Central do Estudante

Unesc é eleita Melhor Instituição Regional no Oxford Summit Leaders 2018

Unesc é eleita Melhor Instituição Regional no Oxford Summit Leaders 2018
Divulgação Mais imagens

Unesc e a sua Reitora, Luciane Bisognin Ceretta, serão agraciados com o prêmio Sócrates, no dia 18 de dezembro, em Oxford. 

A brilhante carreira científica, juntamente com atividades profissionais e sociais de destaque e uma gestão focada na eficiência, acabam de colocar a Unesc – Universidade do Extremo Sul Catarinense na elite das instituições de ensino superior em todo o mundo. Desta forma, a Unesc será agraciada como a Melhor Instituição Regional (Patente 2401351) pela European Business Assembly, em evento que será realizado em sessão solene no Oxford Summit Leaders 2018. Na mesma oportunidade, a Reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, receberá o título de “Melhor gestor do ano” na esfera da ciência e educação. "Trata-se de um importante reconhecimento aos indicadores de excelência que a Unesc apresenta no ensino, na pesquisa, na extensão, na pós-graduação e na internacionalização e gestão”, comemora a Reitora. Para ela os esforços na gestão também são reconhecidos. “É importante salientar que dentre as indicações para esta premiação da UNESC, está a eficiência na utilização de recursos, a internacionalização da pesquisa, a inovação na gestão e o referendo do conselho de reitores. Fechamos 2018 gratos e honrados, com passos firmes rumo ao futuro”, analisa a Reitora da Unesc.

A reunião anual do Clube Global de Líderes, Professores Honorários, Reitores de Universidades Regionais e Profissionais de Gestão Educacional acontece na cidade de Oxford, na Inglaterra, nos dias 18 e 19 de dezembro, e é promovida pela European Business Assembly – EBA.

O Oxford Summit Leardes é um fórum anual para investidores, cientistas, educadores e reitores universitários de todo o mundo. Entre os principais tópicos da conferência estarão as novas tendências em ciência e educação, educação à distância, promoção de programas e metodologias educacionais modernos, apresentações de realizações científicas e soluções inovadoras, cooperação internacional e parcerias de educação e ciência. Além de premiar as melhores instituições de ensino e seus gestores, o principal objetivo deste importante evento será mostrar os estabelecimentos de ensino que se desenvolvem dinamicamente e que estão inscritos na classificação da European Bussiness Assembly. O encontro é realizado anualmente, onde instituições e empresários de vários países são reconhecidos pelo trabalho bem-sucedido de suas instituições na área profissional, pedagógica e educacional, pelo alto nível de seus egressos, somando-se à boa reputação, crescimento dinâmico e professores permanentes.

A cerimônia de entrega será realizada no dia 18 de dezembro, durante o Socrates Award Ceremony, onde também será realizada a grande parada dos reitores que desfilarão a rigor com suas vestes talares. Na oportunidade, a reitora da Unesc participará da Cúpula de Líderes onde vai apresentar o case da Unesc no painel “Abordagens inovadoras para os padrões educacionais e de pesquisa”.

A comitiva da Unesc também estará participando, no dia 19 de dezembro, do Oxford Conference Room, tendo como tema o uso de Plataformas de Educação Inteligente. O encontro visa a disseminação da informação visual e digital sobre o tema do desenvolvimento da sociedade moderna e reúne mais de 120 usuários de 64 países. A conferência também vai apresentar o tema “Administração e Gestão Educacional’, com incluindo relacionamento com egressos, captação de recursos e estrutura administrativa em universidades britânicas.

A cerimônia de premiação será transmitida ao vivo no dia 18 de dezembro, pelo canal da EBA https://oau.ebaoxford.co.uk/

Ana Sofia Schuster - Assessoria de Imprensa Unesc - AICOM Unesc 

Fonte: AICOM - Assessoria de Imprensa, Comunicação e Marketing

Por: Ana Sofia Schuster 07 de dezembro de 2018 às 07:23
Compartilhar Comente (5)

Unesc é a segunda melhor universidade brasileira não pública, segundo índice inédito

Unesc é a segunda melhor universidade brasileira não pública, segundo índice inédito
Estudo foi realizado pela Brasil Júnior, com apoio da consultoria McKinsey Mais imagens

