Sociologia - Licenciatura

Newsletter Newsletter RSS RSS

Novo serviço de atendimento online da Centac já está no ar

Novo serviço de atendimento online da Centac já está no ar
Serão oferecidos diversos serviços por meio da plataforma (Foto: Arquivo) Mais imagens

Pegar fila para ser atendido na Centac (Central de Atendimento ao Estudante) agora é coisa do passado. A Unesc lançou uma plataforma online, em que o aluno vai poder solicitar documentos a qualquer momento e em qualquer lugar. A nova forma de atendimento ainda traz a possibilidade de o estudante receber o documento requerido em casa, via correio, ou por e-mail. Para utilizar o serviço, basta o aluno entrar no site da Universidade, acessar o Minha Unesc e clicar em “Requerimentos Online”.

Antes do serviço, qualquer documento, sendo atestados, certidões ou declarações, que o aluno precisava tirar tinha que ser solicitado diretamente na Centac. “Nós vamos agilizar os procedimentos, facilitando a vida do aluno que não vai mais precisar ir até a Central sempre que necessitar de um documento”, comentou a supervisora da Centac, Alessandra Goulart.

Serão oferecidos diversos serviços por meio da plataforma:

- Atualização de dados pessoais
- Licenças e afastamentos
- Apostilamento de diploma
- Certidão de Disciplina Isolada
- Histórico Escolar
- Histórico de Transferência
- Programas e ementas de disciplinas
- 2ª via Certidão de Conclusão de curso
- 2ª via diploma de graduação
- Atestado de regularidade acadêmica
- Declaração acadêmica
- Taxa de prova em época especial
- 2ª via certificados de curso de extensão
- Declaração de presença
- Avaliação presencial (modalidade a distância)
- Declaração de provável formando
- Taxa de avaliação especial presencial (modalidade a distância)
- Solicitação de documentos do dossiê acadêmico

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Mayra Antonio De Lima 17 de fevereiro de 2017 às 13:47
Compartilhar Comente (1)

Unesc é a segunda melhor universidade brasileira não pública, segundo índice inédito

Unesc é a segunda melhor universidade brasileira não pública, segundo índice inédito
Estudo foi realizado pela Brasil Júnior, com apoio da consultoria McKinsey Mais imagens

Formar empreendedores tem sido um desafio no cenário educacional. E a Unesc foi reconhecida como a segunda melhor Instituição de Ensino Superior do Brasil, entre as não-públicas, segundo o Índice das Universidades Empreendedoras. O estudo inédito foi realizado pela Brasil Júnior, com apoio da consultoria McKinsey, e divulgado em novembro pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

“Ser reconhecida em segundo lugar no índice das universidades empreendedoras do Brasil é resultado do trabalho de qualidade desenvolvido há 48 anos pela Unesc. Somos uma Instituição comunitária preocupada com a formação de nossos alunos e a comunidade regional e reconhecida frequentemente pela excelência em diversos aspectos, incluindo ensino de qualidade, pesquisa, extensão, estrutura e qualificação dos professores”, destaca o reitor Gildo Volpato.

Destaque para a Infraestrutura e Cultura Empreendedora

Nos critérios avaliados pelo Índice das Universidades Empreendedoras, a Unesc se destaca, entre todas as universidades, públicas e privadas, em dois. A Instituição aparece como a segunda melhor do Brasil, no critério “Cultura Empreendedora, e a terceira melhor no segmento “Infraestrutura”, entre todas as universidades, públicas e privadas.

Quando o assunto é “Infraestrutura”, a Unesc aparece ao lado da PUC-Rio (1º) e Unicamp (2ª). Neste critério foi avaliado a qualidade da infraestrutura física e internet, além da instalação de um parque tecnológico e suas parcerias. “É um reconhecimento a estrutura que temos, com os laboratórios de alto nível; uma Biblioteca recém-inaugurada; o Iparque (Parque Científico e Tecnológico), e todos os espaços: salas de aula, Clínicas Integradas, Centros de Práticas, Sala de Negócios, Espaço das Empresas Juniores, Sala de Metodologia Ativas, entre outras”, ressalta a pró-reitora de Administração e Finanças, Kátia Sorato.

