Newsletter Newsletter RSS RSS

Escolas da região aprendem sobre arqueologia e patrimônio na Unesc

Escolas da região aprendem sobre arqueologia e patrimônio na Unesc
Mais de 300 crianças já visitaram o Laboratório de Arqueologia (Fotos: Divulgação) Mais imagens

Estudantes de escolas públicas e particulares de Criciúma e região estão aprendendo sobre Educação Patrimonial na Unesc. Só no mês de março, mais de 300 crianças estiveram no Lapis (Laboratório de Arqueologia Pedro Ignácio Schmitz). As atividades têm o objetivo de demonstrar o que é a arqueologia e a importância da preservação deste patrimônio.

Para o coordenador do Lapis, Juliano Campos, estes projetos reforçam a missão institucional da Unesc, que por meio dos seus três pilares: ensino, pesquisa e extensão, promove a qualidade e a sustentabilidade do ambiente de vida. “As atividades de extensão apresentam-se como o intercâmbio necessário entre o ambiente universitário e as comunidades, constituindo-se na integração e na complementação entre o ensino e a pesquisa”, afirma.

Campos comenta ainda sobre a importância de aproximar a arqueologia dos estudantes. “Desta forma, as crianças vivenciam na prática os hábitos culturais dos grupos indígenas pré-históricos e históricos, e acabam por descobrir um passado que se estrutura através da cultura material, materiais arqueológicos, analisados pela equipe do laboratório”, ressaltou.

Participe

Além das atividades que ocorrem na Universidade, a equipe de educação patrimonial do laboratório também atende as instituições de ensino quem solicitam atividades de educação. As escolas que quiserem participar de atividades de educação e conhecer o laboratório de Arqueologia da Unesc podem agendar visitas de março a dezembro pelo telefone (48) 3444-3760 ou pelo e-mail arqueologia@unesc.net. Mais informações na página do laboratório (clique aqui)

 

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Mayra Antonio De Lima 27 de março de 2017 às 16:24
Compartilhar Comente

Pesquisadores da Unesc participam de evento de arqueologia em Portugal

Pesquisadores da Unesc participam de evento de arqueologia em Portugal
Museu de Arte Pré-Histórica de Mação abrigará o evento (Foto: Divulgação) Mais imagens

A Unesc participa, nos dias 28 e 29 de março, da 12ª edição das Jornadas Ibero-americanas de Arqueologia e Patrimônio, em Mação, Portugal. Pesquisadores do Lapis (Laboratório de Arqueologia Pedro Ignácio Schmitz) e do PPGCA (Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais) vão apresentar trabalhos. A Universidade é um dos parceiros do evento, que atrai arqueólogos, antropólogos e especialistas da América do Sul, Portugal, Itália e Espanha para compartilharem os seus estudos e as suas experiências científicas.

Os pesquisadores da Unesc vão apresentar os seguintes trabalhos:
- “Indústrias líticas dos concheiros litorâneos do Extremo Sul Catarinense: 3500 a 1500 anos antes do presente”. Autores – Cristian Michel Hildebrando; Marcos César Pereira Santos e Juliano Bitencourt Campos.
- “A Relação entre Matérias-Primas e Tecnologia Lítica no Território Pré-Histórico do Extremo Sul Catarinense, Brasil”. Autores – Juliano Gordo Costa; Marcos César Pereira Santos; Sara Raquel Mendes Cura e Juliano Bitencourt Campos.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 24 de março de 2017 às 18:23
Compartilhar Comente

Representantes da Petrobras participam de reunião na Unesc

Representantes da Petrobras participam de reunião na Unesc
Visita ocorreu nesta quinta-feira no Iparque e na Reitoria (Fotos: Leonardo Ferreira) Mais imagens

A Unesc recebeu a visita nesta quinta-feira (23/3) de representantes da Petrobras Logística de Gás, para um encontro sobre a conclusão dos PRADs (Plano de Recuperação de Áreas Degradadas), próximas ao Iparque (Parque Científico Tecnológico). Os técnicos da Petrobras também se reuniram com o reitor Gildo Volpato.

Durante a vinda do gerente da ICC (Indústria Carboquímica Catarinense), Leonardo Clemente, e técnicos que gerenciam e acompanham as obras de recuperação até a Universidade, foram abordados com a equipe do Iparque os cuidados necessários para manutenção da área que está em processo de recuperação, bem como a sua vigilância e monitoramento, além do uso futuro do local.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 24 de março de 2017 às 17:19
Compartilhar Comente

Túnel de Vento: Equipamento inovador e único no sul do Estado é inaugurado na Unesc

Túnel de Vento: Equipamento inovador e único no sul do Estado é inaugurado na Unesc
Instalação foi criada pelos próprios pesquisadores da Universidade (Fotos: Mayra Lima) Mais imagens

Nasce um projeto inovador, criado desde os primeiros rabiscos pelas mãos dos pesquisadores da Unesc. Na tarde desta quinta-feira (22/2), foi inaugurado no Iparque (Parque Cientifico e Tecnológico), da Universidade, o Túnel de Vento. A instalação permite observar, simular e pesquisar o comportamento do ar, entendendo os efeitos de sua passagem através de diversos modelos, como veículos, prédios, hélices, asas de avião, torres, entre outros.

