Editora

Promoção Livro do mês continua em 2020

Promoção Livro do mês continua em 2020
Mais imagens

Iniciamos o ano de 2020 com o livro “Cultura e natureza em Ibiraquera: poesia e conflitos numa comunidade tradicional" abrindo a promoção deste ano. Esta é uma obra que se insere no campo interdisciplinar, do qual faz parte a Psicologia Ambiental, e na escuta dos nativos que habitam o lugar. Os capítulos revelam que a apropriação do espaço é compreendida nos conceitos de identidade de lugar, laços com o lugar, personificação do lugar, na manutenção da cultura local ou na saudade de alguns eventos psicossociais já desaparecidos. Os relatos mostram-se repletos de simbologias, significados, lugares sagrados e estéticos, afetividade ao espaço físico, social e cultural de Ibiraquera. Observa-se que há uma transição entre o tradicional, o moderno e o pós-moderno advinda em grande parte com o turismo, tido em alguns momentos das narrativas como positivo e na maioria das entrevistas como desagrado, desconfiança, ameaça ao espaço natural e cultural da comunidade. Este novo modelo de organização sociocultural trazido com a pós-modernidade encontra resistência pelos habitantes do lugar, revelando um processo de não apropriação deste novo modo de vida. Esta obra traz uma contribuição científica que repercute na integração com os diversos saberes científicos e populares – inter e transdisciplinares - revelando uma dialogicidade pertinente à qualidade e sustentabilidade dos ambientes costeiros com modos de vida tradicional e, por fim, pretende motivar pesquisadores, leitores, turistas e nativos para compreender a topofilia da comunidade tradicional de Ibiraquera-SC.”

Seu valor original é de R$ 56,00, e será vendido ao valor de R$ 10,00 até o dia 29/02/2020.

Por: Aline Demboski 10 de fevereiro de 2020 às 09:13
Compartilhar Comente

Personagem Vitorino encanta crianças no lançamento de livro do Museu de Zoologia da Unesc

Personagem Vitorino encanta crianças no lançamento de livro do Museu de Zoologia da Unesc
Professora Morgana Cirimbelli Gaidzinski foi a responsável por narrar a história educativa para as crianças presentes (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

A dedicação da professora Morgana Cirimbelli Gaidzinski ao Museu de Zoologia da Unesc que leva seu nome deu novos frutos. O mais novo resultado de tamanho empenho ao projeto é o livro “Vitorino, a Tartaruga Vitoriosa”, lançado oficialmente na tarde desta segunda-feira (25/11). Em um evento que recebeu crianças do Colégio Unesc e do Bairro da Juventude oferecendo-lhes a sensação de estar dentro do mar, Morgana apresentou a história do novo personagem que faz parte do universo que ajuda o Museu a ensinar sobre educação ambiental.

A obra, que foi escrita por Morgana Cirimbelli Gaidzinski e ilustrada por Vamber Cabral sob edição da Ediunesc, tem o importante apoio da Polícia Militar Ambiental e foi distribuída gratuitamente para as crianças que lotavam o auditório Ruy Hülse.

A aluna do terceiro ano do Bairro da Juventude, Alice Mundes Fernandes, de nove anos, foi uma das crianças que se encantou com o que viu na visita à Unesc. Conforme ela, entre tantas coisas que gostou na tarde diferente que viveu na Universidade, uma lhe chamou mais a atenção. “Gostei muito do cinema”, destacou, referindo-se ao ambiente montado no Auditório para a contação da história e para o lançamento. Alice não conteve a alegria ao receber seu exemplar do livro do personagem Vitorino, compartilhando com as amigas a felicidade de ver as ilustrações e os diferenciais do livro.

Momentos gratificantes

Para a autora da obra e criadora do Museu, a tarde desta segunda-feira foi simplesmente gratificante. “Não dá para explicar a alegria de ver as crianças participando da contação da história, dedicando atenção ao momento”, apontou Morgana.

A ideia, conforme a professora, foi oferecer um ambiente alegre e lúdico, que envolvesse os pequenos no universo do meio ambiente e da cultura. “Queríamos, e acredito que conseguimos, atingir os sentimentos deles, as emoções, coisas que se alcança também com o universo da leitura e queremos passar por meio da educação ambiental”, completou.

O lançamento oficial do livro contou com a participação de representantes da Polícia Militar Ambiental, da Fundação Catarinense de Cultura, da Secretaria de Educação de Criciúma, da direção do Colégio Unesc, da diretora da Extensão, Cultura e Ações Comunitárias da Unesc, Fernanda Sônego, da assessora do gabinete da reitoria, Tatiane Macarini e do editor-chefe da EdiUnesc, Dimas de Oliveira Estevam, entre outras autoridades e visitantes.

A história

O livro narra a história de Vitorino, uma tartaruga marinha que enfrentou inúmeros desafios ao longo de sua vida nos oceanos, mas que conseguiu vence-los e, por isso é uma tartaruga vitoriosa.

