Ciência Unesc

Co-fundador e CEO da Leadership Development International faz palestras gratuitas na Unesc

Co-fundador e CEO da Leadership Development International faz palestras gratuitas na Unesc
Mais imagens

Com ênfase na liderança de processos produtivos resoluções de conflitos, a Unesc irá receber nos dias 13 e 14 de agosto a palestra “A Sabedoria na Liderança dos Negócios: As emergências das experiências chinesas do Dr.Chan Kei Thong”, ministrada pelo próprio Thong. Aberta a comunidade externa e a forma de acesso é por meio de 1 kg de alimento não perecível.

Entre as pautas abordadas estão “A sabedoria da Liderança” e “O negócio como missão”. A palestra do dia 13 o público alvo são os Gestores de Empresas e Entidades e Gestores  e professores da Unesc. Além disso, Thong também palestrará para a gestores de escolas e secretários de educação, no dia 14 de agosto. Professores e gestores da Universidade estarão participando de todas as etapas que compõem o evento. Este é um passo à frente no processo de envolvimento de Professores e Gestores da Unesc neste novo ciclo de Inovação tecnológica de processos, produtos na universidade.

Conheça o palestrante

Dr. Thong é membro da equipe da Singapore Cru há 40 anos e co-fundador e CEO da LDi (Leadership Development International). Sob sua liderança na LDi, o empreendimento se tornou um dos sistemas mais influentes na educação internacional, com escolas espalhadas pela China e no Oriente Médio. O orçamento anual da empresa chega aos 35 milhões de dólares, empregando mais de 800 funcionários.

O palestrante possui Diploma Técnico da Singapore Polytechnic, Bacharel em Ciências em Administra pela Universidade de Nova York, Mestrado em Artes em Estudos Bíblicos pela Escola Internacional de Teologia, Mestrado em Administração de Empresas pela Universidade Estadual da Califórnia e doutorado honorário da Trinity Western University. Atualmente ele ministra cursos on-line de liderança, por meio do programa de Mestrado em Artes em Liderança da Trinity Western University, além de orientar líderes da China e do Oriente Médio.

Veja a programação completa

13 de agosto - Para gestores de empresas e entidades e gestores e professores da Unesc

- 15 às 18 horas – A sabedoria da Liderança

- 19h30 às 21h30 – O negócio como missão

14 de agosto - Para gestores de escolas e secretários de educação, gestores e professores da Unesc

- 9 às 12 horas – A liderança nos processos educativos e a resolução de conflitos

- 14 às 17 horas – Princípios de liderança para a construção de comunidades

Vitor Netto - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Ana Sofia Schuster 09 de agosto de 2019 às 09:04
Compartilhar Comente

Museu de Zoologia participa do 5º Fórum Catarinense de Museus

O Museu de Zoologia Prof. Morgana Cirimbelli Gaidzinski da Unesc apresentarou nesta quarta- feira (17/07) seus relatos de experiência em educação em Museus, no 5º Fórum Catarinense de Museus (FCM). O evento é organizado pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio da coordenação do Sistema Estadual de Museus de Santa Catarina (SEM/SC), tendo na atual edição a parceria da Fundação Lagunense de Cultura. O Fórum é o maior evento do setor de museus em Santa Catarina, reunindo profissionais de museus, gestores públicos de cultura, educação, estudantes e interessados na discussão sobre patrimônio museal e a sua relação com a sociedade.

O evento aconteceu de 15 a 17 de julho, na cidade de Laguna, com o objetivo de ampliar o diálogo entre os museus, seus profissionais e demais membros da sociedade civil interessados na área. A programação faz parte, ainda, das atividades comemorativas dos 40 anos da FCC. O Museu de Zoologia apresentou uma de suas ações educativas desenvolvidas junto à comunidade escolar intitulada “Assembleia dos Bichos”, já premiada nacionalmente com o Prêmio Darcy Ribeiro de Educação 2016. A Assembleia dos Bichos foi concebida pelo Museu de Zoologia para dar voz aos animais que fazem parte de seu acervo e promover reflexões sobre os principais impactos ambientais responsáveis pela perda de nossa biodiversidade. 

