Setor de Comunicação Integrada

imagem do site
Newsletter Newsletter RSS RSS

Projeto de extensão discute tratamento adequado de resíduos na José Contim Portella

Projeto de extensão discute tratamento adequado de resíduos na José Contim Portella
Encontro desta quinta apresentou uma série de possibilidades a serem desenvolvidas Mais imagens

Discutir novas ações relacionadas ao tratamento adequado de resíduos sólidos, envolvendo coleta seletiva e reaproveitamento de material para produção de papel artesanal no ambiente escolar. Com este objetivo, a equipe do projeto de extensão da Unesc “Educação e gestão ambiental na Escola Municipal José Contim Portella e sua ampliação para a comunidade do entorno”, que integra o Programa Território Paulo Freire, participou da reunião pedagógica da escola nesta quinta-feira (20/4).

Na oportunidade, o coordenador do projeto, professor José Carlos Virtuoso, e a acadêmica bolsista Marina Pacheco Teixeira (Ciências Biológicas) apresentaram uma séria de possibilidades que poderão ser desenvolvidas no local. “Oficinas de reciclagem e confecção de papel artesanal são expedientes já desenvolvidos que deverão ser retomados, por indicação dos próprios docentes, os quais deverão inseri-los como conteúdo a ser trabalhado em sala de aula. Essas são iniciativas que já apresentaram bons resultados junto aos alunos das diversas turmas, das séries iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano)”, explicou Virtuoso.

Água da chuva já é utilizada

Sequência de projetos anteriores na José Contim Portella, a iniciativa extensionista já rendeu ao estabelecimento a implantação de um sistema de captação de água da chuva, cujo uso é destinado à lavação do pátio e rega das plantas. Da mesma forma, uma composteira recebe os resíduos orgânicos que viram húmus para aproveitamento no jardim. “Estamos muito motivados para dar sequência ao processo, que contribui muito para a sensibilização ecológica na escola”, disse a diretora, Simone Garcia Conceição de Sá.

O projeto, que utiliza conceitos de gestão ambiental como estratégia pedagógica de sensibilização, também contempla ações a serem desenvolvidas no conjunto Residencial Venezia, situado em frente à escola, no Bairro São Sebastião. Uma delas é o apoio para o correto gerenciamento de resíduos no condomínio, composto por 16 unidades habitacionais em que residem aproximadamente 1.300 pessoas. A equipe extensionista também tem a colaboração do professor Gustavo Zambrano e do bolsista Eduardo Fernandes Martinello (Engenharia Ambiental e Sanitária).

 

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

20 de abril de 2017 às 15:13
Compartilhar Comente

Programa de Extensão em Gestão Contábil e Bairro da Juventude firmam parceria

Programa de Extensão em Gestão Contábil e Bairro da Juventude firmam parceria
Comissão foi criada nesta terça-feira na Unesc (Foto: Divulgação) Mais imagens

Mais uma vez a Unesc se engaja em uma ação que vida o bem da comunidade. Na tarde desta terça-feira (19/4), integrantes do PEGC (Programa de Extensão em Gestão Contábil) e representantes do Bairro da Juventude e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Criciúma, firmaram parceria para elaboração de tutorial sobre doações ao FIA (Fundo da Infância e do Adolescente).

Uma comissão composta por representantes das três instituições foi criada para a elaboração do conteúdo da cartilha/tutorial.

Participaram da reunião o coordenador do curso de Ciências Contábeis, Dourival Giassi, a coordenadora do PEGC, Andréia Cittadin e o diretor do Bairro da Juventude, Anezio Souza.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 19 de abril de 2017 às 16:16
Compartilhar Comente

Universidade apoia Movimento pela Paz

Universidade apoia Movimento pela Paz
Ação ocorreu no feriado em Estação Cocal (Fotos: Divulgação) Mais imagens

O Movimento pela Paz de Estação Cocal realizou no feriado de Páscoa, uma ação com o objetivo de convidar as pessoas para pensarem seus atos e voltarem para ações mais positivas. Na última sexta-feira (15/4), pedestres e motoristas receberam panfletos com uma série de situações do cotidiano, dando enfase a boa conduta que devemos ter diante das mais variadas situações.