No critério “Cultura Empreendedora” a Unesc ficou atrás apenas da UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco). Nele foi avaliado a postura empreendedora dos professores e alunos, além da quantidade de disciplinas de empreendedorismo durante os cursos de graduação. “Introduzir o empreendedorismo para melhorar o ambiente de vida da geração atual e futura é algo muito próximo da nossa missão. Na Unesc ajudamos a preparar os alunos para sua vida e também para o mundo profissional. Um exemplo é o trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Empreendedorismo. Nos orgulha muito receber esse reconhecimento nacional”, comenta a pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Luciane Ceretta.

A melhor do Sul do Brasil entre as não-públicas

Entre as instituições avaliadas, a Unesc é a melhor Universidade não pública da região Sul do Brasil (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul). Ela aparece no Índice das Universidades Empreendedoras entre as 5 melhores da região, junto com UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), UEM (Universidade Estadual de Maringá), UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

Como foi feito o estudo

A pesquisa foi realizada por meio de um questionário online que ouviu 5.975 alunos e 318 professores de 43 universidades de todo Brasil. Para elaborar o Índice das Universidades Empreendedoras foram selecionadas as 100 melhores universidades presentes na última edição do RUF (Ranking Universitário da Folha de São Paulo). Dessas, foram excluídas aquelas que não possuíam Empresas Juniores associadas, Enactus (organização internacional sem fins lucrativos dedicada a inspirar os alunos a melhorar o mundo através da Ação Empreendedora), Aiesec (Associação Internacional de Estudantes em Ciências Econômicas e Comerciais) ou núcleo da Rede CsF (Ciência sem Fronteiras), entidades que estimulam o empreendedorismo no ambiente universitário.

A partir das respostas dos questionários online concluiu-se que uma universidade empreendedora leva em conta os seguintes critérios: Cultura Empreendedora (postura empreendedora dos professores e alunos, disciplinas de empreendedorismo); Inovação (pesquisa, patentes, proximidade IES-empresas); Extensão (redes de contato, projetos de extensão); Infraestrutura (qualidade, parque tecnológico); Internacionalização (intercâmbio, publicações e citações internacionais); Capital Financeiro (orçamento, endowment/doação da sociedade civil).

Saiba mais sobre o Índice

 

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Davi Carrer 06 de dezembro de 2016 às 10:57
Compartilhar Comente (2)

Precarização do trabalho, justiça e violência são discutidos no Sociologia em Debate

Precarização do trabalho, justiça e violência são discutidos no Sociologia em Debate
Professores Janete Triches e João Henrique Zanelatto falarão sobre política em Criciúma (Foto: Arquivo) Mais imagens

Todo ponto de vista é a vista de um ponto”. É com essa afirmação que o Sociologia em Debate traz para discussão temas como “Precarização do Trabalho”, “Justiça e Sociedade”, “Carvão e Política em Criciúma” e “Rompendo com a Violência” na terça e quarta-feira (10 e 11/11), no Auditório Edson Rodrigues, localizado no Bloco P da Unesc. O evento leva profissionais de diversas áreas para conversar com a comunidade e juntos, levantar ideias para combate a problemas da sociedade, como a violência.

As atividades iniciam na terça-feira, às 8h30, com a palestra do professor doutor da UFSC, Valcionir Corrêa, que falará sobre a “Precarização do Trabalho”. Estudantes e professores do Ensino Médio e Superior, professores da Educação Básica da região e representantes de entidades de classes estão entre os participantes do evento, que é aberto à participação do público.

Segundo o coordenador do LabSocial (Laboratório de Ensino, Pesquisa e Extensão em Sociologia da Unesc), responsável pelo evento, Marcilon de Souza, o objetivo do debate é convidar a comunidade a ver por diferentes ângulos assuntos presentes no cotidiano das pessoas. “O senso comum diz que colocar um posto policial é o que deve ser feito para coibir a violência. Mas a violência vai muito além. Ela ocorre, por exemplo, quando você pega um ônibus lotado depois do trabalho, quando um governante desvia dinheiro da saúde e quando o chefe humilha o funcionário”, comenta.

Programação

Auditório Edson Rodrigues – Bloco P da Unesc

Terça-feira (10/11)

8h30
Conferência de abertura – Tema: Precarização do Trabalho
Palestrante: Professor doutor Valcionir Corrêa (UFSC)
Mediador: Professor Marcilon de Souza (Unesc)

13h30
Mesa-redonda – Tema: Sociologia na Prática: globalização, condições de trabalho e desenvolvimento.
Palestrante: Professor Gabriel de Souza Bozzano e professora doutora Caroline da Graça Jacques (UFSC).
Mediadora: Bárbara Amorim (doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política da UFSC).