Além de promover uma reflexão sobre os problemas ambientais e uma apropriação das possibilidades de solução para os mesmos, a Assembleia dos Bichos oportuniza aos seus participantes o desenvolvimento de habilidades que contribuem para o exercício da cidadania. 

Ana Sofia Schuster - AICOM UNESC

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Ana Sofia Schuster 18 de julho de 2019 às 18:30
Compartilhar Comente

Estudantes da região aprendem sobre arqueologia

Estudantes da região aprendem sobre arqueologia
Saída de campo ocorreu em Laguna e Jaguaruna (Fotos: Divulgação) Mais imagens

Alunos do sexto ano do Ensino Fundamental II do Colégio Rogacionista, tiveram a oportunidade de conhecer os sambaquis e as indústrias líticas associadas a estes grupos na região de Laguna e Jaguaruna. O grupo visitou nesta segunda-feira (26/6) os sítios arqueológicos Jabuticabeira I, Cabo de Santa Marta I e II, por meio do projeto de extensão "Arqueologia Pública no Extremo Sul Catarinense: Incentivando os Pequenos a Valorizar e a Preservar seu Patrimônio”.

A visita foi orientada pelos pesquisadores do Lapis (Laboratório de Arqueologia Pedro Ignácio Schmitz), ligado ao PPGCA (Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Unesc), Giovana Pereira e Juliano Gordo, com as professoras Lisiane Potrikus (História) e Bárbara Gerusa (Geografia).

Segundo o coordenador do LAPIS, Juliano Bittencourt Campos, os sítios arqueológicos visitados são de grande importância para a compreensão da ocupação pré-histórica desta região, uma vez que os sambaquieiros eram exímios construtores de estrutura sobre conchas, realizando verdadeiros monumentos que dominavam a paisagem do litoral brasileiro. Para ele, projetos como este reforçam a missão institucional da Unesc, “As atividades de extensão apresentam-se como o intercâmbio necessário entre o ambiente universitário e as comunidades, constituindo-se na integração e na complementação entre o ensino e a pesquisa”, comenta.

Contato para escolas

As escolas que quiserem participar de atividades de educação e conhecer o Laboratório de Arqueologia da Unesc, podem agendar visitas de agosto a dezembro pelo telefone (48) 3444-3760 ou pelo e-mail arqueologia@unesc.net.

Mais informações

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Milena Spilere Nandi 28 de junho de 2017 às 22:32
Compartilhar Comente

Aluno de Design carimba passaporte para estágio em Portugal

Aluno de Design carimba passaporte para estágio em Portugal
Oportunidade é fruto de concurso da fabricante porcelanas Vista Alegre (Foto: Divulgação) Mais imagens

O estudante João Luís Gomes, está na sétima fase de Design – ênfase em Projeto de Produtos da Unesc e já arruma as malas para passar três meses no exterior. Ele ficou em primeiro lugar no concurso realizado pela renomada fábrica de porcelanas, Vista Alegre, com alunos do curso da Unesc e como prêmio, vai fazer um estágio com despesas pagas na sede da empresa, em Aveiro, Portugal, a partir de setembro.

O resultado do concurso foi divulgado nos últimos dias e os alunos da Universidade desenvolveram projetos de uma caneca icônica para a marca. Gomes vai acompanhar todo o processo de design da Vista Alegre e lá, o seu projeto será aprimorado. No Brasil, além da Unesc, apenas a PUC do Rio de Janeiro tem essa parceria de estágio com a empresa. A fábrica foi fundada em 1824 em Portugal e atualmente oferece produtos em porcelana, cristal, vidro e cutelaria para consumidores como a família real britânica.

