Design

Design

Acadêmicos da quarta fase do curso de Design – ênfase em Projeto de Produtos da Unesc, visitaram nesta quinta-feira (20/9) a Intelbras em Florianópolis. Por meio de uma parceria entre o curso e a empresa, os alunos irão desenvolver um projeto de embalagem para um novo produto da empresa ainda não lançado. Será um produto conceitual dentro do tema “Comunicação em 2050”. 

Por: Milena Spilere Nandi 21 de setembro de 2018 às 16:27
Compartilhar Comente

Especial Unesc 50 anos

Unesc 50 anos. Conheça a nossa história.

Por: Rosani Martins Martins 20 de setembro de 2018 às 19:11
Compartilhar Comente

Empatia: a arte de compreender o outro.

O mundo seria muito melhor se nos colocássemos no lugar do outro. Quando fazemos isso as mudanças acontecem. Pensar num design universal em produtos que sejam para todos. A tecnologia assistiva contribui para a inclusão das pessoas com deficiência.

Por: Rosani Martins Martins 20 de setembro de 2018 às 18:57
Compartilhar Comente

Acadêmicos do curso de Design da Unesc desenvolvem organizadores de medicamentos

Acadêmicos do curso de Design da Unesc desenvolvem organizadores de medicamentos
Atividade em parceria com o curso de Farmácia instigou alunos a usarem criatividade em prol do benefício de pacientes (Fotos: Mayara Cardoso) Mais imagens

Estudantes da 4ª fase do curso de Design da Unesc apresentaram, na noite desta terça-feira (18/9), suas ideias para resolver uma demanda real levantada pelo curso de Farmácia e pela Farmácia Solidária da Universidade. Lidando com diversos casos de pacientes que têm dificuldade para organizar horários, quantidades e as medicações corretas a serem ingeridas, professores e colaboradores instigaram os acadêmicos de Design a utilizarem a criatividade para encontrarem soluções viáveis que pudessem colaborar com a rotina dos pacientes, especialmente os que precisam utilizar grande quantidade de medicamentos diariamente.

Com empenho e muita pesquisa, os estudantes colocaram a mão na massa, desenvolveram protótipos das suas ideias e os apresentaram, destacando seus objetivos, suas inspirações e os focos principais das suas invenções. O resultado foi uma gama de mais de dez ideias, com formatos, materiais, cores e funções das mais variadas, sempre com foco na segurança, praticidade e na organização do paciente.

Para o coordenador do curso, professor João Rieth, a tarefa lançada aos acadêmicos era difícil e ainda mais desafiadora por ser uma demanda real. “Eles pensaram, cada um com seu enfoque, pesquisa e metodologia, em formas de ajudar em uma situação tão necessária e emergente como a questão do controle dos medicamentos. Todos os olhares são válidos e, como destacado também pelas profissionais da Farmácia Solidária, podem colaborar com pacientes dos mais variados perfis”, salientou.

O desejo, conforme Rieth, é que as ideias possam ser levadas adiante para colaborar, na prática, com a vida das pessoas. “Tenho certeza de que o Design pode contribuir e muito nesse sentido. Podemos conversar para ver como seria a fabricação do material e até testá-los em um futuro próximo”, completou.

Quem encaminhou em sala de aula, o desenvolvimento dos organizadores de medicamentos foi o professor Fabio Brodbeck. De acordo com ele, o tempo para elaboração das ideias e colocação em prática foi curto e ainda assim os acadêmicos demonstraram empenho para encontrar as melhores soluções ao produto. “Sempre trabalhamos com empresas que trazem propostas, mas é especial realizar projetos que tragam a pegada social. Temos apreço por isso, até por se encaixar com o estilo de Universidade Comunitária. Projetos como esse tocam o coração das pessoas e tendem a fazer com que elas façam a diferença no desenvolvimento da atividade”, destacou.

Conforme a professora do curso de Farmácia, que também acompanhou o projeto desde a identificação da demanda e início da parceria entre os cursos, Zoé Paulina Feuser, os trabalhos dos acadêmicos resultaram em materiais que já poderiam ser utilizados na prática. “Achei muito bom que todos entenderam a essência e perceberam a complexidade desse processo de organizar os medicamentos. Os alunos estão de parabéns. Certamente já vamos utilizar algumas das ideias de forma adaptada dentro da nossa realidade”, comentou.

As criações apresentadas foram desde painel com imã, até caixa giratória, carteira especial e relógio com compartimentos.

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Mayara Cardoso 19 de setembro de 2018 às 15:06
Compartilhar Comente

Observatório Acessível

Os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil e Design – ênfase em Projeto de Produtos da Unesc estão unidos no desenvolvimento do “Observatório Acessível”, um projeto que trata da acessibilidade em escolas públicas municipais de Morro da Fumaça. A iniciativa vai propor subsídios de adaptação de tecnologias assistivas para a promoção da acessibilidade espacial.

No início de setembro, a coordenadora do projeto, Aline Eyng Savi (professora de Arquitetura e Urbanismo) e a professora de Engenharia Civil Elaine Guglielmi Pavei Antunes, estiveram em Morro da Fumaça para uma apresentação do projeto.

A iniciativa conta ainda com a participação do coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo, Pedro Luiz Kestering e pelo professor do curso de Design Haron Cardoso Fabre. O projeto tem a parceria do Observatório Social de Morro da Fumaça.

Já esta semana, o projeto será apresentado à comunidade acadêmica durante a 2ª Semana da Pessoa com Deficiência da Unesc. Será na quarta-feira (19/9) às 8 horas, na sala 1 do Bloco O.

Por: Milena Spilere Nandi 18 de setembro de 2018 às 16:17
Compartilhar Comente