Quarta-feira (11/11)
8h30
Mesa-redonda – Tema: Justiça e Sociedade.
Palestrantes: Major da Polícia Militar Ronaldo Da Silva Cruz e professores do PPGE (Programa de Pós-Graduação em Educação da Unesc).
Mediadora: Professora doutora Kelly Gianezini (Unesc).

13h30
Conversa com autores – Tema: Carvão e Política em Criciúma.
Palestrantes: Professor doutor Geraldo Miliolli, professora Janete Trichês e professor doutor João Henrique Zanelatto (Unesc).
Mediador: Professor Everson Ney Hüttner Castro (Unesc).

19 horas

Mesa-redonda – Tema: Rompendo com a Violência.
Palestrante: Tenente Coronel da Polícia Militar Evandro de Andrade Fraga.
Mediadores: Professor doutor Alex Sander da Silva e professor doutor Carlos Renato Carola (Unesc).

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Milena Spilere Nandi 06 de novembro de 2015 às 18:58
Compartilhar Comente

Noite de alegria e vitória

Noite de alegria e vitória
Mais de 50 alunos receberam o certificado de conclusão de curso (Fotos: Milena Nandi) Mais imagens

A semana na Unesc foi marcada pelas cerimônias de Colação de Grau em Gabinete, que ocorreram de terça a sexta-feira (4 a 7/8) e reuniram familiares e amigos de mais de 260 graduandos de diversos cursos. Nesta sexta-feira, 55 estudantes de cursos de Licenciatura e Bacharelado receberam o certificado de conclusão do curso superior, em uma solenidade com muita emoção.

“Vocês conseguiram chegar até aqui, são vitoriosos. Desejo sim, sucesso, e que façam a diferença em todos os lugares onde estiverem, mas desejo também que sejam muito felizes e levem alegria para as outras pessoas, seja em suas casas, seja no trabalho”, afirmou a pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unesc, Luciane Ceretta.

Na noite desta sexta-feira, colaram grau alunos dos cursos de Artes Visuais (Bacharelado), Artes Visuais (Licenciatura), Ciências Biológicas (Bacharelado), Ciências Biológicas (Licenciatura), Educação Física (Bacharelado), Educação Física (Licenciatura), Geografia (Licenciatura), História (Licenciatura), Letras (Português/Inglês), Pedagogia e Sociologia.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Milena Spilere Nandi 07 de agosto de 2015 às 21:23
Compartilhar Comente

Segunda Licenciatura: Unesc oferece bolsas de estudo para Sociologia e Letras-Inglês

Segunda Licenciatura: Unesc oferece bolsas de estudo para Sociologia e Letras-Inglês
Selecionados também receberão um auxílio de custos de R$ 200,00 (Foto: Arquivo) Mais imagens

Os professores da rede pública de ensino (municipal e estadual) interessados em fazer uma segunda licenciatura em Sociologia ou Letras-Inglês podem participar do Programa Emergencial de Segunda Licenciatura em Santa Catarina. Serão beneficiados com bolsas de estudos os professores que atuam há pelo menos três anos na rede pública de ensino e estejam lecionando em uma área distinta da sua formação, além de ser portador de diploma de Licenciatura.

As inscrições ocorrem até o dia 8 de agosto, na Centac (Central de Atendimento ao Acadêmico), no Bloco do Estudante da Universidade, das 9h30 às 20 horas. Confira no site da Unesc mais informações e os documentos necessários. Os professores com dúvidas podem entrar em contato pelo telefone (48) 3431-2610, das 13h30 às 22 horas.

Os selecionados também receberão um auxílio de custos de R$ 200,00, sendo que o curso terá a duração de dois anos, com horário de aula diurno. As aulas iniciam no dia 25 de agosto, às 13h30.

Bolsistas e pagantes

A Unesc oferece 22 bolsas de estudos para o curso de Sociologia e 27 para Letras-Inglês. As pessoas que não se encaixarem nos critérios de bolsistas poderão optar por fazer o curso como pagante (necessário ser portador do diploma de Licenciatura). São 23 vagas para o curso de Sociologia e 18 para o curso de Letras-Inglês como pagante.

Confira mais informações e como se inscrever.

Fonte: Secom

Por: Davi Carrer 07 de julho de 2014 às 15:23
Compartilhar Comente