Para o coordenador do curso de Design, João Rieth, o aluno terá uma vivência única na residência da Vista Alegre, o que irá ampliar seu repertório profissional e cultural. “A oportunidade de participar do IDPool na empresa Vista Alegre traduz o DNA do curso: aproximar-se da iniciativa privada, entender suas complexidades produtivas e mercadológicas e participar de possíveis soluções, proporcionando assim o fechamento do ciclo do processo de ensino e aprendizagem. A experiência internacional ocorreu em consequência de outras experiências projetuais com as empresas da região, como Ceusa e Kleiner Schein”, afirma Rieth.

Segundo a coordenadora de design e marketing da empresa portuguesa Vista Alegre, Alda Tomás, os cinco projetos escolhidos como finalistas se destacaram pela apresentação cuidada e bem construída, pelo conceito interessante e bem fundamentado, originalidade, criatividade, empenho, boa solução estética em resposta à função pretendida. “Todos os projetos finalistas foram bastante imaginativos e foi visível a motivação dos acadêmicos, o que nos sensibilizou muito”, comenta.

Realização de um sonho


Nascido em Laguna, João Luís se mudou para Criciúma para fazer o curso de seus sonhos e nem imaginava que o desejo de ter uma experiência internacional se concretizasse antes de concluir o curso superior. “Vai ser a minha primeira viagem ao exterior. Penso em fazer uma pós ou um mestrado fora do Brasil, mas a oportunidade de ampliar meu conhecimento em outro país chegou bem antes”, conta o acadêmico. “Conseguir este estágio é colher os frutos dos meus estudos e das escolhas que eu fiz. É como se algo me dissesse que estou no caminho certo”, complementa.

Para desenvolver a sua caneca icônica, Gomes afirma que pensou em desenvolver algo que trouxesse experiências para o consumidor. “Cada aluno fez a sua leitura do que seria um projeto icônico, mas eu optei por trabalhar a linguagem, a comunicação do produto com quem o olhasse, sem esquecer as características da marca”.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Milena Spilere Nandi 27 de junho de 2017 às 18:01
Compartilhar Comente

Seminário de Filosofia aborda a arte como ferramenta social e cultural

Seminário de Filosofia aborda a arte como ferramenta social e cultural
Evento está com inscrições abertas para submissão de trabalhos (Foto: Arquivo) Mais imagens

A terceira edição do Seminário de Filosofia e Sociedade da Unesc já tem data marcada: dias 21 e 22 de novembro e os interessados em inscrever trabalhos para apresentação no evento, já podem encaminhar seus resumos para análise. Os trabalhos podem abordar as áreas de Linguagem, Literatura e Formação Cultural; Poética e Modos de Ser e Pensar; Filosofia, Ética e Estética; Filosofia Política, Democracia e Direitos Humanos; Ontologia, Liberdade e Existência ou Homem, Natureza e Cultura. A submissão pode ser feita até 13 de outubro.

O Seminário vai desenvolver atividades a partir da temática “Estética, Literatura e Filosofia Social” e tem como objetivo abordar a estética e a literatura não apenas como filosofia da arte e análise do belo artístico, mas também como instrumento de expressão cultural, moral e política. Para isso, além das palestras, haverá debates a respeito das obras produzidas por estudantes e professores.

A abertura do evento ocorre em 21 de novembro, às 19h15, no Auditório Ruy Hülse. Segundo o membro da comissão organizadora do Seminário, Jéferson Luís de Azeredo, o evento é aberto ao público em geral. “Estamos criando um espaço de discussão sobre o assunto que contemple também a comunidade externa. Neste ano, o debate gira em torno da estética e literatura como formas de produzir sujeitos, abertos a autonomia e formação social”, comenta o professor da Unesc.

O Seminário de Filosofia e Sociedade abriga o 4º Colóquio sobre Educação, Formação Cultural e Sociedade, ligado ao Gefocs (Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação, Formação Cultural e Sociedade) da Unesc.

O evento tem o apoio da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, UNA HCE (Unidade Acadêmica de Humanidades, Ciências e Educação) da Unesc e da Fapesc (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina).

Mais informações

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Milena Spilere Nandi 27 de junho de 2017 às 20:38
Compartilhar Comente