Conforme Morgana, durante a narrativa Vitorino apresenta ao leitor as belezas do fundo do mar e também a fragilidade com que o ambiente marinho se encontra, devido aos diferentes impactos ambientais responsáveis pela perda da biodiversidade nos oceanos, como as redes de pesca, o derramamento de óleo e de esgoto doméstico, além do lixo jogado no mar. “A história de Vitorino apresenta também o ciclo de vida das tartarugas marinhas e curiosidades sobre a algumas espécies da fauna marinha como: a foca Vick, o lobo-marinho Teco, o polvo Octus e a baleia Frida”, acrescenta.

O livro aborda ainda a relação de Vitorino com o Museu de Zoologia da Unesc, desde a sua chegada, seu convívio com a equipe do Museu e suas descobertas sobre a importância do projeto na preservação da natureza por meio de suas práticas e ações educativas.

Vitorino acaba se tornando um personagem do Museu, e até é o porta-voz dos animais marinhos estabelecendo uma relação de interação com os visitantes levando de forma lúdica e divertida a mensagem do Museu de preservação e respeito à vida. 

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 25 de novembro de 2019 às 17:47
Compartilhar Comente

Curso de Engenharia Civil lança primeira edição impressa de Revista Técnico-científica

Curso de Engenharia Civil lança primeira edição impressa de Revista Técnico-científica
Publicação é resultado de parceria com a EdiUnesc (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

A noite desta terça-feira (12/11) ficará marcada na história do curso de Engenharia Civil da Unesc por representar mais um grande passo dado em sua história. Nesta data, no Auditório Ruy Hülse, foi lançada a primeira edição impressa da Revista Técnico-científica da Engenharia Civil Unesc, publicação realizada em parceria com a EdiUnesc. O evento de lançamento contou com palestra ministrada pela professora doutora Melissa Watanabe com a temática “Empreendedorismo na Construção Civil”.

Para o coordenador do curso, Márcio Vito, o lançamento é um fato a ser celebrado. “Sinto muito orgulho e satisfação ao comemorar essa conquista. É um trabalho feito a várias mãos com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento racional e sustentável da construção civil”, ressaltou.

Representando a reitoria da Universidade, a diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias, Fernanda Sônego, destacou a alegria de concretizar mais um projeto como a revista lançada e a importância de tal conteúdo diante do cenário da construção civil. “Desejamos que esta revista impressa possa estimular e oferecer um olhar ampliado para os cenários. Que ela possa contribuir para transformações, mudanças, aonde quer que ela chegue. Só temos a agradecer ao empenho ao projeto e ao curso, assim como ao trabalho da nossa editora”, completou.

O editor-chefe da EdiUnesc, Dimas de Oliveira Estevam, agradeceu pela oportunidade de realizar a parceria com o curso para publicação de material de tamanha qualidade e que amplia os trabalhos realizados pela editora. “Sabemos que não é nada fácil estar à frente de projetos como este, que envolvem diferentes pessoas e muita informações, mas o esforço é válido e resulta em trabalhos importantes para todos os envolvidos”, analisou.

Ao final do evento, com as palavras da editora-chefe da Revista Técnico-científica da Engenharia Civil Unesc, Elaine Guglielmi Pavei Antunes, acompanhada do editor de sessão, Álvaro José Back, o material foi oficialmente lançado e distribuído entre os presentes. “Nós representamos uma família, uma equipe, que se engajou nessa ideia. Queremos agradecer ao Sinduscon, ao Crea, à Editora, ao Aicom da Unesc, que acreditaram e confiaram, trabalhando conosco a todo momento”, enfatizou orgulhosa.

Esta é a terceira edição da publicação, sendo que as duas primeiras foram disponibilizadas apenas no formato online.

Apoiadores da publicação

Para o presidente do Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Sul Catarinense), Mauro Sônego, o momento significa uma grande oportunidade de parceria entre as instituições. “É uma felicidade compartilhar com vocês este momento tão relevante para o curso. Desejamos que essa seja a primeira de muitas parcerias com o curso de Engenharia Civil e com a Unesc, que tanto tem a nos oferecer em estrutura física e intelectual. Como contrapartida oferecemos um laboratório de experimentação, a própria indústria, que pode e deve ser mais usada no processo de apropriação do ensino, pesquisa e extensão”, salientou.

Representando o Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina), o Diretor Regional de Criciúma, Ingo Eugênio Dalpont Werncke, egresso da Unesc, agradeceu a acolhida e a energia recebida ao estar novamente na Universidade. “Me sinto muito honrado e em estar aqui. Hoje em Criciúma temos 2.554 profissionais, sendo praticamente metade da área da engenharia civil, o que mostra a grandeza e a importância para nossa região”, completa.