A iniciativa teve o apoio do PPGSCol (Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva) e segundo o professor do Mestrado em Saúde Coletiva, Jacks Soratto, o apoio da Universidade e do PPGSCol se deu pela iniciativa vir ao encontro do a Política Nacional de Promoção da Saúde incentiva. “Fomentar uma cultura de paz também faz parte do que estimula a Política Nacional de Promoção da Saúde. Isso gera melhor convivência entre as pessoas. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, saúde não é apenas não ter doença”, comenta.

Segundo um doa integrantes do Movimento pela Paz, Vilson Schambeck, o grupo formado por moradores de Estação Cocal, em Morro da Fumaça, surgiu em 2016, depois de uma série de assaltos na comunidade. O Movimento é voluntário e sem vínculos políticos ou religiosos. “Nossa intenção é unir a comunidade e disseminar a cultura da solidariedade”, afirma.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 17 de abril de 2017 às 20:56
Compartilhar Comente

Reunião entre Unesc e Gered trata de parceria para Educação de Jovens e Adultos

Reunião entre Unesc e Gered trata de parceria para Educação de Jovens e Adultos
Encontro ocorreu nesta terça-feira (Foto: Divulgação) Mais imagens

As ações para viabilização do Projeto Inovador de Educação de Jovens e Adultos continuam sendo realizadas pela Universidade. Nesta terça-feira (10/4), a pró-reitora de Ensino de Graduação da Unesc, Maria Aparecida Mello, esteve reunida com a gerente Regional de Educação de Criciúma, Jucilene Fernandes, e com o supervisor de Ensino Superior da Gered (Gerência Regional de Educação), Valdecir Mariana, para apresentar o projeto e buscar o apoio da Gerência.

O projeto é uma iniciativa das pró-reitorias de Ensino de Graduação da Unesc, da Uniplac (Universidade do Planalto Catarinense) e Uniarp (Universidade Alto Vale do Rio do Peixe) e pretendem trabalhar a Educação de Jovens e Adultos em Criciúma, Lages e Caçador. Na última semana o projeto foi apresentado para a Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação, em Brasília.

Maria Aparecida explica que a intenção é criar 70 vagas para atender jovens e adultos que não fizeram o Ensino Médio puderem dar continuidade aos estudos. As aulas ocorreriam na Unesc, com o uso de metodologias ativas e inovadoras, que trariam como abordagem principal, a experiência de vida dos alunos aliada ao conteúdo programático exigido no ensino. 

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 11 de abril de 2017 às 20:58
Compartilhar Comente

Unesc desenvolve projetos que abordam diversidades, inclusão e Direitos Humanos

Unesc desenvolve projetos que abordam diversidades, inclusão e Direitos Humanos
Primeiro encontro dos participantes do DIDH ocorreu nesta segunda (Fotos: Milena Nandi) Mais imagens

A partir de 2017, a Unesc passa a aprofundar os estudos relacionados a temas como Direitos Humanos, por meio de 19 projetos de pesquisa e extensão que integram o Programa DIDH (Diversidades, Inclusão e Direitos Humanos). As atividades vão ser realizadas por professores e estudantes de diversos cursos da Universidade a partir deste semestre. Nesta segunda-feira (10/4), o grupo se reuniu em um evento em que cada um pode falar sobre suas expectativas e conhecer melhor os demais participantes e projetos.

Os projetos se dividem em três eixos: Pessoa com Deficiência; Relação de Gênero e Diversidade Sexual e Negritude. Temas como inclusão social, homofobia, bullying, desenvolvimento de jovens líderes e empreendedores sociais, deficiência, violência de gênero e Lei Maria da Penha são alguns dos temas estudados pelos projetos de pesquisa e extensão pertencentes ao Programa DIDH. As atividades vão ocorrer na Universidade e em Bairros de Criciúma e municípios vizinhos.

Conforme a pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unesc, Luciane Ceretta, o encontro marcou o início das atividades de um Programa que trará um aprofundamento nos estudos desenvolvidos pela Universidade sobre temas importantes e atuais da sociedade.

O primeiro encontro dos integrantes dos projetos do DIDH teve a participação das alunas do Mestrado em Saúde Coletiva da Unesc, Priscila Schadt e Dipaula Minotto, da professora do PPGSCol (Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva), Fabiane Ferraz e da coordenadora do CER (Centro Especializado em Reabilitação) da Unesc, Lisiane Tuon.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Milena Spilere Nandi 10 de abril de 2017 às 21:11
Compartilhar Comente (1)