Setor de Comunicação Integrada

imagem do site
Newsletter Newsletter RSS RSS

Importância da Literatura é debatida em aula inaugural do curso de Letras

Importância da Literatura é debatida em aula inaugural do curso de Letras
Encontro foi ministrado por Celdon Fritzen, professor da Ufsc (Foto: Divulgação) Mais imagens

"O que significa ensinar Literatura?”. Esse foi o tema da aula inaugural do curso de Letras da Unesc. Estudantes, professores e egressos da Unesc debateram sobre o assunto junto ao professor Celdon Fritzen, da UFSC.

Durante o encontro, Fritzen falou acerca do ensino de Literatura ao longo da história e do papel formativo que a literatura propõe na educação básica. Afirmou da importância do texto literário presente desde as séries iniciais até o ensino médio, dando exemplos de metodologia de ensino na área.

Participaram da aula acadêmicos e professores de Letras e Pedagogia, egressos de Letras e professores do PPGE.

Lançamento

Durante a aula inaugural, o curso de Letras também lançou a revista Lendu. “É um periódico com publicação de artigos acadêmicos e textos literários. Entre os autores estão alunos, egressos, professores e convidados de todo o Brasil”, ressaltou o coordenador do curso de Letras, Carlos Arcângelo Schlickmann.

Confira a revista (clique aqui)

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Mayra Antonio De Lima 27 de março de 2017 às 21:17
Compartilhar Comente

Estudantes tiram dúvidas sobre pesquisa e extensão

Estudantes tiram dúvidas sobre pesquisa e extensão
Encontro foi desenvolvido pela Propex (Fotos: Mayra Lima) Mais imagens

Logo assim que entrou na Universidade, o estudante Gefferson da Rosa se interessou pelas oportunidades de contato direto com a comunidade e com a área de Arquitetura e Urbanismo. Pesquisa e extensão entraram na vida do aluno, que hoje imagina em seu futuro uma carreira acadêmica. Mas mesmo tendo contato com essas duas linhas tão de perto, dúvidas sempre surgem pelo caminho. Por isso, ele e outros estudantes da Unesc participaram na tarde desta segunda-feira (27/3) da “Socialização das formas de participação dos alunos na pesquisa”, encontro desenvolvido pela Propex (Pró-reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão).

O encontro para esclareceu as políticas de pesquisa e extensão da Universidade. “Todo estudante precisa se aproximar da pesquisa e da extensão. Elas compõem a formação do aluno, que deve ir além da sala de aula. É fundamental que a mensagem de hoje seja passada para os seus colegas, vamos multiplicar. ”, comentou a pró-reitora de Pós-Graduação Pesquisa e Extensão, Luciane Ceretta.

As políticas foram apresentadas pela a assessora da Propex, Gisele Coelho Lopes. ““Muitas vezes, o aluno possui acesso facilitado ao ensino, pois é algo inerente ao cotidiano dele, porém o modus operandi da pesquisa e da extensão, ainda é algo distante para a maioria dos alunos. Entendemos que quanto mais informados aos alunos forem, maiores serão as chances deles participarem dos processos que temos aqui dentro”, ressaltou.

No encontro, também foram apresentadas as formas de participar da pesquisa e da extensão por intermédio de editais como PIC, PIBIC e FUMDES, além dos programas e projetos de extensão realizados por meio das Unidades Acadêmicas.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Mayra Antonio De Lima 27 de março de 2017 às 19:25
Compartilhar Comente

Escolas da região aprendem sobre arqueologia e patrimônio na Unesc

Escolas da região aprendem sobre arqueologia e patrimônio na Unesc
Mais de 300 crianças já visitaram o Laboratório de Arqueologia (Fotos: Divulgação) Mais imagens

Estudantes de escolas públicas e particulares de Criciúma e região estão aprendendo sobre Educação Patrimonial na Unesc. Só no mês de março, mais de 300 crianças estiveram no Lapis (Laboratório de Arqueologia Pedro Ignácio Schmitz). As atividades têm o objetivo de demonstrar o que é a arqueologia e a importância da preservação deste patrimônio.