Para o reitor, Gildo Volpato, o Túnel mostra a qualidade do trabalho da Universidade. “Nossos professores pesquisadores aplicaram teoria à prática e criaram um equipamento único no sul de Santa Catarina. Esse é mais um grande feito da Unesc, que se mostra cada vez mais preocupada com o desenvolvimento regional, provocando e reconhecendo o seu valor por meio da inovação”, comentou.

Segundo o diretor da UNA CET (Unidade Acadêmica das Ciências, Engenharias e Tecnologias), Evanio Ramos Nicoleit, os estudantes da Unesc, futuros profissionais, terão uma visão diferenciada por poderem utilizar o Túnel de Vento. “Eles estarão muito mais preparados ao entender de forma prática como funciona o comportamento do ar”, contou.

O diretor do Iparque, Marcos Back, o desenvolvimento do Túnel traz dois grandes protagonistas: os envolvidos e a tecnologia. “Esse equipamento traz a junção de nosso capital intelectual, por meio de nossos professores pesquisadores, com a nossa tecnologia. São grandes potencialidades”, ressaltou.

Entenda o Túnel de Vento

Os modelos a serem analisados são instrumentados com sensores, que podem medir pressões, forças, torques, velocidades, acelerações e ruídos. “A disponibilidade de um equipamento deste porte na região vai trazer inúmeros benefícios para instituições de ensino e empresas, pois diferentes estudos e desenvolvimentos poderão ser realizados com ele”, comentou o gerente do IDT (Instituto de Engenharia e Tecnologia) da Unesc, Ramon Silveira.

Com uma dimensão de 7,5 metros de comprimento, o Túnel de Vento traz uma velocidade máxima de até 60 km/h, com auxílio de simulações via softwares. Segundo Silveira, o ele é único no sul de Santa Catarina. “Considerando a escala do equipamento e as possibilidades de sua expansão e instrumentação, o Túnel pode ser considerado único no sul do Estado e poderá proporcionar inúmeros projetos inovadores”, comenta Silveira.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Mayra Antonio De Lima 23 de fevereiro de 2017 às 13:20
Compartilhar Comente

Unesc é única no sul do Estado a ter um Túnel de Vento

Unesc é única no sul do Estado a ter um Túnel de Vento
Equipamento é similar a esse modelo da Aerolab (Foto:Aerolab) Mais imagens

Observar, simular e pesquisar o comportamento do ar agora é possível na Unesc. Nesta quarta-feira (22/2), às 16h30, será lançado um Túnel de Vento no Iparque (Parque Cientifico e Tecnológico). A instalação, desenvolvida por pesquisadores da Universidade, permite analisar o movimento do ar ao redor dos itens inseridos dentro dele. Com isso, é possível entender os efeitos da passagem do ar através de diversos modelos, como veículos, prédios, hélices, asas de avião, torres, entre outros.

“Os modelos são instrumentados com sensores, que podem medir pressões, forças, torques, velocidades, acelerações e ruídos. A disponibilidade de um equipamento deste porte na região vai trazer inúmeros benefícios para instituições de ensino e empresas, pois diferentes estudos e desenvolvimentos poderão ser realizados com ele”, comentou o gerente do IDT (Instituto de Engenharia e Tecnologia) da Unesc, Ramon Silveira.

Com uma dimensão de 7,5 metros de comprimento, o Túnel de Vento traz uma velocidade máxima de até 60 km/h, com auxílio de simulações via softwares. Segundo Silveira, o ele é único no sul de Santa Catarina. “Considerando a escala do equipamento e as possibilidades de sua expansão e instrumentação, o Túnel pode ser considerado único no sul do Estado e poderá proporcionar inúmeros projetos inovadores”, comenta.

Para os estudantes da Unesc o equipamento servirá como um instrumento de aprendizado prático na verificação de efeitos geométricos, cinemáticos e dinâmicos sendo utilizado nas áreas de Engenharia Mecânica, Civil e Ambiental, além de Arquitetura e Design.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Mayra Antonio De Lima 20 de fevereiro de 2017 às 16:16
Compartilhar Comente