Ensinamentos compartilhados

A palestra ministrada no evento de lançamento do material foi preparada pela professora Melissa Watanabe com a intenção de apresentar questões com olhar para o futuro e de que formas o profissional da área pode olhar para esse cenário. “Apresento a vocês, ao mesmo tempo, tecnologias muito avançadas, que logo devem fazer parte da realidade da profissão, e coisas simples para necessidades básicas e os dois são oportunidade de negócio. Quero que vocês levem isso na lembrança, a ideia de que ambos os caminhos são promissores. Além disso, é o que sempre digo, entre ganhar dinheiro e fazer o bem, escolham os dois”, pontuou.

Mayara Cardoso - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 12 de novembro de 2019 às 23:01
Compartilhar Comente

Professores da Unesc lançam livro com teoria e experiências envolvendo a extensão

Professores da Unesc lançam livro com teoria e experiências envolvendo a extensão
Reitora Luciane Bisognin Ceretta é um dos organizadores da obra (Fotos: Milena Nandi) Mais imagens

A obra “Inserção Curricular da Extensão – Aproximações teóricas e experiências – Volume XI”, que reúne textos de 20 autores, entre pesquisadores e extensionistas, foi lançada na manhã desta quinta-feira (24/10). Publicado pela EdiUnesc, o livro é organizado pelos professores doutores da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta e Reginaldo de Souza Vieira. O lançamento da obra integrou a programação da 10ª Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc.

O livro é fruto da união entre as instituições comunitárias de Ensino Superior que fazem parte da chamada Câmara Sul, envolvendo os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarine e Paraná, do ForExt (Fórum Nacional de Extensão e Ação Comunitária das Universidades e Instituições de Ensino Superior Comunitárias).

A reitora da Unesc comenta que a obra marca um período importante da Universidade, quando foi possível ressignificar a extensão e colocá-la em um patamar de horizontalidade com as outras dimensões do ensino e da pesquisa. “A extensão coloca a Unesc como protagonista na elaboração dessa obra junto à Câmara Sul. Foi um momento muito rico de parceria com todas as instituições. Tenho certeza que elas contribuíram muito para solidificar essa compreensão e importância de Universidade Comunitária. A extensão é quem faz essa comunicação com a sociedade, com os projetos transformadores que temos”, afirma Luciane.

Segundo Vieira, a obra é o resultado de uma construção coletiva e trata de uma das áreas mais fortes da Universidade. “É um livro que vem na esteira das provocações desses últimos quatro anos que é a questão do Plano Nacional de Educação, especialmente sobre a curricularização da extensão. Na Unesc, isso vem sendo construído em um processo de discussão contínua de novo paradigma que é trabalhar a extensão transversalmente dentro do currículo da graduação e a colaboração com o stricto sensu”.

Os organizadores do livro ainda ressaltaram a qualidade das contribuições feitas por professores e alunos de diversas instituições de ensino do Brasil e da Argentina. Eles também agradeceram à equipe da EdiUnesc, aos autores da obra e a todos que atuam nas atividades comunitárias.

A professora Milla Lúcia Ferreira Guimarães, representou os autores dos artigos na cerimônia de lançamento do livro e ressaltou a importância da extensão para a formação de profissionais comprometidos com a sociedade. A fala de Milla é comprovada pela egressa do curso de Ciências Contábeis, Júlia Constante Pereira, que participou da obra quando estava participando do primeiro dos três projetos de extensão que se envolveu ao longo da graduação. “Fiquei quatro anos atuando em projetos comunitários e disso surgiu o tema do meu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso). Tanto a extensão quanto a pesquisa são imprescindíveis para o acadêmico. Especialmente a extensão, abrem o olhar para além da universidade, um olhar mais humano para a sociedade”, afirma Júlia.

O editor chefe da EdiUnesc, Dimas de Oliveira Estevan, falou da importância do apoio da Instituição para o trabalho da EdiUnesc e do diferencial de uma editora universitária, comprometida com a qualidade e originalidade da obra.

O lançamento da obra teve ainda a participação do Musical Unesc. 

Milena Nandi – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 24 de outubro de 2019 às 14:39
Compartilhar Comente

Doações para “Desapega Literário” podem ser entregues até sexta-feira

Doações para “Desapega Literário” podem ser entregues até sexta-feira
Livros podem ser deixados na Biblioteca da Unesc (Foto: Divulgação) Mais imagens

Já pensou em dar a possibilidade para que outra pessoa também “viva” as suas histórias preferidas? Pois isso é fácil. Basta participar do “Desapega Literário” e levar livros até esta sexta-feira (20/9) na Biblioteca Professor Eurico Back, da Unesc. As obras doadas serão distribuídas pelo campus da Universidade para a ação “Leve se quiser”, no dia 21 de outubro.

O “Desapega Literário” e o “Leve se quiser” são iniciativa da Biblioteca da Universidade e da Editora Unesc.

Os livros doados no “Desapega” passarão por uma triagem para possíveis reparos, para que estejam em bom estado para a campanha “Leve se quiser”, na qual as obras serão disponibilizadas de forma gratuita.

Milena Nandi – Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Milena Spilere Nandi 19 de setembro de 2019 às 15:26
Compartilhar Comente