Para o coordenador do Lapis, Juliano Campos, estes projetos reforçam a missão institucional da Unesc, que por meio dos seus três pilares: ensino, pesquisa e extensão, promove a qualidade e a sustentabilidade do ambiente de vida. “As atividades de extensão apresentam-se como o intercâmbio necessário entre o ambiente universitário e as comunidades, constituindo-se na integração e na complementação entre o ensino e a pesquisa”, afirma.

Campos comenta ainda sobre a importância de aproximar a arqueologia dos estudantes. “Desta forma, as crianças vivenciam na prática os hábitos culturais dos grupos indígenas pré-históricos e históricos, e acabam por descobrir um passado que se estrutura através da cultura material, materiais arqueológicos, analisados pela equipe do laboratório”, ressaltou.

Participe

Além das atividades que ocorrem na Universidade, a equipe de educação patrimonial do laboratório também atende as instituições de ensino quem solicitam atividades de educação. As escolas que quiserem participar de atividades de educação e conhecer o laboratório de Arqueologia da Unesc podem agendar visitas de março a dezembro pelo telefone (48) 3444-3760 ou pelo e-mail arqueologia@unesc.net. Mais informações na página do laboratório (clique aqui)

 

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

Postado por: Mayra Antonio De Lima 27 de março de 2017 às 16:24
Compartilhar Comente

Ciclo de Debates promove conversas sobre Políticas Públicas

Ciclo de Debates promove conversas sobre Políticas Públicas
Evento ocorre nesta segunda-feira (27/3) em dois horários Mais imagens

Políticas Públicas e suas prioridades será o tema da quarta etapa do Trote Solidário. O Ciclo de Debate vai reunir acadêmicos e professores de diversas áreas do conhecimento para promover um diálogo sobre o tema proposto. A conversa ocorre nesta segunda-feira (27/3), pela manhã e à tarde, das 17 às 18h30, na Sala 16 do Bloco P, com o professor Tiago Colombo.

Como as etapas anteriores, a prova tem cunho social e busca promover a qualidade e a sustentabilidade no ambiente de vida. Os calouros já realizaram tarefas de doação de sangue, de alimentos e de medicamentos.

Os alunos que não conseguiram participar pela manhã, podem ir no horário da tarde. A etapa é promovida pela Unesc e DCE (Diretório Central Dos Estudantes). O Trote se encerra na quarta-feira (29/3) com uma Gincana.

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

27 de março de 2017 às 11:35
Compartilhar Comente

Mestrado em Direito com inscrições abertas para disciplinas isoladas

Mestrado em Direito com inscrições abertas para disciplinas isoladas
Programa oferece seis opções nos diversos campos de atuação da área Mais imagens

O Mestrado em Direito da Unesc está com inscrições abertas para as disciplinas isoladas. O PPGD (Programa de Pós-Graduação em Direito) oferece seis opções nas áreas de direitos humanos, trabalhista, políticas públicas, proteção social e outras disciplinas. As inscrições ficam abertas até a próxima sexta-feira (31/3). 

Para realizar as inscrições os interessados devem apresentar o formulário de inscrição, disponível no portal do Programa (www.unesc.net/ppgd), uma cópia do RG, CPF, do diploma de graduação e um Curriculum Lattes, obtido na plataforma lattes no endereço lattes.cnpq.br. A matrícula ocorre na secretaria do PPGD, sala 18 do Bloco Administrativo, das 8 às 12 horas e das 13h30 às 17h30.

Mais informações pelo telefone 3431.2673 ou e-mail ppgd@unesc.net.

Disciplinas

Políticas Públicas, Direitos Fundamentais e Trabalho Digno: segunda-feira, matutino

Direitos Humanos, Sociedade e Constitucionalismo Latino-Americano: terça-feira, vespertino

Políticas Públicas, Direitos Geracionais e Proteção Social: quarta-feira, matutino

Direitos Humanos, Igualdade e Reconhecimento: quarta-feira, vespertino

Antropologia Jurídica e Direitos Humanos: quarta-feira, vespertino

Políticas Públicas e Participação Popular: quarta-feira, matutino

Fonte: Setor de Comunicação Integrada

27 de março de 2017 às 11:31
Compartilhar Comente