) promoveu, na última semana, diálogos com professora e funcionárias da Universidade. A ação, em alusão ao Outubro Rosa, também contou com uma sessão de cinema, onde as participantes assistiram ao filme Pronta para Amar.

O objetivo, segundo a secretária do Serviço e uma das organizadoras da atividade, Elizandra Sachete, foi orientar sobre a prevenção e o combate ao Câncer de Mama e Colo do Útero. “Vale ressaltar a importância de as mulheres realizarem o exame preventivo e, em outubro, aderirem a campanhas em prol da saúde feminina”, destaca Elizandra.

Durante a sessão, o encontro reuniu mais de 30 colaboradoras da Universidade, que ao fim dialogaram sobre o assunto e receberam uma cartilha de informações. A ação foi idealizada pela Médica do Trabalho do Sesmt, Mariana de Oliveira Presado Macarini de Souza.

Leonardo Ferreira - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Leonardo Ferreira Barbosa 24 de outubro de 2019 às 17:01
Compartilhar Comente

Encerramento da Sipat com espírito de confraternização na Unesc

Encerramento da Sipat com espírito de confraternização na Unesc
Equipe Verde foi a ganhadora da 4ª Gincana da Sipat (Fotos: Vitor Netto) Mais imagens

A confraternização e a interação entre colaboradores tomaram conta do encerramento da 13ª Sipat (Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho). O evento ocorreu na tarde desta terça-feira (17/9) no Auditório Ruy Hülse e contou com a participação das três equipes. Além da cerimôniade encerramento, o encontro contou com a última prova da 4ª Gincana da Sipat. No resultado geral, a equipe vencedora da gincana foi a Equipe Verde.

A Sipat tem o propósito de orientar e conscientizar os colaboradores sobre a importância da segurança no local de trabalho, evitando acidentes, e promovendo ações de saúde e qualidade de vida na Universidade. Junto à 13ª Sipat, ocorreu a 4ª Gincana da Sipat, que neste ano contou com a participação das equipes Verde, Preta (MIB Unesc) e Vermelha (Turma do Barulho), ficando respectivamente em primeiro, segundo e terceiro lugar.

Segundo a pró-reitora Acadêmica, Indianara Reynaud Toreti, ações internas como esta contribuem para um local de trabalho mais tranquilo e melhor para o trabalhador. “Quando falamos de Sipat falamos da nossa saúde em geral e das ações que contribuem para a melhor qualidade de vida dos trabalhadores. Devemos cuidar da nossa saúde e de nossos colegas”, enfatiza.

De acordo com o presidente da CIPA, Marlon Gonçalves Zilli, o objetivo da Comissão e da Sipat é de informar e prevenir. “Devemos fazer com que o colaborador saiba das ações preventivas e propague elas dentro da Universidade. Assim, vamos colaborar para um ambiente melhor para os trabalhadores”, comenta.

Conforme o coordenador do Sesmt (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) da Unesc, Edson Luís da Silva, a Sipat envolve, entre outros sentimentos, a razão mais pura de trabalhar na Universidade. “Devemos olhar para o nosso próximo e agradecer por estarmos juntos. Se estivermos unidos e nos ajudando, vamos cuidar tanto da Universidade como de nós mesmos”, coloca.

O encontro contou com uma atividade de recreação com o residente multiprofissional em Atenção Básica da Unesc, Antônio Carlos da Silva, que ministrou uma aula de zumba aos participantes.

Após a atividade, o encerramento contou também com a última prova da gincana, que foi a ação de teatro. A Equipe Vermelha envolveu a temática "AIDS, Sífilis e demais Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs)", a Equipe Verde "Segurança do Trabalho e o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs)" e Equipe Preta, "Cultura de Paz no Campus".

Vitor Netto - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Vitor Netto Henrique 17 de setembro de 2019 às 17:19
Compartilhar Comente