Formar empreendedores tem sido um desafio no cenário educacional. E a Unesc foi reconhecida como a segunda melhor Instituição de Ensino Superior do Brasil, entre as não-públicas, segundo o Índice das Universidades Empreendedoras. O estudo inédito foi realizado pela Brasil Júnior, com apoio da consultoria McKinsey, e divulgado em novembro pela revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

“Ser reconhecida em segundo lugar no índice das universidades empreendedoras do Brasil é resultado do trabalho de qualidade desenvolvido há 48 anos pela Unesc. Somos uma Instituição comunitária preocupada com a formação de nossos alunos e a comunidade regional e reconhecida frequentemente pela excelência em diversos aspectos, incluindo ensino de qualidade, pesquisa, extensão, estrutura e qualificação dos professores”, destaca o reitor Gildo Volpato.

Destaque para a Infraestrutura e Cultura Empreendedora

Nos critérios avaliados pelo Índice das Universidades Empreendedoras, a Unesc se destaca, entre todas as universidades, públicas e privadas, em dois. A Instituição aparece como a segunda melhor do Brasil, no critério “Cultura Empreendedora, e a terceira melhor no segmento “Infraestrutura”, entre todas as universidades, públicas e privadas.

Quando o assunto é “Infraestrutura”, a Unesc aparece ao lado da PUC-Rio (1º) e Unicamp (2ª). Neste critério foi avaliado a qualidade da infraestrutura física e internet, além da instalação de um parque tecnológico e suas parcerias. “É um reconhecimento a estrutura que temos, com os laboratórios de alto nível; uma Biblioteca recém-inaugurada; o Iparque (Parque Científico e Tecnológico), e todos os espaços: salas de aula, Clínicas Integradas, Centros de Práticas, Sala de Negócios, Espaço das Empresas Juniores, Sala de Metodologia Ativas, entre outras”, ressalta a pró-reitora de Administração e Finanças, Kátia Sorato.

No critério “Cultura Empreendedora” a Unesc ficou atrás apenas da UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco). Nele foi avaliado a postura empreendedora dos professores e alunos, além da quantidade de disciplinas de empreendedorismo durante os cursos de graduação. “Introduzir o empreendedorismo para melhorar o ambiente de vida da geração atual e futura é algo muito próximo da nossa missão. Na Unesc ajudamos a preparar os alunos para sua vida e também para o mundo profissional. Um exemplo é o trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Empreendedorismo. Nos orgulha muito receber esse reconhecimento nacional”, comenta a pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Luciane Ceretta.

A melhor do Sul do Brasil entre as não-públicas

Entre as instituições avaliadas, a Unesc é a melhor Universidade não pública da região Sul do Brasil (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul). Ela aparece no Índice das Universidades Empreendedoras entre as 5 melhores da região, junto com UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), UEM (Universidade Estadual de Maringá), UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) e UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

Como foi feito o estudo

A pesquisa foi realizada por meio de um questionário online que ouviu 5.975 alunos e 318 professores de 43 universidades de todo Brasil. Para elaborar o Índice das Universidades Empreendedoras foram selecionadas as 100 melhores universidades presentes na última edição do RUF (Ranking Universitário da Folha de São Paulo). Dessas, foram excluídas aquelas que não possuíam Empresas Juniores associadas, Enactus (organização internacional sem fins lucrativos dedicada a inspirar os alunos a melhorar o mundo através da Ação Empreendedora), Aiesec (Associação Internacional de Estudantes em Ciências Econômicas e Comerciais) ou núcleo da Rede CsF (Ciência sem Fronteiras), entidades que estimulam o empreendedorismo no ambiente universitário.

A partir das respostas dos questionários online concluiu-se que uma universidade empreendedora leva em conta os seguintes critérios: Cultura Empreendedora (postura empreendedora dos professores e alunos, disciplinas de empreendedorismo); Inovação (pesquisa, patentes, proximidade IES-empresas); Extensão (redes de contato, projetos de extensão); Infraestrutura (qualidade, parque tecnológico); Internacionalização (intercâmbio, publicações e citações internacionais); Capital Financeiro (orçamento, endowment/doação da sociedade civil).

Saiba mais sobre o Índice

 

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Por: Davi Carrer 06 de dezembro de 2016 às 10:57
Compartilhar Comente (2)

Minha Unesc: renove sua matrícula e conheça o novo ambiente do acadêmico.

Mais informações: https://minha.unesc.net/

Por: Camila Pacheco Batanolli 10 de julho de 2014 às 14:07
Compartilhar Comente (2)